Artistas angolanos dizem basta ao Decreto Presidencial: “Se os partidos políticos podem, nós também podemos”

Um grupo de músicos, entre eles Kool Klever, Preto Show, Nucho e Adelásio Mwangolé exige que o governo angolano levante as restrições sobre as medidias de calamidade relativa à Covid-19. 

Os artistas entendem que as limitações sobre ajuntamento de pessoas devia ser de cumprimento obrigatório, sem distinções, quer de partidos políticos ou privilegiar determinado grupo de cidadãos.

Nas suas redes sociais, estes profissionais lançaram ontem um grito de socorro para que o Presidente da República venha a ter este factor em conta na próxima actualização do Decreto (que em princípio acontece a 9 de Julho) sobre as medidas de retrições porque, lamentam, o custo de suas vidas agrava a cada dia que passa, desde o ano passado. ” (…) Partilharem este grito de socorro para que chegue ao Presidente da República”.

Artistas angolanos dizem basta ao Decreto Presidencial: “Se os partidos políticos podem, nós também podemos”

Os músicos dizem não compreenderem a razão das limitações de ajuntamento em casas de espectáculo, bares, restaurantes ou cimema, quando os partidos políticos continuam a realizar marchas com com grande número de pessoas, por exemplo.

“Depois querem vir dar lições de moral ao povo e interditarem praias, restaurantes. Finjam pelo menos para ter alguma credibilidade”, lamentou o rapper Nucho.

A esta voz, juntaram-se Preto Show, Kool Klever, Adelásio Mwangolé e o humorista Tiago Costa, que, a seu jeito, pede: “Eu não quero que abram os restaurantes (…). Só quero essa malta toda na Bentiaba”, manifestou, partilhando um vídeo de um comício do MPLA.

As medidas de combate à Covid continuam a afectar a indústria cultural e de entretenimento do mundo, entretanto os angolanos queixam-se que no seu caso só piorou ainda mais sua situacão financeira e ajudou a empurrar milhares de jovens  ao desemprego. 

“Faliram-nos, empurram milhares de jovens para o desemprego” e, por isso, exigem: ” Se os partidos políticos podem, nós também podemos trabalhar”.

Como se sabe, a última actualização do Decreto de Presidencial permite que as atividades recreativas, culturais e de lazer, bem como museus e feiras podem funcionar até às 18h00, permanecendo os cinemas encerrados em Luanda.

Os espetáculos de música são permitidos só até as 18h00 em Luanda e de plateia sentada, continuando proibidas as festas em salões e limitadas a 15 pessoas em casa.

As praias e piscinas públicas continuam interditas e mantêm-se o uso de máscara obrigatória na via pública e qualquer local fechado de acesso ao público.

as cargas mais recentes

Entri Spada e Paredi: DJ Malvado reinventa clássico cabo-verdiano em parceria com Roxane

há 1 ano
A ser lançada hoje, a música Entre Spada e Paredi é um “prenuncio” do EP de Roxane Fernandez, a ser lançado em Julho/Agosto e mantém DJ Malvado conectado às suas raízes com a kizomba mais tradicional tal como nos tempos em que estava a iniciar a sua carreira.

Boss Alírio traz novo EP com participações surpreendentes

há 2 anos
Dois anos depois do lançamento do Focado Vol.2, Boss Alírio regressa à arena musical com novo EP. A terceira obra do rapper contém 12 faixas musicais e conta com participações inéditas.

Já está disponível o segundo single promocional do Projecto ShowTimeCollection

há 2 anos
Da autoria de Gedson, `Hustler´ dá continuidade ao projecto ` ShowTimeCollection´, a música é lançada após Megga Skills, CEO da label, fazer as “honras da casa” com single `Tá Doce´.

