2020: Um ano trágico para a música angolana

2020 será, com certeza, lembrado como o ano  mais “negro” da história da música angolana. Em Fevereiro, a triste notícia sobre a morte de Kweno Ayonda aos 33 anos estremeceu o país e, quando os angolanos procuravam por algum consolo nas vozes de Waldemar Bastos, Carlos Burity, Teta Lágrimas, Jivago ou na bateria de Paulo Rymy, também viram estas estrelas  partir.

Calaram-se as vozes, mas as obras serão sempre  lembradas. Exemplo disso, aconteceu sábado no encerramento da VII temporada do Show do Mês. O projecto da Nova Energia colocou Carlos Burity, Kweno Ayonda, Waldemar Bastos, Jivago e Teta Lágrimas nas estrelas. Uma homenagem mais do que merecida, se se olhar para o contributo prestado pelos artistas à cultura angolana, a música em particular.

O vazio torna-se mais marcante e acentuado para o Semba. Com alguma excepção de Waldemar Bastos e/ ou Kweno Ayonda, todos eles dedicavam-se e exaltavam a bandeira do Semba e assistiram ao emergir do estilo na década de 40, por isso, tinham muito para ensinar a esta e próximas gerações.

Até à data da sua morte, aos 66 anos, Waldemar Bastos inscreveu seu nome no topo da música mundial, sendo a maior referência angolana do World Music. Para a memória colectiva, ficaram “Pitanga Madura”, “Teresa Ana” ou “Velha Xica” que constituem verdadeiro património cultural.

Descrito como um ano atípico, que “nem sequer devia existir”, 2020 leva consigo e deixa marcas negativas. As perdas começaram logo no início, com a morte de Kweno Ayonda, que deixa para a história lembranças como “Tu Vives Em Mim” ou “Isabel”.

Semana antes do adeus a Waldemar Bastos, o país procurava conformar-se com o passamento físico de Carlos Burity. O Autor “Malalanza” e   “Canções Nostalgia”, morreu aos 67 anos, após enriquecer a música angolana com “Angolaritmo” “Carolina”, “Paxiiami”, entre outros álbuns.

Responsável pelos clássicos “Avó Teté” e “Ramiros”, Jivago foi a outra perda deste ano. O artista abandonou a música angolana aos 66 anos. Mais tarde, viria a ser seguido por Teta Lágrimas. Ambos exímios compositores. 

Falecido em Fevereiro, Kueno Merquídes Vieira Ayonda foi o mais novo dos músicos e o primeiro a partir. Das suas maiores conquistas figura o Festival da Canção de Luanda da LAC com a música “ Tu Vives Em Mim”, em 2010. 

Enquanto Teta Lágrimas ficou conhecido como um dos maiores compositores que o país teve. Lançou-se com “Amizade Colorida” e depois seguram-se álbuns como “Mãe de todos nós”, “Coisas da vida”, “Dilema”, “Luanda Já Foste Linda”, “Letra Chorada”, “Lágrimas do Coração” entre outros.

Calou-se a bateria de Paulo Van-Dúnem “Paulo Rymy”. Conhecido por tocar ao lado de artistas como Bonga, Eduardo Paim e Banda Canna D’Açucar, o músico morreu hoje vítima de cancro da pele. A morte do baterista foi confirmada esta tarde à Carga por um colega de profissão.
Paulo Rymy protagonizou-se como um dos melhores bateristas da nova geração e era solicitado pela maioria dos cantores angolanos, entre eles Bonga, Eduardo Paim e a Banda Canna D’Açucar da qual fazia parte.
Para sempre calou-se o ritmo da bateria, mas os frutos de Paulo Rymy continuarão na memória dos amantes da música e nos ouvidos de quem o ouviu tocar.

as cargas mais recentes

Algo Desconhecido apresenta hoje a segunda edição do ‘Bengha Producers’

há 11 meses
Trata-se de uma conversa entre produtores, cujo primeiro encontro aconteceu no live do Facebook da passada quinta-feira e hoje assinala a segunda edição, as 19 horas na página Wilson Algo Desconhecido. Na primeira pessoa, o produtor que já trabalhou com Monsta, Mc Koringa, NGA, Prodígio, Deezy e outros grandes nomes da música internacional, descortinou as razões da sua mais recente criação.

Estrelas alertam sobre o impacto do Covid-19 às comunidades carenciadas

há 10 meses
Um espectáculo especial acontece este sábado e junta Coldplay, Miley Cyrus, Shakira, Justin Bieber único palco, para além das presenças de Balvin, Usher, Jennifer Hudson, Chris Rock, Hugh Jackman, Charlize Theron e David Beckham.

