Acaba de ser “erguido” o primeiro polo de produção e ensino de Dikanza em Angola

A Fundação Arte e Cultura foi ontem instituída, como Polo de Produção e Ensino da Dikanza em Angola, particularmente a cidade de Luanda. A entrega simbólica das Dikanzas foi feita pelo Vice-Governador de Luanda para o sector Político, Social e Económico, Dionísio da Fonseca, no espaço Wyza Anfiteatro da Fundação.

De acordo com  o director provincial da Cultura, Manuel Gonçalves, a Ilha é um espaço turístico e a escolha da Fundação permitirá a que até os turistas venham para a Fundação para aprender a tocar a Dikanza.

“Trouxemos o projecto Tuxike Odikanza, um projecto que temos estado a desenvolver. O projecto é fazer com que aqui na Fundação Arte e Cultura seja um ponto de aprendizagem dos instrumentos Dikanza. Temos aqui as condições criadas, vamos alocar aqui um monitor que vai passar a ensinar as crianças. Aliás temos aqui professores de música e sobretudo na vertente da percussão que facilmente vão tomar conta depois do projecto por si só. Há um outro elemento fundamental que é a produção da Dikanza. Temos aqui na Fundação uma oficina, uma carpintaria onde podemos trazer a produção da Dikanza. Também ficou o compromisso de trazermos alguém para , primeiro, formar as pessoas que vão a passar a produzir as dicanzas neste espaço. Há aqui um trabalho de coordenação e temos as sementes lançadas sobretudo por vermos crianças e jovens adolescentes que podemos olhar para a inserção social e tirarmos as crianças e jovens de rua” director Provincial da Cultura, Ambiente e Turismo, Manuel Gonçalves.

Vice-Governador de Luanda para o sector Social procede oficialmente a entrega das dikanzas e assegura transferência de experiência da Fundação e Cazenga é a prioridade

“A Fundação Arte e Cultura está a fazer aqui um projecto de formação e viemos visitá-lo porque percebemos que aqui podem sair experiências que podemos transferir para a outras localidades, alguns distritos urbanos da nossa província. Se pelo menos cada um dos distritos urbanos e comunas tivesse uma casa de cultura como esta, Luanda já estaria bem servida do ponto de vista cultural. Este é o desafio, tentar transferir esta experiência para as outras localidades e pensamos que algumas têm condições para albergar a curto prazo. Têm Crianças que precisam têm instalações e talvez no fundo é criar as bases do ponto de vista de parcerias entre administração local e a Fundação Arte e Cultura”, disse o vice-governador de Luanda para o sector Político, Social e Económico, Dionísio da Fonseca.

O dirigente disse ainda que “encontramos aqui uma experiência muito positiva de promoção de desenvolvimento de crianças e jovens que anteriormente faziam da rua o seu habitat e via da arte e da cultura conseguiram se transformar, conseguiram abandonar as ruas e estão hoje em lar, estão hoje a desenvolver actividades individuais e são hoje com uma auto estima bastante elevado. Portanto, esta iniciativa que pensamos ser de aproveitar para também desenvolvermos alguns problemas sociais que ainda existem nas nossas províncias”.

“As crianças continuarão a ser a prioridade absoluta. Todas àquelas iniciativas que estão a ser desenvolvidas em prol do desenvolvimento integral da criança devem ser, não só apadrinhadas pelo Estado, mas o Estado deve ser um dos principais promotores de iniciativas do género. Portanto, há aqui na Fundação Arte e Cultura uma iniciativa privada que se associa à algumas iniciativas que o Estado tem estado a desenvolver e só podemos aqui apadrinhar, capitalizar, apoiar dentro das nossas possibilidades para que os objectivos sejam concretizados, e os frutos que são as crianças formadas, sejam preparadas para a vida e são crianças que vão aguentar Angola de amanhã”, disse o vice-governador.

Sem nos visitar, a pessoa não entenderá os vários trabalhos sociais e educação através das artes desenvolvidos, e as coisas que as crianças desenvolvem

Por seu turno, a Directora-Geral da Fundação, Naama Margalit, realçou a importância das pessoas e dirigentes visitarem a Fundação.

“sem nos visitar, a pessoa não entenderá os vários trabalhos sociais e educação através das artes desenvolvidos, e as coisas que as crianças desenvolvem. Nós agradecemos a visita do senhor governador. Os nossos educadores têm a instrução de prestarem atenção a qualquer momento triste que uma criança esteja a passar, roupa suja, fome, agressão física e imediatamente notificarem a direcção para os devidos cuidados e respostas às necessidades das crianças. Entendemos que, quanto mais as crianças começarem de pequenas a formação em artes, terão a possibilidade de desenvolverem as suas mentes, serem mais criativas”, disse a gestora.

as cargas mais recentes

Covid-19: Espectáculos experimentais de música em Portugal poderá arrancar em Abril

há 2 anos

Tributo a Chadwick Boseman chega a Netflix dia 17 e estará disponível por apenas 30 dias

há 2 anos
A Netflix surpreendeu os internautas, ao divulgar sem aviso prévio, o trailer do documentário `Chadwick Boseman- Retrato de um artista´.

