Cantor de Afrobeat lidera intenções de voto nas eleições presidenciais do Uganda

Quando o actual chefe de estado chegou ao poder, o cantor de Afrobeat tinha 4 anos, agora Bobi Wine se tornou na maior ameaça do presidente Yoweri Museveni, de 75 anos, por ser fortemente apoiado pelos jovens, que constituem a maior franja daquele país.

Os eleitores foram às urnas hoje, depois de um clima tenso-redes sociais do WhatsApp, Twitter e Facebook bloqueadas e a Internet inoperacional por dois dias.

No meio deste ambiente todo, o músico ugandês de 38 anos tentará encerrar, através das eleições, o reinado do presidente Museveni, que desde 1986 lidera o país.

Como estrela da música pop local e de países vizinhos, Bobi decolou no início da década, com músicas de sarcasmo, crítica e denúncia públicas. Dedica-se ao Afrobeat, misturado de Rap, Reggae e Jazz. Basta recordar o hit “Filthy Rich” (podre de rico), em que satiriza a elite do seu país.

O auge do estrelato veio em 2016, com o convite para compor uma música para a trilha de “Rainha de Katwe”, produção da Disney sobre uma jovem pobre de Uganda que se torna campeã de xadrez, com a actriz Lupita Nyongo no elenco.

Sempre de boina vermelha, que declara ser um símbolo de resistência inspirado em Che Guevara e revolucionários africanos, Bobi lançou-se como candidato a presidente do país da África central, à frente do movimento People Power (força do povo).

É caloiro na política. No Parlamento do Uganda, onde é deputado desde 2017, Bobi Wine é Robert Kyagulanyi Ssentamu. Mas na política utiliza o seu nome artístico. Converteu-se para activista político, deputado independente (sem filiação partidária) e presidenciável.

Wine vê-se como líder de um movimento da juventude ugandesa contra uma “cleptocracia”. “O regime de Museveni é corrupto e dilapidou os cofres públicos. Não há império da lei, não há democracia e não há respeito aos direitos humanos”, afirma o cantor.

Sua campanha atraiu várias multidões formadas sobretudo por jovens, que fazem os 50%, da população desempregada e sub-empregada.

as cargas mais recentes

Constelações apresenta “cantar Manguxi”

há 2 anos
O programa “Constelações”, da RNA, efectuou sexta-feira uma edição especial, onde homenageou o primeiro presidente de Angola, Agostinho Neto, e apresentou a exposição em comemoração ao aniversário da estação radiofónica.

Taylor Swift cancela toda a digressão pela Europa

há 2 anos

Jay-Z liga para governador de Minnesota a exigir justiça

há 2 anos
Muitos rappers participaram de protestos em várias partes dos Estados Unidos da América a exigir justiça pela morte de George Floyd. Os que não puderam, contribuíram para o Freedom Funds, que fornece dinheiro sob fiança para os presos manifestantes.

Afinal, Miguel Neto só criou o Plogiomoto para denegrir a imagem da Army Squad

há 2 meses

The Heart Part 5: Kendrick Lamar disponibiliza o primeiro single do seu novo álbum “Mr. Morale & The Big Steppers”

há 5 meses
“The heart part 5” é o primeiro single do novo álbum de Kendrick Lamar que estará disponível a partir desta sexta-feira, dia 13. Como o título indica, The Heart Part 5 é a quinta parte de uma “saga” que teve início em 2009 com o projecto “K. Dot Drops”. The Heart costuma espelhar a visão do rapper, de como é ser negro nos Estados Unidos.

Dr. Dre torna-se personagem da nova versão do jogo da GTA 5

há 2 anos
O lendário produtor será uma das personagens do GTA V, cuja actualização foi lançada ontem e apelidada de The Cayo Perico Heist, com várias novidades, como é o caso da ilha exótica, que abriga El Rubio, o traficante de drogas mais famoso do mundo.

Cinema no sete e meio “migra” para o digital

há 2 anos
Hoje na tertúlia sobre cinema, Miguel Hurst e Orlando Sérgio conversam com Dorivaldo Fernandes Cortez, Ery Claver e Mawete Paciência e vão discorrer sobre o tema “Novas tendências do cinema em Angola”.

Rappers angolanos serão eternizados no projecto ‘Ficheiros 2 Contra 1’

há 2 anos
Doravante, os rappers de todo o país passarão a estabelecer intercâmbio artístico, de modos a romper a barreira dos estigmas, preconceitos e dinamizar o movimento Hip Hop.

Do Brasil para Angola, Jéssica Areia traz novo disco

há 1 ano
A cantora angolana, a residir no Brasil, Jéssica Areias apresenta no dia 23 de Abril o seu segundo álbum discográfico, intitulado “Matura”, em todas as plataformas digitais.

Tribunal obriga Valete a fazer pedido de desculpas públicas

há 1 ano
Para evitar que fosse julgado, Keidje Torres Lima, artisticamente conhecido por Valete, recorreu esta semana às redes sociais para partilhar publicamente um pedido de desculpas ao casal que ameaçou em 2019, na sequência da polémica canção “BFF”.

Nova Energia distingue “Doutores” da música

há 2 anos
Os músicos Joãozinho Morgado (Percussão), Boto Trindade (Guitarra) e Teddy Nsingui (Guitarra) foram homenageados sábado, no encerramento da sétima temporada do Show do Mês.

DJ Ngunza apresenta-se ao mercado internacional com o single “Meu DJ”

há 2 anos
O tema “Meu DJ” marca o início de uma nova etapa para a carreira de DJ Ngunza. Já disponível nas plataformas digitais, “Meu DJ” é assim a prova do empenho e dedicação de Ngunza, procurando ser bem sucedido musicalmente, quer como produtor como Dj.

Em dia de aniversário Nankhova brinda os fãs com novo videoclip

há 1 ano

Covid-19: Matias Damásio volta a testar positivo e vê cancelado seu show de fim de ano

há 9 meses
O músico Matias Damásio voltou a testar positivo à Covid-19 e vê, assim, o seu espectáculo de fim de ano que aconteceria na Foz de Figueira, em Portugal, cancelado. 

Já está disponível a obra “Ressurreição” de Helena Dias

há 2 anos

Justin Bieber: “Eu amava a música, mas deixei-me levar pelo ego e o poder”

há 2 anos
Justin Bieber partilhou uma mensagem com os fãs no Instagram, falando sobre as “inseguranças e frustrações” que o afectaram quando era adolescente, reconhecendo que deixou-se levar pelo ego.