Acaba de ser “erguido” o primeiro polo de produção e ensino de Dikanza em Angola

A Fundação Arte e Cultura foi ontem instituída, como Polo de Produção e Ensino da Dikanza em Angola, particularmente a cidade de Luanda. A entrega simbólica das Dikanzas foi feita pelo Vice-Governador de Luanda para o sector Político, Social e Económico, Dionísio da Fonseca, no espaço Wyza Anfiteatro da Fundação.

De acordo com  o director provincial da Cultura, Manuel Gonçalves, a Ilha é um espaço turístico e a escolha da Fundação permitirá a que até os turistas venham para a Fundação para aprender a tocar a Dikanza.

“Trouxemos o projecto Tuxike Odikanza, um projecto que temos estado a desenvolver. O projecto é fazer com que aqui na Fundação Arte e Cultura seja um ponto de aprendizagem dos instrumentos Dikanza. Temos aqui as condições criadas, vamos alocar aqui um monitor que vai passar a ensinar as crianças. Aliás temos aqui professores de música e sobretudo na vertente da percussão que facilmente vão tomar conta depois do projecto por si só. Há um outro elemento fundamental que é a produção da Dikanza. Temos aqui na Fundação uma oficina, uma carpintaria onde podemos trazer a produção da Dikanza. Também ficou o compromisso de trazermos alguém para , primeiro, formar as pessoas que vão a passar a produzir as dicanzas neste espaço. Há aqui um trabalho de coordenação e temos as sementes lançadas sobretudo por vermos crianças e jovens adolescentes que podemos olhar para a inserção social e tirarmos as crianças e jovens de rua” director Provincial da Cultura, Ambiente e Turismo, Manuel Gonçalves.

Vice-Governador de Luanda para o sector Social procede oficialmente a entrega das dikanzas e assegura transferência de experiência da Fundação e Cazenga é a prioridade

“A Fundação Arte e Cultura está a fazer aqui um projecto de formação e viemos visitá-lo porque percebemos que aqui podem sair experiências que podemos transferir para a outras localidades, alguns distritos urbanos da nossa província. Se pelo menos cada um dos distritos urbanos e comunas tivesse uma casa de cultura como esta, Luanda já estaria bem servida do ponto de vista cultural. Este é o desafio, tentar transferir esta experiência para as outras localidades e pensamos que algumas têm condições para albergar a curto prazo. Têm Crianças que precisam têm instalações e talvez no fundo é criar as bases do ponto de vista de parcerias entre administração local e a Fundação Arte e Cultura”, disse o vice-governador de Luanda para o sector Político, Social e Económico, Dionísio da Fonseca.

O dirigente disse ainda que “encontramos aqui uma experiência muito positiva de promoção de desenvolvimento de crianças e jovens que anteriormente faziam da rua o seu habitat e via da arte e da cultura conseguiram se transformar, conseguiram abandonar as ruas e estão hoje em lar, estão hoje a desenvolver actividades individuais e são hoje com uma auto estima bastante elevado. Portanto, esta iniciativa que pensamos ser de aproveitar para também desenvolvermos alguns problemas sociais que ainda existem nas nossas províncias”.

“As crianças continuarão a ser a prioridade absoluta. Todas àquelas iniciativas que estão a ser desenvolvidas em prol do desenvolvimento integral da criança devem ser, não só apadrinhadas pelo Estado, mas o Estado deve ser um dos principais promotores de iniciativas do género. Portanto, há aqui na Fundação Arte e Cultura uma iniciativa privada que se associa à algumas iniciativas que o Estado tem estado a desenvolver e só podemos aqui apadrinhar, capitalizar, apoiar dentro das nossas possibilidades para que os objectivos sejam concretizados, e os frutos que são as crianças formadas, sejam preparadas para a vida e são crianças que vão aguentar Angola de amanhã”, disse o vice-governador.

Sem nos visitar, a pessoa não entenderá os vários trabalhos sociais e educação através das artes desenvolvidos, e as coisas que as crianças desenvolvem

Por seu turno, a Directora-Geral da Fundação, Naama Margalit, realçou a importância das pessoas e dirigentes visitarem a Fundação.

“sem nos visitar, a pessoa não entenderá os vários trabalhos sociais e educação através das artes desenvolvidos, e as coisas que as crianças desenvolvem. Nós agradecemos a visita do senhor governador. Os nossos educadores têm a instrução de prestarem atenção a qualquer momento triste que uma criança esteja a passar, roupa suja, fome, agressão física e imediatamente notificarem a direcção para os devidos cuidados e respostas às necessidades das crianças. Entendemos que, quanto mais as crianças começarem de pequenas a formação em artes, terão a possibilidade de desenvolverem as suas mentes, serem mais criativas”, disse a gestora.

as cargas mais recentes

Música de Matias Damásio “substitui” hino dos 45 anos da Independência

há 2 anos
A música “Amar Angola” de Matias Damásio está, desde 12 de Novembro, a abrir o informativo da Televisão Pública da Angola “Bom Dia” Angola, um espaço antes ocupado pelo hino dos 45 anos da nossa independência.

