A partir de produções amadoras, Cossom constrói carreira profissional nas redes sociais

Cossom “The Greather”, de 19 anos de idade, é o mais novo cantor de Rap e R&B e já começou a prender o público nas redes sociais. Suas letras retratam sobre os amores, as paixões e o sentimento de abandono vividos entre os jovens. A partir do distrito de Camama, o cantor procura captar a atenção das produtoras e apresenta durante a primeira entrevista da carreira seus projectos musicais.

Que músicos contribuíram para que você tomasse a decisão de cantar profissionalmente?
Comecei a cultivar a veia profissional há quatro anos no distrito onde nasci, no Bairro Azul e até hoje as minhas maiores influências continuam a ser os músicos que residem lá.

Quantas músicas tem disponível?
Neste momento, tenho dois projectos disponíveis, um lançado em 2018 e o outro em 2020. Em breve,vou disponibilizar vídeos clipes de duas músicas “Desculpa” e “New Lies”.

Com que participações contou?
 Não houve participações, todas a solo.

A partir de produções amadoras, Cossom constrói carreira profissional nas redes sociais

Quais são as novidades que tem para este ano?
Para este ano, estamos a preparar os vídeos clipes das duas músicas e temos outros vídeos clipes para serem lançados, estamos apenas à espera do momento mais propício.

E quando é que pode ser este momento?
Nada melhor que chamar, primeiramente, a atenção do público e vou trazendo diferença e algo mais original.

Quem escreve as suas músicas?
Sou o autor de todas as minhas canções. Trago melodias originais, trabalho imenso nisso.

Por que prefere focar suas abordagens a jovens da sua faixa idade?
Acho que fica mais fácil para mim, uma vez que eu sou desta faixa etária.

E que mensagens procura transmitir?
Variadas. É dito que as composições vêm da alma e o que vem depende do que estamos a viver no momento, então depende.

Vem cantando a solo. Não consta dos seus planos partilhar música ou projectos com outros artistas?
Penso sim. Gostava de ter participações com Abdiel, Yola Semedo, Heavy C e Totó ST.

Como está a sua carreira neste preciso momento?
A carreira se encontra em fase de expansão, uma vez que estamos a trabalhar arduamente para atingir o ápice.

Para quem está a começar, conseguir uma produtora é difícil. Como tem lidado com isso?
Na verdade, nunca foi um problema para mim, tenho os meus próprios materiais e consigo fazer as minhas captações em casa, assim que conseguir assinar com uma produtora, vou apostar aperfeiçoar mais o meu conhecimento sobre música, porque ali as responsabilidades aumentam.

Como se tem preparado para vencer os desafios?
Tento a partir de agora desenvolver a capacidade de ser humilde, acho que isso derruba qualquer coisa.

as cargas mais recentes

Wilson Puma diz que rappers angolanos preocupavam-se mais com o “flow”

há 2 anos
O rapper Wilson Puma, cujo sonho é apertar a mão do rapper norte-americano Eminem, afirmou que este género musical em Angola está a subir de nível, depois de um momento menos bom.

Entri Spada e Paredi: DJ Malvado reinventa clássico cabo-verdiano em parceria com Roxane

há 1 ano
A ser lançada hoje, a música Entre Spada e Paredi é um “prenuncio” do EP de Roxane Fernandez, a ser lançado em Julho/Agosto e mantém DJ Malvado conectado às suas raízes com a kizomba mais tradicional tal como nos tempos em que estava a iniciar a sua carreira.

Mário Gomes: O presente e o futuro entre os guitarristas

há 2 anos
Dom Caetano, Filipe Mukenga consideram-no o melhor guitarrista da actualidade. Saiba mais sobre este pequeno/grande músico na entrevista concedida à Revista Carga.

