Avanços e recuos da cultura nacional em 45 anos de Independência

A cultura é a expressão sublime da essência de  um povo manifestadas através da língua, música, dança, pintura, literatura ou teatro. Em Angola, o sector musical é o que mais cresce, seguido das artes cénicas.

Diferente dos tempos actuais, a música sempre desempenhou papel contestatário na luta contra opressão colonial, mas tinha menos impacto que a literatura, pois, foi desta que originou a primeira organização cultural angolana “Movimento dos Novos Intelectuais Angolanos”, fundado em 1948 e liderado por Viriato da Cruz e Mário António.

Tal como em outros países, em Angola, a música é a disciplina artística que mais atrai adeptos. Dados da Sadia, apontam, por exemplo, que dos 36 mil 450 artistas inscritos em três meses, mais de 90 por cento estão ligados à música, seguido pelas artes cénicas.

Passados 45 anos depois da independência, no país continuam-se as tentativas de se criar uma indústria musical, embora não se tenha dúvidas de que o sector é o que mais gera emprego. Além de músicos, cantores, compositores, dançarinos e técnicos de som, a expressa artística acolhe engenheiros, comunicólogos e relações públicas.

Sendo produto cultural, a Declaração Universal dos Direitos Humanos ( 27º), em concordância com os artigos 43º e 87º da Constituição da República, confere ao indivíduo a liberdade de criação intelectual, artística, valorização e preservação da sua identidade cultural.

Desde o seu surgimento, em 1947, com Liceu Vieira Dias, o Semba continua a ser o estilo com maior destaque seguindo-se o Kizomba, mas é o Rap o que mais atrai adeptos.

Descartável ou não, a música ainda é vista como o maior receptáculo, a principal arma de defesa dos oprimidos e a demonstração das aspirações dos angolanos.

as cargas mais recentes

Né Gonçalves: uma figura histórica da música angolana que decidiu se reinventar

há 1 ano

Angolana eleita melhor jogadora da semana nos EUA

há 1 ano

Próximo álbum encerra ciclo de Kendrick Lamar na TDE

há 10 meses
Após longo período de ausência, Kendrick Lamar recorreu ao Twitter para compartilhar um link do site oklama.com, na ilustração, uma pasta intitulada “pensamentos nus” que dava acesso a uma longa declaração, na qual ele revelou que seu próximo projecto de estúdio será o último sob alçada da Top Dawg Entertainment.

Sabia que também pode fazer parte da MasterClass de música ministrada por Alicia Keys?

há 1 ano
Alichia Keys lançou recentemente uma plataforma de streaming, em que são leccionados uma variedade de cursos ministrados por especialistas. Nas vídeo-aulas, a artista compartilha filosofias sobre como desbloquear autenticidade, empatia e vulnerabilidade.

Aaliyah chega finalmente às plataformas de streaming

há 11 meses
No mês em que completa 20 anos post mortem, o fundador da Blackground Records, Barry Hankerson, confirmou em entrevista à Billboard, que as músicas de Aaliyah estarão disponíveis nas plataformas de streaming a partir do final de Agosto.

Sabia que hoje assinala-se o Dia da Música Estranha?

há 2 anos
O Dia Internacional da Música Estranha foi criado por Patrick Grant, um músico e compositor de Nova Iorque que queria colocar as pessoas a ouvirem e a tocarem tipos de música que nunca tinham ouvido e tocado antes.

Tina Turner entra no Rock & Roll Hall of Fame pela 2ª vez

há 8 meses

Cirurgia no joelho força Drake a adiar o lançamento do novo álbum

há 1 ano
Drake anunciou que irá adiar o lançamento do seu novo álbum, “Certified Lover Boy”, previsto para este mês, pelo facto de estar a recuperar de uma cirurgia no joelho.

Joker: Joaquin Phoenix em negociações para protagonizar mais dois filmes

há 2 anos
Fontes próximas das negociações, citadas pelo britânico “Mirror”, dão conta que o actor está a negociar dois possíveis novos filmes envolvendo a personagem -e a confirmar-se será mesmo o contrato mais bem pago da carreira do actor.

Juice WRLD e Kobe Bryant juntam-se a Michael Jackson na lista das celebridades póstumas mais lucrativas

há 2 anos

Está aprovado: Break Dance será modalidade desportiva dos Jogos Olímpicos

há 2 anos
O COI, Comité Olímpico Internacional, confirmou que o Break Dance será uma das modalidades desportivas dos Jogos Olímpicos, e fará já parte das próximas Olimpíadas de 2024, em Paris.

“No Kuduro as mulheres nos dão capote”

há 2 anos
Presidente Gasolina lamentou o conformismo com que vivem os kuduristas actualmente. Este ano, o cantor está de volta com várias novidades para quebrar o “gralho”.

Escritor Lourenço Mussango reage à decisão do INIC sobre a retirada do Prémio António Jacinto

há 1 ano
Em reacção à decisão, Lourenço Mussango afirmou que tanto o júri como o INIC não fizeram nenhuma avaliação das provas materiais para se chegar à conclusão sobre quem plagiou quem.

O reencontro: músicos recordam auge da carreira

há 2 anos
Há quase 10 anos que Fedy Kalupeteka, Tivine Flay, Hélvio e Sukumula já não pisavam um palco, aliás, apenas dois deles vêm se apresentadando como cantor. Este domingo, voltaram a subir ao palco e protagonizaram três horas de emoções.

Coronavírus: Yanick prevê maus momentos para os músicos

há 2 anos
Sem “papas na língua”, falando para a Revista Carga, o rapper Yanick Ngombo “Afroman” reconheceu que se a situação do Coronavirus se prolongar os músicos vão passar maus momentos.

Decretado feriado no Senegal após vitória do CAN 2021

há 5 meses
Perante ao Senegal, doravante tudo vai passar a parecer ínfimo para uma celebração do calibre do CAN. Macky Sall, presidente do Senegal, decretou o dia após a vitória como feriado público, ou seja, um dia em que não se trabalha, mas é remunerado pelo Estado para celebrar a vitória com pompa e circunstância.