Jay-Z liga para governador de Minnesota a exigir justiça

há 2 anos
Muitos rappers participaram de protestos em várias partes dos Estados Unidos da América a exigir justiça pela morte de George Floyd. Os que não puderam, contribuíram para o Freedom Funds, que fornece dinheiro sob fiança para os presos manifestantes.

Público elege o melhor programa musical de TV de 2020

há 1 ano
O Show do mês, o Live no Kúbico, o Bar da Luandina e o E-Kwanza BAI, disputam a categoria de melhor programa musical de TV de 2020 dos prémios Angola Comunica, cuja gala de premiação acontece no próximo dia 8 de Abril, no Arquivo Nacional de Angola.

Elias Dya Kimuezo fala sobre a função que sua música desempenhou no Início da Luta Armada

há 2 anos

Edivaldo Prince lança single ‘H.A.N.E.N’ com a participação de Uami Ndongadas e Lil Drizzy

há 9 meses
O artista está de regresso com músicas e planos para o ano de 2022, sendo que ‘H.A.N.E.N- Hoje a Noite é Nossa’ com a participação de Uami Ndongadas e Lil Drizzy, marca o ponto de partida.

PLASTICIDADES Anti-Covid-19: Exposição em homenagem a Paulo Jazz pode ser vista até ao dia 31

há 2 anos
A exposição que memora a vida e obra de Paulo Jazz, foi inaugurada no passado dia 4 de Janeiro e insere-se nas celebrações do Dia da Cultura.

Universidade Hip Hop Angola: 10 anos a alicerçar os elementos, conceitos e fundamentos da Cultura Hip Hop

há 2 anos
Criada há uma década, mais propriamente aos 6 de Março de 2011, pelo “sexteto” Quartel d’Áfrika, oriundos da Mulemba Waxa Ngola, local onde foi enraizada a catedral do conhecimento do Hip Hop nacional.

João Lourenço felicita projecto “Live no Kubico”

há 2 anos
Durante o Live da dupla Gabriel Tchiema e Mito Gaspar, referente ao projecto “Live no Kubico”, da TPA, uma mensagem centralizou as atenções. Na sua página no twitter, o Presidente da República de Angola, João Lourenço, elogiou o projecto e felicitou os organizadores por “manterem viva a nossa cultura”.

Eminem celebra 12 anos longe das drogas

há 2 anos
O rapper recorreu às redes sociais para exibir um chip que recebeu depois de ficar sóbrio por 12 anos depois de batalhas passadas contra o vício.

Indecisão dos herdeiros inviabiliza construção do Museu Cesária Évora

há 9 meses
A falta de consenso nos diálogos entre o Ministério da Cultura de Cabo Verde e a família da cantora está a causar atraso na construção da Casa Museu Cesária Évora, em Mindelo.

Em dia de aniversário, Bono Vox mostra a lista das 60 músicas que “salvaram a sua vida”

há 2 anos
Bastante diversificada, a playlist feita por Bono Vox tem músicas que vão desde o som clássico de Luciano Pavarotti e Frank Sinatra, passando pelo rock de David Bowie e os Rolling Stones, o Rap de Kendrick Lamar e chegando até ao pop de Billie Eilish.

DJ Quik reivindica direitos autorais nas músicas de 2Pac, R. Kelly até Kendrick Lamar

há 1 ano
Visivelmente agastado, DJ Quik queimou publicamente, durante um live no seu Instagram (28), um cheque de royalties da Death Row Records ao lamentar pela falta de reconhecimento por aquilo que já fez para a música norte-americana.

The Game afirma que Eminem é seu novo alvo, pois 50 Cent já não sabe fazer Rap

há 6 meses
The Game mais uma vez disparou contra Eminem e 50 Cent em entrevista, desta vez o rapper Blood de Compton disse que não quis desafiar o 50 Cent para um Verzuz ou até para algumas ‘’diss’’ por conta que 50 Cent não sabe fazer Rap, noticiou o Z. Thugsta.

Valete rendindo à qualidade artística do músico angolano Dino Ferraz

há 1 ano
O rapper português rendeu-se publicamente ao talento de Dino Ferraz, através da música `Careca Não’, em que o artista angolano procura lançar um apelo à tolerância e ao respeito pelas diferenças, marcando o seu posicionamento na luta pela aceitação do cabelo negro crespo masculino na sociedade angolana.

Xiri lança ‘Fé’ faixa promocional do seu quinto projecto musical

há 11 meses
‘Fé’ conta com a produção musical da Guetto Boyz Squad e traz a participação do Rapper A.S. Trata-se de uma música que aborda várias circunstâncias passadas a nível pessoal, por ambos artistas, mas que com crença e esperança, mostraram-se capacitados em ultrapassar essas mesmas situações graças a Fé.

Tiffany Haddish rejeita dirigir o Grammy Awards

há 2 anos
Apesar de estar indicada ao Grammy 2021 na categoria melhor álbum de comédia – por “Black Mitzvah”, seu trabalho para a Netflix, Tiffany Haddish não aceitou apresentar o evento, pese embora a organização ter esclarecido ser uma instituição sem fins lucrativos.