`Ar Condicionado´, `1999´ e ` O Alambamento da minha cultura´ são os grandes vencedores da primeira edição do Unitel Angola Move

Aconteceu ontem em Luanda, a primeira gala de premiação do concurso que passará a premiar produções angolanas de audiovisuais, incluindo o teatro, além de profissionais da área, o evento foi também prestigiado pelo Ministro da Cultura, Turismo e Ambiente, Jomo Fortunato e a Primeira-dama da República, Ana Dias Lourenço.

Desta feita, sagraram-se vencedores a longa metragem `Ar Condicionado´, da autoria do realizador Fradique, a categoria Documentário foi arrebatada por Mocotó Praia com `O Alambamento da minha cultura´, e por fim, a Geração 80 volta a subir ao pódio, com a curta-metragem “1999”, de Hugo Salvaterra.

“Destronando” outros 30 títulos em competição, o vencedor da longa-metragem recebeu 13 milhões; o da curta-metragem 5 milhões para, ao passo que o documentário 7 milhões. De realçar, que na noite das artes cénicas, o teatro também teve uma recompensa de 2 milhões de Kwanzas e houve uma entrega de galardões ao dramaturgo, encenador, escritor e fundador do Elinga Teatro,  José Mena Abrantes e ao Circuito Internacional de Teatro.

O que se pretende com o galardão, é valorizar o trabalho desenvolvido por jovens angolanos ligados ao cinema e ao teatro, quer estejam em Angola ou no estrangeiro. Numa primeira fase, o festival de cinema angolano limitar-se-á a produções angolanas, mas consta do plano da organização, revelou Sílvio Nascimento, integrar obras cinematográficas dos PALOP.

Lançado em Fevereiro de 2020 no International Film Festival Rotterdam, o principal vencedor do Unitel Angola Move, `Ar Condicionado´ já foi exibido em mais de 50 países e premiado como Melhor Longa Metragem do Luxor African Film Festival 2021 (Egipto), Melhor Ficção no Arquiteturas Film Festival Lisboa 2021 (Portugal), Melhor Longa Metragem de Ficção no International Film Festival Innsbruck 2020 (Áustria), Melhor Filme no Imagine Science, Film Festival 2020 (Estados Unidos de América) e Filme do Ano do African Studies Association.

as cargas mais recentes

Laton dos Kalibrados decide abraçar a carreira gospel “Eu me encontrei”

há 1 ano

Desfile de hits “acorda” o hip hop em plena quarentena

há 2 anos
A nação hip hop “parou” para testemunhar a exibição dos hits de Raiva e DH, numa noite com todas as condições para ficar na história deste género musical.

A maioria dos artistas angolanos consagrados paga para promoverem suas músicas em “CDs piratas”

há 7 meses
Actualmente os artistas consagrados são os que mais pagam aos “piratas” para promoverem suas obras discográficas, Eps ou singles, principalmente os que fazem Ghetto Zouk e Afro House. O fenómeno não é de hoje, só aumentou nos últimos tempos por causa da pandemia do Covid-19, e os preços variam a partir dos 200 mil Kwanzas.

Kool Klever: Música `Black Woman´ já tem videoclipe

há 1 ano
Volvidos 13 anos após ao lançamento da música ‘Black Woman’, Kool Klever grava videoclipe da faixa e promete estreia para breve.

Álbum`Rough and Rowdy Ways´ marca o retorno de Bob Dylan

há 2 anos
O músico norte-americano Bob Dylan lançou o seu 39º álbum de originais, intitulado “Rough and Rowdy Ways”, no dia 19 de Junho, tratando-se do primeiro álbum de originais desde “Tempest”, de 2012. A obra remonta para os anos 60 e é a confirmação que Bob está longe da reforma.

Mediateca de Luanda celebra a semana do Ambiente

há 1 ano
“Bonjour le Monde“ de AnneLise Koelher e Eric Serre, e “Il était une forêt” de Luc Jacquet, são os dois (02) filmes que serão apresentados respetivamente, nos dias 14 e 15 de Abril de 2021 na Mediateca de Luanda em celebração ao Mundial da Terra.

A assinalar dez anos, Luxor African Film Festival 2021 premia filme Made in Angola

há 1 ano
O filme Ar Condicionado foi premiado como Melhor Longa Metragem (prémio do Júri) na 10ª edição do Luxor African Film Festival 2021, no Egipto.

Dupla ELA apresenta `O lugar de FALA D’ ELA´

há 2 anos
A ter início no próximo domingo, dia 4 de Outubro, a dupla ELA vai colocar à lupa o tema “Estupro, mulheres infectadas com HIV e Gravidez precoce”.

Artistas brasileiros saem em protesto depois de Jair Bolsonaro ameaçar jornalista

há 2 anos
O presidente do Brasil ameaçou “encher” a cara de um jornalista do “O Globo” pelo facto do profissional ter questionado Jair Bolsonaro sobre os 89 mil que a primeira-dama da República terá recebido da Fabrício Queiroz entre 2011 e 2016.

“Back In Black” dos AC/DC lidera lista dos 20 álbuns de Rock mais vendidos de todos os tempos

há 2 anos
Dos 20 álbuns de Rock e Metal mais vendidos no maior mercado do mundo (Estados Unidos), o destaque vai para o “Back In Black”, dos AC/DC gravado há 40 anos.

Um novo talento no nível dos “grandes” do Ghetto Zouk nacional

há 1 ano
Carlos Ernesto é dos poucos talentos que já não tem muito para provar. A forma como impõe sua voz nos instrumentais, leva-nos a pensar que está há vários anos na música, mas ainda é novo no mercado.

Álbum póstumo de DMX reúne participações de Alicia Keys, Jay-Z e Nas

há 1 ano
O álbum intitula-se Exodus, contém 13 faixas musicais e reúne, entre outras, as participações de Jay-Z, Nas, Snoop Dogg, Bono, Lil Wayne, Alicia Keys. A obra é totalmente inédita, segundo Swizz Beatz.

Wizkid torna-se o primeiro artista africano entre os 30 melhores da Apple Music

há 11 meses
O feito inédito da história da Apple Music foi dado a conhecer ontem e surge por causa da canção ‘Essence’, do álbum ‘Made in Lagos’, lançado em Outubro do ano passado.

Entri Spada e Paredi: DJ Malvado reinventa clássico cabo-verdiano em parceria com Roxane

há 11 meses
A ser lançada hoje, a música Entre Spada e Paredi é um “prenuncio” do EP de Roxane Fernandez, a ser lançado em Julho/Agosto e mantém DJ Malvado conectado às suas raízes com a kizomba mais tradicional tal como nos tempos em que estava a iniciar a sua carreira.

Vado Poster: De bate-chapa a principal referência do Afro House da actualidade

há 3 meses
Vado Poster integra a geração vanguardista do Afro House e é hoje uma das principais referências do estilo em Angola. Com uma carreira já coroada de êxitos, o DJ e produtor prepara-se para colocar a sua primeira obra discográfica no mercado.

Produtoras angolanas rejeitam pagar direitos autorais a seus artistas

há 7 meses
De acordo com o director geral da Sadia, os proprietários das produtoras, rejeitam pagar direitos de autor, e dizem que “não podem pagar”. Sem citar nomes, Lucioval Gama revela que o estranho é que são das mais conceituadas produtoras.