Albertina Cassoma “presa” por falta de visto

A andebolista angolana Albertina Cassoma está com dificuldades em se juntar a sua nova equipa, o CS Rapid Bucarest da Roménia, por falta de visto, depois de assinar um contrato válido por um ano.

De acordo com a página do 1º de Agosto, seu antigo clube, a atleta está ansiosa e preparada para embarcar nessa nova “aventura”, mas a falta de visto a impede de seguir viagem para a Roménia, apesar da solicitação do mesmo.

Com 24 anos de idade, a jogadora acredita que actuar na Europa pode lançar a sua carreira no mundo, além de ajudá-la a evoluir.

Albertina Cassoma foi eleita a jogadora mais valiosa (MVP) do Campeonato Africano das Nações, disputado no Congo, em 2018.

Conquistou, também, o troféu de melhor atleta da IHF Super Globe, Mundial de Clubes na China, em 2019, além de outros prémios nacionais e internacionais em todos os escalões.

as cargas mais recentes

História dos N´gola Ritmos e Banda Maravilha serão contadas hoje na Tv

há 4 meses

Filho de Bobby Brown é encontrado morto

há 7 meses
Depois da morte da ex-mulher, Whitney Houston e da sua filha Bobbi Kristina, o cantor Bobby Brown vive uma nova tragédia com a morte do seu filho Bobby Jr.

Sony anuncia lançamento da Playstation 5

há 1 ano
Depois de vários adiamentos, finalmente, a marca japonesa decidiu para amanhã, 11 de Junho, o acto de presentação dos jogos da PlayStation 5. Entretanto, o evento não será em directo, foi gravado e será transmitido em Full HD (1080p).

Soulja Boy compra briga com lutadores após afirmar que o “Rap está mais falso que o WWE”

há 4 meses
O facto é que a troca de Twittes ofensivos não determina que a rivalidade vai se desenrolar futuramente, mas os lutadores não descartaram uma luta corpo a corpo se Soulja Boy não for cuidadoso.

Burna Boy anuncia lançamento do próximo álbum para Agosto

há 2 meses
Passados oito meses depois da publicação de “Twice As Tall”, o músico nigeriano anuncia, para Agosto deste ano, o lançamento do próximo álbum.

Avanços e recuos da cultura nacional em 45 anos de Independência

há 7 meses
A cultura é a expressão sublime da essência de um povo manifestadas através da língua, música, dança, pintura, literatura ou teatro. Em Angola, o sector musical é o que mais cresce, seguido das artes cénicas.

Nas revela sentir-se honrado pelo beef que teve com Jay-Z

há 5 meses

Flávio e Bill Gonçalves “Seguem Em Frente” em novo vídeoclip

há 5 meses

Toty Sa´Med de quarentena em Portugal

há 1 ano
O músico angolano Toty Sa´Med “viu” cancelados os dois concertos que tinha agendado na Europa, por causa da pandemia Coronavírus.

Jay-Z lança sua própria marca de canábis “Monogram”

há 8 meses
O rapper anunciou ontem o lançamento da sua marca de maconha chamada “Monogram”, um negócio pleanedo há muito, e só foi possível realizá-lo agora por causa do abrandamento das leis da distribuição do produto nos EUA.

Luso fecha o projecto ‘Ilusionista’ em grande

há 8 meses
O rapper lançou ontem a última das 10 faixas do projecto Ilusionista, que já pode ser ouvido na íntegra nas plataformas digitais, e vem acompanhado de um novo single “Mortos pela Polícia”.

Peça teatral ” Ninguém Leva Nada” eleva fasquia do projecto Rajada Teatral

há 1 mês
A trilogia abriu com “Distância Não é Barreira”, prosseguiu com a peça “Ninguém Leva Nada” e encerra este domigo (30), com a apresenração de Escrava da Cama, com Kayaya Júnior e Xavier Bracleem. O projecto reúne actores de várias companhias teatrais e também integrou a cantora Maya Zuda.

Público elege o melhor programa musical de TV de 2020

há 3 meses
O Show do mês, o Live no Kúbico, o Bar da Luandina e o E-Kwanza BAI, disputam a categoria de melhor programa musical de TV de 2020 dos prémios Angola Comunica, cuja gala de premiação acontece no próximo dia 8 de Abril, no Arquivo Nacional de Angola.

Ingleses montam equipa de “Covidiotas”

há 1 ano

Já estão abertas as candidaturas para a 2ª Edição da Residência Artística LUUANDA

há 2 meses
O colectivo cultural Pés Descalços informou em nota, que vai decorrer até ao dia 30 de Junho, as candidaturas para a 2ª Edição da Residência Artística LUUANDA.

Acossados pelo Covid-19, músicos pretendem mais rendimentos nos royalties

há 1 ano
A pandemia Covid-19 está a ter consequências nefastas para qualquer negócio que implique aglomerado de pessoas. A indústria da música ao vivo é uma das maiores vítimas deste isolamento social que o contágio do coronavírus obriga.