António Ole expõe ‘Material Vital’ a partir de amanhã

A galeria MOVART reabre portas no dia 15 de abril, quinta-feira, com a exposição Matéria Vital de António Ole. Trata-se da primeira individual do artista de origem angolana em Lisboa desde 2016, ano em que inaugurou a sua importante retrospetiva Luanda, Los Angeles, Lisboa, no Museu Calouste Gulbenkian.

António Ole expõe ‘Material Vital’ a partir de amanhã

Matéria Vital tem curadoria de Ana Balona de Oliveira e reúne obras de diversos períodos do multifacetado percurso artístico de mais de cinquenta anos de António Ole (Luanda, 1951). “Realizadas em vários meios, da escultura à fotografia, do desenho ao vídeo, estas obras colocam em evidência a atenção que Ole tem dedicado à natureza e aos seus elementos e matérias vitais”, explica a curadora.

António Ole expõe ‘Material Vital’ a partir de amanhã

“A terra, a água, o fogo e o ar assumem aqui inúmeras formas que, no seu conjunto, convidam a uma percepção planetária e a uma consciência ecológica não só da coabitação, mas, sobretudo, da interdependência entre formas de vida humana e não-humana (animal, vegetal, mineral) – assunto vital (vital matter), para cuja premência e urgência a própria realidade pandémica veio, mais do que nunca, alertar”, sublinha Balona de Oliveira. “A sobrevivência do humano no nosso planeta dependerá desta consciência profunda, aliada a formas de acção consequentes. As lições a aprender constituirão modos de desaprender a obsessão pelo desenvolvimento e pelo crescimento económicos e pela constante aceleração da produção e do consumo às custas do necessário equilíbrio ambiental”.

O novo projeto do artista, que é um nome incontornável do panorama angolano e internacional, interpela reflexões sobre a crise ambiental, associadas a dinâmicas de exploração, extração e violência, que persistem globais e coligadas ao sistema colonial. A obra de Ole tem influenciado as gerações mais jovens de artistas de origem africana e apoiado a reconfiguração das histórias da humanidade e, muito em particular, da história de Portugal na sua relação crítica com as culturas e comunidades afro-portuguesas.

A exposição Matéria Vital poderá ser visitada na MOVART Lisboa até ao dia 9 de junho, de terça a sexta das 10h às 18h30 e ao sábado entre as 10h e as 13h. A admissão no espaço encontra-se limitada a 5 pessoas em simultâneo, é obrigatório o uso de máscara facial e o cumprimento das normas das normas da DGS a respeito do distanciamento social.

ANTÓNIO OLE (Luanda, 1951). Estudou Cultura Afro-Americana e Cinema na UCLA (University of California, Los Angeles). Ao longo de cinco décadas, tem desenvolvido um trabalho eclético com recurso ao desenho, pintura, colagem, escultura, instalação, fotografia, vídeo e cinema. Inspira-se na arte tradicional como estímulo para desenvolver um discurso contemporâneo adequado ao seu tempo e circunstância. Os diferentes modos de utilização das práticas expressivas clássicas africanas atravessam toda a sua obra.

Entre as suas exposições individuais mais recentes, destacam-se: António Ole – 50 anos, Passado, Presente e Futuro (2019), Galeria do Banco Económico, Luanda, Angola; Projecto a Solo (2017), Feira de Arte FNB Joburg art Fair, Joanesburgo, África do Sul; Luanda, Los Angeles, Lisboa (2017), Museu Calouste Gulbenkian, Lisboa, Portugal; e António Ole. Memória e Esquecimento (2013), Fundação Carlos de Amberes, Madrid, Espanha.

Das exposições coletivas em que participa desde 1967, destacam-se: 57ª, 56ª e 55ª Bienal de Arte de Veneza (2017, 2015, 2013), Itália; Sentido em Deriva (2013), Culturgest, Lisboa, Portugal; Elos de Lusofonia (2011), Museu Histórico Natural, Rio de Janeiro, Brasil; Who Knows Tomorrow (2010), Alte Nationalgalerie, Berlim, Alemanha; Artists in Dialogue (2009) com Aimé Mpane, National Museum of African Art-Smithsonian Institution, Washington DC, E.U.A. O seu trabalho foi premiado em Angola, Portugal e Cuba e encontra-se representado em inúmeras coleções públicas em Portugal, Angola, África do Sul, E.U.A., Alemanha, França e Cuba.  

as cargas mais recentes

Burna Boy rubrica acordo de representação directa nos Estados Unidos

há 2 anos
O cantor e compositor nigeriano assinou esta semana um contrato com a Society of European Stage Authors & Composer para representação directa nos Estados Unidos da América.

