Actuação de Kyaku Kyadaff no `Conversas acústicas´ já em contagem decrescente

Kyaku Kyadaff será o segundo artista a subir ao palco do “Conversas Acústicas”, o projecto foi apresentado no passado sábado, com a actuação de Yola Semedo, a gastronomia representada pelo Chef Ricardo Helton e Guilherme Mampuya a pintar ao vivo.

O show intimista traz um conceito inovador concebido pela STEP, que congrega de forma interactiva várias disciplinas artísticas, nomeadamente: música, gastronomia e artes plásticas.

Descrita como uma experiência para despertar os 5 sentidos, a actividade que teve o ponto de partida no Espaço Luanda, será realizada todos os sábados e funcionará em regime rotativo, contemplando outros espaços, outros Chefs e outros artistas plásticos.

Em comunicado partilhado na sua página de Instagram, Karina Barbosa, Directora Artística e Criativa da STEP, fez saber que, “a iniciativa consiste em noites multiculturais de sons, sabores e histórias, contadas, cantadas, saboreadas e apreciadas num ambiente intimista e sofisticado. Na ocasião, o artista partilha a história da sua trajectória através das músicas que mais a marcaram, enquanto que o Chef apresentará um Menu Degustação de Autor, especialmente criado por si para a ocasião, composto por 4 pratos. E o artista plástico completa este elenco de luxo das artes, com uma mini-exposição e a criação de uma obra ao vivo sob o olhar atento do público durante a noite, que poderá depois ser adquirida no local”.

Agenda
17 de Outubro- Kyaku Kyadaff

24 de Outubro-Ary

31 de Outubro- Puto Português

07 de Novembro- Anselmo Ralph

14 de Novembro- Edmázia Mayembe

21 de Novembro- Edgar Domingos e Halison Paixão

28 de Novembro- Anna Joyce & Landrick

05 de Dezembro- Eduardo Paim

12 de Dezembro- Mago de Sousa & Ivan Alekxei

19 de Dezembro- Aline Frazão

26 de Dezembro- Sandra Cordeiro e Kizua Gourgel

as cargas mais recentes

Wilson Puma diz que rappers angolanos preocupavam-se mais com o “flow”

há 2 anos
O rapper Wilson Puma, cujo sonho é apertar a mão do rapper norte-americano Eminem, afirmou que este género musical em Angola está a subir de nível, depois de um momento menos bom.

“Fenómeno” que atende pelo nome de Anna Joyce passará por Portugal

há 8 meses
Graças ao álbum homónimo, a Fofinha alcançou façanhas inéditas e conheceu o auge da carreira, cuja cereja no topo do bolo será a sua grande estreia no Coliseu dos Recreios, no próximo dia 24 de Junho.

Qual é o álbum de rap angolano mais ouvido?

há 2 anos
Depois do florescimento nos anos 90, entre 2000 e finais de 2002, o movimento registou um pequeno recuo, pois vários grupos foram desaparecendo. A partir de 2003, o Rap passou a figurar da lista dos estilos musicais com maior aceitação do público.

Keyshia Cole provoca potencial batalha de Verzuz contra Ashanti

há 2 anos
Enquanto DMX continua a “clamar” por uma batalha com Jay Z, e os fãs ainda estão extasiados com o confronto Verzus entre Ludacris e Nelly, que decorreu no passado sábado, dia 17, muitos se voltaram para confrontos hipotéticos que podem acontecer nas próximas semanas. Um dos mais recentes pares de fãs é entre Keyshia Cole e Ashanti.

Boss Alírio traz novo EP com participações surpreendentes

há 2 anos
Dois anos depois do lançamento do Focado Vol.2, Boss Alírio regressa à arena musical com novo EP. A terceira obra do rapper contém 12 faixas musicais e conta com participações inéditas.

Após ter álbum eleito como o melhor da história do Brasil, Milton Nascimento anuncia fim de carreira

há 4 meses
Lançado em 1972, o disco ‘Clube da Esquina’, de Milton Nascimento e Lô Borges, foi eleito o melhor álbum já lançado, na história da música brasileira, numa iniciativa do podcast Discoteca Básic.

Apple investe 50 milhões de dólares em plataforma de artistas independentes

há 1 ano
A distribuidora independente de música UnitedMasters anunciou que recebeu uma “rodada” de investimentos liderada pela Apple, que visa ajudar artistas independentes a ganhar uma posição e estabelecer uma carreira no negócio da música.

“Tá a bater” volta às telas amanhã

há 2 anos
Após um interregno em virtude do actual estado de emergência, o “Tá a barter” estreia, a partir deste fim-de-semana, uma nova temporada que será marcada por duas horas de emissão, em directo, e com novas rubricas.

AC/DC anunciam regresso com um novo álbum

há 2 anos
A banda australiana confirmou ontem o seu regresso com os veteranos Brian Johnson, Phil Rudd e Cliff Williams. O retorno do trio poderá ser marcado com novo single e álbum.

Razões e Rimas: O super Herói de Todos os Tempos

há 1 ano
A EP é da autoria do também integrante do lendário grupo “New Joint”, Kamané Kamas, que tem vindo a dar cartas dentro do movimento hip hop lusófono, assumindo a posição de um dos mais influentes da actualidade de moçambique.

7 de Setembro de 1996: O dia em que Tupac foi baleado e não mais voltou aos palcos

há 2 anos
apesar de existirem vários suspeitos e teorias, a polícia nunca chegou em uma conclusão oficial sobre quem teria disparado os 13 tiros contra o carro do rapper em 1996.

Dog Murras e Bonga programam encontro histórico

há 1 ano
Dog Murras vai receber no dia 3 de Maio, Barceló de Carvalho ” Bonga”, na rubrica TerrATerra, para falarem sobre os nossos valores culturais, as tradições africanas e os destinos dos angolanos, numa conversa aberta à moda angolana, despida de cores partidárias.

Aventura e emoção são as palavras de ordem na ZAP

há 2 anos
Este fim de semana a programação é para toda família, momentos de pura diversão e animação no canal ZAP VIVA. Um misto de aventura e emoção, vão preencher o seu fim de semana.

Álbum ‘Chromatica’ de Lady Gaga ganha programa de rádio

há 2 anos

Obras literárias “O Ventre da Sabedoria” e “Sou eu mesmo o Angolano”, chegam às livrarias Paulinas

há 2 semanas
As obras literárias “O Ventre da Sabedoria” e “Sou eu mesmo o Angolano”, ambas da autoria de Camilo Lemos Caçador, foram aprovadas pelo “Conselho” editorial das Irmãs Paulinas, tornando-se elegíveis para serem comercializadas nas livrarias desta entidade religiosa.

Euclides da Lomba: “Foi uma falha não atribuírmos nenhum prémio a Carlos Burity”

há 2 anos
A Direcção Nacional da Cultura diz sentir-se culpada e admite ter falhado pelo facto de não atribuir nenhum prémio a Carlos Burity e aventa a possibilidade de atribuição a título póstumo.