Anitta adia lançamento do novo CD

A cantora Anitta informou que o lançamento do seu novo álbum foi adiado para 2021, devido a pandemia do Coronavirus. Numa conversa com os fãs, pelo Tik Tok, a brasileira fez o anúncio oficial e explicou o motivo.

O projecto, que deve se chamar “Girl From Rio”, será produzido por Ryan Tedder, do OneRepublic, e deve contar com o recente single “Me Gusta”, lançado em Setembro e que traz a parceria de Cardi B e Myke Towers.

Anitta, inclusive, já havia adiantado que o novo álbum contará com músicas cantadas em outras línguas, visando o mercado internacional, mas que será inspirado no Brasil. A carioca também falou sobre o assunto durante a conversa com os fãs e explicou o motivo de não cantar somente em português, algo que ela mesma admitiu receber muitas reclamações de brasileiros.

“Tudo existe um motivo. Os brasileiros reclamam muito: ‘Você não está cantando em português, como você quer levar a cultura do Brasil [para o exterior]’. A minha carreira está assim no Brasil depois de 10 anos de muito trabalho. 10 anos! Eu canto em outros idiomas faz 3 anos. Com 3 anos de carreira aqui no Brasil, eu era barrada nas festas, as pessoas não deixavam nem eu entrar nos lugares. As pessoas me barravam nas revistas, não queriam fazer matéria comigo, eu tinha que mentir e falar que eu não fazia funk para ser tocada nas rádios, porque eles não aceitavam que tocasse funk na programação normal”, frisou, apontando os motivos para cantar em inglês.

“É óbvio que, se Deus quiser e der tudo certo, eu vou cantar em português, e a galera vai escutar, mas não é o momento agora. Primeiro a gente precisa abrir portas, fazer com que a galera se interesse, e para isso eu preciso me comunicar na língua das pessoas”, continuou.

as cargas mais recentes

Beckett: John David Washington protagoniza novo thriller de suspense da Netflix

há 1 mês
O thriller de acção conta a história de um turista americano que é forçado a caminhar de um deserto rural até a embaixada dos Estados Unidos, em Atenas, depois de um incidente o tornar alvo vulnerável.

Vida e obra de Big Nelo retratadas em teatro musical

há 2 meses
O dia 17 de Julho de 2021, passará, doravante, a representar uma data importante para a história do Hip Hop nacional. Pela primeira vez em Angola, uma figura singular do Rap é retratada em teatro musical.

Ciclo de aulas sobre historiografia africana é adiado para Dezembro

há 11 meses
Com início agendado para o mês em curso, o ciclo de aulas direccionado para amantes da Cultura Africana, pesquisadores, autodidactas, estudantes e até professores, tem agora uma nova agenda para o próximo mês.

Conheça Jomo Fortunato, o novo Ministro da Cultura, Turismo e Ambiente

há 11 meses
O recém-nomeado Ministro da Cultura, Turismo e Ambiente é um homem de cultura, historiador da Música Popular Angolana, professor, cronista do Jornal de Angola e organizador da Feira do Livro e do Disco de Luanda.

Fast and Furious 10 já tem data de estreia

há 1 mês
A Universal Pictures já definiu e anunciou uma data de lançamento para 7 de Abril de 2023.

Após estreia de documentário sobre a cantora, caso “Britney Spears” volta ao tribunal

há 7 meses

Nelson Freitas recebe Disco de Ouro por causa da música “Dpos d’Quarenta”

há 11 meses
Lançado em Junho último, o single antigiu mais sete milhões de visualizações no YouTube e fará parte do próximo álbum do cantor cabo-verdiano, que está a ser preparado neste momento.

Sintoniza 96.1 FM: O LIVRO “Vida em Papéis e Letras”

há 4 semanas
O LIVRO “Vida em Papéis e Letras”, é descrito como um programa que expõe o livro na sua plenitude: Edição, Pesquisas, Ilustrações, em suma, tudo o que faz parte da constituição de cada livro publicado. No ar todas as quartas-feiras, das 15 as 16 horas, o espaço está focado nos Autores, Editores, Críticos e Leitores.

Kazuza, o Dj que virou “contador de sonhos”

há 9 meses
Da sua versatilidade saíram dois álbuns, um dos quais com participações de Daboless, Mister K, Dr. Romeu e Jay Lourenzo, mas é com mesa misturadora que Djkazuza quer atingir o apogeu. Na música há dez anos, o deejay apresenta-se como um dos principais promotores da música eletrónica no país.

Bigger Love: Novo álbum de John Legend celebra a música negra

há 1 ano
John Legend tornou pública a capa e a track list do seu novo álbum, a ser lançado dia 19 de Junho, com recurso à riqueza da música negra tradicional, o artista quer levar alegria e esperança ao movimento Black Live Matter.

Bienal de São Paulo adiada para 2021

há 1 ano
Criada em 1951, o evento é considerado o mais importante do calendário das artes plásticas do Brasil e acolhe anualmente artistas de diferentes partes do mundo. A organização decidiu adiar o certame para 2021.

José Luís Mendonça reage ao recente escândalo na literatura angolana

há 1 ano
Reagindo sobre o mais recente escândalo no Prémio Literário Jardim do Livro Infantil, edição 2020, Luís Mendonça disse que a acção é frequente e aponta como exemplo um livro que, depois de ser desclassificado num concurso, o autor publicou-o com um outro título, por isso, deixa várias recomendações.

Young Thug ajuda rapper Snap Dogg a voltar a enxergar completamente

há 9 meses
Snap Dogg viu a sua vida completamente transformada, tudo graças ao seu amigo Young Thug, que pagou uma cirurgia. Na sua conta oficial do Instagram, esta semana, Snap Dogg visivelmente animado e emocionado, disse:”você me salvou”.

Luso explica as razões dos “Sonhos Molhados” em novo videoclip

há 4 meses
Trata-se do segundo vodeoclip da primeira parte do álbum Laços de Família. A música intitula-se “Sonhos Molhados” e está disponível no YouTube e nos principais canais de música desde a tarde de ontem.

Michaela Coel, a autora de uma história de superação digna de um Emmy

há 10 horas
A actriz fez história na 73ª edição do Emmy Awards ao se tornar a primeira roteirista negra a vencer o galardão com a série `I May Destroy You´, uma metáfora sobre o abuso sexual sofrido na primeira pessoa.

Revista científica abre edição exclusiva para Rap

há 1 ano
Esta semana, a revista científica brasileira “Convergência Crítica” fomenta acções para perceber a ligação entre o Rap e a pesquisa científica, que vai culminar com abordagens sobre o Rap e o activismo político em Angola e Moçambique.