Afinal vidas angolanas também importam

A classe artística angolana quebrou o silêncio e decidiu dar um basta à indiferença perante a brutalidade e violência policial que, vezes sem conta, resultaram em mortes, como foi o mais recente caso de José Manuel, morto à tiro no Prenda. A bárbara acção, alegadamente cometida por um agente da polícia nacional, gerou uma corrente de protesto na indústria da música angolana.

O assassinato do jovem de 23 anos, ocorreu na madrugada de 12 de Julho, no bairro Prenda, em Luanda, e não foi o único acto atribuído a agentes da polícia nacional este ano, mas pode significar o fim do silêncio da classe artística angolana várias vezes acusada de insensibilidade perante a dor da perda dos concidadãos e de serem mais sensíveis à brutalidade policial praticada contra cidadãos dos Estados Unidos da América, Inglaterra, Portugal ou França.

Apontam-se os protestos nas redes sociais a favor do Black Lives Matter como provas disso, pois, dias depois do enterro de George Floyd, o país voltou a registar mais uma morte no Bairro Huambo. Tratava-se de António Domingos Vilola, de 21 anos, alguns dias antes do assassinato do adolescente Altino Arlindo Afonso “York”, 15 anos de idade, no bairro Simone Mucune, distrito do Camama, em Talatona.

Para atrás ficou o silêncio, porque músicos e figuras públicas angolanas como: DH, DNXL, Prodígio, Znobia, Bass, Ready Neutro, Eva Rap Diva, Flagelo Urbano, Bass, Freddy Costa, Cef Tanzy, Anna Joyce, Paulo Flores, Yannick Afroman, Gilmário Vemba, Prodígio, Og Vuino, Yuri da Cunha, Niiko, Sílvio Nascimento ou Lukenny Bamba decidem colocar fim às críticas sobre a letargia e vão aos poucos provando que, vidas angolanas também importam, sim!

as cargas mais recentes

Nicki Minaj se torna a primeira rapper a atingir 10 biliões de visualizações no Spotify

há 3 anos
A cantora norte-americana conseguiu um feito inédito ao atingir 10 mil milhões de visualizações no Spotify, tornando-se na primeira rapper da história a conseguir a marca na plataforma de streamings.

Após denúncia de plágio, Taylor Swift muda logótipo do álbum

há 3 anos
Poucos dias depois das acusações sobre plágio no seu mais recente álbum “Folklore”,Taylor Swift mudou o logótipo da sua obra e de todos os produtos associados.

Já está a decorrer a 2ª Bienal de Luanda – Fórum Pan-Africano para a Cultura de Paz

há 1 ano
A Bienal de 2021 referente a 2° edição, teve início ontem, na capital angolana e decorre até ao dia 30 no formato híbrido, combinando elementos presenciais e digitais.

Decretado feriado no Senegal após vitória do CAN 2021

há 12 meses
Perante ao Senegal, doravante tudo vai passar a parecer ínfimo para uma celebração do calibre do CAN. Macky Sall, presidente do Senegal, decretou o dia após a vitória como feriado público, ou seja, um dia em que não se trabalha, mas é remunerado pelo Estado para celebrar a vitória com pompa e circunstância.

Jay Pallmer apresenta-se ao mercado musical com EP `MySelf´

há 2 anos
Contrariando todas adversidades da época pandémica, o 2020 vem se revelando frutífero para muitos artistas e, a EP `MySelf´ é mais uma prova desta teoria.

Kanguimbo Ananás promete honrar memória de Nagrelha em livro

há 2 meses
Kanguimbo Ananás, madrinha e conselheira de Nagrelha desde o tempo em que o músico “lutava” para romper os estereótipos culturais e o padrão de firmamento imposto no mercado angolano, recordou as vivências com que tive com o kudurista. “O Nagrelha era um homem romântico, porque eu frequentava a casa. Continuarei a honrar a sua memória”, tal como já tenho feito, disse, sublinhado que o artista era uma grande pessoa.

Nila Borja anuncia regresso aos palcos

há 2 anos
A cantora esteve presente na mais recente edição do Show Piô, pretesto mais que suficiente para um exclusivo com a Carga Magazine e, o que se julgou ser apenas uma participação especial, foi na verdade, um prenúncio do seu grande regresso aos palcos.

Tribunal obriga Valete a fazer pedido de desculpas públicas

há 1 ano
Para evitar que fosse julgado, Keidje Torres Lima, artisticamente conhecido por Valete, recorreu esta semana às redes sociais para partilhar publicamente um pedido de desculpas ao casal que ameaçou em 2019, na sequência da polémica canção “BFF”.

Angolanos que actuam nos EUA em peso na selecção de basquetebol

há 2 anos
Destaque para a presença de vários jovens que actuam nos Estados Unidos da América, com realce para Bruno Fernando que actua nos Atlanta Hawks da NBA.

Megga Skills lança nova música com a participação de MCK

há 3 anos
Intitulada `Liga Inglesa Parte 2´, é a primeira música promocional da EP denominada `Marimbondo Número 1´. Trata-se de um remix da música `Liga Inglesa´ da autoria do consagrado MCK.

Pongo leva Kuduro ao principal festival de exposição de música do mundo

há 2 anos
A cantora angolana e ex-vocalista dos Buraka Som Sistema é uma das principais atracções do Festival Internacional para o desenvolvimento do World Music (WOMEX), maior evento de exposição de música do mundo-que acontece todos os anos em vários locais da Europa.

Ondaka Nation: Mercado Gospel conta com mais uma produtora exclusiva

há 2 anos
Falando à Carga Magazine, Jeff Brown determinou que para o consolidar da servidora musical, o objecto social passa por contribuir para que a música gospel se afirme profissionalmente no mercado que deve ser qualitativo, no quantitativo já existente.

Samuel Eto’o irritado com clubes franceses

há 2 anos

House Dance, o improviso perfeito

há 3 anos
Afro-house é frequentemente comparado ao estilo Kuduro, pela sua forma de expressão, movimentos e ritmos. Podemos dizer que na classificação de dança, o Afro-house é um grupo de dança mais abrangente e engloba o Kuduro e outros estilos de dança africana, sendo o Kuduro daça especificamente angolana e tem as suas características diferenciadoras.

Vinte e quatro filmes concorrem ao prémio de melhor filme no festival internacional de curta metragem da Kianda

há 2 anos
O FESC-KIANDA é o primeiro festival internacional de cinema que premeia as curta-metragens produzidas de Janeiro à Novembro de cada ano. É um evento anual inserido nas festividades da cidade de Luanda.

Rapper Simini Ni Moyo morre após 10 horas de intervenção cirúrgica 

há 12 meses
O rapper da “Old School” morreu ontem,12, de Fereveiro, em Setúbal ( Portugal ), onde vivia há alguns anos com a família. Simini foi a óbito depois de ser submetido a uma intervenção cirúrgica de 10 horas, devido a uma crise, apurou a Carga de uma fonte próxima ao músico.