Algo Desconhecido apresenta hoje a segunda edição do ‘Bengha Producers’

Trata-se de uma conversa entre produtores, cujo primeiro encontro aconteceu no live do Facebook na passada quinta-feira e hoje assinala a segunda edição, as 19 horas na página Wilson Algo Desconhecido. Na primeira pessoa, o produtor que já trabalhou com Monsta, Mc Koringa, NGA, Prodígio, Deezy e outros grandes nomes da música internacional, descortinou as razões da sua mais recente criação.

Antes de mais, a que se deve o pseudónimo Algo Desconhecido?
Sou multifacetado e tenho vários ofícios, além disso sempre procuro fazer o que ainda não foi feito. Esses outros motivos originaram o Algo Desconhecido, não é apenas um nome, é um modo de vida.

Como é que começa a paixão pela produção?
Comecei a produzir em 2007. Já cantava e tinha vários amigos produtores, na altura era nosso costume enviar um programa novo(não apenas sobre música) para quem não tivesse. Um dia recebi o FL Studio 7 e comecei a explorar. Depois senti a necessidade de produzir o que tinha na minha cabeça e muitos produtores não conseguiam criar.

E partir de que momento é que isso toma maiores proporções?
No início era só passa tempo, já recebia vários convites para trabalhar em estúdios, mas não aceitava por não ser meu sonho viver e trabalhar profissionalmente. Em 2014 tive de interromper a minha licenciatura por motivos de força maior, e a partir daí comecei a trabalhar profissionalmente. Não tinha escola ou centro de formação nessa área, por isso tive de investigar na internet, ler livros e produzir muito.

E quais são os frutos desse trabalho de anos?
Graças a Deus, hoje vivo disso, aprendo diariamente e ganho mais experiência. Já tenho uma certificação em Mistura e Masterização.

Com que artistas de destaque já trabalhou?
Nato P3, Monsta, Mc Koringa(Brasil), NGA, Prodígio, Deezy, Os Namayer, Andanda(Brasil) Jayvie(Nigéria) e muitos outros.

Concorda que os artistas é que colocam o nome dos produtores no auge?
Na minha opinião, não! Ganhamos nomes consoante o nosso trabalho, tempo de trabalho, número de trabalhos. Exemplo: por regra, num álbum não vai tag(intro) do produtor na música, o seu nome aparece na ficha técnica, mas quem baixa na net, nem sempre lê essa parte e alguns músicos não falam sobre quem produziu, desse jeito fica difícil ganhar nome. Tenho certeza que já ouviu muitas músicas que não sabe quem produziu.

Tem tido o reconhecimento que merece?
Ainda não estou aonde eu quero estar, mas já não estou no mesmo lugar. Eu me reconheço e isso vem em primeiro. Ganhei respeito de muita gente que não conheço, de pessoas que admiro. 

O que é necessário para ser um bom produtor?
É necessário trabalhar muito!

Considera que um autodidacta, depois de muito tempo de trabalho pode vir a ser um bom produtor?
Eu e muitos outros somos exemplos disso.

Onde é que se vê daqui a dois anos?
Me vejo onde Deus quiser.

Existe vários produtores no mercado, como é que lida com a competitividade?
Lido na boa. Respeito o trabalho de todos, trocamos experiência. Não me intimido com o trabalho deles, invés disso trabalho mais para melhor as minhas produções.

Está associado a alguma produtora?
Sim. Sou CEO da produtora Outro Mundo.

Algo Desconhecido apresenta  hoje a segunda edição do ‘Bengha Producers’



Como surge o programa ‘Bengha Producers’?
Ao longo desses anos notei que os produtores angolanos não têm recebido o devido valor e reconhecimento. Senti a necessidade de fazer um programa que existia em Angola, até ao momento,  onde a estrela é produtor.

Qual é o objectivo?
Ensinar sobre produção, conversar com os produtores mais destacados acerca das músicas que produziram e dar mais visibilidade aos que se encontram no anonimato. Quero fazer o que não fizeram por mim.

Estreou na passada quinta-feira, como avalia a recepção da comunidade musical?
Melhor do que eu esperava! Recebi muitos parabéns por parte de outros produtores e não só, pela iniciativa e várias pessoas têm divulgado a informação e estado atentas as lives.