Sabia que hoje é considerado o Dia Mundial da Dança?

há 3 anos
Institucionalizado pelo Comité Internacional da Dança (CID) da UNESCO em 1982, o Dia Mundial da Dança é celebrado na data de nascimento do bailarino e mestre de bailado Jean-Georges Noverre (1727-1810), considerado um dos pioneiros da dança moderna.

Kristof Degrauwe expõe `A Máscara Oculta´a partir de amanhã

há 2 anos
A Máscara Oculta é uma exposição que irá decorrer de 20 de Abril à 31 de Agosto e será uma mostra de 29 fotografias tiradas entre 1999 e 2000 em Lubumbashi ( República Democrática do Congo).

Comemorações do primeiro aniversário da casa rede encerram amanhã

há 3 anos
Nas celebrações de hoje, a atracção será Spoken Word com Sankofa Umbi Umbi, seguida de música ao vivo com Dino Ferraz, às 21 horas no live do Instagram da casa Rede.

Morreu Chi Modu, o maior documentarista da história do Hip Hop

há 2 anos
Aos 54 anos, Chi Modu se junta a Pac, Big, Eazy e todas outras lendas que ajudou a imortalizar.

Tradicional nomeação da Complex elege Tyler, The Creator como Melhor Rapper Vivo de 2021

há 1 ano
Todos os anos, o tradicional portal de cultura pop Complex elege o melhor rapper vivo do ano anterior. A publicação divulgou também um ranking dos melhores rappers desde 1979.

Batata Quente: Cólua Tremura estreia novo projecto de humor

há 1 ano
O artista Cólua Tremura vai actuar como primeiro convidado do projecto de humor, Batata Quente, uma iniciativa da produtora cultural, Kianda Sessions, em parceria com a Casa Rede. A decorrer o próximo dia 30 deste mês, pelas 18:30, bem ao seu jeito, Cólua vai explorar por meio da sátira O feminismo em Angola.

Nicki Minaj se torna a primeira rapper a atingir 10 biliões de visualizações no Spotify

há 3 anos
A cantora norte-americana conseguiu um feito inédito ao atingir 10 mil milhões de visualizações no Spotify, tornando-se na primeira rapper da história a conseguir a marca na plataforma de streamings.

Dj Havaiana cria grupo de música para promover as línguas nacionais

há 2 anos
O quarteto canta nas línguas Umbundu, Cokwé, Kimubundu entre outras e faz fusões de House Music com o Kuduro. Já possui um EP e anuncia a faixa de estreia.

Zap transmite mega espectáculo solidário

há 3 anos
Este sábado, 25 de Abril, a Zap vai levar todas as emoções do mega espectáculo solidário, que moveu o mundo inteiro e arrecadou cerca de 128 milhões de dólares para ajudar a OMS a combater o Covid-19.

Prodígio e Gilmário Vemba juntam-se a Benzema como embaixadores de um banco Europeu

há 2 anos
A representar os PALOP, os dois angolanos juntam-se a mais de duzentos nomes ligados à música, à moda e aos desportos vindos dos cinco continentes.

Anna Joyce: “Não existe a mínima possibilidade de parar de cantar”

há 2 anos
Após notícias em alguns sites sobre a intenção de pôr fim à sua carreira por motivos de saúde, Anna Joyce tranquiliza os fãs, esclarecendo que, apesar de estar acometida com uma doença do fórum neurológico, “não existe a mínima possibilidade de parar de cantar”.

Dois rostos femininos saúdam Março Mulher com a exposição “Caminhos Cruzados” na Galeria Tamar Golan

há 11 meses
As artistas angolanas Ximena Meso Vuvu e Maria Kingica vão apresentar-se amanhã, dia 04 de Março, pelas 18 horas, na Galeria Tamar Golan com “Caminhos Cruzados”, uma exposição colectiva que saúda assim o Dia Internacional da Mulher, e que ficará patente ao público até ao dia 25 do corrente mês.

DMX hospitalizado em estado gravíssimo

há 2 anos

Fradique integra corpo de jurados do festival ‘Imagine Science Film Festival’

há 1 ano
O realizador angolano Fradique faz parte do corpo de jurados da 14ª edição do Imagine Science Film Festival (Estados Unidos de America) para categoria de Longa Metragem (Prémio Ciência Nova Onda) que premeia filmes que propõem formas ousadas, singulares e muitas vezes híbridas de comunicar a ciência.