Angolanos lideram nomeações do AFRIMA nos PALOP mas, os rappers ‘não foram tidos nem achados’

Apesar de não constar nenhum artista do estilo Rap, a música angolana aparece em alta nos Prémios Africano de Música. Os artistas angolanos lideram as indicações a nível dos PALOP.

Após análise minúciosa das 8 880 (oito mil oitocentas oitenta e oito) canções recebidas, o júri seleccionou 400 (quatrocentas) músicas nas 30 categorias continentais e 10 regionais. A música angolana aparece em alta, superando Cabo Verde, Moçambique e São Tome Princípe, com um total de nove artistas.

Menos uma em relação aos Camarões, a categoria de Melhor Artista Feminino da África Central é dominada por Pérola, Anna Joyce, Admázia Mayembe. Rui Orlando e C4Pedro concorrem para o prémio de Melhor Artista Masculino na mesma posição e Paulo Flores destaca-se na categoria de Melhor Artista Tradicional Africano. O conhecido DJ Impossible da Cloe Management disputa o troféu de Melhor Dj Africano e a dupla de Chelsy e Nsoki está indicada para a categoria de Melhor Colaboração Africana.

A Carga apurou que a dupla sensação da África do Sul, Blaq Diamond, lidera a lista com oito nomeações para a canção ‘SummerYoMuthi’ e os angolanos destacam-se a nível dos PALOP mas, o estilo Rap, que discute a supremacia com o Kuduro, não foi tido nem achado.

As votações estarão abertas a partir de segunda-feira (27) e a gala de atribuição dos prémios acontece de 19 a 21 de Novovembro, em Logos, e será transmitida ao vivo em 84 estações de televisão em 109 países.

Considerado o maior e mais prestigioso evento de premiação da música africano em todo o mundo, o AFRIMA- All Africa Music Awards- é  organizado desde 2014 e conta com parceria da Comissão da União Africana.

Veja como estão as nomeações:

Melhor Artista Feminina na África Central

  • Anna Joyce (Angola)
  • Blanche Bailly (Camarões)
  • Charlotte Dipanda (Camarões)
  • Edmazia Mayembe (Angola)
  • Eyango (Camarões)
  • Mimi (Camarões)
  • Rebo (República Democrática do Congo)
  • Pérola (Angola)
  • Shan’L (Gabão)
  • T’neeya (Camarões)

Melhor Artista Masculino na África Central

  • C4 Pedro (Angola)
  • Calema (São Tomé e Príncipe)
  • Fally Ipupa (República Democrática do Congo)
  • Ferre Gola (República Democrática do Congo)
  • GIMS (República Democrática do Congo)
  • Inoss’B (República Democrática do Congo)
  • Koffi Olomide (República do Congo)
  • Locko (Camarões)
  • Rui Orlando (Angola)
  • Salatiel e Rutshelle Guillaume (Camarões)
  • Melhor Artista Feminina na África Oriental
  • Afrie (Uganda)
  • Karun (Quênia)
  • Merry Zerabruk (Eritreia)
  • Nandy (Tanzânia)
  • Nikita Kering (Quênia) 
  • Rema Namakula, DJ Harold & Chike (Uganda)
  • Rosa Ree (Tanzânia)
  • Spiece Diana (Tanzânia)
  • Xenia (Quênia)
  • Zuchu (Tanzânia)
  • Melhor Artista Masculino na África Oriental
  • Bensoul (Quênia)
  • Darassa (Tanzânia)
  • Diamond Platnumz (Tanzânia)
  • Eddy Kenzo (Uganda)
  • Harmonize (Tanzânia)
  • Lij Mic (Etiópia)
  • Meddy (Ruanda)
  • Nviiri, o contador de histórias (Quênia)
  • Rayvanny (Tanzânia)
  • Sauti Sol (Quênia)
  • Melhor Artista Feminina no Norte da África
  • Abir (Marrocos)
  • Emel Mathlouthi (Tunísia)
  • Haidy Moussa (Egito)
  • Jaylan (Marrocos)
  • Latifa (Tunísia)
  • Manal (Marrocos)
  • Nada (Marrocos)
  • Salma Rachid (Marrocos)
  • Ruby (Egito)
  • Samira Said (Egito)

