2020: Um ano trágico para a música angolana

2020 será, com certeza, lembrado como o ano  mais “negro” da história da música angolana. Em Fevereiro, a triste notícia sobre a morte de Kweno Ayonda aos 33 anos estremeceu o país e, quando os angolanos procuravam por algum consolo nas vozes de Waldemar Bastos, Carlos Burity, Teta Lágrimas, Jivago ou na bateria de Paulo Rymy, também viram estas estrelas  partir.

Calaram-se as vozes, mas as obras serão sempre  lembradas. Exemplo disso, aconteceu sábado no encerramento da VII temporada do Show do Mês. O projecto da Nova Energia colocou Carlos Burity, Kweno Ayonda, Waldemar Bastos, Jivago e Teta Lágrimas nas estrelas. Uma homenagem mais do que merecida, se se olhar para o contributo prestado pelos artistas à cultura angolana, a música em particular.

O vazio torna-se mais marcante e acentuado para o Semba. Com alguma excepção de Waldemar Bastos e/ ou Kweno Ayonda, todos eles dedicavam-se e exaltavam a bandeira do Semba e assistiram ao emergir do estilo na década de 40, por isso, tinham muito para ensinar a esta e próximas gerações.

Até à data da sua morte, aos 66 anos, Waldemar Bastos inscreveu seu nome no topo da música mundial, sendo a maior referência angolana do World Music. Para a memória colectiva, ficaram “Pitanga Madura”, “Teresa Ana” ou “Velha Xica” que constituem verdadeiro património cultural.

Descrito como um ano atípico, que “nem sequer devia existir”, 2020 leva consigo e deixa marcas negativas. As perdas começaram logo no início, com a morte de Kweno Ayonda, que deixa para a história lembranças como “Tu Vives Em Mim” ou “Isabel”.

Semana antes do adeus a Waldemar Bastos, o país procurava conformar-se com o passamento físico de Carlos Burity. O Autor “Malalanza” e   “Canções Nostalgia”, morreu aos 67 anos, após enriquecer a música angolana com “Angolaritmo” “Carolina”, “Paxiiami”, entre outros álbuns.

Responsável pelos clássicos “Avó Teté” e “Ramiros”, Jivago foi a outra perda deste ano. O artista abandonou a música angolana aos 66 anos. Mais tarde, viria a ser seguido por Teta Lágrimas. Ambos exímios compositores. 

Falecido em Fevereiro, Kueno Merquídes Vieira Ayonda foi o mais novo dos músicos e o primeiro a partir. Das suas maiores conquistas figura o Festival da Canção de Luanda da LAC com a música “ Tu Vives Em Mim”, em 2010. 

Enquanto Teta Lágrimas ficou conhecido como um dos maiores compositores que o país teve. Lançou-se com “Amizade Colorida” e depois seguram-se álbuns como “Mãe de todos nós”, “Coisas da vida”, “Dilema”, “Luanda Já Foste Linda”, “Letra Chorada”, “Lágrimas do Coração” entre outros.

Calou-se a bateria de Paulo Van-Dúnem “Paulo Rymy”. Conhecido por tocar ao lado de artistas como Bonga, Eduardo Paim e Banda Canna D’Açucar, o músico morreu hoje vítima de cancro da pele. A morte do baterista foi confirmada esta tarde à Carga por um colega de profissão.
Paulo Rymy protagonizou-se como um dos melhores bateristas da nova geração e era solicitado pela maioria dos cantores angolanos, entre eles Bonga, Eduardo Paim e a Banda Canna D’Açucar da qual fazia parte.
Para sempre calou-se o ritmo da bateria, mas os frutos de Paulo Rymy continuarão na memória dos amantes da música e nos ouvidos de quem o ouviu tocar.

as cargas mais recentes

Beyonce revela planos para desacelerar a carreira

há 2 anos
Beyoncé é a figura de capa da mais recente edição da Vogue britânica, que nas bancas colocou três capas diferentes.

Whitney Houston se torna a primeira artista negra a conseguir três discos de Diamante

há 2 anos
A marca foi conseguida com o álbum “Whitney”, o segundo da artista lançado em 1987. Já detinha o certificado de Diamante pelas obras “Whitney Houston” (1985), que foi 13 vezes Platina, e pela trilha sonora de “O Guarda-Costas” (1992), que foi 18 vezes Platina.

