A vez do teatro “subir” ao palco do Duetos N´Avenida

A Casa das Artes receberá no próximo dia 10 de Outubro, a terceira edição da quarta temporada do Duetos N´Avenida, com Celma Pontes e Jaime Joaquim a encabeçar o primeiro cartaz de actores do projecto. A dupla vai encenar a peça ‘A Escrava da Cama’, da autoria de Marisa Júlio e direcção de Tony Frampênio.

Falar sobre a diversidade do Duetos N’Avenida já se tornou quase num “cliché”, a primeira vez que “aventuraram-se” numa proposta diferenciada foi em Maio de 2019, com Calado Show e Gilmário Vemba a levar o humor ao projecto que se alicerçou com cartazes musicais. De lá para cá, a marca vem se consolidando como um evento de calendário de referência, que dá palco a inclusão e em 17 edições já realizadas, vai dando o vislumbre da “viagem” de 360º que pretendem fazer pela cultura, tendo já apresentado três disciplina artística: Música, Humor, Poesia e está a ultimar os preparativos para a quarta, o Teatro.

“É nossa perspectiva tornar o Projecto cada mais abrangente e inclusivo, introduzindo outras vertentes culturais, e dar visibilidade a outros artistas que também têm qualidade, tal como os cantores e têm dado o seu contributo abnegado ao crescimento da cultura nacional”, reitera Figueira Ginga, Director executivo da Zona Jovem, entidade promotora do evento.

Esta também será a quarta casa de espectáculos a qual o projecto chega, uma mudança de palco que se deve em primeira instância a adaptabilidade de um cenário teatral e segundo, porque é parte do projecto fazer esta alternância de espaços. E, mais do que evento de música, de acordo com as palavras de Figueira Ginga, o Duetos N´Avenida objectiva chegar ao estatuto de produto cultural “abrangente e inclusivo”.

Atento a todas as oportunidades para arriscar novos voos, o homem de cultura garante a continuidade “dentro destas vertentes, procurando melhorar e diversificar, sempre atentos aos talentos nacionais, que merecem o nosso respeito e espaço no mosaico cultural”, declara.

Ainda a equilibra-se após um ano de interregno, questionámos quais têm sido os maiores desafios da realização de eventos em tempos de pandemia, e ficámos a saber que “tem sido garantir as medidas de biossegurança durante a preparação dos eventos e durante a realização dos mesmos, para dar a segurança a todos os participantes em termos de saúde e em segundo lugar e também muitíssimo importante, a dificuldade em rentabilizar os eventos com o público reduzido, bem como captar parcerias para sustentabilidade financeira”.

Sobre a peça
‘A Escrava da Cama’ não é uma peça inédita, a mesma já esteve em cartaz na ` Rajada Teatral´ , com Kayaya Júnior no papel principal, porém, nesta primeira experiência com a dramaturgia, Figueira faz saber, que foi escolhida a dedo, não só por ser protagonizada em duo, mas também pela qualidade e a substituição do actor já a tornará diferente nalgum ponto. Relembre ainda, que a autora da peça, Marisa Júlio, já foi galardoada com o Prémio Nacional de Cultura e Artes, razão que não deixa contestar a excelência do seu trabalho.

A peça teatral em questão aborda problemáticas como: o uso de drogas, violência doméstica, agressão verbal e a falta de dialogo no relacionamento. A sinopse discorre sobre o quotidiano de um casal recém casado, que em Lua de mel, vive uma paixão ardente. “Telma é feliz porque faz as vontades do seu parceiro, embora esteja ele sempre insaciável, mas o que ela não sabe é de onde vem esse vício obsessivo por sexo: Nicolau é toxicodependente, usa e abusa de Telma sem que ela perceba. Quando esta descobre terá de aceitar? Perdoar? Ou o abandonar?”, questão que poderá ver respondida caso “juntar-se a esta incursão ao teatro nacional, e a desfrutar de um momento de qualidade cultural”, convida.

as cargas mais recentes

Rappers atribuem “certificado de competência” ao governo da Huíla

há 4 meses
A Comunidade Hip-Hop na província da Huíla distinguiu, com um certificado de mérito, o governo provincial por causa do apoio prestado para a realização, em Agosto do ano passado, da primeira Conferência Provincial da Comunidade, por ocasião das Festividades da Nossa Senhora do Monte.