Escritor Lourenço Mussango reage à decisão do INIC sobre a retirada do Prémio António Jacinto

há 3 meses
Em reacção à decisão, Lourenço Mussango afirmou que tanto o júri como o INIC não fizeram nenhuma avaliação das provas materiais para se chegar à conclusão sobre quem plagiou quem.

John Legend quer protagonizar uma batalha de hits no piano com Alicia Keys

há 11 meses
Falando virtualmente com Nick Cannon em Power 106, John Legend expressou o seu apreço pela série Swizz Beatz e Timbaland no Instagram Live Verzuz e revelou a vontade de protagonizar um frente a frente por um episódio, diferenciado com.Alicia Keys.

“Tá a bater” volta às telas amanhã

há 12 meses
Após um interregno em virtude do actual estado de emergência, o “Tá a barter” estreia, a partir deste fim-de-semana, uma nova temporada que será marcada por duas horas de emissão, em directo, e com novas rubricas.

Os Tuneza regressam à casa com novas histórias

há 11 meses
Após passarem os primeiros dias de quarentena separados por motivos vários e criarem o caos no Kilamba, a família mais disfuncional de Angola foi obrigada a abandonar a centralidade. Solução: regressar à antiga casa, e passarem o resto do confinamento juntos.

Linkin Park: Reeditam “Hybrid Theory”, 20 anos depois do lançamento

há 6 meses
Ao longo de hora e meia de conversa Mike Shinoda, Brad Delson, Dave Farrell e Joe Hahn responderam a questões oriundas dos quatro cantos do mundo – da Tailândia e Indonésia aos Estados Unidos e Austrália, passando por Portugal – e falaram especialmente sobre o álbum que deu início ao percurso dos Linkin Park.

Toty Sa´Med de quarentena em Portugal

há 1 ano
O músico angolano Toty Sa´Med “viu” cancelados os dois concertos que tinha agendado na Europa, por causa da pandemia Coronavírus.

Lewis Hamilton revela que também é Rapper

há 8 meses
Afinal Lewis Hamilton também tem uma veia artística, a revelação foi feita na primeira pessoa. O hexacampeão usou a página oficial do Instagram para assume autoria da música “Pipe” em colaboração com Christina Aguilera, onde usa o codinome de XNDA e diz que insegurança motivou o anonimato.

Jackes Di: A continuidade do legado “dos” Paim

há 8 meses
Descendente de uma família artísticamente rica, Emanuel de Carvalho Fernandes da Silva ou simplesmente Jackes Di, dá continuidade ao legado apresentando-se como um artista multifacetado, sendo exímio tocador de guitarra e também canta.

Bonga, a lenda do Semba e símbolo da consciência africana, exaltado pela imprensa internacional

há 4 meses
Uma caminhada de quase meio século, que se traduz em álbuns, espectáculos, bibliografias, viagens e com um único objectivo: despertar a consciência africana por meio do Semba, género que se vai tornando na sua própria antonomazia.

Artistas angolanos reagem à morte de Alichia Adams

há 5 meses
A notícia sobre a morte prematura e trágica da Influencer moçambicana, na madrugada de ontem, dia 8 de Novembro, deixou várias figuras do Jet 7 angolano consternadas.

Kanye West oferece um Sherp Pro como prenda de aniversário a 2 Chainz

há 7 meses
Parece já não haver motivos para duvidar da fortuna de West, só em três meses, o rapper gastou o equivalente a três triliões de Kwanzas para a campanha eleitoral e, para fechar, ofereceu como presente de aniversário um Sherp Pro ATV ao seu amigo 2 Chainz.

Killuanji: “Os fazedores do Rap gospel em Angola andam distraídos e tornam o estilo frágil e fraco ao ponto de ninguém os ouvir”

há 7 meses
Lançou recentemente o EP Apocrypha e embora esteja na música há mais de uma década, Killuanji considera que agora sim, a sua carreira começou. O rapper que faz da crença o seu sacerdócio assume-se como o “novo rosto do Rap Gospel em Angola”, e garante que chegou para dar uma lufada de ar fresco ao estilo.

Laton dos Kalibrados decide abraçar a carreira gospel “Eu me encontrei”

há 1 mês

Davido na linha da frente dos protestos na Nigéria

há 6 meses
O músico nigeriano juntou-se este sábado a uma manifestação para exigir o fim da brutalidade policial no seu país. “Não devemos recuar até que as nossas reivindicações sejam atendidas”.