Melhor Artista Masculino no Norte da África

Amr Diab (Egito)

Dizzy Dros (Marrocos)

DJ Moh Green (Argélia)

Hamza El Fadly (Marrocos)

Klay BBJ (Tunísia)

L7OR (Marrocos)

Mohamed Ramadan ft. Maitre Gims (Egito)

Muçulmano (Marrocos)

Ensopado (Argélia)

Zouhair Bahaoui (Marrocos)

Melhor Artista Feminina da África do Sul

  • Busiswa (África do Sul)
  • Cleo Ice Queen (Zâmbia)
  • DJ Zinhle (África do Sul)
  • Kamo Mphela (África do Sul)
  • Kelly Khumalo (África do Sul)
  • Makhadzi (África do Sul)
  • Nomcebo Zikode (África do Sul)
  • Sha Sha (Zimbábue)
  • Shekinah (África do Sul)
  • Tamy Moyo (Zimbábue)
  • Zanda Zakuza (África do Sul)

Melhor Artista Masculino da África Austral

  • Blaq Diamond (África do Sul)
  • Casper Nyovest (África do Sul)
  • DJ Tarico (Moçambique)
  • Focalístico (África do Sul)
  • Jah Prayzah (Zimbábue)
  • Major League DJz (África do Sul)
  • Mapara A Jazz (África do Sul)
  • Mi Casa (África do Sul)
  • Sr. JazziQ (África do Sul)
  • Nasty C (África do Sul)
  • Sun-El Musician (África do Sul)

Melhor Artista Feminina da África Ocidental

  • Aya Nakamura (Mali)
  • Djelykaba Bintou (Guiné)
  • Gyakie (Gana)
  • Josey (Costa do Marfim)
  • Manamba Kanté (Guiné)
  • Niniola (Nigéria)
  • Soraia Ramos (Cabo Verde) 
  • Tems (Nigéria)
  • Teni (Nigéria)
  • Tiwa Savage (Nigéria)
  • Yemi Alade (Nigéria)

Melhor Artista Masculino na África Ocidental

  • Burna Boy (Nigéria)
  • Davido (Nigéria) 
  • Djodje (Cabo Verde)
  • Iba One (Mali)
  • KiDi (Gana)
  • MHD (Guiné)
  • Nelson Freitas (Cabo Verde)
  • Stonebwoy (Gana)
  • Wizkid (Nigéria)

Álbum do Ano

  • Aya por Aya Nakamura (Mali)
  • Duas vezes mais alto por Burna Boy (Nigéria)
  • A Better Time de Davido (Nigéria)
  • Tokooos II por Fally Ipupa (RDC)
  • Mon Empire de Iba One (Mali)
  • Mansa por MHD (Guiné)
  • Fleur Froide por Tayc (Camarões)
  • Celia de Tiwa Savage (Nigéria)
  • Fabricado em Lagos por Wizkid (Nigéria)

Artista do Ano

  • Aya Nakamura (Mali)
  • Blaq Diamond (África do Sul)
  • Burna Boy (Nigéria)
  • Davido (Nigéria)
  • Diamond Platnumz (Tanzânia)
  • Fally Ipupa (República Democrática do Congo)
  • Focalístico (África do Sul)
  • Makhadzi (África do Sul)
  • MHD (Guiné)
  • Omah Lay (Nigéria)
  • Wizkid (Nigéria)

Melhores artistas africanos na diáspora (masculino)

  • Abir (Marrocos / EUA)
  • Aya Nakamura (Mali / França)
  • Sra. Banks (Nigéria / Reino Unido)
  • Naomi Achu (Camarões / EUA)
  • Nata (Serra Leoa / EUA)
  • Rimon (Eritreia / Holanda)
  • Shaybo (Nigéria / Reino Unido)