Irmãos Mussungo apresentam conceito ‘Mussungology Tour the World”

há 12 meses
A Fundação Arte e Cultura, focada na promoção da cultura nacional, pelo incentivo a educação para as artes, e a promoção dos artistas Angolanos, vai apresentar no próximo dia 08 de Outubro, das 18h às 22h30, em parceria com Befo Music, o conceito ‘Mussungology Tour the World’, um casamento que une a inauguração da exposição individual “Lisbon in my mind” de Adão Mussungo na Galeria Tamar Golan e o Concerto Musical “Befology 77” do músico PJ Mussungo, no auditório Wyza Anfiteatro, na Fundação Arte e Cultura, Ilha de Luanda, junto à Escola 1205, paragem da Casa Lisboa.

Cinema às quartas-feiras apresenta “Do Outro Lado do Mundo”

há 2 anos
O Documentário intitulado “Do Outro Lado do Mundo” vai ser apresentado nesta quarta-feira, pelas 18h30, no espaço Wyza Anfiteatro, da Fundação Arte e Cultura, no âmbito do projecto Cinemas às Quartas-feiras, da KinoYetu, Fundação Arte e Cultura e Geração 80.

Guardiões da Galáxia 3 marca fim de ciclo do elenco

há 2 anos
Após afirmar que Guardiões da Galáxia Vol. 3 não será adiado por conta da pandemia do Coronavírus, o director James Gunn revelou que este pode ser o último com o elenco actual.

Paulo Flores homenageia Waldemar Bastos e Carlos Burity em novo álbum

há 2 anos
Intitulado ‘Independência’, no novo disco o artista “regressa às origens” do Semba e exalta o ritmo ancestral usado como instrumento de luta.

Cultura nacional contará com frequência radiofónica exclusiva

há 1 ano
Recatalogada como prioridade pelo Presidente do Conselho de Administração, Pedro Cabral, a iniciativa que está prestes a ser concretizada, já é tida como um projecto “muito bem conseguido” e aguardado com expectativa por profissionais do ramo.

Adriano Tchitacumula: “Estrelas ao Palco é apenas um concurso, a verdadeira demonstração do meu talento começa agora”

há 1 ano

Njila Yami: Nelo Carvalho apresenta “toda a sua angolanidade” em novo álbum

há 7 meses
Diferente de “Encontros”, “Reencontros” e “Las Voces e Los Cantos”, o novo álbum de Nelo de Carvalho traz apenas um tema partilhado com Prince Wadada, no estilo reggae. Reúne composições de Paulo Flores, Carlos Baptista, Paulo Abreu de Lima, Alberto Monteiro “Beto” e Armindo Monteiro “Mindo”.

Back to Be: Ludmilla revisita funk raiz em comemoração aos 10 anos de carreira

há 6 meses
Em alusão a sua primeira década de carreira, Ludmilla lançou na noite de ontem a EP ` Back to Be´ , o retorno oficial de MC Beyoncé, ou seja, a cantora revisita o início da trajectória, desde o nome ao género que a consagrou.

Presidente de Cabo Verde considera Agostinho Neto Património da  Humanidade

há 9 meses
José Maria Neves está em Angola desde domingo e cumpre uma visita de Estado, que termina esta quarta-feira. O chefe de Estado de Cabo Verde prestou as declarações durante um passeio ao Memorial António Agostinho Neto, onde, entre outras acções, depositou uma coroa de flores ao sarcófago do primeiro presidente da República de Angola.

Boaventura Cardoso vence 4.ª edição do prémio DstAngola/Camões

há 3 meses

Sabia que hoje assinala-se o Dia da Música Estranha?

há 2 anos
O Dia Internacional da Música Estranha foi criado por Patrick Grant, um músico e compositor de Nova Iorque que queria colocar as pessoas a ouvirem e a tocarem tipos de música que nunca tinham ouvido e tocado antes.

JAY-Z acha que foi a ambição e ego que acabaram com o grupo formado por ele, Ja Rule e DMX

há 2 meses

Galeria Tamar Golan abre portas à `Eclosão´ da visão crítica de Leandro Marques

há 2 anos
Isenta de um tema condutor, a mostra, `Eclosão´, coloca o dedo na ferida de uma multiplicidade de assuntos, questionando desde a masculinidade tóxica aos padrões de beleza impostos pela sociedade.