Filme de estreia de Gilmário Vemba é o mais visto dos cinemas nacionais

A tragicomédia chegou às salas de cinema no passado dia 26 de Fevereiro e foi visto, até a semana finda, por cerca de sete mil pessoas, atingindo assim a marca de filme de produção local mais visto nos cinemas nacionais.

Ainda que com parcos recursos, as produções com assinatura Made in Angola vão galgando nos últimos anos, o caminho certo para a excelência e `A Dívida´ é, na opinião da crítica pública e técnica, a prova deste argumento.

Ao lado de Anacleto Abreu, Gilmário Vemba tirou do papel para as telas uma estória bastante comum da nossa realidade que, além de ser já um sucesso de bilheteria, vai marcar a reviravolta do cinema nacional, e quem o diz é o próprio protagonista.

Na primeira pessoa, e em exclusivo à Carga Magazine, Gilmário confirmou que a longa-metragem vai ser sequenciado, está a “caminho” da Netflix e que há intenções de ser dublado ou legendado para o Francês e o Inglês.

Até ao momento, quantas vezes o filme ‘A Dívida’ foi visto?
Até agora já foi visto por mais de 7 mil pessoas, que é um número record para um filme nacional. É o primeiro filme Angolano a atingir estes números no cinema.

São apenas dados da Zap cinemas apenas ou uma junção dos dois cinemas nacionais?
É uma junção de dados do Zap cinemas e Cinemax.

Em termos monetários, isto já reflectiu alguma coisa para a autoria do filme?
Ainda não. Mas também já não estamos muito longe disso.

Atingir este patamar é, com certeza, uma responsabilidade acrescida. Estava dentro das suas expectativas?
Quanto às expectativas, estamos super tranquilos, queremos continuar a produzir cinema com qualidade com deseja de dar uma boa experiência a quem vai ao cinema, ver os nossos filmes.

Para um filme de estreia, qual é o feedback que tem recebido da crítica e do público em geral?
A crítica dá saldo positivo ao filme, tanto a crítica técnica como a popular, o que alegra em grande escala os nosso corações. 95% das pessoas que viram o filme recomendam.

Filme de estreia de Gilmário Vemba é o mais visto dos cinemas nacionais

Para quem assistiu ‘A Dívida’ ficou claro que haverá uma continuação. O que já pode adiantar sobre a segunda parte, em termos de produção, enredo e data de lançamento?
Ainda não começamos a rodar por conta da pandemia. Se em fase normal não conseguimos angaria nada (verbas) para nos ajudar no produção do filme, imagina agora que o mundo anda a meio gás. Mas, já começámos a fazer o trabalho de mesa, a juntar forças, para `A Dívida 2´ com mais qualidade, mais comédia e mais acção.

A propósito, no discurso de estreia do filme, afirmou que está em “dívida” com o resto do elenco. Qual é o ponto de situação?
Quanto a dívida com o elenco, foi só a brincar. Mas fica claramente a promessa, que o ganho será sempre colectivo.

Artísticamente, como avalia a sua carreira neste contexto pandémico?
Apesar da pandemia, a minha carreira tem dado saltos positivos, com uma excelente aceitação no mercado nacional e internacional, esperamos continuar a dar motivos para que isto assim aconteça, durante o tempo que for possível.

Na última entrevista que cedeu à Carga Magazine, fez saber que haveria a possibilidade de o filme integrar o catálogo da Netflix. Como andam as negociações?
Já começámos as negociações com algumas agências que trabalham com a Netflix, e acreditamos que poderá demorar um pouco mais, mas eventualmente, iremos lá chegar.

as cargas mais recentes

Matias Damásio prepara show solidário

há 2 anos
O show será transmitido na sua página no Youtube e na Televisão Pública de Angola (TPA), a partir das 14h30, e visa angariar a maior quantidade de cestas básicas possíveis, para ajudar os mais necessitados, de acordo com o valor a ser arrecadado.

Melhores dançarinos de Kizomba e Semba de Luanda serão conhecidos este sábado

há 1 ano
Dançarinos de Kizomba e Semba serão distinguidos este sábado, no Centro Cultural Brasil Angola, em Luanda, durante uma gala para atribuição do título de Campeões de Dança Kizomba e Semba Municipal de Luanda 2021.

