Artistas angolanos reagem à morte de Alichia Adams

A notícia sobre a morte prematura e trágica da Influencer moçambicana, na madrugada de ontem, dia 8 de Novembro, deixou várias figuras do Jet 7 angolano consternadas.

Alichia Adams morreu carbonizada, em decorrência de um acidente de viação. Anna Joyce rendeu-lhe uma homenagem durante o live no Kubico, ao passo que, várias outras figuras públicas e pessoas singulares, lamentaram o infortúnio, manifestando os sentimentos de pesar pelas redes sociais.

Bastante conhecida nas lides nacionais, dentre muitos factores, sendo um deles por já ter participado no videoclipe `Baby tu sabes´ do projecto B4.
A modelo comercial  morreu no auge dos seus 26 anos de idade e realizou-se como empresária, modelo, marketeer, embaixadora da marca capilar “wonder” e era considerada, uma das mulheres mais lindas de Moçambique.

Artistas angolanos reagem à morte de Alichia Adams
Relembre aqui o vídeo

Detalhes do Acidente

Tudo o que se sabe acerca do acidente que vitimou Alichia Adams e mais três ocupantes, foi relatado pela imprensa internacional. O trágico acidente de viação aconteceu na madrugada deste domingo (8) de Novembro, ao longo da Borrowdale Road em Harare, Zimbabwe, de acordo com a imprensa local.

O acidente aconteceu no trajecto da saída de uma festa, onde se fazia acompanhar de amigos. Os quatro ocupantes da viatura de luxo que pegou fogo Rolls Royce, Alichia Adams, Moana, Karmi e o milionário CEO da Pioneer Gas e do Grupo PIKO, Genius Ginimbi Kadungure que seguia ao volante, saiam da comemoração do aniversário de Moana, que aconteceu na discoteca Dreams Nightlife Club, em Harare, quando embateram num Honda Fit azul.

O Rolls Royce saiu da estrada e bateu em uma árvore antes de pegar fogo. Kandungure foi jogado para fora do veículo e morreu no local junto com três ocupantes: Karim, Achia e Moana, os três carbonizados.

as cargas mais recentes

Cultura nacional contará com frequência radiofónica exclusiva

há 8 meses
Recatalogada como prioridade pelo Presidente do Conselho de Administração, Pedro Cabral, a iniciativa que está prestes a ser concretizada, já é tida como um projecto “muito bem conseguido” e aguardado com expectativa por profissionais do ramo.

Itary: Do Rap ao Zouk, a voz da versatilidade

há 1 ano
Quem a vê cantar, pode pensar que Itary nasceu para o Guetho Zouk, mas não. A cantora de 25 anos é muito versátil e transporta o Rap no seu DNA. Aliás, foi no Hip Hop que começou a sua carreira e hoje, está a se transformar numa das vozes mais promissoras do Zouk angolano.

This Is Not a White Cube anuncia participação na 8ª edição da 1-54 Contemporary African Art Fair

há 1 ano
A feira de arte que vai decorrer em Londres na Somerset House de 8 a 10 de outubro de 2020, será prestigiada com a presença da galeria angola, a ser representada pelos artistas: Alida Rodrigues, Patrick Bongoy, Pedro Pires e Nelo Teixeira.

Phathar Mak “pede” socorro

há 2 anos
O vídeo da nova música do rapper Phathar Mak, intitulada “Socorro”, estreia hoje na página do músico no Youtube. A música é um pedido de socorro a Deus, apelando a sua intervenção na salvação da humanidade, além de passar a mensagem de igualdade entre os seres humanos, de forma a deixar de lado o complexo de superioridade.

Amostra virtual ‘SetentaOitenta’ junta fotógrafos angolanos

há 1 ano

Ndaka Yo Wini canta no festival internacional de Montreal

há 6 meses
O músico angolano Ndaka Yo Wini é uma das figuras de cartaz da 35ª edição do Festival Internacional de Montreal/Quebec (Canadá), denominado “Nuits d´Afrique”, que decorre desde o dia 08 de Julho.

Prodígio: “Ser premiado em casa é sempre uma forma de lisonjeio, tem um sabor especial”

há 2 anos
Foi com a mixtape “O Alquimista” , em 2011, que Prodígio começou o sucesso. Na sequência, surgiram vários outros trabalhos, conquistou inúmeros prémios, o mais recente foi o de Melhor Artista de Rap. Em breve conversa com a Carga, o rapper de 32 anos manifesta os seus sentimentos em relação aos prémios e nomeações.

The Weekend. Ligaduras no rosto ” é o reflexo sobre a cultura absurda das celebridades de Hollywood”

há 12 meses

Taylor Swift volta a liderar top de álbuns

há 1 ano
Pela terceira semana, não consecutiva, Taylor Swift voltou a encabeçar o top de álbuns dos EUA. Foram vendidas mais 56 mil cópias do trabalho, sendo 16 mil nos formatos tradicionais. “Whole Lotta Red” de Playboi Carti que, há sete dias, estava no topo, caiu para a quinta posição.

T-Pain lamenta que músicos recebam só 12% dos USD 17 bilhões dos lucros das produtoras

há 5 meses
O músico considera absurdo o facto de parte dos lucros provenientes da música ficar com as gravadoras e aponta solução para acabar com isso, referindo que no ano passado as produtoras tiveram 17 bilhões de dólares de lucro, mas apenas 12% deste valor ficou para os músicos.

Denzel Washington é eleito o melhor actor do século XXI

há 1 ano
O prestigiado diário norte-americano The New York Times elegeu Denzel Washington como o melhor actor do século. O actor de 65 anos está acima dos 25 outros da lista, posicionando-se em primeiro lugar.

Sony contrata realizador angolano para fazer versão de Homem Aranha para Playstation

há 1 ano
A multinacional Sony contratou um angolano para produzir a versão do Homem Aranha para a PlayStation 5. Trata-se do realizador João, responsável pela produtora Kamba Films.

Galeria Tamar Golan abre portas à `Eclosão´ da visão crítica de Leandro Marques

há 10 meses
Isenta de um tema condutor, a mostra, `Eclosão´, coloca o dedo na ferida de uma multiplicidade de assuntos, questionando desde a masculinidade tóxica aos padrões de beleza impostos pela sociedade.

44 anos depois governo entrega certidões de óbito de Artur Nunes e David Zé

há 8 meses
Esta semana, o governo angolano decidiu entregar às suas famílias certidões de óbito, entretanto, os restos mortais dos artistas estão ainda por se identificar.

AFRIMA: Dj Impossible é o único artista dos PALOP a concorrer como Melhor DJ Africano

há 3 meses
Agenciado pela Cloe Management, DJ Impossible está ciente de que tem pela frente uma difícil missão, mão não Impossible. O artista vai procurar manter a honra conquistada em 2019 por Man Renas, porém tudo está a depender da votação dos angolanos, seja em que parte estiver.

Onde te enquadras senhor “músico”?

há 2 anos