Anna Joyce fala sobre seu novo álbum: “Foram 4 anos de suor e muitas lágrimas”

Nunca a cantora esteve tão confiante ao falar de si, tal como se apresenta no novo álbum, que será lançado ainda este mês. Para o lançamento, a estrela da LS Republicano preparou dois concertos nos dias 20 e 21, ambos no Miami Beach, Luanda.

Entretanto, quem ainda não adquiriu o bilhete não precisa se preocupar, porque Anna Joyce tem espectáculos agendados em Saurimo, Dundo, Benguela, Soyo, Huambo e Malanje. Os ingressos para os shows de Luanda esgotaram quatro dias depois de disponibilizados, um feito comum para os concertos da artista.

No total, estarão disponíveis 15 mil cópias, numa primeira fase. Mais tarde, o CD será também levado para outras províncias, pois Anna sente que deve partilhar este momento de alegria com todo o seu público.

Diferente da sua obra de estreia, neste álbum, a autora explora mais o lado pessoal. É um CD esteticamente mais evoluído e apresenta histórias dramáticas, reunindo apenas participação de Ary.

Com a agenda de espectáculos preenchida até Setembro, a voz “Puro” espera, ansiosa, para marcar a reabertura das vendas na Praça da Independência a 18 do corrente. A cantora, intérprete e compositora fala à Carga sobre os últimos detalhes da sua carreira e apresenta suas ambições artísticas. 

Anna Joyce fala sobre seu novo álbum: “Foram 4 anos de suor e muitas lágrimas”

A adesão dos fãs à aquisição dos bilhetes para os concertos de apresentação, leva-nos a pensar que era aguardada há bastante tempo. Porquê fez os fãs esperarem tanto assim ?

As condições anteriormente não eram favoráveis. Desde o ano passado que estávamos limitados por conta do estado de calamidade, então não foi opção nossa fazer o público esperar, eu também esperei lol.

Tem os meses de Agosto e Setembro todos preenchidos. Como é que pretende marcar estes momentos após quase um ano sem espectáculos?

Com músicas novas. Depois de tanto tempo, não poderia voltar sem novidades. 
O “Anna” vem também marcar a abertura das vendas na Praça da Independência.

Quantas cópias preparou e que outros locais e datas vai autografar?

Para a primeira edição, preparamos 15 mil cópias, entretanto estávamos cientes de que teremos de fazer uma nova edição em algum momento. Além da Praça da Independência, vamos também á Casa da Juventude, Viana, e tentaremos de ir a todas as províncias.

Anna Joyce fala sobre seu novo álbum: “Foram 4 anos de suor e muitas lágrimas”

Sobre as características do álbum, qual a essência da sua segunda obra discográfica e que participações trará?

Esse álbum vai ser muito pessoal, daí a escolha do título.Nunca me senti tão à vontade e confiante para fazer aquilo que queria. Desde a produção, composição, escolha dos músicos, estúdio, enfim. É um trabalho que me orgulha muito. Em termos de participação musical só terá a Ary, mas na execução das músicas, contei com Dino Ferraz, Rui Orlando, DVince, Cage  Oneyb e muitos outros.

O amor tem sido o epicentro das suas temáticas e sabe-se que o “Anna” é uma dedicação a si e também à sua família.

Este álbum poderia virar um filme, porque tem desde o momento da primeira faísca. Ao amor ideal, e ao fim trágico. Eu nunca escolho os temas para compor, simplesmente escrevo o que me sai naturalmente.

Em que aspectos considera ter evoluído mais nesta obra comparativamente ao Reflexos?

Primeiro, em termos vocais, ainda não estou onde quero estar, mas noto claramente uma evolução. Sinto-me cada vez mais segura e isso nota-se no resultado final. Fora isso a minha essência tem sido a mesma.

A que factores atribui esta evolução?

Acho que pela vontade que tenho de crescer e me superar sempre. Sou uma eterna descontente comigo mesma, exijo muito de mim, sou disciplinada… Mas não tenho como não atribuir também ao meu público, que me acarinha e considera e sinto uma enorme vontade de retribuir, fazendo cada vez melhor.

Que curiosidades estão em volta do álbum que gostaria de partilhar com o público?

Este álbum começou a ser gravado em 2017. Foram 4 anos de suor e muitas lágrimas.

Depois de várias notícias e especulações no ano passado sobre o fim da sua carreira, como se sente agora ao voltar a brindar seus fiéis seguidores com esta obra?

É uma felicidade tremenda poder estar apta para seguir com o meu trabalho e fazer aquilo que amo. Não poderia estar mais satisfeita porque no final tudo acaba bem.

as cargas mais recentes

Zap assinala mês da criança com programação especial

há 3 anos
A partir das 16 horas de todos os Domingos, durante o mês de Junho, a Zap aposta numa programação diferenciada. Com a transmissão de contos infantis aos Domingos e filmes de animação, para o deleite da ala infantil.

