10 anos depois Diff regressa ao game para revolucionar o Rap

É dos rappers mais modernos da actualidade e só não deu cartas porque esteve dez anos fora do mainstream, mas, está de volta e desta vez com um EP de 4 faixas musicais, incluindo os respectivos vídeoclips. Além da obra, o músico preparou uma “bomba” com Anselmo Ralph e fala à Carga sobre o seu regresso.

Por que razão abandonou o mercado e o que o fez regressar?
Tive que abandonar a música para dar seguimento a projectos que garantem o futuro de um ser humano, como me formar, construir um tecto, ter uma família, e ter as mínimas condições para a vida de um homem, agora com esse objectivo realizado estou de volta para fazer a outra parte que me completa: música.

Como é que encontrou o mercado?
Antes o movimento era menos competitivo, eramos mais unidos, falo de há 10 anos. Hoje há muitos a fazerem música, todos querem ser o rei, daí a união ser esquecida. O nível de exigência é maior, refiro-me na maneira de cantar e de compor, bem como na qualidade de música, qualidade de vídeo, hoje não é só pegar e fazer uma música, tem de pensar em muitos factores tema, publico alvo, para saber qual o caminho certo a seguir.

E como é que se preparou para isso?
Tive tempo suficiente para poder adquirir mais melodias, mais visão de como colocar e fazer a mesma frase de várias formas e estilo, e ver qual das fica melhor.

Lançou recentemente um EP. De que obra se trata?
Uma obra simples, com temas fáceis, mas que tem haver com a realidade de muitos, mensagens boas, sonoridade agradável, letras bem estruturadas. O tema “Minha Maria” e “Amo-vos de Milhões” são os que mais as pessoas se identificam. São temas cheios de emoções fortes, fazem chorar, faz amar mais. Só ouvindo para tirar as conclusões.

10 anos depois Diff  regressa ao game para revolucionar o Rap

Não é muito frequente um rapper assumir que canta sobre amor Eros. Será este um assunto que se devia explorar mais no movimento ou estamos perante uma revolução no movimento?
Amor é o dia-dia que as pessoas vivem, então é um tema em que se for bem feito as pessoas vão se rever nele. Não há ninguém que não ama, é quase impossível não amar nessa vida.

Como é que se apercebe que carrega a veia artística?
Acho que tenho algum jeito para tal e também por gostar da minha voz. Gostar de me ouvir.

A que produtora está associado?
Estou na produtora Diffmusic. Mas também estou na produtora The Plus Record.

Se está a dizer que a música não garante o futuro, que posição gostaria de ocupar na música angolana?
Poderia dizer a melhor posição, ser melhor, mas para mim basta saber que gostam da minha música já é suficiente, até porque não vejo a música como uma fonte de rendimento segura, para mim só preciso fazer boa música.

Depois do projecto “Deixo Cair”, que outros trabalhos está a preparar?  Já estou a preparar nosso trabalho para o próximo ano, em princípio EP de 6 faixas, onde terei algumas participações de outros artistas. uma das faixas do novo trabalho já esta feita, com a participação do Anselmo Ralph.

as cargas mais recentes

Will Smith no papel de escravo fugitivo

há 10 meses
O renomado actor, será o protagonista de ‘ Emancipation’, um filme de época, baseado na história real de Peter, -um escravo fugitivo que incentivou o Exército da União a combater os racistas no sul dos Estados Unidos-. O director do filme Antoine Fuqua, acredita que Smith foi a escolha perfeita, pois gosta de aprofundar o assunto, tanto que se propôs a produzir com os seus parceiros do Westbrook Studios James Lassiter e Jon Mone.

Rapper Houdini é morto durante tiroteio

há 11 meses
Com uma carreira em ascensão, Houdini de 21 anos foi morto esta terça-feira, durante um tiroteio em Toronto, no Canadá. O rapper foi atingido por tiros no hotel onde se encontrava.

Música e café são a nova união da aposta nacional

há 8 meses

DH lança plataforma que vai permitir produtores levarem beats a músicos consagrados

há 7 meses
Denominado Drum Stars, o instrumento poderá fazer com que qualquer produtor entre em contacto com músicos consagrados e aproveitar vender e monitorizar seus beats, bem como promover a sua imagem.