Melhores artistas africanos na diáspora (feminino)

  • Nelson Freitas (Cabo Verde / Portugal)
  • Dave (Nigéria / Reino Unido)
  • Double S (Uganda / Reino Unido)
  • Headie One (Gana / Reino Unido)
  • Jae5 (Gana / Reino Unido)
  • MHD (Guiné / França)
  • Rotimi (Nigéria / EUA)
  • Tayc (Camarões / França)
  • Tion Wayne (Nigéria / Reino Unido)

Melhor Colaboração Africana

  • ‘Cash App’ por Bella Shmurda ft. Zlatan e Lincoln (Nigéria)
  • ‘Kua Buaru’ por Calema ft. Pérola, Soraia Ramos e Manecas Costa (São Tomé e Príncipe, Angola, Cabo Verde e Giunea Bissau)
  • ‘Waah’ por Diamond Platnumz ft. Koffi Olomide (Tanzânia e República Democrática do Congo)
  • ‘Yaba Buluku (Remix)’ por DJ Tarico ft. Burnaboy, Preck e Nelson (Moçambique e Nigéria)
  • ‘Ke Star (Remix)’ por Focalistic & Davido ft. Vigro Deep (África do Sul e Nigéria)
  • ‘Forever (Remix)’ por Gyakie ft. Omah Lay (Gana e Nigéria)
  • ‘Feeling’ de Ladipoe ft. Buju (Nigéria)
  • ‘Ya habibi’ por Mohamed Ramadan ft. Maitre Gim (Egito e República Democrática do Congo)
  • ‘Número Um’ de Nandy ft. Joeboy (Tanzânia e Nigéria)
  • ‘Où est le mariage’ por Shan’L ft. Fally Ipupa (Gabão e República Democrática do Congo)
  • ‘Essence’ por Wizkid ft. Tems (Nigéria)

Melhor DJ africano

  • DJ Moh Green (Argélia)
  • Café Preto (África do Sul)
  • DJ Cuppy (Nigéria)
  • DJ Impossível (Angola)
  • DJ Kaywise (Nigéria)
  • DJ Mix Premier (Costa do Marfim)
  • DJ Sinyorita (Tanzânia)
  • DJ Sly (Gana)
  • DJ Soinall (Nigéria)
  • Major League DJz (África do Sul)

Melhor Artista, Duo ou Banda

  • Ajebo Hustlers ft. Omah Lay (Nigéria)
  • B2C (Kampala Boys) ft. Lutalo (Uganda)
  • Blaq Diamond (África do Sul)
  • Calema ft. Pérola, Soraia Ramos e Manecas Costa (São Tomé e Príncipe)
  • Cavemen (Nigéria)
  • Chelsy & Nsoki (Angola)
  • Mi Casa (África do Sul)
  • Sauti Sol ft. Bensoul, Nviiri The Storyteller, Xenia e NHP
  • Os isômeros (Nigéria)
  • Toofan (Togo)

Melhor Rapper ou Letrista Africano

  • AQ (Nigéria)
  • Dip Doundou Guiss (Senegal)
  • Elow’n (Costa do Marfim)
  • Khaligraph Jones (Quênia)
  • Ko-C (Camarões)
  • Ladipoe (Nigéria)
  • Nasty C (África do Sul)
  • Nata (Serra Leoa)
  • Sarkodie (Gana)
  • Vector (Nigéria)

Melhor Vídeo Africano

  • ‘Berna Reloaded’ por Flavor ft. Fally Ipupa e Diamond Platnumz. Diretor: Dammy Twitch
  • ‘Waah’ por Diamond Platnumz ft. Koffi Olomide. Diretor: Diretor Kenny
  • ‘Djodje’ de Bella. Diretor: Kwanda Lima
  • ‘Ya Habibi’ de Maitre Gims e Mohammed Ramadan. Diretor: Ya Habibi (Maitre Gims e Mohammed Ramadan)
  • ‘Kobolé’ do Rei Alasko. Diretor: Steven Awuku
  • ‘Show Body’ de Kuami Eugene ft. Falz. Diretor: Rex
  • ‘Abule’ de Patoranking. Diretor: Prior Gold
  • ‘Nairobi’ por Bensoul ft. Sauti Sol, Nviiri the Storyteller, Mejja. Diretor: Roadman
  • ‘Paloma’ do Sr. P ft. Singah. Diretor: Unlimited LA

