António Ole expõe ‘Material Vital’ a partir de amanhã

A galeria MOVART reabre portas no dia 15 de abril, quinta-feira, com a exposição Matéria Vital de António Ole. Trata-se da primeira individual do artista de origem angolana em Lisboa desde 2016, ano em que inaugurou a sua importante retrospetiva Luanda, Los Angeles, Lisboa, no Museu Calouste Gulbenkian.

António Ole expõe ‘Material Vital’ a partir de amanhã

Matéria Vital tem curadoria de Ana Balona de Oliveira e reúne obras de diversos períodos do multifacetado percurso artístico de mais de cinquenta anos de António Ole (Luanda, 1951). “Realizadas em vários meios, da escultura à fotografia, do desenho ao vídeo, estas obras colocam em evidência a atenção que Ole tem dedicado à natureza e aos seus elementos e matérias vitais”, explica a curadora.

António Ole expõe ‘Material Vital’ a partir de amanhã

“A terra, a água, o fogo e o ar assumem aqui inúmeras formas que, no seu conjunto, convidam a uma percepção planetária e a uma consciência ecológica não só da coabitação, mas, sobretudo, da interdependência entre formas de vida humana e não-humana (animal, vegetal, mineral) – assunto vital (vital matter), para cuja premência e urgência a própria realidade pandémica veio, mais do que nunca, alertar”, sublinha Balona de Oliveira. “A sobrevivência do humano no nosso planeta dependerá desta consciência profunda, aliada a formas de acção consequentes. As lições a aprender constituirão modos de desaprender a obsessão pelo desenvolvimento e pelo crescimento económicos e pela constante aceleração da produção e do consumo às custas do necessário equilíbrio ambiental”.

O novo projeto do artista, que é um nome incontornável do panorama angolano e internacional, interpela reflexões sobre a crise ambiental, associadas a dinâmicas de exploração, extração e violência, que persistem globais e coligadas ao sistema colonial. A obra de Ole tem influenciado as gerações mais jovens de artistas de origem africana e apoiado a reconfiguração das histórias da humanidade e, muito em particular, da história de Portugal na sua relação crítica com as culturas e comunidades afro-portuguesas.

A exposição Matéria Vital poderá ser visitada na MOVART Lisboa até ao dia 9 de junho, de terça a sexta das 10h às 18h30 e ao sábado entre as 10h e as 13h. A admissão no espaço encontra-se limitada a 5 pessoas em simultâneo, é obrigatório o uso de máscara facial e o cumprimento das normas das normas da DGS a respeito do distanciamento social.

ANTÓNIO OLE (Luanda, 1951). Estudou Cultura Afro-Americana e Cinema na UCLA (University of California, Los Angeles). Ao longo de cinco décadas, tem desenvolvido um trabalho eclético com recurso ao desenho, pintura, colagem, escultura, instalação, fotografia, vídeo e cinema. Inspira-se na arte tradicional como estímulo para desenvolver um discurso contemporâneo adequado ao seu tempo e circunstância. Os diferentes modos de utilização das práticas expressivas clássicas africanas atravessam toda a sua obra.

Entre as suas exposições individuais mais recentes, destacam-se: António Ole – 50 anos, Passado, Presente e Futuro (2019), Galeria do Banco Económico, Luanda, Angola; Projecto a Solo (2017), Feira de Arte FNB Joburg art Fair, Joanesburgo, África do Sul; Luanda, Los Angeles, Lisboa (2017), Museu Calouste Gulbenkian, Lisboa, Portugal; e António Ole. Memória e Esquecimento (2013), Fundação Carlos de Amberes, Madrid, Espanha.

Das exposições coletivas em que participa desde 1967, destacam-se: 57ª, 56ª e 55ª Bienal de Arte de Veneza (2017, 2015, 2013), Itália; Sentido em Deriva (2013), Culturgest, Lisboa, Portugal; Elos de Lusofonia (2011), Museu Histórico Natural, Rio de Janeiro, Brasil; Who Knows Tomorrow (2010), Alte Nationalgalerie, Berlim, Alemanha; Artists in Dialogue (2009) com Aimé Mpane, National Museum of African Art-Smithsonian Institution, Washington DC, E.U.A. O seu trabalho foi premiado em Angola, Portugal e Cuba e encontra-se representado em inúmeras coleções públicas em Portugal, Angola, África do Sul, E.U.A., Alemanha, França e Cuba.  

as cargas mais recentes

Primeira edição do Sambizanga Ritmo & Poesia será lançada no dia 24 deste mês

há 1 ano
Concebido apenas para a geografia do histórico distrito, o projecto abriu na semana passada homenageando Dom Caetano, Prado Paim, Carlos Lamartine, a escritora Yola Castro, o humorista Costa Vilola, o jornalista Ernesto Bartolomeu e o grupo carnavalesco União Kiela do Sambizanga.

