Atrás dos holofotes L´Edge desenha carreira de sucesso

L´Edge canta Rap é conhecido por transportar nos versos os desejos e aspirações da juventude. Está neste momento em estúdio a cozinhar a sua primeira obra oficial, que será publicada já no próximo mês. O jovem de 27 anos é daqueles que, em nome da arte, tiveram de abdicar-se de tudo para seguir o sonho de se tornar numa das maiores referências do Hip Hop e deixa as primeiras impressões de uma carreira que teve como fonte de inspiração Abdiel, Xtremo Signo, Valete, Travis Scot, Drake e Eminem.

Em que momento a música começa a ganhar espaço na sua vida?

Há três ou quatro anos. Digo há três ou quatro anos, porque foi o momento em que a música começou a ganhar muito mais espaço na minha vida, antes disso já cantava.

Como é que se define artisticamente?

Sinceramente, acho que não tenho muito a dizer acerca. Não costumo a fazer self analysis da minha personalidade artística. Mas, me colocando na 3.ª pessoa, diria que L’Edge é um artista de quem nunca se sabe ao certo o que esperar; é um personagem que ganhou vida e agora existe, mas ainda é uma incógnita.

Como é que está a ser o início da carreira?

Está a ser fixe! Tive a sorte de começar a minha carreira profissional com uma equipa que se tem mostrado muito competente, a MP3 Lab. Temos obtido feedback positivo de todos o que consomem o meu produto. Tudo indica que pode haver uma explosão a qualquer instante

Atrás dos holofotes L´Edge desenha carreira de sucesso

Quer nos fazer entender este está fixe?

Porque já produzi uma mixtape, dois EPs e um álbum digital… Ou talvez mais, já fiz lançamentos que já nem consigo me lembrar.

Que assuntos normalmente explora nos seus temas?

Canto sobre tudo. Atendendo o meu estado de espírito, falo sobre lifestyle, trago temas sobre Deus, relações amorosas, problemas sociais, enfim.

O que preparou para este ano?

Estou prestes a apresentar o segundo EP com o selo da produtora. O primeiro foi o EP W4MT (Waiting 4 My Time) este será ”Legião II” previsto para dia 7 de Setembro.

De que é feito o Legião II?

Este EP é feito de “Rap duro”, R&B, Dance Hall e pode surgir mais qualquer coisa dado ao facto de que o projecto ainda não está 100% concluído. Já temos a participação de Vanda Mãe Grande e, provavelmente, também teremos o Xtremo Signo.

Qual é o seu diferencial?

Atrás dos holofotes L´Edge desenha carreira de sucesso

Trago uma musicalidade abstrata e canto principalmente para os jovens da minha faixa etária. Eu não tenho pretensão de ser visto apenas como um rapper. Sou artista. É desta forma que eu quero que as pessoas me classifiquem. Porque a minha música é mais sentimento que técnica, e os da minha faixa etária são os que melhor poderão entender os meus feelings.

Como nasce a decisão de cantar profissionalmente?

Se existe um Chris Brown, um Anselmo Ralph, e tantos outros, pode também existir um L’Edge. Tive outros ofícios, mas isso é o que faço melhor, então é justo que seja nisso que eu queira singrar.

O que pretende com a música? 

Alcançar o mais alto nível possível. Vou até onde ela me levar, mas espero que isso inclua conhecer outros países, conhecer pessoalmente os músicos que admiro e proporcionar à minha família tudo o que ela ainda não teve.

Depois do Legião II, qual será o próximo passo?

Não sei, ainda não sentamos para falar acerca disso, mas de certeza que sairá alguma coisa, porque eu estou sempre a trabalhar.

Sabe que o mercado está cada vez mais pequeno. Dia após dia surgem artistas, que vão ocupando o pouco público que há.  Como fará para se impor?

Já tenho alguns fãs (risos), então vou duplicar, ou se possível triplicar a produtividade para alcançá-los a todos.

Qual é o seu maior sonho?

Tenho vários, todos grandes, mas dentre eles, se destaca o fim do racismo no mundo.

as cargas mais recentes

Burna Boy se prepara para lançar novo álbum e deixa um conselho “ao” Black Lives Matter

há 12 meses
O músico nigeriano aproveitou a crise pandemíca e gravou mais um álbum: “Twice As Tall”, que estará já disponível a 14 de Agosto. Durante uma longa entrevista, Burna desenhou o actual contexto global e deixou uma visão diferente sobre o que seria o Black Lives Matter.

Escritor Lourenço Mussango reage à decisão do INIC sobre a retirada do Prémio António Jacinto

há 7 meses
Em reacção à decisão, Lourenço Mussango afirmou que tanto o júri como o INIC não fizeram nenhuma avaliação das provas materiais para se chegar à conclusão sobre quem plagiou quem.