Melhor Artista, Duo ou Grupo em RnB & Soul Africano

  • Adekunle Gold ft. Lucky Daye – ‘Sinner’
  • Aya Nakamura ft. Stormzy – ‘Plus Jamais’
  • Djodje- ‘Tempo Sabi’
  • Elaine – ‘Agora’
  • Gyakie ft. Omah Lay – ‘Para sempre’
  • Nikita Kering – ‘Ex’
  • Oxlade – ‘Ojuju’
  • Tems – ‘Damages’
  • T’neeya – ‘Dark Twisted Fantasy’
  • Wizkid ft. Tems – ‘Essence’

Melhor Artista, Duo ou Grupo de Reggae Africano, Ragga e Dancehall

  • A2 Di Fulani – ‘Te Tewto’
  • Bebe Cool – ‘Faça um Desejo’
  • EXQ ft. Tock Vibes – ‘Wakatemba’
  • Mykey Shewa – ‘Fendata’
  • Natty O – ‘Seguro’
  • Patoranking – ‘Abule’
  • Rosa Ree – ‘That Gal’
  • Ruger – ‘Bounce’
  • Stonebwoy ft. Davido – ‘Ativar’

Melhor Artista, Duo ou Grupo em Dança ou Coreografia Africana

  • ‘Waah’ por Diamond Platnumz ft. Koffi Olomide
  • ‘Corner Der’ da DWP Academy, Dancegod Lloyd e AfroBeast
  • ‘Berna Reloaded’ por Flavor ft. Fally Ipupa e Diamond Platnumz
  • ‘Ke Star (Remix)’ por Focalistic & Davido ft. Vigro Deep
  • ‘Meme’ de Innoss’B
  • ‘Kelebe’ por Rayvanny
  • ‘Mbote’ por ‘Rebo’
  • ‘Dancina’ de Yemi Alade
  • ‘Chara Dance’ de Safarel Obiang

Melhor Artista, Duo ou Grupo de Hip Hop Africano

  • ‘Respire’ por AQ
  • Segundo sermão de Blaq Sherif
  • ‘Bling’ de Blaqbonez ft. Amaarae e Buju
  • ‘Ye x4’ por Blxckie ft Nasty C
  • ‘Nokuthula’ de Cassper Nyovest ft. Busiswa e Legendary P
  • ‘História’ por Check ft. Fireboy DML
  • Presidente Du Rap publique ‘por Ko-C
  • ‘Satan’ por Rosa Ree
  • ‘Early Momo’ por Vector ft. GoodGirl LA
  • ‘Sore (Remix) de Yaw TOG ft. Stormzy e Kwesi Arthur

Melhor Artista, Duo ou Grupo de Jazz Africano

  • ‘Kalakuta’ por Bokani Dyer
  • ‘Eulogy for Biafra’ por Franck Biyong
  • ‘Dance’ por Hornsphere
  • ‘Tara Tara’ por Jimmy Dludlu
  • ‘Free Your Mind’ de Made Kuti
  • ‘God Save the Queen’ por Olu
  • ‘Dikeledi’ por Thandi Ntuli
  • ‘Beautiful’ por Thandi Ntuli
  • ‘Umdali’ por Zoe Modiga

Melhor Artista, Duo ou Grupo de Rock Africano

  • ‘Kelewele’ por Dark Suburb
  • ‘Peace in Limbe’ por Franck Biyong
  • ‘Estruturas’ por Rash
  • ‘Furukazi’ por Tetu Shani
  • ‘Beat Time’ dos Isomers