Irmãos Mussungo apresentam conceito ‘Mussungology Tour the World”

há 12 meses
A Fundação Arte e Cultura, focada na promoção da cultura nacional, pelo incentivo a educação para as artes, e a promoção dos artistas Angolanos, vai apresentar no próximo dia 08 de Outubro, das 18h às 22h30, em parceria com Befo Music, o conceito ‘Mussungology Tour the World’, um casamento que une a inauguração da exposição individual “Lisbon in my mind” de Adão Mussungo na Galeria Tamar Golan e o Concerto Musical “Befology 77” do músico PJ Mussungo, no auditório Wyza Anfiteatro, na Fundação Arte e Cultura, Ilha de Luanda, junto à Escola 1205, paragem da Casa Lisboa.

Nelly homenageia Tupac com nova versão de “California Love”

há 2 anos
No episódio mais recente, Nelly surpreendeu, surgindo ao som de um jazz em homenagem a Tupac Shakur e Dr. Dre com uma nova versão da música “California Love”.

Trump ataca “músicos” na campanha

há 2 anos
Uma das visadas foi Lady Gaga, que fez recentemente campanha pelo principal adversário de Trump nas eleições, Joe Biden.

Marilyn Manson sob investigação após mais de 15 acusações de abuso sexual

há 11 meses
Falando à Rolling Stone Norte-americana, Ashley Walters, ex-assistente de Marilyn Manson, revelou que o músico tinha como prática “trancar mulheres num casulo feito de vidro à prova de som.”

Busta Rhymes revela que deixou de ser feliz ao aperceber-se do que enfrentaria por ser negro

há 2 anos
Recemente, publicou Extinction Level Event 2: The Wrath Of God, que foi um dos motivos de conversa com o jornal Guardian, onde fez várias revelações.

Denzel Washington quebra o seu próprio recorde como actor negro mais nomeado no Oscar

há 8 meses
Denzel Washington concorre para Melhor Actor na cerimónia deste ano, referente a 94° edição do Oscar. O actor de 67 anos, foi indicado ao prémio pela décima vez, graças ao seu trabalho no papel principal de ‘A Tragédia de Macbeth’.

Dave Bautista diz que The Rock não é um bom actor

há 2 anos
O actor e antigo lutador de Luta Livre, Dave Bautista, astro do filme Guardiões da Galáxia, afirmou que Dwayne Johnson “The Rock” não é um bom actor, apesar do sucesso que faz.

Por onde anda o Pato?

há 2 anos
Em 2018 deu o ar da sua graça no Show do Mês, como convidado de Don Kikas, e prometeu retomar os palcos, mas de seguida voltou a sumir do mapa musical.

P. Diddy muda de nome pela 4° vez

há 1 ano
Três vezes vencedor do Grammy, Diddy nasceu Sean John Combs, na cidade de Nova York em 1969. Quando entrou no mundo do rap, ficou Puff Daddy, ou seja P. Diddy, Cinco anos depois l, retirou o “P” para se tornar “Diddy”, que mais tarde foi expandido para incluir o grupo Diddy — Dirty Money.

Jomo Fortunato acusa Ilídio Brás de se apropriar do seu livro para ir buscar dinheiro na Sonangol

há 10 meses
O crítico musical, Jomo Fortunato, acusa o produtor Ilídio Brás de se apropriar do seu livro “A mística e o Simbolismo dos Tambores”, lançado domingo, em Luanda, para ir buscar dinheiro na Sonangol. A obra em causa retrata a trajectória do percussionista Joãozinho Morgado, considerado o “Rei dos Tambores”.

Prodígio: “Muitos dos rappers de intervenção social fazem citação a Angola só porque querem vir buscar kumbu”

há 4 meses

Mamy é convidada a participar da pré-conferência internacional sobre activismo em África

há 1 ano
A rapper angolana levará amanhã a debate fundamentos sobre o exercício da liberdade de expressão por meio da música engajada, mais concretamente o “rap revolucionário”.

AfroBasket: Yannick Moreira afastado do Cinco Nacional após desenteder-se com treinador

há 1 ano
O afastamento do internacional angolano que actua ao serviço do AEK de Atenas, avançou esta tarde a Rádio 5, foi motivado por desentendimento com o técnico José Neto e elementos da equipa técnica.