Prodígio e Gilmário Vemba juntam-se a Benzema como embaixadores de um banco Europeu

há 9 meses
A representar os PALOP, os dois angolanos juntam-se a mais de duzentos nomes ligados à música, à moda e aos desportos vindos dos cinco continentes.

The Weeknd completa um mês em 1°lugar no Billboard Hot 100

há 1 ano
O mais recente álbum de The Weeknd, After Hours se mantém no topo da contagem pela quarta semana consecutiva, desde a sua estréia. É o primeiro álbum a alcançar quatro semanas consecutivas no 1º lugar desde que o Scorpion de Drake passou suas primeiras cinco semanas no 1º lugar em 2018.

The Flaming Lips revolucionam espectáculos em tempos de Covid

há 6 meses
A banda de rock norte-americana The Flaming Lips criou uma maneira criativa de fazer shows ao vivo no meio da pandemia, os membros da banda e a plateia dentro de bolhas espaciais protectoras.

Conheça Roger Linn, o responsável pela revolução do Hip-Hop

há 1 ano
Aos 22 anos, Roger Linn inventou o LM-1 Drum Computer, a primeira bateria eletrônica para sampler de bateria real. Depois criou o MPC, amostrador que viria revolucionar toda a história do Hip Hop.

Arlindo Cruz volta a falar após 3 anos em convalescença

há 1 ano
Após sofrer um AVC, em 2017, Arlindo Cruz ficou internado por 1 ano e 3 meses no CTI. Depois de sair do hospital, o cantor permanece em tratamento em casa, com estrutura de home care, ao lado da família. Recentemente numa live transmitida no Instagram, o filho do cantor, Arlindinho, afirmou que o pai está a superar algumas sequelas do Acidente Cardio Vascular, e já começou a formar algumas palavras.

Polícia faz buscas e apreende o equivalente a 56 milhões de Kwanzas de Nego do Borel

há 6 meses
As buscas e apreensões estão relaccionadas com a participação que Duda Reis, ex-noiva do músico brasileiro, prestou na Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) há 15 dias, alegando que Nego de Borel a teria agredido constantemente durante o relacionamento amoroso que terminou em Dezembro do ano passado.

Músicos angolanos portadores de deficiência em destaque no prémio africano de música

há 10 meses
13 músicos músicos angolanos portadores de deficiência disputam desde ontem a semi-final de uma competição artístico-cultural promovida pela Costa do Marfim, que visa descobrir talentos entre as pessoas com deficiência no continente.

Críticas forçam Cardi B a excluir a sua conta do Twitter

há 10 meses
A cantora apagou a sua conta oficial no Twitter, após ter-se dirigido de forma meio agressiva aos fãs, durante um directo no Instagram este final de semana, onde também se insurgiu contra Ariana Grande.

Festividades da Francofonia encerram amanhã em Luanda

há 4 meses
A ter lugar amanhã, as 17 horas, no Mutu Ya Kevela, o aparatoso evento vai encerrar com a apresentação de duas peças de dramaturgos francófonos.

O reencontro: músicos recordam auge da carreira

há 10 meses
Há quase 10 anos que Fedy Kalupeteka, Tivine Flay, Hélvio e Sukumula já não pisavam um palco, aliás, apenas dois deles vêm se apresentadando como cantor. Este domingo, voltaram a subir ao palco e protagonizaram três horas de emoções.

MD e MK assumem agenciamento de Preto Show e vários dj´s

há 1 ano
As produtoras MD e MK Records firmaram uma aliança para agenciamento de artistas angolanos, com destaque para os Disco Jokeys (Dj´s) mais conhecidos da nossa praça.

Reptile: “Considero-me um artista bem-sucedido e sei que muitos se revêm na minha história”

há 9 meses
No dia 27 deste mês, o rapper vai colocar mais um álbum no mercado. Intitulado I.C.O.N (Invejosos Continuam a Odiar o Nikka), a obra produzida pelo moçambicano Ell Puto e Alleny. Além de Preto Show, Rui Orlando e Tchoboli, reúne importantes artistas da nova geração.

Estão abertas as candidaturas para um diálogo intergeracional de líderes e jovens da 2ª Bienal de Luanda

há 4 semanas
A 2ª Edição da Bienal de Luanda – Fórum Pan-Africano para a Cultura da Paz, a decorrer entre os dias 4 e 8 de Outubro de 2021, tem previsto, como prelúdio, um diálogo intergeracional de líderes e jovens sobre o tema “Diversidade Cultural e Patrimonial de África e das suas Diásporas: uma fonte de conflito ou um terreno fértil para a paz?”.

Médico legista revela a verdadeira causa de morte de DMX

há 3 semanas
Até então a causa de morte do músico e actor de 50 anos, depois de vários dias internado em morte cerebral, não era oficial. Foi agora revelado que, desde que deu entrada ao hospital White Plains, de Nova York, no dia 3 de Abril, o rapper “nunca saiu do coma”.