Anna Joyce fala sobre seu novo álbum: “Foram 4 anos de suor e muitas lágrimas”

Nunca a cantora esteve tão confiante ao falar de si, tal como se apresenta no novo álbum, que será lançado ainda este mês. Para o lançamento, a estrela da LS Republicano preparou dois concertos nos dias 20 e 21, ambos no Miami Beach, Luanda.

Entretanto, quem ainda não adquiriu o bilhete não precisa se preocupar, porque Anna Joyce tem espectáculos agendados em Saurimo, Dundo, Benguela, Soyo, Huambo e Malanje. Os ingressos para os shows de Luanda esgotaram quatro dias depois de disponibilizados, um feito comum para os concertos da artista.

No total, estarão disponíveis 15 mil cópias, numa primeira fase. Mais tarde, o CD será também levado para outras províncias, pois Anna sente que deve partilhar este momento de alegria com todo o seu público.

Diferente da sua obra de estreia, neste álbum, a autora explora mais o lado pessoal. É um CD esteticamente mais evoluído e apresenta histórias dramáticas, reunindo apenas participação de Ary.

Com a agenda de espectáculos preenchida até Setembro, a voz “Puro” espera, ansiosa, para marcar a reabertura das vendas na Praça da Independência a 18 do corrente. A cantora, intérprete e compositora fala à Carga sobre os últimos detalhes da sua carreira e apresenta suas ambições artísticas. 

Anna Joyce fala sobre seu novo álbum: “Foram 4 anos de suor e muitas lágrimas”

A adesão dos fãs à aquisição dos bilhetes para os concertos de apresentação, leva-nos a pensar que era aguardada há bastante tempo. Porquê fez os fãs esperarem tanto assim ?

As condições anteriormente não eram favoráveis. Desde o ano passado que estávamos limitados por conta do estado de calamidade, então não foi opção nossa fazer o público esperar, eu também esperei lol.

Tem os meses de Agosto e Setembro todos preenchidos. Como é que pretende marcar estes momentos após quase um ano sem espectáculos?

Com músicas novas. Depois de tanto tempo, não poderia voltar sem novidades. 
O “Anna” vem também marcar a abertura das vendas na Praça da Independência.

Quantas cópias preparou e que outros locais e datas vai autografar?

Para a primeira edição, preparamos 15 mil cópias, entretanto estávamos cientes de que teremos de fazer uma nova edição em algum momento. Além da Praça da Independência, vamos também á Casa da Juventude, Viana, e tentaremos de ir a todas as províncias.

Anna Joyce fala sobre seu novo álbum: “Foram 4 anos de suor e muitas lágrimas”

Sobre as características do álbum, qual a essência da sua segunda obra discográfica e que participações trará?

Esse álbum vai ser muito pessoal, daí a escolha do título.Nunca me senti tão à vontade e confiante para fazer aquilo que queria. Desde a produção, composição, escolha dos músicos, estúdio, enfim. É um trabalho que me orgulha muito. Em termos de participação musical só terá a Ary, mas na execução das músicas, contei com Dino Ferraz, Rui Orlando, DVince, Cage  Oneyb e muitos outros.

O amor tem sido o epicentro das suas temáticas e sabe-se que o “Anna” é uma dedicação a si e também à sua família.

Este álbum poderia virar um filme, porque tem desde o momento da primeira faísca. Ao amor ideal, e ao fim trágico. Eu nunca escolho os temas para compor, simplesmente escrevo o que me sai naturalmente.

Em que aspectos considera ter evoluído mais nesta obra comparativamente ao Reflexos?

Primeiro, em termos vocais, ainda não estou onde quero estar, mas noto claramente uma evolução. Sinto-me cada vez mais segura e isso nota-se no resultado final. Fora isso a minha essência tem sido a mesma.

A que factores atribui esta evolução?

Acho que pela vontade que tenho de crescer e me superar sempre. Sou uma eterna descontente comigo mesma, exijo muito de mim, sou disciplinada… Mas não tenho como não atribuir também ao meu público, que me acarinha e considera e sinto uma enorme vontade de retribuir, fazendo cada vez melhor.

Que curiosidades estão em volta do álbum que gostaria de partilhar com o público?

Este álbum começou a ser gravado em 2017. Foram 4 anos de suor e muitas lágrimas.

Depois de várias notícias e especulações no ano passado sobre o fim da sua carreira, como se sente agora ao voltar a brindar seus fiéis seguidores com esta obra?

É uma felicidade tremenda poder estar apta para seguir com o meu trabalho e fazer aquilo que amo. Não poderia estar mais satisfeita porque no final tudo acaba bem.

as cargas mais recentes

Trauma pós processo obriga Ed Sheeran a filmar processos criativos

há 5 meses
O processo de plágio pelo hit “Shape Of You” parece ter deixado graves sequelas na carreira de Ed Sheeran. Embora tenha sido inocentado por um juiz do Supremo Tribunal de Londres, impactou-o de tal forma, que o cantor revelou que agora eu filma tudo.

