Bonga, a lenda do Semba e símbolo da consciência africana, exaltado pela imprensa internacional

Uma caminhada de quase meio século, que se traduz em álbuns, espectáculos, bibliografias, viagens e com um único objectivo: despertar a consciência africana por meio do Semba, género que se vai tornando na sua própria antonomázia.

Bonga, a lenda angolana do Semba, assumiu o compromisso com a música há 48 anos, altura em que lançou o seu primeiro álbum “Angola 72”, uma obra sobre o então contexto, mas que foi mal compreendida na época, lembra o artista.

Depois disso, vieram mais 38 álbuns. O músico angolano é hoje conhecido mundialmente, não só pela sua arte, mas também como um símbolo da libertação e independência africana.

O modus vivendi de Bonga continua a suscitar e ser notícia na imprensa internacional. Na semana finda, voltou a ser manchete no EuroNews, como a lenda viva do Semba.

Do seu primeiro disco publicado em 1972, o autor descreve “Havia muita gente calada, muita gente acobardada, muita gente situada. Os situacionistas, que ganhavam algum dinheiro com a colonização, fossem eles brancos ou negros. É um disco que foi falar de todas essas coisas”. 

Registado com o nome José Adelino Barcelo de Carvalho Bonga, nasceu em 1942, em Kapari, Bengo. Antes de embarcar para a carreira musical, foi atleta e sagrou-se recordista de 400 metros pelo Benfica.

A voz da descolonização

Aos 23 anos, chegou a Portugal, mas os ideais políticos e a defesa da independência de Angola, na altura uma colónia portuguesa, forçaram-no ao exílio, nos Países Baixos.

A viver actualmente em Lisboa, Bonga tornou-se num grande sucesso em Angola, Portugal e um pouco por todo o mundo, chegando a ser homenageado em França pela contribuição que deu às artes.

Hoje, aos 78 anos, continua a produzir. “Kúdia kuetu”, lançado em Outubro último, é a sua mais recente canção, inspirada na gastronomia angolana.

as cargas mais recentes

“Músico mais querido” de Angola em 2021 será conhecido hoje

há 3 meses
Será conhecido hoje, a partir das 21 horas, o vencedor da edição 2021 do Top Dos Mais Queridos, durante uma gala, no Centro de Convenções de Talatona, em Luanda.

É oficial: Messi anuncia que vai continuar no Barcelona

há 1 ano
O astro argentino acaba de anunciar que vai continuar no clube catalão até o fim do contrato. “Eu tinha a certeza que estava livre para sair, o presidente sempre disse que no fim da temporada podia decidir sair ou ficar”.

Damásio Brothers assinam com Grupo Chiado, uma das mais respeitadas produtoras da Lusofonia

há 11 meses

Damásio Brothers lançam “Chuva em Abril” 

há 2 dias
  Ainda estamos em Janeiro mas “Chuva em Abril”, o novo tema dos irmãos Cila e Graciano Damásio, já está disponível em todas as plataformas digitais e vem acompanhado de videoclolipe.  

Monsta é o #TheBestBantumen 2020

há 1 ano
O rapper foi eleito pelo público num sistema de votações em que se alistavam 16 artistas e 16 obras, sendo que para a obra Falsos Profetas do moçambicano Djimetta ficou classificada como o Melhor Projecto de 2020.

Portugal divulga regras para realização de espectáculos

há 2 anos
Depois do anúncio da abertura dos espectáculos para 1 de Junho, o Ministério da Cultura de Portugal divulgou, esta quarta-feira, as normas que os organizadores de eventos e os titulares de salas, devem seguir, tanto em salas como ao ar livre.

Ready or not… Fugees estão de volta à ribalta

há 4 meses
Quer estejamos prontos quer não, Lauryn Hill, Wyclef Jean e Pras Michel voltarão a juntar-se para uma tour mundial que tem início em Novembro, porém, o trio fará uma aparição em concerto já amanhã na cidade de Nova York e tudo deve-se às celebrações dos 25 anos do álbum “The Score”.

Edgar Domingos relembra ‘Adoço’ que vale ouro

há 2 meses
O tema voltou à baila graças a uma publicação nostálgica do artista, que com a hashtag #éparafazerhistória, relembrou o êxito, que lhe foi atribuido em Fevereiro último, pelo facto do single ter atingido a marca de 5 mil unidades vendidas em território português.

Tina Turner despede-se da vida pública:” Não foi uma vida boa”

há 10 meses

Don Kikas com novo álbum a caminho

há 2 anos
Nos próximos dias, o artista quer levar alegria aos fãs através de um concerto ao vivo e em directo nas suas redes sociais online.

Drunk Master quebra o silêncio e mostra a sua “Espécie”

há 1 ano
A faixa que já havia sido lançada, é agora apresentada com uma nova roupagem, em que Drunk expressa em dois minutos, num beat que o caracteriza, o que sente e percebe da “espécie em que se enquadra enquanto pessoa”.

Nerú Americano fala sobre como será a sua actuação no Afro Nation

há 1 ano
Em reacção à sua participação na terceira edição do Afro Nation Portugal, onde também estarão Chris Brown, Rick Ross, Burna Boy e Davido, Nerú Americano confessou estar a viver um momento ímpar na sua carreira, por isso, promete levar um repertório, com coreografia nunca exprimentada.

Chetekela: Uma voz que se prepara para voltar a encantar Angola

há 6 meses
Mais do que reivindicar o seu estatuto na música angolana, Chetekela surge com um novo álbum para dizer que tem também merece uma palavra na música, sobretudo nos estilos Txianda, Rumba, Afro Ngola, Sukusse e RnB.

Lil Wayne reclama após ser excluído da lista dos convidados aos Grammy: “Não sou digno?”

há 1 ano
Apesar de estar nomeado à categoria de “Melhor Gravação”, o artista queixou-se, ontem, sobre as razões que levam a Academia a não o incluir, com frequência, e convidá-lo para o espectáculo de apresentação do prémio.

Novo single do Leo Príncipe já está disponível nas plataformas de streaming e YouTube

há 5 meses
Em 2021 está de regresso com o single “ As Bocas Só Falam”, um tema sobre o amor e a confiança plena de um casal

Sérgio Fernandes lança obra literária sobre o contexto político, económico e social do país

há 3 meses
O livro já está disponível para pré-venda e o lançamento oficial acontece na próxima quarta-feira, 10 de Novembro, na Praça da Unidade Africa, em Luanda. Na obra literária, o autor apresenta o impacto psicológico das transformações económicas, sociais e políticas, ao mesmo tempo que desenha o desespero das pessoas em relação a estas mudanças.