Bob Dylan decide vender todo seu catálogo de gravações à Sony Music

Com cerca de 60 anos de música, o lendário músico norte-americano do “Blues”, “Folk” e “Country” vendeu todo o catálogo de gravações à Sony Music, desde o álbum homónimo, de 1962, até ao “Rough and Rowdy Ways”,  lançado em 2020. O que quer dizer, os direitos de reprodução e distribuição passam agora à concorrente da Universal- a quem tinha vendido os direitos de autor.

O negócio foi concretizado em Julho de 2021, mas só foi anunciado ontem pela gigante da indústria musical, não revelando, no entanto, os termos financeiros do contrato. A imprensa norte-americana fala em 200 milhões de dólares.

Vencedor do Prémio Nobel da Literatura em 2016 Bob Dylan havia vendido seus direitos de autor – separados dos direitos de gravação – à Universal Music, concorrente da Sony Music, no final de 2020 por uma quantia estimada em 300 milhões de dólares.

De acordo com a Sony, o acordo, celebrado em Julho do ano passado, mas anunciado apenas este domingo, reforça uma relação de longa data com Bob Dylan, de 80 anos, que assinou em 1961 pela primeira vez com a Columbia Records, subsidiária da gigante da música.

Com a venda, os titulares dos direitos de gravação podem decidir sobre futuras reedições, enquanto os titulares dos direitos de autor ganham dividendos pela reprodução ou “streaming” de uma música, vendas de álbuns ou utilização de publicidade e filmes.

as cargas mais recentes

The weeknd divulga tracklist do seu novo álbum

há 9 meses
A ser lançado amanhã, dia 7 de Janeiro, o intitulado `Dawn FM´ comporta 14 faixas musicais e duas bónus track, e é o décimo quarto projecto do artista e traz contribuições de Jim Carrey, Tyler, The Criador, Lil Wayne, Quincy Jones e Oneohtrix Point Never. 

Morreu ‘Bang’ produtor moçambicano

há 2 anos
Morreu esta manhã (segunda-feira), vítima de doença, o empresário e produtor de eventos moçambicano Adelson Mourinho “Bang”, esposo da cantora Lizha James.

Kamy Lara entre as três melhores realizadoras de África

há 2 anos
Kamy Lara ficou classificada em 3ª lugar no Prémio Adiaha, na distinção para o melhor filme realizado por uma mulher africana no Encounters-Festival Internacional de Documentários da África do Sul.

Um ano sem Carlos Burity

há 1 ano
A primeira quinzena de Agosto de 2020, foi uma das piores semanas para a cultura nacional. Enquanto a nação ainda enxugava as lágrimas pelo passamento físico de Waldemar Bastos, acontece outro infortúnio no mundo da música, Carlos Burity veio a falecer no dia 12 de Agosto de 2020, em Luanda, também vítima de doença, aos 67 anos de idade.

Praça de Touros portuguesa será transformada em Centro Cultural

há 1 ano
Trata-se da Praça de Touros da Azaruja, a mais antiga de Portugal, que não voltará a receber espectáculos com toureiros, mas dará lugar a espectáculos culturais, após passar por requalificação completa.

Jay-Z torna-se o artista com mais indicações na história dos Grammys

há 11 meses
O rapper acumula um total de 23 troféus e é agora o mais indicado de todos os tempos na história dos Grammys, ultrapassando Quincy Jones, com quem dividia a liderança de 80 indicações duarante anos.

Madonna junta-se aos protestos nas ruas de Londres

há 2 anos
Mãe de quatro filhos de raça negra, Madonna foi às ruas num protesto contra o racismo e a violência policial em Londres. A cantora foi aplaudida pelos participantes da manifestação e chegou a abraçar algumas pessoas presentes.

Jacinto Tchipa: O ícone que partiu com um sonho

há 11 meses
A morte de Jacinto Tchipa hoje, em Luanda, aos 63 anos, por doença, deixou ainda mais empobrecida a música angolana porque, mais do que um artista, Jacinto Tchipa foi das poucas referências que a música angolana lançou nos últimos trinta anos.

Keita Mayanda: “Ao contrário do que algumas pessoas pensam, o Rap está de saúde”

há 2 anos
O músico tem um novo álbum. Intitula-se “Sete Momentos De Lucidez” e vai sair já no próximo mês. Uma obra em que apresenta suas experiências e reflexões sobre a sociedade e a existência humana.

Dino Ferraz e Bú Cherry Participam no Festival Jangu Bancada Preta África e Brasil

há 2 anos
O Festival tem como objectivo promover o intercâmbio cultural entre artistas do Brasil e de Angola, em três horas de intervenções que pretendem conectar as nossas ancestralidades.

Paulo Amaral apresenta-se na Galeria Tamar Golan com a exposição “100 Kigila”

há 5 meses
O artista angolano Paulo Amaral vai apresentar-se no próximo dia 06 de Maio de 2022, Sexta-feira, pelas 18 horas, na Galeria Tamar Golan, com “100 Kigila”, uma exposição individual que ficará patente ao público até ao dia 27 de Maio de 2022. Podendo ser visitada de Segunda a Sexta-feira, das 9h00 às 17h00, na galeria de arte contemporânea da Fundação Arte e Cultura.

Nucho: “É muito estranho não termos agências que consigam apanhar um artista do anonimato e fazê-lo crescer”

há 1 ano
“O que se vê nas nossas produtoras é que, basicamente pegam artistas que já estão feitos e que já têm fama na rua e depois apenas metem mais algum combustível. E também sinto que falta um bocado de originalidade. Acho que poderíamos ter artistas mais ousados. resumindo, acho que temos uma cultura saudável, acho que temos muito talento, mas acho que falta um bocado de coragem e abertura e limar algumas arestas para atingir o nível seguinte, como o da Nigéria ou da África do Sul, não só na gravação das músicas, mas essencialmente nos espectáculos ao vivo que proporcionamos ao nosso público, acho que os nossos espectáculos ainda deixam muito a desejar”.

ZAP passará a atribuir prémios a músicos e apresentadores

há 2 anos
Artistas e personalidades que se destacam na área de televisão passarão a ser distinguidos anualmente com prémio Globos Zap. A iniviativa é oficializada hoje com a abertura das votações e o anúncio da lista dos primeiros 12 nomeados.

Somos Angola Somos Cultura: Jomo Fortunato reitera que o Palácio de Ferro está aberto a propostas culturais

há 1 ano
Numa altura em que a ala artística insurgia-se contra as medidas restritivas face à Covid-19, o Ministro da Cultura, Turismo e Ambiente, Jomo Fortunato, afirmou em entrevista ao Jornal da Zimbo que será inaugurado o Projecto `Somos Angola Somos Cultura´, justamente para ajudar a minimizar as dificuldades do sector cultural.

Rick Ross coloca 50 Cent “entre a espada e a parede”

há 2 anos
No mês passado, 50 Cent disse, durante uma entrevista, que pretendia adaptar uma das músicas do rival Rick Ross na sua nova série de crimes Black Mafia Family. Em resposta, Ross concordou, mas com uma condição “difícil” e inesperada.

Artistas angolanos reagem à morte de Alichia Adams

há 2 anos
A notícia sobre a morte prematura e trágica da Influencer moçambicana, na madrugada de ontem, dia 8 de Novembro, deixou várias figuras do Jet 7 angolano consternadas.