Licenciado Em Conteúdos: um rapper contestatário que não pára de atrair público

há 2 anos
Licenciado Em Conteúdos atrai popularidade desde 2011, por causa da forma subtil com que encadeava, num único verso, vários acontecimentos, e hoje está a se transformar na principal referência do Rap Under do Bairro Huambo, Rocha Padaria, em Luanda.

RIH-ISSUE: Enquanto o novo álbum não vem, Rihanna lança discografia em vinil

há 11 meses
Ao seu jeito, Rihanna anunciou o lançamento dos seus óctuplos álbuns num novo formato, em tradução livre feita por esta que vos escreve, a artista “alfinetou” os mais conservadores com um post: “As crianças de hoje nunca saberão o que é vinil”, disseram eles!” provocou, deixando disponível o ri-hanna.io/rihissue, onde se encontram a venda.

É oficial: Lionel Messi já não é jogador do Barcelona

há 1 ano

Beyoncé ‘forçada’ a retirar verso da canção do seu novo álbum “Renaissance”

há 2 meses

Artistas angolanos dizem basta ao Decreto Presidencial: “Se os partidos políticos podem, nós também podemos”

há 1 ano
Os artistas entendem que as limitações sobre ajuntamento de pessoas devia ser de cumprimento obrigatório, sem distinções, quer de partidos políticos ou privilegiar determinado grupo de cidadãos.

Fast & Furious 9: Ludacris deixa escapar em entrevista que o filme pode chegar ao “espaço”

há 2 anos
O nono episódio da franquia Fast & Furious, recentemente apelidado F9 poderá ter chegado ao espaço, o spoiller foi deixado Ludacris. O rapper e protagonista veterano do filme, ciou a possibilidade durante uma entrevista recente ao The Hollywood Repórter.

Estrelas alertam sobre o impacto do Covid-19 às comunidades carenciadas

há 2 anos
Um espectáculo especial acontece este sábado e junta Coldplay, Miley Cyrus, Shakira, Justin Bieber único palco, para além das presenças de Balvin, Usher, Jennifer Hudson, Chris Rock, Hugh Jackman, Charlize Theron e David Beckham.

SENADIAC realiza 1ª Acção de Capacitação dos Representantes Provinciais

há 11 meses
Encerra hoje, em Luanda, a primeira Acção de Capacitação dos Representantes Provinciais do SENADIAC – Serviço Nacional dos Direitos de Autor e Conexos. Nesta acção de capacitação, foram passados conhecimentos básicos para a identificação de matérias registáveis e protegíveis pelos direitos autorais.

Kenny Flow Buah deixa primeiras impressões do seu talento ao mundo

há 1 ano
Depois do clip do single ” Perdido no Block” no ano passado, Kenny Flow Buah prepara-se para publicar mais um tema com o respectivo clip, acreditando que desta vez a carreira poderá assumir patamares mais elevados.

The Weeknd é excluído dos Grammy e denuncia actos de “corrupção” na organização

há 2 anos
2021 entrará para a história como o ano de Jay-Z e Beyoncé. O casal tornou-se no mais indicado de sempre, com Jay-Z a alcançar 80 nomeações e a esposa 79, mas a exclusão de The Weeknd está a causar mal-estar.

Painel do ‘Show Piô’ desafia criadores a “repensar” conteúdos infantis

há 1 ano
A relembrar os tempos da sala Piô da Rádio Nacional de Angola, sob a mesa foram postos aspectos de extrema importância, tais como as vantagens da música na educação infantil, na qual, os conteúdos têm pendor significativo tanto no avanço didáctico, como na construção individual do ser a nível social e emotivo.

Paulo Flores sobre Sebem: “O Sebem não merece o meu silêncio”

há 1 ano

Filme sobre Aretha Franklin chega às salas de cinema já amanhã

há 1 ano
O filme que tinha a estreia em standby desde o passado mês de Janeiro, chega finalmente às salas de cinema, esta sexta-feira, dia 13 de Agosto.

Filme sobre Murais da Leba disputa Grande Prémio de Cinema Brasileiro

há 2 anos
O filme torna-se assim no primeiro realizado em África a entrar no circuito comercial de cinema brasileiro. Intitulado ‘As Cores da Serpente’, a longa-metragem narra o desafiante processo artístico dos jovens grafiteiros sobre os Murais da Leba.

Por onde andam os Wonderful One?

há 2 anos
O Wonderful One iniciou com cinco rapazes nos anos 1993/94, na altura residentes em Cacuaco, na província de Luanda, onde faziam espectáculos no intuito de entreter o pessoal. Começaram o projecto do grupo Kaporal, Ikuma Ful e C-Lau. Depois integraram D-Latoy e Sérgio Ozone.