Anitta revela que foi vítima de estupro aos 14 anos

Aos prantos, a cantora brasileira contou, pela primeira vez, que foi vítima de estupro, quando era adolescente. E foi em consequência do acto  que surgiu o seu nome “Anitta”.

A artista conta ainda que durante muitos anos conviveu com o drama, por achar que a culpa era sua, pois, foi ela quem sugeriu ao agressor sexual que se isolassem para um local a escolha deste, por medo de que fosse acontecer o pior.

“Quando eu tinha 14 para 15 anos, conheci uma pessoa. Eu tinha medo dele, ele era autoritário comigo, falava de forma autoritária. Eu era diferente quando eu era adolescente, não era como eu sou hoje em dia “. Em lágrimas, Anitta continua o relato:

“Quando eu cheguei lá, eu percebo que não era certo fazer aquilo por medo e eu falei que não queria mais. Mas ele não fala. Ele não falou nada. Ele só seguiu fazendo o que queria fazer. Quando ele acabou, saiu, foi abrir uma cerveja e eu fiquei olhando para cama cheia de sangue ”, relata.

A revelação da estrela brasileira foi feita durante o primeiro episódio da série documental “Anitta: Made In Honório”, que estreou na madrugada desta quarta-feira (16), na Netflix.

Na sessão, Anitta revela que não tinha coragem de expor isso, por recear que as pessoas fossem dizer: como ela pode ter sofrido isso e hoje é tão sexual, é tão aberta, fazer coisa tanta”.

“Ele estava muito nervoso, muito estressado. Eu estava com bastante medo das reações dele e eu acabei perguntando se ele queria ir pra um lugar só nós dois. Rapidamente, na mesma hora, ele parou o estresse dele e perguntou se eu tinha certeza. Eu falei que sim. “, desabafa.

Para superar o abuso, Larissa (nome verdadeiro da artista) criou a personagem Anitta. “P’ra todos vocês que se perguntam de onde nasceu a Anitta. Nasceu daí. Da vontade e necessidade de ser uma mulher corajosa, que nunca ninguém poderia machucar, que nunca ninguém poderia fazer chorar, magoar. Que sempre teve uma saída para tudo. Foi daí. Eu criei esse personagem aí “.

as cargas mais recentes

Mobbers lançam L.O.M. com participações de ProfJam e T-Rex

há 2 anos
Da autoria dos Mobbers, o single foi disponibilizado ontem em todas as plataformas digitais e conta com as vozes do Rapper Português ProfJam, e do rapper angolano T-Rex.

TYKID apresenta `Imaturidade´, o segundo single do seu EP de estreia

há 2 anos
Com uma sonoridade melodiosa e doce o artista consegue-nos levar ao cenário que desenha com as suas palavras num instrumental trap-soul recordando igualmente o neo-soul do início do século de Musiq ou Joe.

Bola de Ouro 2021: Afinal, nem sequer Portugal votou em CR7

há 1 ano

Polémico documentário sobre Michael Jackson terá continuação

há 2 anos
A primeira parte do documentário foi responsável por trazer, novamente, à tona toda a polémica envolvendo supostos assédios cometidos por Michael Jackson, além da suposta pedofilia.

Geração 80. volta a badalar cinema angolano com “A Nossa Senhora da Loja Do Chinês”

há 2 anos

Netflix narra história da vida real do primeiro samurai negro

há 2 anos
O pano de fundo da vida do guerreiro está envolto em mistério, mas ele provavelmente terá passado a maior parte do tempo pré-samurai no território indígena de Goa, controlado por portugueses, como um escravo treinado em combate.

Maestro Félix Costa apresenta o `Coral Yellen´

há 3 anos
Formado no primeiro semestre deste ano, o Coral Yellen é a segunda iniciativa do género que Félix Costa dá a cara depois de se desvincular da Orquestra Kapossoca. O projecto de integração social, que já conta com 27 integrantes, engloba para além do grupo coral, a dança, teatro e futebol.

Pais de Pop Smoke promovem projecto de combate à criminalidade

há 2 anos
Pop Smoke morreu em Fevereiro do ano passado, após ter sido baleado, durante um assalto na sua residência em Los Angeles (California), numa altura em que sua carreira dava passos astronómicos e se preparava para tirar o seu primeiro álbum, “Shoot for the Stars Aim for the Moon”, que veio a ser vendido a título póstumo.

Funkeiro Mc MM mostra-se disponível para fazer participações com artistas angolanos

há 9 meses
O artista brasileiro com uma carreira envolta de curiosidades, Mc MM revela-se como um daqueles que detém “o segredo do sucesso” no mundo da música, pelo menos é o que se vê no seu país, e procura “fazer” o mesmo em Angola.

P. Diddy muda de nome pela 4° vez

há 2 anos
Três vezes vencedor do Grammy, Diddy nasceu Sean John Combs, na cidade de Nova York em 1969. Quando entrou no mundo do rap, ficou Puff Daddy, ou seja P. Diddy, Cinco anos depois l, retirou o “P” para se tornar “Diddy”, que mais tarde foi expandido para incluir o grupo Diddy — Dirty Money.

Use Logo Search To Update Your 2FA Tokens

há 1 ano

Nucho anuncia o álbum que lhe vai colocar no topo

há 3 anos
Nucho é um dos poucos rappers angolanos que conseguiu manter-se puro na última década. Em 2017, estreou-se com o álbum Sou[L] RAP e foi nomeado para o maior prémio da música feita em português. Depois disso, surgiram outras surpresas.

Dr. Dre fala sobre a sua saúde: “Vou ter uma vida longa”

há 2 anos
A notícia sobre o seu estado de saúde, no princípio deste ano, mexeu com toda a classe artística. Passados cinco meses, Dre decidiu falar e dar mais detalhes sobre o assunto.

Ndaka Yo Wini canta no festival internacional de Montreal

há 2 anos
O músico angolano Ndaka Yo Wini é uma das figuras de cartaz da 35ª edição do Festival Internacional de Montreal/Quebec (Canadá), denominado “Nuits d´Afrique”, que decorre desde o dia 08 de Julho.

Flagelo Urbano grava videoclipes pela primeira vez em 25 anos de “estrada”

há 3 anos
A ultimar os arranjos do sucessor do EP `De Sião a Medina´, o rapper tenciona trazer um CD mais afrocentrado, profundo e “pluriversalista”.

Documentário sobre Kanye West que vem sendo produzido há duas décadas estreia ainda este ano

há 2 anos
O documentário ainda sem título, já tem previsão de lançamento e acaba de ter todos os direitos adquiridos pela Netflix, que desembolsou nada menos que 30 milhões de dólares.