Akon fez empréstimo de 1 bilhão de dólares para investir em energia solar em África

Depois de algum tempo distante dos palcos e de gravações, nos últimos tempos, o músico tem sido objecto de várias notícias, fazendo algumas revelações sobre o que viveu ao longo da carreira, que será reforçada agora com mais um EP.

Soube-se em entrevistas, por exemplo, que Akon pedia ao irmão para se fazer passar por si nos espectáculos, porque nem sempre tinha tempo para cumprir as agendas. 

Ainda em conversa, com VladTV, Akon revelou ter recebido uma linha de crédito da China no valor de 1 bilhão de dólares, equivalente a mais de 474 trilhões de kwanzas, e investiu-os em energia solar solar e pequenos sistemas de energia em países da África.“Nós trabalhámos muito. Usamos e pagamos de volta”, revelou, acrescentando que neste momento, possui uma linha de crédito de 5 bilhões dólares.

Depois de em 2014 o seu programa “Akon Lighting Africa” ter ajudado a fornecer electricidade a 14 países de África em apenas ano, com dados de ter conseguido atingir 100 mil residências e instalado 13 mil postes de luz, actualmente, seu foco é construir a Akon City.

“Minha reforma e legado serão Akon City. Uma vez que a cidade esteja construída, posso convidar e hospedar afro-americanos e todos os africanos da diáspora e estrangeiros para voltar para a África, realmente investir lá, viver lá e criar famílias lá. Esse é realmente o meu pão com manteiga principal. O simples facto de poder convidar as pessoas de volta à África, mostra a elas uma vida incrível que elas nunca pensaram que existisse.”, pensa.

O artista está a preparar o lançamento do seu novo EP. Intitulado TikTok Freak, a obra será lançada em parceria com a popular plataforma de mídia social.

as cargas mais recentes

Bob Dylan lança música mais longa da carreira

há 3 anos
“Murder Most Foul” (traduzida como Um Assassinato Muito Sujo) também é sua primeira nova canção em oito anos, desde o álbum Tempest de 2012.

Subtil fala-nos “Sobre Amor” no novo single

há 2 anos
Depois do lançamento do álbum “C’ Alma” no início do ano, Subtil traz-nos uma nova música, onde se coloca muito fora da sua zona de conforto. O single conta com a participação especial da voz incrível de Druh AM.

The Miseducation of Lauryn Hill: eleito o melhor disco de Rap da história

há 2 anos
O álbum de estreia de Lauryn Hill, The Miseducation Of Lauryn Hill, foi considerado um dos melhores álbuns de todos os tempos, e o melhor álbum de Rap, pela Rolling Stone.

Ludmilla participa na 2ª temporada da série ‘Arcanjo Renegado’

há 2 anos
Em meio a polémica com Anitta, a cantora Ludmilla foi escalada para interpretar uma polícia Militar. Apesar de receber vários elogios da classe artística com destaque para o apoio de Emicida, a actriz Samantha Schmütz fez uma crítica sobre o assunto, ao qual, foi respondida ao pé da letra.

Hip Hop Tuga se veste de camisolas desportivas

há 3 anos
A comunidade Hip Hop Tuga conta desde esta semana com uma marca de T-shirts desportivas, que representam álbuns de Rap. A iniciativa de um jovem designer gráfico já recebeu reacções positivas dos rappers.

Cleyton M ressurge com mais uma novidade “Tô a Rolar no G”

há 2 anos
Após ter lançado o hit “Emagrece”, Cleyton M está de volta com um novo clipe. Desta vez, o cantor apresenta “Tô a Rolar no G”, que estará disponível a partir da próxima semana.

Morreu Michael Williams, actor do “The Wire”

há 1 ano

Anitta diz que só volta ao Rock in Rio “se um dia derem aos artistas que falam português o mesmo respeito que dão aos estrangeiros”

há 3 meses

Covers inéditos de David Bowie são apresentados em dia de aniversário

há 2 anos
No dia 8 de Janeiro David Bowie estaria completando 74 anos. Para marcar a data, os responsáveis pelo espólio do astro lançaram, pela primeira vez, duas covers que o cantor gravou no fim dos anos 90 e nunca haviam sido ouvidas até hoje: “Tryin’ To Get To Heaven” de Bob Dylan e “Mother” de John Lennon.

Mário Gomes é laureado pelo seu contributo na expansão da música instrumental

há 11 meses
Aconteceu no passado dia 8 de Janeiro, no Arquivo Nacional de Angola (ANA), sob o lema “Identidade, Diversidade e Cultura da Angolanidade” o acto central em celebração Dia da Cultura Nacional. Na ocasião, o ministro da Cultura, Turismo e Ambiente, Filipe Zau, laureou, várias figuras afectas ao ministério da Cultura, Turismo e Ambiente, bem como artistas nacionais, dentre os quais destacamos Mário Gomes, um guitarrista em ascensão e o mais novo entre os homenageados.

Bruno Fernando apresenta fundação direccionada à inclusão social

há 1 ano

Piqué anuncia fim da carreira 5 meses depois de se separar de Shakira

há 4 semanas

Samuel Eto’o irritado com clubes franceses

há 2 anos

Cristiano Ronaldo surpreende C4Pedro

há 2 anos
C4Pedro foi convidado para surpreender o astro da Juventus, mas foi Cristiano Ronaldo quem acabou por surpreender C4Pedro ao cantar os principais temas do músico.

Angola 70’s: Show do Mês recria período dourado da música angolana

há 1 ano
Denominado Angola 70’s, o show pretende mostrar a esteticidade da nossa música, recordando os anos 70, período de maior produção artística e, por isso, considerado por muitos ” período dourado da música angolana”, que durou até finais da década 70.

Stela de Carvalho incrementa locução ao seu CV

há 2 anos