Melhor Artista, Duo ou Grupo em Tradicional Africano

  • ‘Nini’ por Ayeah Leonnette
  • ‘Osondu’ por Cavemen
  • ‘Cultural Praise Vol.1’ por Kcee e Okwesili Eze Group
  • ‘Amen’ de Kid Tini ft. Sbahle
  • ‘Ade Ori Okin’ por K1 De Ultimate
  • ‘Doubting Thomas’ por Larry Gaaga ft. Umu Obiligbo e Davido
  • ‘Nobody’ por Malome Vector
  • ‘Yawokebetina’ por Meselu Fantahuh
  • ‘Semba Original’ de Paulo Flores
  • ‘God Will Make A Way’ por Shanah
  • ‘Africa’ por Shivanah
  • ‘Hamida’ de Yonas Maynas

Melhor Artista, Duo ou Grupo em Contemporâneo Africano

  • ‘Fada’ por Sooking
  • ‘Ngayi’ por Borgia ft. Jack Inga
  • ‘Running to You’ por Chike ft. Simi
  • ‘Regarde Moi’ de Ferre Gola
  • ‘Mentira’ de Kizz Daniel
  • ‘Au Mariage de ma Gon’ de Locko
  • ‘Monalisa’ de Lojay e Sarz
  • ‘Ndoto’ de Majoos ft. Koffi Olomide
  • ‘Atansiyo’ ft. Platini P
  • ‘Good Girl’ de Salatiel ft. Rutshelle Guillaume

Melhor Artista, Duo ou Grupo do Electro Africano

  • ‘Natural Love’ por Wally Seck
  • ‘Siyathandana’ por Casper Nyovest ft. Abidhoza
  • ‘Xola Moya Wam’ por Nomcebo Zikode ft. Master KG
  • ‘Yaba Buluku (Remix)’ por DJ Tarico ft. Burnaboy, Preck e Nelson
  • ‘Nkulunkulu’ por Kamo Mphela
  • ‘Murahu’ por Makhadzi ft. Sr. Brown
  • ‘Coming’ de Naira Marley ft. Busiswa
  • ‘Ke Star (Remix)’ por Focalistic & Davido ft. Vigro Deep
  • ‘Addicted’ por Niniola
  • ‘John Vuli Gate’ de Mapara A Jazz com Ntosh Gazi e Colano

Melhor Artista, Duo ou Grupo de Pop Africano

  • ‘Yacht’ por Abir
  • ‘Cash App’ por Bella Shmurda ft. Zlatan e Lincoln
  • ‘SummerYoMuthi’ por Blaq Diamond
  • ‘LA Patronne’ por Djelykaba Bintou
  • ‘Educação’ por Iba One ft. Oumou Sangare
  • ‘Show Me’ de Joeboy
  • ‘Touch It’ por KiDi
  • ‘Au Mariage de ma Go’ de Locko
  • ‘In My Maserati (Remix)’ por Olakira ft. Davido
  • ‘Godly’ por Omah Lay
  • ‘Bounce’ por Rema

Melhor Artista Feminina em Música Inspiradora Africana

  • Ada Ehi (Nigéria)
  • Afrie (Uganda)
  • Eden (Costa do Marfim)
  • Kamo Mphela (África do Sul)
  • Montess (Camarões)
  • Nata (Serra Leoa)
  • Noel Nderitu (Quênia)
  • Ruth Asong (Camarões)
  • Diana Hamilton (Gana)
  • Kelly Khumalo (África do Sul)

Melhor Artista Masculino em Música Inspiradora Africana

  • Ali Mukhwana (Quênia)
  • Ashs The Best (Senegal)
  • Azaya (Guiné)
  • Blaq Diamond (África do Sul)
  • Ferre Gola (República Democrática do Congo)
  • Iba One (Mali)
  • Icha Kavons (República Democrática do Congo)
  • Icha Kavons (Camarões)
  • Patoranking (Nigéria)
  • Sjava (África do Sul)
  • TZY Panchak (Camarões)

