Após destaque no Moda Luanda, Scró Q Cuia e Nerú Americano anunciam álbum de estreia

Há dois anos era impossível pensar numa relação entre ambos. Scró Q Cuia e Nerú Americano vêm provando que são verdadeiros profissionais ao criarem os “Pintins”. A dupla anuncia o álbum de estreia, fala do tempo que vai durar a parceria, enumera as conquistas e desvenda os segredos da tamanha cumplicidade, deixando palavras de apreço para os angolanos.

É quase impossível  ouvir a Nerú Americano e Scró Q Cuia e não ser contagiado. Como fazem para conseguir isso?
Isso é natural. É natural a nossa música transmitir alegria às pessoas. Não tem como.

É uma dupla que tem dois anos, julgo, o que mudou em suas carreiras individuais depois de se juntarem?
Praticamente não mudou nada. Só juntamos o útil ao agradável. Trabalhando um só não é a mesma coisa que estarmos os dois. O people já queria esta parceria. Nós só demos continuidade.

Haviam anunciado o álbum para final do ano passado. Será este ano que o teremos ?
Tudo está a depender da pandemia. Estava para ser lançado este mês. Se a pandemia se esticar até o final do ano, só vamos conseguir lançar no próximo ano. Só estamos a depender da pandemia.

Mas será o quê de concreto? Álbum ou EP?
Esta por vir mesmo um álbum. Está por vir o álbum. Até já estava para este mês de Junho, as coisas não correram bem. Se Deus quiser vamos lançar em Dezembro deste ano, caso a pandemia se prolongue só o próximo ano.

Qual será o título e o que traz como participação?
De momento ainda posso adiantar muita coisa. A princípio serão dez faixas.

Normalmente as duplas estabelecem tempo de colaboração. É o vosso caso?
Este não é o nosso caso, porque nós não páramos de trabalhar individualmente. Quem só quer Scró, é o Scro que vai e quem quer Nerú, é o Nerú. É quem quiser os Pintins é os Pintins. Então não tem como. Por enquanto a nossa parceria é infinita.

Até os próximos três ou quatro anos os fãs continuarão a ver Scró Q Cuia e Néru Americano juntos?
Exactamente.

Então é uma dupla que veio para ficar mesmo?
Veio para ficar.

A dupla esteve em destaque no Moda Luanda…
É gratificante estar a concorrer em quatro categorias e levar dois prémios. Até porque trabalhamos mesmo para isso.

O que a classificação do Moda Luanda poderá significar?
O prémio vai dar mais prestígio à nossa carreira. Faz parte da carreira. É fruto do trabalho árduo.

Qual tem sido o segredo de tanta cumplicidade nas rimas e nos desempenhos?
O segredo de tanta cumplicidade é fruto das opiniões contrárias entre os dois. Um está sempre a dar uma garra ao outro. Quando um está a falhar o outro apita. É aquela conexão de trabalhar juntos.

Que palavras querem deixar aos angolanos, especialmente os que acompanham o vosso trabalho?
Continuem a acompanhar o nosso trabalho. Continuem a nos votar nos concursos, nós estamos sempre a trabalhar para vos agradar.

as cargas mais recentes

Começou nas festas do Zango, hoje Dj Xandy deixa sua marca em África

há 11 meses
Dj Xandy notabilizou-se nas festas e bares dos bairros de Luanda e hoje assume e produz vários eventos e artistas. Com 12 anos de carreira, é conhecido por divulgar o Afro House e já lançou um EP nesse estilo.

House Dance, o improviso perfeito

há 1 ano
Afro-house é frequentemente comparado ao estilo Kuduro, pela sua forma de expressão, movimentos e ritmos. Podemos dizer que na classificação de dança, o Afro-house é um grupo de dança mais abrangente e engloba o Kuduro e outros estilos de dança africana, sendo o Kuduro daça especificamente angolana e tem as suas características diferenciadoras.

Carla Moreno integra corpo de jurado do concurso de música na TVI

há 5 meses

Catchupa Factory cria portal “Family Matters” para divulgação de fotografia Africana contemporânea

há 11 meses
“Family Matters” tem como objectivo arrecadação de fundos através da venda de impressão de fotos, destinando os fundos de imediato aos artistas e fotógrafos envolvidos.

Após denúncia de ex-namorada, polícia apreende réplica de fuzil na residência de Nego do Borel

há 7 meses
A acção aconteceu a fim de averiguar a veracidade da denúncia feita por Duda Reis, que consistia na posse de um fuzil, mas era na verdade uma réplica de fuzil, usada para a prática de airsoft.

Ja Rule revela que no início da carreira quis fazer trio com JAY-Z e DMX

há 7 meses
Ja Rule, Jay-Z e DMX tinham condições reunidas para constituírem um trio, uma ideia motivada por Irv Gotti, da Murder Inc. Entretanto, os três músicos não conseguiram materializar o desejo porque dois dos rappers não mostraram interesse.

Beam Me Up Scotty: Nicki Minaj relança mixtape com faixas inéditas

há 3 meses

Thó Simões: “É nas ruas que consigo vislumbrar alguma coisa da natureza humana”

há 4 meses

Um hino ao Kuduro

há 1 ano
Depois do Rap, agora foi a vez do Kuduro e os convidados foram Dj Znobia e Dj Havaiana, duas grandes referências deste género musical, produtores de muitos dos maiores sucessos cantados por Sebem, Puto Prata, Nacobeta, Noite e Dia entre outros.

Coldplay prepara novo álbum para 2021

há 6 meses

One Republic já tem novo álbum

há 1 ano
A banda norte-americana publicou o seu quinto trabalho de estúdio. Intitulado ‘Human’, a obra reúne músicas inéditas, que marram o dilema da fragilidade humana e força motivadora.

Kanye West “entra” na lista dos bilionários

há 1 ano

Novidade: Luso lança música promocional do segundo álbum

há 4 meses
Dois anos depois do lançamento do seu primeiro álbum “Lusolandia”, sob selo da produtora Cave Play, de Kid MC, o rapper angolano aparece esta sexta-feira com a faixa promocional do seu segundo álbum.

Snoop Doog celebra 49º aniversário de Tupac

há 1 ano
Um astro, cujo impacto da obra e da carreira pode ainda ser sentido, como se de um artista vivo e no auge da carreira se tratasse. O seu aniversário ainda é pretexto para homenagens e volvidos 24 anos após a sua morte, o Tupac Shakur continua a ser lembrado como o “maior Rapper de todos os tempos”.

Careca Não: O início de uma nova revolução

há 3 meses
`Careca não´ é um apelo à tolerância e ao respeito pelas diferenças, a música marca o posicionamento de Dino Ferraz, na luta pela aceitação do cabelo negro crespo masculino, na sociedade angolana.

Produtor Algo 10Conhecido rende tributo a Teta Lando e Franco em novo álbum

há 5 dias
O álbum contém versões de dois grandes sucessos nacionais e internacionais intemporais, nomeadamente: “Mario” do congolês Franco, na versão amapiano e “Quimbemba” de Teta Lando, no estilo afro-house.