Anna Joyce fala sobre seu novo álbum: “Foram 4 anos de suor e muitas lágrimas”

Nunca a cantora esteve tão confiante ao falar de si, tal como se apresenta no novo álbum, que será lançado ainda este mês. Para o lançamento, a estrela da LS Republicano preparou dois concertos nos dias 20 e 21, ambos no Miami Beach, Luanda.

Entretanto, quem ainda não adquiriu o bilhete não precisa se preocupar, porque Anna Joyce tem espectáculos agendados em Saurimo, Dundo, Benguela, Soyo, Huambo e Malanje. Os ingressos para os shows de Luanda esgotaram quatro dias depois de disponibilizados, um feito comum para os concertos da artista.

No total, estarão disponíveis 15 mil cópias, numa primeira fase. Mais tarde, o CD será também levado para outras províncias, pois Anna sente que deve partilhar este momento de alegria com todo o seu público.

Diferente da sua obra de estreia, neste álbum, a autora explora mais o lado pessoal. É um CD esteticamente mais evoluído e apresenta histórias dramáticas, reunindo apenas participação de Ary.

Com a agenda de espectáculos preenchida até Setembro, a voz “Puro” espera, ansiosa, para marcar a reabertura das vendas na Praça da Independência a 18 do corrente. A cantora, intérprete e compositora fala à Carga sobre os últimos detalhes da sua carreira e apresenta suas ambições artísticas. 

Anna Joyce fala sobre seu novo álbum: “Foram 4 anos de suor e muitas lágrimas”

A adesão dos fãs à aquisição dos bilhetes para os concertos de apresentação, leva-nos a pensar que era aguardada há bastante tempo. Porquê fez os fãs esperarem tanto assim ?

As condições anteriormente não eram favoráveis. Desde o ano passado que estávamos limitados por conta do estado de calamidade, então não foi opção nossa fazer o público esperar, eu também esperei lol.

Tem os meses de Agosto e Setembro todos preenchidos. Como é que pretende marcar estes momentos após quase um ano sem espectáculos?

Com músicas novas. Depois de tanto tempo, não poderia voltar sem novidades. 
O “Anna” vem também marcar a abertura das vendas na Praça da Independência.

Quantas cópias preparou e que outros locais e datas vai autografar?

Para a primeira edição, preparamos 15 mil cópias, entretanto estávamos cientes de que teremos de fazer uma nova edição em algum momento. Além da Praça da Independência, vamos também á Casa da Juventude, Viana, e tentaremos de ir a todas as províncias.

Anna Joyce fala sobre seu novo álbum: “Foram 4 anos de suor e muitas lágrimas”

Sobre as características do álbum, qual a essência da sua segunda obra discográfica e que participações trará?

Esse álbum vai ser muito pessoal, daí a escolha do título.Nunca me senti tão à vontade e confiante para fazer aquilo que queria. Desde a produção, composição, escolha dos músicos, estúdio, enfim. É um trabalho que me orgulha muito. Em termos de participação musical só terá a Ary, mas na execução das músicas, contei com Dino Ferraz, Rui Orlando, DVince, Cage  Oneyb e muitos outros.

O amor tem sido o epicentro das suas temáticas e sabe-se que o “Anna” é uma dedicação a si e também à sua família.

Este álbum poderia virar um filme, porque tem desde o momento da primeira faísca. Ao amor ideal, e ao fim trágico. Eu nunca escolho os temas para compor, simplesmente escrevo o que me sai naturalmente.

Em que aspectos considera ter evoluído mais nesta obra comparativamente ao Reflexos?

Primeiro, em termos vocais, ainda não estou onde quero estar, mas noto claramente uma evolução. Sinto-me cada vez mais segura e isso nota-se no resultado final. Fora isso a minha essência tem sido a mesma.

A que factores atribui esta evolução?

Acho que pela vontade que tenho de crescer e me superar sempre. Sou uma eterna descontente comigo mesma, exijo muito de mim, sou disciplinada… Mas não tenho como não atribuir também ao meu público, que me acarinha e considera e sinto uma enorme vontade de retribuir, fazendo cada vez melhor.

Que curiosidades estão em volta do álbum que gostaria de partilhar com o público?

Este álbum começou a ser gravado em 2017. Foram 4 anos de suor e muitas lágrimas.

Depois de várias notícias e especulações no ano passado sobre o fim da sua carreira, como se sente agora ao voltar a brindar seus fiéis seguidores com esta obra?

É uma felicidade tremenda poder estar apta para seguir com o meu trabalho e fazer aquilo que amo. Não poderia estar mais satisfeita porque no final tudo acaba bem.

as cargas mais recentes

Fat Joe recusa 10 milhões de dólares para entrar no ringue com 50 Cent

há 1 ano
A noite de Mike Tyson e Roy Jones Jr., no fim de semana passado, continua a dar que falar, pois não se tratou apenas de demonstração de forças, houve apostas, negócios e propostas.