Melhor artista global

  • Faouzia (Canadá)
  • Drake (Canadá)
  • Doja Cat (EUA)
  • HER (EUA)
  • Bruno Mars (EUA)
  • Ed Sheeran (Reino Unido)
  • Olivio Rodrigo (EUA)
  • Beyoncé

Artista Revelação do Ano

  • Aveiro Djess (Camarões) 
  • Bells Shmurda (Nigéria)
  • Blaq Diamond (África do Sul)
  • Djelykaba Bintou (Guiné)
  • Focalístico (África do Sul)
  • Omah Lay (Nigéria)
  • Remy Adan (Costa do Marfim)
  • Tems (Nigéria)
  • Yaw Tog (Gana)
  • Zochu (Tanzânia)

Artista Africano Mais Promissor

  • Ayra Starr (Nigéria)
  • Blxckie (África do Sul)
  • Buju (Nigéria)
  • Ckay (Nigéria)
  • El Grande Toto (Marrocos)
  • Iss 814 (Senegal)
  • Lojay (Nigéria)
  • Rebo (República Democrática do Congo)
  • Ruger (Nigéria)
  • Xenia Manasseh (Quênia)

Produtor do Ano

  • Blaq Dimond (África do Sul)
  • DJ Tarico (Moçambique)
  • Kolber Prod (Costa do Marfim)
  • Legendury Beatz (Nigéria)
  • Lizer Classic (Tanzânia)
  • Napji (Nigéria)
  • Olakira (Nigéria)
  • P Prime (Nigéria)
  • Telz (Nigéria)
  • Vigro Deep (África do Sul)

Canção do Ano

  • ‘SummerYoMuthi’ por Blaq Diamond
  • ‘Fem’ por Davido
  • ‘Waah’ por Diamond Platnumz ft. Koffi Olomide
  • ‘Yaba Buluku (Remix)’ por DJ Tarico ft. Burnaboy, Preck e Nelson
  • ‘Ke Star (Remix)’ por Focalistic & Davido ft. Vigro Deep
  • ‘In My Maserati (Remix)’ por Olakira ft. Davido
  • ‘Infinity’ por Olamide ft. Omah Lay
  • ‘Abule’ por Patoranking
  • ‘Número Um’ por Rayvanny ft. Zuchu
  • ‘Le Gout De’ de Remy Adan
  • ‘Essence’ por Wizkid ft. Tems

Compositor do ano

  • Nikita Kering (Quênia)
  • Nasty C (África do Sul)
  • Adekunle Gold, Lucky Daye e Marcel Akunwata (Nigéria)
  • Bensoul (Quênia)
  • Iba One (Mali)
  • Kelly Khumalo (África do Sul)
  • Tiwa Savage, Mystro e Vitoralli (Nigéria)
  • Fally Ipupa, Julio Masidi, The Guest e Dadju Nsungula (República Democrática do Congo)
  • Vector, BY LINX e GoodGirl LA (Nigéria)

as cargas mais recentes

Três gerações do Semba protagonizam live solidário

há 1 ano
Denominado `3G do Semba-Live no Kubico´, além do lado beneficente, o encontro das das três figuras representativas do Semba poderá marcar as histórias dos lives em Angola. O evento acontece às 14 horas e 30 minutos de domingo e pode também ser acompanhado pelas páginas oficiais dos músicos e no YouTube da Platina Line, bem como na TPA, TPA online e RTP África.

Fast and Furious: Entre a decadência e o futurismo, franquia chega aos 20 anos com opiniões divididas

há 4 meses
Realista, começou por mostrar o “mundo” de rachas, as perigosas corridas de carros, volvidas duas décadas entre carros turbinados e sucessos de bilheteria, o respeito pela família foi implacavelmente ensinado.

Declarações do Director Nacional da Cultura contradizem factos de 2009

há 1 ano
As informações prestadas esta quarta-feira pelo director nacional da cultura, Euclides da Lomba, e reiteradas ontem à Rádio Lac, segundo as quais Carlos Burity não tinha recebido nenhum prémio daquele pelouro contradizem a atribuição, em 2009, do Prémio Nacional de Cultura e Artes ao músico.