Vírus Inesperado: Filme de produção angolana é premiado em Londres

há 1 ano
O filme “Vírus Inesperado”, uma co-produção entre Henrique Sungo (produtor) e o santomense Felipe Anjos (editor), fala sobre o impacto do novo coronavírus na comunidade Palop no Reino Unido.

Álbum “Nevermind” completa 30 anos e ganha edição comemorativa

há 1 ano
Em entrevista à revista “Uncut”, o baixista do extinto Nirvana, Krist Novoselic, revelou que o trigésimo aniversário do clássico álbum não vai passar em branco.

Cantor de Afrobeat lidera intenções de voto nas eleições presidenciais do Uganda

há 1 ano
Quando o actual chefe de estado chegou ao poder, o cantor Afrobeat tinha 4 anos, agora Bobi Wine se tornou na maior ameaça do presidente Yoweri Museveni, de 75 anos, por ser fortemente apoiado pelos jovens, que constituem a maior franja daquele país.

Bow Wow manifesta interesse em lançar um último álbum sob chancela da Death Row Records

há 4 meses
Desde que foi adquirida por Snoop Dogg todos os olhos se voltaram à icónica gravadora. Aposentado da música desde 2016, Bow Wow elegeu a Death Row Records como lar perfeito para o seu último álbum, durante uma sessão de perguntas e respostas no Twitter.

Drake atinge feito inédito e ultrapassa Os Beatles, Michael Jackson e Madonna

há 2 anos
O rapper tornou-se o artista com mais músicas no Top da Billboard. O recorde pertencia durante anos a Madonna e Drake já havia empatado, mas esta semana atingiu 40 músicas na parada. Veja a lista completa dos artistas que mais colocaram músicas no do Top 10 dos EUA.

Precursores da coreografia Jerusalema com agenda de “ouro”

há 2 anos
O maior ganho, depois do sucesso do vídeo, foi a garantia da vice-presidência da república da criação de uma academia de dança, mas ainda sem data definida.

Cardi B explica o que a impede de usar drogas

há 2 anos
Numa entrevista emparelhada com a mais recente capa da ‘Mulher do Ano’, eleita pela Billboard, Cardi B entrou em mais detalhes sobre um tema controverso, revelando que, embora ela não faça uso de drogas, fuma um cigarro, ou três ocasional.

Dog Murras: “A música ‘Não!!!’ deverá ser a palavra de ordem, se quisermos uma Angola melhor para todos”

há 2 meses
Dog Murras está a partilhar com o público momentos de alegria e reflexão, após o lançamento, no passado dia 18, da música “Não!!!”, que conta neste instante com 48 mil visualizações no Youtube e inúmeras reacções em outras redes sociais.

Continuação de Black Panther já tem data de estreia e novo título

há 1 ano
Intitula-se `Pantera Negra: Wakanda Forever´ e chega aos cinemas no próximo dia 8 de Julho de 2022.

AFRIMA passa a contar com uma agência oficial em Angola

há 2 meses
Doravante, a organização dos prémios africanos de música “All Africa Music Awards” (AFRIMA) terá um representente oficial em Angola. Trata-se da Cloe Management, uma agência angolana de gestão internacional de carreira de músicos, produtores e marcas independentes criada em 2006 por Clotilde Muhongo Baiua.

Vinte e quatro filmes concorrem ao prémio de melhor filme no festival internacional de curta metragem da Kianda

há 1 ano
O FESC-KIANDA é o primeiro festival internacional de cinema que premeia as curta-metragens produzidas de Janeiro à Novembro de cada ano. É um evento anual inserido nas festividades da cidade de Luanda.

Jay-Z volta a aumentar ainda mais a fortuna após vender Tidal

há 1 ano

Influência de Liceu Vieira Dias e os Ngola Ritmos na música popular angolana é retratada em documentário

há 2 anos
No mês de Novembro, o canal ZAP Viva celebra a independência de Angola com a exibição de documentários com o foco na sua herança cultural, e dia 4 de Novembro a partir das 21:30, poderá acompanhar “O Lendário Tio Liceu e os Ngola Ritmos”.

De Mi Casa a Paulo Flores: Primeiro grande festival pós-confinamento abre amanhã em Luanda

há 3 meses
Não há festa sem música e a música soa sempre melhor se acompanhada de um bom prato. Foi nesta ordem de ideia que a Cloe Management, Nuno Manster e Henda Viegas decidiram unir-se para o Kamu Tupu, um festival gastronómico que vai reunir vários artistas angolanos e estrangeiros.