Após fazer hits de vários músicos, Edgar Cláudio lança-se no mundo do cinema

Mais do que simples realizador de vídeoclips, Edgar Cláudio é um contador de histórias. Em cada trabalho que coloca o seu dedo acaba sempre em hits. Foi ele, por exemplo, que filmou os clips “africana”, “gerónimo”, “Yê yê e dance” de Gerilson Insrael, “Teu mel” dos Killa Hill, “Sinal” de Anna Joyce e Filipe Mukenga e “Jogada de mestre” de MCK e Anabela Aya, só para citar alguns.

O videomaker quer estender a sua influência musical à sétima arte, com a estreia, em Maio, de um filme “ELO”, em que traz a história de uma jovem mulher com um passado sombrio que luta para manter a filha no bom caminho.

A nova aventura do ambicioso realizador é o princípio da continuidade de um percurso iniciado em 1998, conforme resume nesta entrevista.

Após fazer hits de vários músicos, Edgar Cláudio lança-se no mundo do cinema

Sempre foi o seu sonhou ser produtor de vídeoclips?
Eu gostava muito de “fuçar” em coisas eletrónicas no cúbico, e meu pai tinha acabado de chegar de uma viagem a serviço e trouxe uma câmera mini DV. Devia ser Canon. Então, a partir daquele momento, passei a gravar as festas importantes da família, como casamentos, baptizados etc. Como eu tinha dos leitores de vídeo vulgo “dec “… Fazia algumas cópias para os vídeo clubes caseiros que tinham na época. Um belo dia, o meu amigo Yuri Olim, apareceu com uma cassete de vídeos para copiar e vendermos na escola (risos). Fiquei maravilhado com o que via, e o mais engraçado é que a maioria dos clips foram realizados pelo Hype Williams, eu logo disse é isso, eu posso fazer isso.

Quando é que filmou o seu primeiro clip?

Em 2002. Foi um kuduro com o título “ da buala “. Esse kuduro, na época, era o super hit na Salga, Rua da vaidade, o bairro onde vivia na Ilha de Luanda… o maior responsável pele minha odisseia foi o Realizador americano Hype WIlliams.

Hoje, além dos clips “Bate Lata” de Ready Neutro e Xtremo Signo e “Lágrimas de um Suburbano” de Paulo Cabonda. Que outros vídeos de destaque filmou?

Vou tentar ser pragmático, mas antes deixa lhe fazer uma correcção, não obstante ter trabalho com o Paulo Cabonda, porém o vídeo clip “lágrimas de um suburbano” é do  grupo de rappers “Fat Soldiers” em que na faço parte. Não sou rapper, participo com o visual, eles são minhas cobaias. Vídeoclips de destaques de Gerilson Insreal “ africana “ Gerônimo “ Yê yê e Dance com a participação do Nigeriano Rema “. Killa Hill “ Teu Mel  e Mãe “, Pérola: “Diz a ela e Admito”, Yola Araújo “ Encosta”, Anna Joyce e Filipe Mukenga “ sinal”, Adi cudz “ brincaste mal”, Haliso Paixao “ Palavras “, Young Double e Anna Joyce “ abre o olha Fat soldiers “ Jogada de mestre”, MC K  e Anabela Aya “ extracto afectivo”. São tantos.

Depois sentiu a necessidade de emigrar para a produção de longas?

Conforto!, eu amo realizar vídeosclips musicais. O vídeo clip é uma escola para mim, eu defendo que o vídeoclip é um pequeno filme sustentado por uma base musical, entretanto ficou um pouco limitado para mim, e fiquei confortável, e pra mim é o momento certo de enfrentar novos desafios. Então decidi entrar de facto na sétima arte, fazendo curta-metragem, ganhado experiências e rodagem até um dia se atrelar as longas. Obs: Não deixarei automaticamente os vídeoclips (risos).

O quê que compreende o seu trabalho nas produções de longas? Contar histórias, e contribuir significativamente para o cinema nacional.

Também elabora os roteiros? Sim. A ideia original do filme “ ELO “ é minha. Escrevi o guião e passei ao Denis F. Miala, como tem mais experiência na matéria, fizemos concertações.

Fale um pouco do seu filme de estreia.

Fala de Maria é uma mulher devota à Deus que cria uma filha adolescente tentando educá-la com princípios cristãos, pois teme que a filha se torne no que ela foi no passado. Maria guarda um grande segredo que fez de tudo para fechar a sete chaves durante mais de 15 anos.

O quê que lhe motivou a trazer esta narrativa ao cinema? Fui motivado pelo contexto social que se vive nos dias de hoje, até um certo ponto, é uma chamada de atenção à sociedade para prestarmos atenção no tipo de educação que se vem a proliferar nos últimos anos, e talvez instigar um debate social.

Tem alguma coisa que gostaria de alcançar com a produção das longas que não foi possível com os clips?
Sim, sim. Com as curtas! Até um certo ponto, acabo por ter mais liberdade, e poder contar história mais completas que um vídeo clip.

Mas, é apenas uma pequena aventura ou é algo em que pretende dedicar a sua carreira futuramente? É uma grande aventura. Eu acho que é aí onde está o gozo, eu sou um  eterno aventureiro.

Como é que vai fazer para conciliar com os trabalhos de clipmaker?
Penso que não será muito difícil para mim, porque chegam a ser próximos, quando não tiver a fazer vídeo clips vou estar a fazer filme independentemente da produção.