O que está reservado para as próximas edições?
Alguns produtores angolanos de renome já aceitaram o convite, e também terá participação de produtores internacionais.

as cargas mais recentes

Sabia que existe uma igreja que detém direitos das musicas de Rihanna e Beyonce?

há 1 ano
De acordo com uma matéria explicativa da BBC, a Igreja da Inglaterra é apenas uma das investidoras de uma empresa chamada Hipgnosis.

Elenco de Luxo sobe ao palco da Festa da música já amanhã

há 4 meses
Para a sua sexta edição, o Unitel `Festa da Música´ desenhou aquele que é o line up mais ambicioso de todas edições, onde se vão cruzar alguns dos melhores talentos nacionais sendo o Elenco de Luxo uma das primeiras atracções.

Oluali Records: A label que promete conectar Angola ao mundo

há 1 ano
O ano 2020 está a ser marcado por várias adversidades a todos os níveis, obrigando os artistas e produtoras a reinventarem-se e a procurarem novas formas de trabalhar. E é neste um contexto que nasce a Oluali Records, uma label que se propõe a prepõe a criar pontes entre Angola e o mundo.

Rigoberto Torres reoxigena clássicos do Hip Hop no seu primeiro EP

há 1 ano
Rigoberto Torres é um nome que pode mudar a história do Rap comercial em Angola. Apesar de começar a escrever sua história no ano passado, o cantor de 20 anos se prepara para apresentar esta sexta-feira, o primeiro EP.

Meduza escolhida para representar rappers angolanas no cypher do Dia Internacional da Mulher

há 11 meses

Yola Araújo e LS Republicano rompem contrato por alegada “incompatibilidade”

há 1 ano
Depois de pouco mais de 10 anos de trabalhos, a cantora deixa de pertencer a LS Republicano, por causa de “incompatibilidades”.

Paulo Flores sobre Sebem: “O Sebem não merece o meu silêncio”

há 8 meses

Já estão abertas as candidaturas para a 2ª Edição da Residência Artística LUUANDA

há 9 meses
O colectivo cultural Pés Descalços informou em nota, que vai decorrer até ao dia 30 de Junho, as candidaturas para a 2ª Edição da Residência Artística LUUANDA.

Ney Tavira: um nome para reter, um talento para ovacionar

há 1 ano
Numa altura em que os rappers da sua faixa etária limitam-se a cantar músicas “superficiais” e refrões de ostentação, Ney Tavira se apresenta como uma lufada de ar fresco para o movimento que tende a se tornar frívolo com o passar dos tempos.

De Michelle Obama a Kamala Harris: Entenda o activismo disfarçado na elegância dos looks

há 12 meses
Por trás de tamanha imponência, três alusões foram feitas propositadamente: o movimento das sufragista, a união dos partidos e a representatividade de estilistas negros.

Lenço usado por Messi no adeus ao Barça será vendido ao equivalente a 632 milhões de Kwanzas

há 5 meses
O comerciante é um adepto anónimo que terá estado presente no Auditori 1899, de Camp Nou, e terá recolhido o objecto utilizado por Messi do caixote do lixo.

Sandra Cordeiro anuncia EP mais comercial e menos clássico

há 2 anos
Trata-se de um maxi single com quatro faixas musicais nos estilos Kizomba, Afro Folclórica, Balada e Semba, que seria publicado no mês passado, mas que, devido à pandemia, estará à disposição dos fãs, por via digital, depois do levantamento do Estado de Emergência.

Próximo 007 será uma mulher negra

há 1 ano
A actriz britânica Lashana Lynch foi confirmada para suceder Daniel Craig como agente 007 em “007: Sem Tempo Para Morrer”, da Saga James Bond.

FreeBritney: Movimento de libertação da cantora Britney Spears “reacende” nas redes sociais

há 1 ano
O movimento existente desde 2019, manifesta a vontade que Britney volte a tomar as rédeas da sua própria vida, uma vez que há mais de uma década é mantida sob tutela pelo pai, James Spears, que controla quase tudo da cantora – incluindo o dinheiro, saúde e até a rotina diária.

Kalibrados actuam amanhã no `Notas Soltas´

há 1 ano
O evento que acontece habitualmente às quartas, vai excepcionalmente realizar um “Brunch Edition”, em vésperas do dia da Dipanda cujos convidados são os Kalibrados.

Kaluanda Fest migra para o formato digital

há 1 ano
A decorrer entre os dias 22 a 25 de Janeiro, a habitual ode à cidade de Luanda, fundada aos 25 de Janeiro de 1576, vai acontecer 90% no formato digital.