Beyonce revela planos para desacelerar a carreira

há 5 meses
Beyoncé é a figura de capa da mais recente edição da Vogue britânica, que nas bancas colocou três capas diferentes.

Aline Frazão junta-se ao projecto #1000Máscaras20Dias da Soba Store

há 12 meses
A boa-nova chegou pelas redes sociais da cantora, onde através de uma publicação, fez saber que vai usar a habilidade da costura para contribuir com a iniciativa da Soba Store, que consiste em distribuir gratuitamente máscaras aos servidores públicos essenciais.

Jackson Five lidera ranking entre as Boy Bands

há 9 meses
O site da edição americana da revista Rolling Stone publicou uma lista com as 75 melhores canções já gravadas por “Boy Bands”, trazendo faixas que vão desde “Why do Fools Fall In Love“ de Frankie Lymon & The Teenagers de 1956 (no 23° lugar).

Netflix anuncia produção de documentário sobre Emicida

há 6 meses
Intitulado ‘Amarelo – É tudo para ontem’, contém entrevistas e cenas de bastidores, de um show no Theatro Municipal de São Paulo em 2019.

Patrícia Faria é o novo rosto da Zap Viva

há 7 meses
Depois de três anos a dirigir o “Calientíssimo”, na rádio MFM, Patrícia Faria prepara-se para mais um desafio. Brevemente, a cantora vai conduzir um novo programa de TV, no canal Zap Viva.

A partir de produções amadoras, Cossom constrói carreira profissional nas redes sociais

há 10 meses
Cossom “The Greather”, de 19 anos de idade, é o mais novo cantor de Rap e R&B e já começou a prender o público nas redes sociais. Suas letras retratam sobre os amores, as paixões e o sentimento de abandono vividos entre os jovens.

Linkin Park: Reeditam “Hybrid Theory”, 20 anos depois do lançamento

há 6 meses
Ao longo de hora e meia de conversa Mike Shinoda, Brad Delson, Dave Farrell e Joe Hahn responderam a questões oriundas dos quatro cantos do mundo – da Tailândia e Indonésia aos Estados Unidos e Austrália, passando por Portugal – e falaram especialmente sobre o álbum que deu início ao percurso dos Linkin Park.

Ashanti e Keyshia Cole aceitam desafio de estar cara a cara num desfile de hits

há 4 meses
Os trabalhos das divas da música americana são amplamente conhecidos pelos angolanos. As cantoras vão confrontar-se, no próximo sábado, 12 de Dezembro, num desfile musical, que será transmitido no Instagram.

Rappers angolanos em destaque na revista científica brasileira

há 3 meses
A renomada revista científica brasileira de ciências humanas “Convergência Crítica” decidiu destacar na sua primeira edição Kid MC, MCK, Kamessu e Flagelo Urbano.

`Puro´de Anna Joyce é a música mais tocada em Angola

há 5 meses
A música `Puro´ da autoria de Anna Joyce, tem marcado “presença” constante no Top Nacional, cuja divulgação é feita pela Carga Magazine. Trata-se de um Top gerado pelo sistema da Sadia que faz monitoramento de 120 milhões de músicas, sistema este que reconhece uma música a cada 2 segundos e abrange todas as rádios de Angola.

Covid-19 força adiamento do primeiro grande festival de Kizomba

há 1 ano
O primeiro grande festival de Kizomba passaria também por outras províncias e alguns países da Europa. Mas, caso se registe algum caso em Angola, o evento já não se vai realizar. Acompanhe o que pensam os músicos em cartaz.

Daniel Mendes: “Com ou sem pandemia o Angola Music Awards acontecerá em 2020”

há 11 meses
A faltar dois dias para o fecho das inscrições, Daniel Mendes fala à Carga sobre a presente edição do Angola Music Awards, que traz como destaque a categoria música dos PALOP. Doravante, o evento passará a intercalar entre Angola e Portugal. O responsável explica por que razão a gala era realizada em Portugal, apesar de prestigiar a música e os músicos angolanos e lança as novidades do próximo ano 2021.