C4Pedro transforma vida de um jovem em Viana

há 2 anos
Era para ser um dia como qualquer outro do final de ano, já que nesta fase, é frequente músicos e figuras públicas oferecem presentes e donativos a quem mais precisa. C4 Pedro viu-se no dever de alterar, ontem, seus objectivos, mudando a vida de um jovem, no município de Viana, em Luanda.

Suge Knight é apontado como mandante do assassinato de Notorious BIG

há 2 anos
24 anos após o assassinato de Christopher “The Notorious BIG” Wallace, um Ex-agente do FBI volta a trazer à tona uma teoria há muito repercutida, “Marion Suge Knight pagou o assassino que matou BIG, mas a bala era na verdade destinada a Diddy”.

C4 Pedro é o único artista dos Palop no “Africa Day Benefit Concert at Home”

há 3 anos
O artista acaba de confirmar que está tudo a postos e em contagem decrescente para começar o grande show em alusão ao dia de África. Marcado pela diversidade e união, o concerto congrega grandes nomes da música africana, sendo C4 Pedro o único artista oriundo dos PALOP.

Revista científica abre edição exclusiva para Rap

há 2 anos
Esta semana, a revista científica brasileira “Convergência Crítica” fomenta acções para perceber a ligação entre o Rap e a pesquisa científica, que vai culminar com abordagens sobre o Rap e o activismo político em Angola e Moçambique.

Prevent Online Dating Ghosting

há 12 meses

House of Gucci: Lady Gaga interpreta Patrizia Reggiani ex-esposa e mandante do assassinato de Maurizio Gucci

há 1 ano
Lady Gaga que já havia afirmado que pretende se consolidar na sétima arte, foi, três anos depois de ganhar um Óscar, a escolhida a dedo para estar no principal papel do drama policial, de Ridley Scott.

Andrea Bocelli incentiva cidadãos a não obedecerem as regras de combate à Covid-19

há 3 anos
O tenor italiano considera exageradas as regras adoptadas para combater a pandemia e disse que se sentiu “humilhado e ofendido” pelas medidas impostas para travar o Covid-19 no seu país.

Mais um livro de Ondjaki adaptado em filme

há 2 anos

Dr Romeu “traz” ritmo e poesia

há 2 anos
O rapper Dr. Romeu, também conhecido como Lapiseira Azul, prepara para Dezembro o lançamento do seu terceiro álbum de originais, intitulado “Ritmo e Poesia”.

Justin Bieber exige 10 milhões de dólares por cada acusação de abuso sexual

há 3 anos
Justin Bieber processou as mulheres que, nas redes sociais, o acusaram de violência sexual. Para indemnização por cada uma das acusações de que foi alvo, o cantor quer 10 milhões de dólares.

Mágico: Um pequeno nome por detrás de grandes sucessos nacionais

há 2 anos
Quem se prender à sua idade cronológica, pode não acreditar que a carreira profissonal do músico já leva uns 14 anos. Foi ele quem escreveu e produziu os temas” Vou Chorar”, de Kelly Silva, “Jarda Instrumentalização” (Mona Nicastro) e “Me Perdoa”, de Suraya Cortez, por exemplo.

Escritores angolanos assinam carta de protesto contra o racismo

há 3 anos
Os escritores angolanos Pepetela, José Eduardo Agualusa, José Luís Mendonça, Ondjaki, Adriano Mixingue e Abreu Paxe subscreveram uma nota de protesto contra as acções racistas registadas em várias partes do mundo, em particular nos Estados Unidos da América.

Henriques Narciso: “Se não tive o Prémio Nacional de Cultura e Artes é porque é dado por indicação política”

há 2 anos
Ao longo da entrevista com a Carga, Dito, como também é conhecido, disse não entender os critérios de atribuição do Prémio Nacional de Cultura e Arte, porque, descreve, pessoas há que receberam o prémio, e se questiona por que razão é que elas recebem.

Mamy disponibiliza Kit Kitchã em animação gráfica

há 2 anos
Após ter lançado o E.P. Trap Queen, que teve uma óptima aceitação do público em geral, MAMY lança o videoclipe em animação gráfica da música Kit Kitchã.

Sabia que hoje comemora-se o Dia do Compositor?

há 2 anos
A efeméride faz uma ode a todos os profissionais comprometidos com a alma da música, o responsável por traduzir emoções e eternizar momentos em melodias.