O que passará a diferenciar os trabalhos de Edgar Cláudio de outros produtores do mercado nacional? Não sei! …é sério não sei, acho que todos os  fazedores da arte então engajados em fazer  com que o cinema nacional para de gatinhar e começa a dar passos, é nós queremos participar desse movimento trabalhando 

as cargas mais recentes

“Fenómeno” que atende pelo nome de Anna Joyce passará por Portugal

há 1 ano
Graças ao álbum homónimo, a Fofinha alcançou façanhas inéditas e conheceu o auge da carreira, cuja cereja no topo do bolo será a sua grande estreia no Coliseu dos Recreios, no próximo dia 24 de Junho.

Centro Cultural do Brasil em Angola anuncia oficina de Mímica Prática

há 2 anos
No âmbito do projecto SEXTARTE- Oficina de artes à sexta-feira, esta semana, o CCBA- Centro Cultural do Brasil em Angola promove workshop mímica, com o actor e mímico brasileiro, Edgar Bustamante.

Autora de “Harry Potter” publica novo livro a título gratuito

há 3 anos
JK Rowling, autora de Harry Potter, disponibilizou para download gratuito um novo livro de aventuras. A edição física será feita em Novembro, os valores das vendas servirão para combater o Covid-19. A escritora pede aos leitores que enviem desenhos para adaptar à obra.

Alerta: Não existe nenhum filme ‘Scape’ na “calha” da Netflix

há 2 anos
Embora tenha despertado o “apetite” dos cinéfilos e fãs dos três génios do crime, tratou-se apenas de uma demonstração livre do artista visual Dilichi.

De Viana para Angola inteira: Anny Gonçalves, a nova revelação da música angolana

há 1 ano
Anny Gonçalves é um talento que a pandemia ajudou a revelar. A cantora destaca-se nos estilos Soul Music e Kizomba. Embora passe por despercebida aos olhos de muitos, vai conquistando o seu espaço. É ela a intérprete da trilha sonora do filme 2 Mundos, produzido por Hochi Fu.

ORLEI: Há 10 anos a provar que o Rock em Angola já não morrerá

há 2 anos
Devido sua magnitude, O Rock Lalimwe Eteke Ifa ” O Rock Nunca Mais Morrerá ” confunde-se com as celebrações da fundação da cidade do Huambo. Este ano, o evento assinala o 10° aniversário e a organização reinventou-se e trouxe 10 dias de espectáculos intensos com as principais bandas de Rock nacional.

Dj Khaled revela que levou 5 anos para conseguir juntar Jay-Z e Nas na mesma música

há 2 anos
A participação de Nas e Jay-Z no tema” Sorry Not Sorry”, tornou o álbum de DJ Khaled mais atractivo. A junção dos dois rapper já tinha acontecido algumas vezes antes, mas nem sempre foi fácil. O feito raro continua a chamar atenção dos amantes da música, uma vez que ambos foram antigos rivais.

Falta de conhecimento leva a que muitos artistas não beneficiem dos rendimentos das suas obras

há 1 ano
Especialistas em gestão de direitos de autores estão preocupados com a falta de conhecimento por parte da classe artística, sobre as leis dos direitos de autores e conexos.

Mastiksoul se pronuncia após alegada condenação por violência doméstica

há 2 anos
Na semana passada, o Dj esteve em destaque, por razões menos abonatórias, veiculou-se no seio da imprensa portuguesa, que Mastiksoul terá sido condenado à pena de prisão de dois anos e três meses, com suspensão por igual período, pelo crime de violência doméstica contra a ex-companheira.

Notorious B.I.G, Tupac e Jay-Z excluídos por Snoop Doog da sua lista dos melhores rappers da História

há 3 anos
Após ter enfrentado várias críticas por não considerar Eminem melhor rapper de todos os tempos, Snoop Dogg voltou a surpreender o movimento ao excluir Jay-Z, Nas, Tupac, Biggie Smalls e Kanye West da lista dos seus melhores rappers de todos os tempos.

Álbum de estreia de Lil Nas X vaza na internet

há 2 anos
O aclamado álbum “Montero”, que marca a estreia de Lil Nas X, cuja data de lançamento era mantida no segredo dos deuses, já está em posse pública após ter ido inexplicavelmente para à Web.

Fotogaleria: Yuri da Cunha protagoniza “dueto” épico com Teta Lando

há 2 anos

Spoken Word ‘Lugar de Fala D’ela’ agora pode ser ouvido no Kisom

há 2 anos
Doravante poderá ter acesso aos episódios do primeiro podcast de Spoken Word angolano através do kisom Unitel, sem cobrança de dados.

Novo álbum de CfKappa “Negro” já está disponível para pré-venda

há 1 ano
Adiado no ano passado para 1 de Março de 2021, devido a planos editorais, a terceira obra discográfica de CfKappa pode ser adquirida através da plataforma de vendas online, Soba Store a preço de 1500 kzs, e quem quiser comprar, pode pagar em três prestações.

Aline Frazão divulga título e data de lançamento do seu novo álbum

há 1 ano
Intitular-se-á `Uma Música Angolana´ e estará disponível no próximo dia 4 de Março. O álbum foi anunciado na primeira pessoa, no passado dia 21 de Janeiro com o lançamento de ` Luísa´ em todas as plataformas digitais, oficialmente a primeira faixa promocional do quinto álbum de estúdio de Aline Frazão.

Após cerimónia de atribuição dos Grammy Lil Wayne manda um “vai te lixar” à organização

há 2 anos