Após ter conta de Instagram hackeada Kid MC alerta “redobrem a segurança e tomem cuidado ao interagir com páginas estranhas”

há 1 ano
Aconteceu no princípio do passado mês de Abril, mas poucos se aperceberam que o perfil oficial do Instagram de Kid MC estava nas mãos de hackers. Já com outra conta activa, o rapper detalhou à Carga, que tudo ocorreu após receber mensagens de actualização de dados.

Malcolm & Marie: Críticos questionam diferença de idade dos actores e John David Washington rebate

há 2 anos
A pouco menos de um mês para a estreia do filme `Malcolm & Marie´, os 12 anos de diferença entre o casal protagonista, tem sido razão para fortes críticas.

Álbum`Rough and Rowdy Ways´ marca o retorno de Bob Dylan

há 2 anos
O músico norte-americano Bob Dylan lançou o seu 39º álbum de originais, intitulado “Rough and Rowdy Ways”, no dia 19 de Junho, tratando-se do primeiro álbum de originais desde “Tempest”, de 2012. A obra remonta para os anos 60 e é a confirmação que Bob está longe da reforma.

Vassouradas novamente no Show do Mês

há 1 ano
É um dos conjuntos mais antigos do país, faz parte da história da música nacional, várias gerações de músicos passaram por lá e é, para muitos, o melhor agrupamento musical de Angola. São os “Kiezos”, próximo cartaz do Show do Mês (24 de Abril).

Ndaka Yo Wini representa o país no festival internacional da afrodescendência

há 2 anos

Álbum colaborativo de Prodígio e Paulo Flores já está a caminho

há 2 anos
Prodígio e Paulo Flores vêm de estilos e gerações diferentes, mas ambos traduzem nas suas canções os interesses e os sentimentos de um povo.

Thó Simões: “É nas ruas que consigo vislumbrar alguma coisa da natureza humana”

há 2 anos

Rihanna quebra o silêncio e dá spoiler do seu regresso aos palcos

há 1 semana
Não, ainda não é o anúncio de um novo álbum, a heroína de Barbados fez saber por meio de uma publicação duplicada pela NFL, que será a grande atracção do show do intervalo do Super Bowl LVII.

Está aprovado: Break Dance será modalidade desportiva dos Jogos Olímpicos

há 2 anos
O COI, Comité Olímpico Internacional, confirmou que o Break Dance será uma das modalidades desportivas dos Jogos Olímpicos, e fará já parte das próximas Olimpíadas de 2024, em Paris.

Ex-craque do futebol mundial Drogba rendido ao talento de Cleyton M

há 1 ano
Cleyton M volta a ser notícia na revista angolana de música, porque este sábado, arrancou elogios do ex- internacional do futebol costa marfinense, Didier Drogba, pelo seu último lançamento “Girl Friend’.

Lady Gaga apresenta sexto álbum

há 2 anos
Lady Gaga lançou sexta-feira o seu novo álbum, intitulado “Chromatica”, marcando o seu retorno na música pop, quatro anos depois do disco “Joanne”

Se estivesse em vida, Agostinho Neto completaria 99 anos hoje

há 1 ano
A data foi consagrada como Dia do Herói Nacional em 1980, pela então Assembleia do Povo, um ano após o seu falecimento, dia 10 de Setembro de 1979, na antiga União das Republicas Socialistas Soviéticas.

Davido lança novo álbum com Chris Brown, Nas, Nicki Minaj e Young Thug

há 2 anos
Intitulado “A Better Time”, o album é tipicamente africano e predomina o Afropop e Afrobeat. Com 17 faixas musicais, já está disponível e traz, entre outras, vozes de Chris Brown, Nicki Minaj, Nas, Young Thug e Lil Baby.

“Encontros à Quarta”: Yola Semedo inaugura primeira temporada de concertos acústicos

há 2 anos
Yola Semedo é a primeira artista convidada do projecto cultural “Encontros à Quarta”, uma iniciativa de periodicidade mensal que visa proporcionar ao público um encontro entre a música, as palavras e o artista.

Das ruas aos palcos do BET Awards, “Black Lives Matter” continua a ser a “palavra” de ordem

há 2 anos
Na noite em que os artistas africanos Sha Sha e Burna Boy se destacaram, a atenção ao movimento Black Lives Matter, que desde o final de Maio tem promovido manifestações pelos Estados Unidos, também teve lugar naquele palco.