A partir de produções amadoras, Cossom constrói carreira profissional nas redes sociais

Cossom “The Greather”, de 19 anos de idade, é o mais novo cantor de Rap e R&B e já começou a prender o público nas redes sociais. Suas letras retratam sobre os amores, as paixões e o sentimento de abandono vividos entre os jovens. A partir do distrito de Camama, o cantor procura captar a atenção das produtoras e apresenta durante a primeira entrevista da carreira seus projectos musicais.

Que músicos contribuíram para que você tomasse a decisão de cantar profissionalmente?
Comecei a cultivar a veia profissional há quatro anos no distrito onde nasci, no Bairro Azul e até hoje as minhas maiores influências continuam a ser os músicos que residem lá.

Quantas músicas tem disponível?
Neste momento, tenho dois projectos disponíveis, um lançado em 2018 e o outro em 2020. Em breve,vou disponibilizar vídeos clipes de duas músicas “Desculpa” e “New Lies”.

Com que participações contou?
 Não houve participações, todas a solo.

A partir de produções amadoras, Cossom constrói carreira profissional nas redes sociais

Quais são as novidades que tem para este ano?
Para este ano, estamos a preparar os vídeos clipes das duas músicas e temos outros vídeos clipes para serem lançados, estamos apenas à espera do momento mais propício.

E quando é que pode ser este momento?
Nada melhor que chamar, primeiramente, a atenção do público e vou trazendo diferença e algo mais original.

Quem escreve as suas músicas?
Sou o autor de todas as minhas canções. Trago melodias originais, trabalho imenso nisso.

Por que prefere focar suas abordagens a jovens da sua faixa idade?
Acho que fica mais fácil para mim, uma vez que eu sou desta faixa etária.

E que mensagens procura transmitir?
Variadas. É dito que as composições vêm da alma e o que vem depende do que estamos a viver no momento, então depende.

Vem cantando a solo. Não consta dos seus planos partilhar música ou projectos com outros artistas?
Penso sim. Gostava de ter participações com Abdiel, Yola Semedo, Heavy C e Totó ST.

Como está a sua carreira neste preciso momento?
A carreira se encontra em fase de expansão, uma vez que estamos a trabalhar arduamente para atingir o ápice.

Para quem está a começar, conseguir uma produtora é difícil. Como tem lidado com isso?
Na verdade, nunca foi um problema para mim, tenho os meus próprios materiais e consigo fazer as minhas captações em casa, assim que conseguir assinar com uma produtora, vou apostar aperfeiçoar mais o meu conhecimento sobre música, porque ali as responsabilidades aumentam.

Como se tem preparado para vencer os desafios?
Tento a partir de agora desenvolver a capacidade de ser humilde, acho que isso derruba qualquer coisa.

as cargas mais recentes

Confirmada presença de Prodígio no show sobre o “Reinado” de Yuri da Cunha

há 2 anos
Yuri da Cunha vai exaltar, este final de semana, os hábitos, costumes e tradições dos angolanos com um espectáculo, que marca a trajectória do músico, que decidiu embarcar para uma tournée.

#TheBestBANTUMEN 2020 é eleito já este domingo

há 2 anos
Está a decorrer a votação que vai eleger o #TheBestBANTUMEN 2020, nas categorias de `Melhor Artista´e `Melhor Projecto Musical´, ambas dentro da cultura Hip Hop, entre os PALOPs e Portugal. Tal como o nome deixa adivinhar, trata-se de uma iniciativa do site generalista BANTUMEN.

Embaixadores do Semba no Show do Mês

há 3 anos
A Banda Maravilha, conhecida como embaixadora do Semba, será o próximo cartaz do Show do Mês online, no sábado, num concerto que vai marcar o inicio da parceria entre a Nova Energia e TPA, que transmitirá todos os “Lives” no canal 2.

Victor Silva: O primeiro angolano a dar carga no Mundial de moto Supersport

há 2 anos
Chama-se Victor Silva Barros e tem 36 anos. Natural do Sumbe, província do Kuanza Sul, o piloto começou a correr com “kupapata” e este final de semana estreou-se no Mundial de SuperSport em Estoril, Portugal.

Banda-relâmpago volta a despertar rock angolano com obra “arrepiante”

há 3 anos
Downstairs to Somewhere é um projecto colaborativo de rock que existe há menos de quatro meses. Após estrear-se com o single “Its Not About You”, a banda-Relâmpago suportada por Tipo Stereo e Manel Kavalera “Mankav” volta hoje à ribalta com mais uma obra “arrepiante” e anuncia trabalhos em carteira.

Pongo Love confirmada no Festival Músicas do Mundo

há 3 anos
O evento reúne cerca de 30 músicos vindos da África, Europa e América. A cantora faz parte da lista dos primeiros 14 artistas apresentados esta sexta-feira.

Etona apresenta obra ao ar livre

há 3 anos
O artista plástico António Tomás “Etona” vai inaugurar, no dia 31 de Julho, uma exposição com a peça única intitulada “Cegueira da Justiça”, em homenagem a mulher africana.

Sam Smith está a enfrentar problemas mentais

há 2 anos
O cantor reiterou aos fãs que lida com questões de saúde mental no seu dia-a-dia, uma situação que caminha para o mais difícil “serão mais difíceis que os outros dias”, admite.

The Miseducation of Lauryn Hill: eleito o melhor disco de Rap da história

há 2 anos
O álbum de estreia de Lauryn Hill, The Miseducation Of Lauryn Hill, foi considerado um dos melhores álbuns de todos os tempos, e o melhor álbum de Rap, pela Rolling Stone.

Thó Simões: “É nas ruas que consigo vislumbrar alguma coisa da natureza humana”

há 2 anos

Kanye West oferece um Sherp Pro como prenda de aniversário a 2 Chainz

há 2 anos
Parece já não haver motivos para duvidar da fortuna de West, só em três meses, o rapper gastou o equivalente a três triliões de Kwanzas para a campanha eleitoral e, para fechar, ofereceu como presente de aniversário um Sherp Pro ATV ao seu amigo 2 Chainz.

“Fenómeno” que atende pelo nome de Anna Joyce passará por Portugal

há 1 ano
Graças ao álbum homónimo, a Fofinha alcançou façanhas inéditas e conheceu o auge da carreira, cuja cereja no topo do bolo será a sua grande estreia no Coliseu dos Recreios, no próximo dia 24 de Junho.

Morreu Pop Show, “a voz autorizada” do Kilapanga

há 6 meses

“Com Corona ou Sem” o hit do verão de Moçambique

há 2 anos
Da autoria de Mc Roger, com a participação de Twenty Fingers, o single chega para “abrir” a nova estação do ano em Moçambique e promete animar as pistas de dança, ainda que em confinamento.

Participação de cantoras angolanas no AFRIMMA vai de mal a pior

há 2 anos
A organização dos AFRIMMA, prémios africano de música, divulgou, na semana finda, a lista dos candidatos para a edição 2020, onde, diferente da anterior, os angolanos subiram dois degraus, mas a participação feminina continua um fracasso.

Profissionais e Produtores de Eventos & Cultura já têm entidade reguladora

há 3 anos
Num exclusivo à Carga, o Porta-voz do projecto, Kizua Gourgel, esclareceu o que é necessário para fazer parte, como surge, e para onde vai a iniciativa em meio a crise pandémica.