Num dia como hoje, Waldemar Bastos partia para a eternidade

há 1 ano
A assinalar o primeiro ano post mortem, Waldemar Bastos será homenageado na festa do Avante!, no concerto `Ndapandula´, a decorrer no próximo dia 3 de Setembro, com a direcção artística e musical de Aline Frazão e participações de Sara Tavares, Karyna Gomes e Toty Sa’Med.

Músicos reagem à morte de Silvio Dala: “Na América atribuímos ao racismo. Aqui vamos dizer que é o quê?”

há 2 anos
O caso do médico Silvio Dala está a causar uma corrente de protestos, até aqueles músicos que pareciam mais reservados estão a ser obrigados a soltar a voz. “Se quiserem, matem-me também”.

SENADIAC realiza Fórum Provincial sobre a Protecção da Propriedade Intelectual por via do Sistema dos Direitos de Autor e Conexos

há 1 ano
O Ministério da Cultura, Turismo e Ambiente, através do Serviço Nacional dos Direitos de Autor e Conexos (SENADIAC), realiza até ao dia 19 de Novembro de 2021, o segundo ciclo de divulgação do funcionamento efectivo do sistema nacional dos direitos de autor e conexos, desta feita, nas províncias do Cuanza-Norte (Ndalatando), Malanje (Malanje), Uíge (Uíge), Zaire (Mbanza Congo) e Bengo (Caxito).

Taylor Swift cancela toda a digressão pela Europa

há 2 anos

SENADIAC analisa ‘Estado Actual do Sistema Nacional dos Direitos de Autor e Conexos’ em encontro com a imprensa

há 8 meses
Para assinalar a efeméride a Direcção Geral do SENADIAC pretende promover um encontro com a Imprensa, amanhã, dia  27 de Maio, pelas 11h00, nas suas instalações, sitas no Complexo Administrativo “Clássicos de Talatona”, Bloco C do 3.º andar, no Edifício 3.

1.ª Mão: Yuri da Cunha e Gerilson Insrael preparam projecto musical colaborativo

há 10 meses
Os dois artistas decidiram representar estas aspirações num projecto musical, que será lançado brevemente. Num estilo intermédio, não muito voltado a Yuri nem a Gerilson, para que ambos se sentissem confortáveis ao desafio, o tema já está produzido e aguarda apenas o momento certo para a sua disponibilização.

Black Album: Heavy C apresenta novo álbum à Carga Magazine

há 2 anos
Depois de vários interregnos, Heavy C confirma a chega do “Black Álbum”, um disco “louco” em que o músico, produtor e compositor mistura Rap, Trap e Pop e traz participação de uma das maiores referências da Old School.

Maya Cool: “Fiquei gravemente doente com Covid”

há 2 anos
O músico Maya Cool falou da sua experiência com o vírus da Covid-19, do momento difícil que passou e do que perdeu em 2020 com a chegada da pandemia.

Young Buck está de volta com EP “40 Days & 40 Nights”

há 2 anos
Após enfrentar uma fase extensiva de adversidades, Young Buck revela-se cada vez mais determinado a dar o seu melhor enquanto artista. Nos referimos ao lançamento da nova EP, distribuído sob o selo Cashville Records, composto por 7 faixas musicais, e participações de Oskie e Tray8.

Aline Frazão junta-se ao projecto #1000Máscaras20Dias da Soba Store

há 3 anos
A boa-nova chegou pelas redes sociais da cantora, onde através de uma publicação, fez saber que vai usar a habilidade da costura para contribuir com a iniciativa da Soba Store, que consiste em distribuir gratuitamente máscaras aos servidores públicos essenciais.

Emicida disponibiliza novo EP intitulado ‘Quem Tem Um Amigo Tem Tudo’

há 3 anos
A obra está disponível desde ontem e conta com participações de Wilson das Neves, Zeca Pagodinho, Prettos, Tokyo Ska Paradise Orchestra, Rashid e Denise de Paula.

Laton: “Heavy C foi das pessoas que me fizeram nunca mais desistir do Rap”

há 2 anos
Muito antes dos Kalibrados, Laton Cordeiro já se notabilizava como produtor. Dos seus primeiros trabalhos, estão as obras de Bob da Rage Sense. Como cantor, a sua primeira música da carreira foi uma colaboração MCK. Laton conversou, ontem com a Carga e fez várias revelações.

Músico Rodex Mágico apresenta testemunho de vida em vídeo

há 1 ano

Eto’o reage à escolha dos melhores 11 da história do futebol: “Nós, africanos, não existimos”

há 2 anos
O antigo avançado camaronês, Samuel Eto’o, que brilhou com as camisolas do Barcelona e Inter do Milão, está revoltado com a escolha da France Football para os melhores onze da história do futebol.

Galáxia, o musical que todos devem assistir

há 2 anos
O auditório da Laasp testemunhou nos dias 25 e 26 de Março, o musical Galáxia, um espectáculo de teatro musical que pretende despertar o angolano da lobotomia social.