Inocenti: Versão oficial da célebre música de Paulo Flores é lançada na voz de Carla Moreno

há 8 meses
Disponível no canal oficial do YouTube da intérprete da vez, a música vem aumentar prestígio à carreira de Carla Moreno, em fase de voo solo. Nesta versão, a respeitada back vocal, reuniu a nível da produção, um team ao nível do palmarés do autor, para reoxigenar este clássico intemporal para o angolano.

Acusação de estupro liquida carreira de Robinho

há 1 ano
A acusação solicitou a prisão do jogador em 2014, mas a medida foi rejeitada pelo juiz, anos mais tarde, o caso ressurgiu com a notícia de que a 10 de Dezembro de 2020, o Tribunal de Apelação de Milão poderá confirmar a condenação de Robinho a nove anos de prisão por estupro.

4ª fase da exposição `S.O.S ambiente´arranca no Huambo

há 1 ano
Esta iniciativa visa reunir jovens com talentos assinaláveis, cujo foco passa pela transformação do lixo inorgânico em perfeitas obras de arte, associando essas criações à Campanha de Responsabilidade Social do “Projecto Ambiente” do Xyami Shopping.

Licenciado Em Conteúdos: um rapper contestatário que não pára de atrair público

há 1 ano
Licenciado Em Conteúdos atrai popularidade desde 2011, por causa da forma subtil com que encadeava, num único verso, vários acontecimentos, e hoje está a se transformar na principal referência do Rap Under do Bairro Huambo, Rocha Padaria, em Luanda.

Cinemas reabrem quarta-feira

há 1 ano
As salas de cinema, em Luanda, reabrem a partir de quarta-feira, seis meses depois do encerramento por conta da pandemia do Covid-19, informou a comissão multissectorial através de um decreto.

Lourenço Mussango vence prémio literário António Jacinto

há 1 ano
O escritor e jornalista Lourenço Mussango venceu ontem a edição 2020 do prémio literário António Jacinto, com a obra “Mulher Infinita”.

Márcio Batalha e Nell Jazz apresentam performance poética na Fundação Arte e Cultura

há 2 anos
O poeta Márcio Batalha e o músico-compositor Nell Jazz vão apresentar amanhã, quinta-feira, pelas 19 horas, no Wiza Anfiteatro, da Fundação Arte e Cultura, uma “performance poética online”. O evento insere-se na grelha programática do projecto Fundação Arte e Cultura Online e decorre sob o lema “Fique em casa e proteja a sua vida” como forma de prevenção contra a Covid-19.

Lenço usado por Messi no adeus ao Barça será vendido ao equivalente a 632 milhões de Kwanzas

há 5 meses
O comerciante é um adepto anónimo que terá estado presente no Auditori 1899, de Camp Nou, e terá recolhido o objecto utilizado por Messi do caixote do lixo.

Documentário reapresenta Reino do Kongo na óptica africana

há 7 meses
Nas palavras do autor Ne Kunda Nlaba, o filme não ficcional chega para “desconstruir” tudo o que nos foi ensinado sobre o Reino do Kongo, intitula-se “Reino do Kongo: Em busca do reino destruído” e vai estrear no próximo sábado, dia 26 de Junho, na Mediateca de Luanda.

Conceito Hospitality regressa no próximo Show do Mês Live ao som de Dom Caetano e Lulas da Paixão

há 6 meses
O designado `Hospitality´ consiste em receber o público num espaço aberto, o acto visa também criar um momento de interação entre os presentes, aumentando as opções de convívio para as famílias e amigos.

O reencontro: músicos recordam auge da carreira

há 1 ano
Há quase 10 anos que Fedy Kalupeteka, Tivine Flay, Hélvio e Sukumula já não pisavam um palco, aliás, apenas dois deles vêm se apresentadando como cantor. Este domingo, voltaram a subir ao palco e protagonizaram três horas de emoções.

Kanye West anuncia candidatura à presidência dos Estados Unidos da América

há 2 anos
O rapper norte-americano Kanye West anunciou ontem, 4 de Julho ( Dia da Independência dos Estados Unidos) a sua candidatura à Casa Branca, depois de ter apoiado o actual presidente e candidato à reeleição, Donald Trump. “Agora chegou o momento de cumprir a promessa dos Estados Unidos”, diz o rapper explicando os motivos da sua candidatura.

Racionais MC’s recusam o equivalente a 57 milhões de Kwanzas para um live

há 2 anos
Para cumprir a medida de distanciamento social imposta pela Organização Mundial da Saúde, os Racionais MC’s recusaram um live com cachet de 100 mil Reais, equivalente a 57 milhões 442 mil e 500 Kwanzas.

Cerca de 70 mil fãs assinam petição para remover Kylie Jenner do videoclipe Wap

há 1 ano
As razões para a aversão, têm sido relactadas pela imprensa internacional como uma consequência do episódio que aconteceu no princípio deste ano, quando Kylie foi acusada de apropriação cultural.

René Bombástico apresenta single inspirado no filme “Os Três Idiotas”

há 2 anos
Intitulada Baka Baka( idiota, em Japonês), está disponível desde hoje em várias plataformas digitais para download e, de acordo com os indicadores referenciados por Bombástico, está a ter boa aceitação.