Artistas plásticos da nova geração recriam trabalho de Ruy Duarte de Carvalho

O Laboratório de Crítica e Curadoria e a Galeria Movart apresentam no próximo dia 25 do corrente, em Luanda, uma exposição colectiva inspirada na obra “Como Se O Mundo Não Tivesse Leste”, de Ruy Duarte de Carvalho.

Denominada “Como se o mundo não tivesse demarcação”, do livro com título Como Se o Mundo Não Tivesse Leste”, a amostra reúne uma série de pinturas, fotografias, instalações e esculturas baseadas na obra do escritor, cineasta e antropólogo angolano Ruy Duarte de Carvalho.

De oito artistas da nova geração, entre eles Mwamby Wassaki, Denise Luís, Imani Silva, Nefwani Junior, Benigno Tengo, Ainid Clélia, Uolofe e Eliane Lima os trabalhos estarão disponíveis a partir das 18 horas, na Galeria Movart, Marginal de Luanda, podendo ser visitada das 10 às 18 horas, até 18 de Dezembro.

Artistas plásticos da nova geração recriam trabalho de Ruy Duarte de Carvalho

A exposição traz uma análise sobre o princípio da alteridade em contraste com a centralização e as diversas formas exclusão e anulação do outro, olhando para a ideia de “disciplinarização do corpo”, no pensamento de Michel Foucault, que geram demarcações funcionais capazes de criar estruturas rígidas nas relações humanas, além de explorar como se ocasionam contextos de submissão e controle. 

Quanto ao Laboratório de Crítica e Curadoria é uma plataforma de partilha, pesquisa e experimentação em curadoria e crítica de arte, com enfoque em criar um sistema de pensamento e reflexão no espaço artística angolano. A mesma vem desenvolvendo diferentes projectos no campo da arte contemporânea angolana, desde exposições, debates, livros a residências artísticas.

as cargas mais recentes

Prodígio acaba com o “jogo” Pro Evolution e fãs reagem

há 2 anos
Intitulada Pro Evolution3, a última mixtape da saga lançada em 2015 contém nove faixas musicais das quais Fell Me, Negócio de Sentimentos e Minha Dor, que estão a receber “mar de elogios” dos fãs.

Morreu “Kota 50”, pioneiro do foto-jornalismo angolano

há 2 anos
Paulino Damião “Kota 50” é conhecido como a lenda do foto-jornalismo em Angola. Começou a fotografar nos anos 60 e, já capturou peripécias da batalha do início da luta armada, em 1961. O fotógrafo morreu esta quarta-feira, em Luanda, por doença.

Dino Cross rende tributo a Bang no seu primeiro ano post mortem

há 1 ano
O anúncio sobre a morte de Bang, foi feito na fatídica manhã de segunda-feira, no passado dia 11 de Janeiro de 2021. Este ano, Dino Cross, na qualidade de amigo e profissional da cultura, usou o podcast `Mambos HIPHOP da Banda´ memorou a obra e vida daquele que ainda hoje, é considerado um dos “gigantes” do entretenimento moçambicano.

Selecção júnior feminina de andebol sagra-se campeã africana

há 11 meses
Dias depois de apurar-se para o Campeonato do Mundo da categoria, a selecção júnior feminina de andebol sagrou-se, ontem, campeã africana da modalidade ao vencer a sua congénere do Egipto, em Conacri.

Show do Mês “traz” clássicos angolanos em orquestra

há 3 anos

16 anos de “Artes ao Vivo”

há 3 anos
A efeméride é marcada com uma exposição online que imprime a historiográfica do projecto, bem como um debate entre Lukenny Bamba e Kool Klever, cujo tema será a “Existência, persistência e a criação do Artes ao Vivo”, amanhã, a partir das 14 horas no Eclético FM.

NGA disponibiliza hoje três novos projectos musicais

há 2 anos
Constituído por “Só Se Vive Uma Vez”, “Por Nós” e P’ra Nós”, o triplo lançado nas celebrações do 38.° aniversário do artista angolano radicado na Linha de Sintra representa a consistência lírica do vasto registo fonográfico, onde se destacam “Filho Das Ruas”, “King”, “Filho Das Ruas 2.

Elias Miguel: “Diferente do gospel, há muitos cantores na nossa praça com problemas de base”

há 1 ano
Para quem percebe de música e conhece Elias Miguel não terá a menor dúvida de que o artista merece todo o respeito na música angolana, principalmente no estilo gospel. É ele o autor do popularizado tema “Tua Palavra”, disponível nas plataformas digitais.

Acossados pelo Covid-19, músicos pretendem mais rendimentos nos royalties

há 3 anos
A pandemia Covid-19 está a ter consequências nefastas para qualquer negócio que implique aglomerado de pessoas. A indústria da música ao vivo é uma das maiores vítimas deste isolamento social que o contágio do coronavírus obriga.

Nicki Minaj se torna a primeira rapper a atingir 10 biliões de visualizações no Spotify

há 3 anos
A cantora norte-americana conseguiu um feito inédito ao atingir 10 mil milhões de visualizações no Spotify, tornando-se na primeira rapper da história a conseguir a marca na plataforma de streamings.

Artistas começam a receber rendimentos autorais da RNA, TPA e Zap Viva

há 2 anos
Em nota a Sadia expressou o seu contentamento pela demonstração do comprometimento destas emissoras, com o desenvolvimento da indústria musical e criativa, respeitando a lei do Estado Angolano e actividade de todos os criadores de obras artísticas nacionais e internacionais.

Nas revela sentir-se honrado pelo beef que teve com Jay-Z

há 2 anos

“É o beatmaker, e não o cantor, que mais deve ganhar pelo hit”, assim diz a lei

há 2 anos
De acordo com a lei, o beatmaker é o primeiro titular da obra, por isso deve sempre ficar com 50% de todo o rendimento que vier da sua produção musical, ou seja, mesmo quando a música for interpretada pelo num espectáculo, tv, plataforma de streaming, etc., enquanto ao intérprete cabe apenas 20%.

Preto Show: “Anselmo Ralph é o maior artista angolano de todos os tempos”

há 2 anos
Preto Show atribui nota negativa ao ano 2020 e diz não fazer sentido, neste momento, proibirem -se espectáculos, uma vez que escolas, igrejas e mercados andam abertos. O músico pede a intervenção do Presidente da República na questão dos shows, porque, lamenta, há colegas seus a passearem fome.

Academia dos Óscares aceita pedido de demissão de Will Smith, mas avisa que inquérito vai continuar

há 10 meses
O actor de 53 anos demitiu-se, ontem, da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas cinco dias depois dos escandâlo provocado pela bofetada que deu ao também actor e comediante Chris Rock.

Disco que John Lennon assinou para seu próprio assassino vai a leilão

há 2 anos
Uma cópia do LP Double Fantasy , lançada em 1980 por John Lennon , vai a leilão por um valor inicial de 2 milhões de dólares. O disco, com autógrafo do ex-Beatle, pertencia a Mark David Chapman, que se encontra a cumprir prisão perpétua.