Arlindo Cruz volta a falar após 3 anos em convalescença

Recentemente numa live transmitida no Instagram, o filho do cantor, Arlindinho, afirmou que o pai está a superar algumas sequelas do Acidente Vascular Cerebral, e já começou a formar algumas palavras.

Após sofrer um AVC, em 2017, Arlindo Cruz ficou internado por 1 ano e 3 meses no CTI. Depois de sair do hospital, o cantor permanece em tratamento em casa, com estrutura de home care, ao lado da família. E desde então, as redes sociais tem sido o veiculo usado pela família do artista para informar aos fãs sobre a forma como Arlindo responde ao tratamento.

Foi revelado também que a família irá publicar brevemente um novo vídeo para mostrar a recuperação do sambista.

as cargas mais recentes

Snoop Dogg “Regressa à Death Row” com novo álbum

há 1 ano
Anunciado para 13 de Fevereiro de 2022, a obra intitula-se Bacc On Death Row e foi projectada durante o seu mandato na poderosa gravadora, em meados dos anos 90.

Lady Gaga acolhe membros da equipa em casa para os proteger do Covid-19

há 2 anos
Lady Gaga concedeu uma longa entrevista à Billboard, na qual comparou, bem humorada, o período de quarentena imposto pela pandemia da Covid-19 à sua própria experiência como estrela pop.

Actor angolano condenado a pagar mais de 91 milhões de kzs por plagiar uma obra

há 5 meses

Projecto “Angola 45” aguarda grande espetáculo em Lisboa com edição de um álbum

há 2 anos
O “encontro da liberdade” visa celebrar a nossa independência. Além de Bonga, participam ainda Yola Semedo, Don Kikas, Eduardo Paim, Kyaku Kyadaff, Mago de Sousa, Klaudio Hoshai, Hélvio e instrumentistas como Carlitos Xiemba, Galiano Neto, Betinho Feijó, entre outros.

Dia da Criança Africana é assinalado com tarde cultural na Fundação Arte e Cultura

há 2 anos
Alunos das Escolas de Música e de Arte da Fundação Arte e Cultura protagonizam tarde cultural no Dia da Criança Africana.

Fãs insurgem-se ao saber que apenas homens foram convidados para o álbum póstumo de Aaliyah

há 1 ano
Os fãs insurgiram-se após o tio da artista, in memoriam, declarar que acha melhor trabalhar apenas “com pessoas como Ne-Yo e Snoop Dogg, Future e Drake.”

Allen Halloween reedita Híbrido em vinil com takes inéditos

há 2 anos
Um ano após anunciar a sua retirada da música, rumo a devoção a Deus, a bruxa volta a dar sinal de vida vida com o lançamento surpresa de 500 vinis do álbum Híbrido, o terceiro da carreira.

Nsoki se posiciona sobre associação da sua imagem a campanhas políticas

há 2 anos

C4 Pedro é o artista mais ouvido em Angola em 2021

há 1 ano
Feitas as contas nada mais resta, a não ser começar a fazer o balanço para analisar os custos e proveitos do ano 2021. Na classe artística, propriamente na música, C4 Pedro, Paulo Flores, Anselmo Ralp fecham 2021 em grande.

Soulja Boy compra briga com lutadores após afirmar que o “Rap está mais falso que o WWE”

há 2 anos
O facto é que a troca de Twittes ofensivos não determina que a rivalidade vai se desenrolar futuramente, mas os lutadores não descartaram uma luta corpo a corpo se Soulja Boy não for cuidadoso.

Companhia Cubico Mwangole representa Angola no projecto do Mandela Day

há 2 anos
Promovido pela organização ONE.org para África, o projecto está agora na sua segunda fase, que compreende desafios entre grupos de dança de renome do continente Africano.

Diddy entra com um processo contra Sean John e exige USD 25 milhões por usar o seu nome

há 2 anos

Leonardo Freezy disponibiliza o single `Gatilho´

há 2 anos
`Gatilho´ é um desabafo, ou uma explosão de frustrações específicas, se quisermos. Memórias profundas que abrangem assuntos pertinentes como o preconceito, o racismo, a força da amizade e do companheirismo.

Show do Mês abre 9ª. temporada com os “clássicos” da música angolana

há 9 meses

Hochi Fu: “Apostei no Kuduro porque o Rap aqui era muito soft, dos betinhos”

há 2 anos

Vanda Pedro: “O teatro é ciumento, precisas de tempo para viver e aprender intensamente”

há 2 anos
“Uma mulher de acção e artista de grande potencial”, é como quer ser lembrada a profissional de 38 anos de idade, 25 dos quais dedicados a arte da representação. Uma trajectória que nas palavras de Vanda, foi pautada por muita intensidade entre “choros e risos” que, será imortalizada no livro.