Big Nelo e Prodígio ministram aula magna sobre o segredo do sucesso

há 2 anos
Os músicos Big Nelo e Prodígio vão partilhar, nos dias onze e doze de Dezembro, experiências e segredos que os levaram ao sucesso, através de um masterclass.

Clássico “O padrinho” de volta às telas

há 2 anos
A NBCUniversal anunciou que o seu próximo serviço de streaming assinou um contrato de licenciamento de conteúdo com a ViacomCBS. A grande novidade é que a trilogia “The Godfather” e “O Talentoso Sr. Ripley”, “Ray Donovan”, “Undercover” Chefe “,” Todo mundo odeia Chris “e” Maridos reais de Hollywood “, estarão disponíveis a título exclusivo de 2021 até 2023.

Yuri da Cunha: “Eu podia ter nacionalidade portuguesa, mas nunca tive. Vou tentar ao máximo viver aqui”

há 1 ano
Sobre a garantia da sua reforma, uma vez que é visível o seu sucesso, o artista admitiu que, apesar de ganhar mais, tal como os demais angolanos, também lida com questões de água e luz, mas ama a sua terra e, embora tenha várias possibilidades de adquirir a nacionalidade portuguesa, nunca pensou nisso.

Mamy é convidada a participar da pré-conferência internacional sobre activismo em África

há 1 ano
A rapper angolana levará amanhã a debate fundamentos sobre o exercício da liberdade de expressão por meio da música engajada, mais concretamente o “rap revolucionário”.

Will Smith pede desculpas públicas a Chris Rock: “Estou envergonhado”

há 6 meses
24 horas depois da polémica bofetada durante a cerimónia dos Óscares, Will Smith recorreu à rede social Instagram para pedir desculpas a Chris Rock por tê-lo agredido.

D-Wayne: Um filho do Rap que deixa marcas no Kuduro e Afro House

há 2 anos

O Banco Angolano de Investimentos (BAI) tem apresentado, ano após ano, soluções práticas e acessíveis para os seus parceiros e clientes

há 2 anos

Produtoras angolanas rejeitam pagar direitos autorais a seus artistas

há 12 meses
De acordo com o director geral da Sadia, os proprietários das produtoras, rejeitam pagar direitos de autor, e dizem que “não podem pagar”. Sem citar nomes, Lucioval Gama revela que o estranho é que são das mais conceituadas produtoras.

Show Do Mês venera cinco estrelas da música angolana que partiram este ano

há 2 anos
Os músicos Kweno Ayonda, Waldemar Bastos, Carlos Burity, Jivago e Teta Lágrimas, falecidos este ano por doença, serão homenageados pelo Show do Mês com um grande espectáculo.

Slam Lunar realiza primeira Double Poetry Slam “Omunga”

há 1 ano
O evento, cujo conceito será realizado pela primeira vez em Angola, é um concurso de spoken word onde poetas apresentam por meio da oralidade os seus poemas em dupla.

Davido lança novo álbum com Chris Brown, Nas, Nicki Minaj e Young Thug

há 2 anos
Intitulado “A Better Time”, o album é tipicamente africano e predomina o Afropop e Afrobeat. Com 17 faixas musicais, já está disponível e traz, entre outras, vozes de Chris Brown, Nicki Minaj, Nas, Young Thug e Lil Baby.

Bryan Adams critica duramente a China pelo surto do novo Coronavírus

há 2 anos
Se não fosse o novo coronavírus, a estrela pop rock canadense iniciaria, esta semana, uma série de concertos no Royal Albert Hall, em Londres. Indignado com as consequências da pandemia, Adams ataca e acusa a China.

Por onde anda o Queima Bilha?

há 2 anos
A concorrência com Sebem obrigou os dois Kuduristas a esmerarem-se, trazendo sucessos atrás de sucessos. No entanto, Queima Bilha ficou pelo caminho, “desaparecendo do mapa” musical sem deixar rastos.

Tradicional nomeação da Complex elege Tyler, The Creator como Melhor Rapper Vivo de 2021

há 8 meses
Todos os anos, o tradicional portal de cultura pop Complex elege o melhor rapper vivo do ano anterior. A publicação divulgou também um ranking dos melhores rappers desde 1979.