Próximo Show do mês celebra Mamã África

há 4 meses
De Lourdes Van-Dúnem a Angelique Kidjo, passando por Franco e Youssou N’Dour, o espectáculo que insere-se na 8ª temporada do Show do Mês, marca o início de um novo conceito, em que só se vai memorar vozes africanas.

Gerilson Insrael e Edmásia cantam no “é-Kwanza”

há 1 ano
Os músicos Gerilson Insrael e Edmásia serão “cabeças” de cartaz na próxima edição do “Ao vivo é-Kwanza”, sábado, num concerto cujo objectivo é angariar donativos para os lares necessitados.

Actual sucesso da extinta banda Queen avaliado em mais de um bilhão de dólares

há 3 meses
A banda deixou de existir em 1991, mas ainda continua a fazer sucesso nas plataformas de streaming. O tema “Bohemian Rhapsody”, do álbum A Night At The Opera, vem somando muito dinheiro em direitos de autor.

Rock in Rio terá réplica na cidade de São Paulo

há 10 meses
A organização do Rock in Rio informou hoje que está a criar um festival semelhante na cidade de São Paulo. O mega evento chama-se The Town e será acolhido no Autódromo Interlagos, alternando com o Rock in Rio.

Vencedores do prémio `Ensa-Arte 2020´são conhecidos hoje

há 6 meses
A 15ª edição de entrega de prémios Ensa- Artes, voltada para as artes plástica acontece hoje com transmissão em directo no programa Janela Aberta, na TPA1.

Beyoncé revela cultivo de cannabis para combate ao estresse

há 2 meses
A artista revelou que tem beneficiado do uso do canabidiol, graças as propriedades medicinais que a planta possui: “descobri-o na minha última turnê e experimentei os seus benefícios contra a dor e a inflamação”. Acrescentando ainda que está a construir a sua própria fazenda para cultivo da cannabis.

NÃO HÁ CURA: Galeria MOVART e Instituto Camões apresentam exposição colectiva

há 3 meses
Com “NÃO HÁ CURA”, a galeria MOVART pretende recolocar o foco de 2021 no empoderamento das mulheres, que foram ainda mais silenciadas durante a pandemia, pela eliminação de espaços de debate sobre o feminino na sociedade e nas artes. A mostra já está aberta ao público e poderá ser visitada até ao dia 11 de Agosto de 2021.

Acaba de nascer um projecto que passará a dar novas roupagens aos hits angolanos

há 8 meses

Produtor Algo 10Conhecido rende tributo a Teta Lando e Franco em novo álbum

há 3 meses
O álbum contém versões de dois grandes sucessos nacionais e internacionais intemporais, nomeadamente: “Mario” do congolês Franco, na versão amapiano e “Quimbemba” de Teta Lando, no estilo afro-house.

Angola Music Awards: nomeados serão conhecidos já este mês

há 1 ano
Os artistas nomeados para a sétima edição dos AMA serão apresentados no dia 20 deste mês. O evento anual de premiação dos fazedores da música angolana passa agora a ser produzido e realizado pela Legenda Urbana e traz como grande novidade a categoria “Música Dos PALOP Mais Tocada em Angola”.

Alicia Keys: “Era suposto me tornar prostituta”

há 1 ano
Alicia Keys deu uma entrevista ao jornal britânico The Guardian, onde destacou algumas das suas próprias canções e inspiração para alguns sucessos, assim como a possibilidade de se tornar prostituta.

Davido na linha da frente dos protestos na Nigéria

há 1 ano
O músico nigeriano juntou-se este sábado a uma manifestação para exigir o fim da brutalidade policial no seu país. “Não devemos recuar até que as nossas reivindicações sejam atendidas”.

Cine Janela exibe performance de Thó Simões amanhã

há 1 ano
Intitulada “Intocável” em projecto de projeção audiovisual durante quarentena, a performance e Thó Simões será exibida amanhã, às 20 horas, na página @cine.janela.