Novo álbum de CfKappa “Negro” já está disponível para pré-venda

há 7 meses
Adiado no ano passado para 1 de Março de 2021, devido a planos editorais, a terceira obra discográfica de CfKappa pode ser adquirida através da plataforma de vendas online, Soba Store a preço de 1500 kzs, e quem quiser comprar, pode pagar em três prestações.

Já é possível ter acesso ao álbum `Olokwembo´ pelas plataformas digitais

há 9 meses
A contar actualmente com a distribuição da HM Studio, o elogiado álbum está três anos depois, disponível para download e streaming. Não é propriamente a primeira aparição de `Olokwembo´ nas plataformas de streaming, mas desta vez é definitiva.

Três cantoras entre as 100 mulheres mais poderosas do mundo

há 1 ano
No seu todo, a lista conta com 100 mulheres oriundas de 30 países, e pertencentes a quatro gerações. Entre estas, há 10 chefes de estado, 38 directoras executivas e 5 artistas de entretenimento.

Pedro Hossi seleccionado para o projecto “Passaporte”

há 2 anos
Com objectivo de promover os homens do cinema em Portugal, a Academia Portuguesa de Cinema realiza o programa “Passaporte”, que contará com a participação do actor angolano Pedro Hossi.

Morreu Florian Schneider, um dos pioneiros da música electrónica

há 2 anos
Florian Schneider fundou, em 1970, com seu amigo, a banda Kraftwerk, pioneira da música electrónica. O músico alemão morreu nesta quarta-feira aos 73 anos vítima de cancro.

Começou nas festas do Zango, hoje Dj Xandy deixa sua marca em África

há 2 anos
Dj Xandy notabilizou-se nas festas e bares dos bairros de Luanda e hoje assume e produz vários eventos e artistas. Com 12 anos de carreira, é conhecido por divulgar o Afro House e já lançou um EP nesse estilo.

Após destaque no Moda Luanda, Scró Q Cuia e Nerú Americano anunciam álbum de estreia

há 2 anos
Há dois anos era impossível pensar numa relação entre ambos. Scró Q Cuia e Nerú Americano vêm provando que são verdadeiros profissionais ao criarem os “Pintins”. A dupla anuncia o álbum de estreia, fala do tempo que vai durar a parceria, enumera as conquistas e desvenda os segredos da tamanha cumplicidade, deixando palavras de apreço para os angolanos.

Sebem: homenageado ao nível do seu palmarés

há 2 anos
A TV Zimbo transmitiu o show de homenagem ao Sebem. Foi um momento memorável para nossa cultura, sendo este género musical uma das referências da cultura angolana.

C4 Pedro é o único artista dos Palop no “Africa Day Benefit Concert at Home”

há 2 anos
O artista acaba de confirmar que está tudo a postos e em contagem decrescente para começar o grande show em alusão ao dia de África. Marcado pela diversidade e união, o concerto congrega grandes nomes da música africana, sendo C4 Pedro o único artista oriundo dos PALOP.

FreeBritney: Movimento de libertação da cantora Britney Spears “reacende” nas redes sociais

há 2 anos
O movimento existente desde 2019, manifesta a vontade que Britney volte a tomar as rédeas da sua própria vida, uma vez que há mais de uma década é mantida sob tutela pelo pai, James Spears, que controla quase tudo da cantora – incluindo o dinheiro, saúde e até a rotina diária.

Cage One anuncia novo álbum

há 2 anos
Em breve entrevista à Carga, o músico anunciou, para este mês, um novo sigle que antecederá e fará parte do seu sexto álbum de estúdio a ser lançado no próximo ano.

Landrick abre produtora e anuncia o primeiro agenciado

há 2 anos
Atrás dos holofotes dos media, Landrick vai projectando um futuro promissor. Para além da sua carreira, o músico criou uma produtora e prepara-se para anunciar o primeiro agenciado.

Quavo reage às acusações: “Eu não agredi fisicamente Saweetie”

há 1 ano

Artistas angolanos estarão no cruzeiro de Alexandre Pires

há 10 meses
O músico brasileiro estará a protagonizar um espectáculo em alto-mar durante três dias, com convidados bem conhecidos, entre os quais Seu Jorge e Alcione.

Beyoncé oferece 1 milhão de dólares a pequenos empreendedores

há 2 anos
A iniciativa foi anunciada com o lançamento do single “Black Parade” no Juneteenth e ganhou corpus com a doação dos primeiros 1 milhão de dólares aos pequenos empresários negros.