Cantora norte-americana Aisia Casanova celebra Independência dos EUA com concerto em Luanda

A multifacetada artista e compositora Aisia Casanova abriu as celebrações do 246.° aniversário da Independência dos Estados Unidos, na última terça-feira, 4 de Julho, interpretando o hino do seu país.

Proveniente do Texas, Aisia Casanova estabeleceu novas parcerias em Angola com artistas como Toty Sam’ed, Gari Sinedima. O projecto será anunciado brevemente e reúne também os produtores Afro Warriors e Djs Paulo e Ricardo Alves.

Residente em Luanda há dez anos, Aisia destaca-se nas suas composições pelo elevado sentido amoroso e espiritual. No seu LP “Twin Flame Love” lançado no ano passado, dedicou uma canção a Angola. Intitulada “Ombembwa Ocisola”, a paz é amor, do Umbundu, o tema é uma homenagem a Independência de Angola e conta com participação de Gari Sinedima.

Mas, é com “Push and Pull’ que Aisia se tem destacado. A música foi colocada na lista de reprodução em estações de rádio na África do Sul (2019).

Fundadora da produtora e estúdio “ooJah Productions” em Luanda, Aisia é agenciada em Angola pela Move Entertainment. Durante o evento de 4 de Julho, organizado pela Embaixada dos Estados Unidos em Angola, a artista voltou a encantar os convidados, entre os quais artistas, actores, empresários e intelectuais.

Este ano com o mote “Parceiros para o Progresso”, a celebração da Indepência dos EUA foi a primeira, em dois anos, do Embaixador Tulinabo S. Mushingi e marca os 246 anos da Declaração de Independência dos EUA, ou seja, da separação dos territórios do actual EUA dos britânicos.

as cargas mais recentes

Era de Snoop Dogg na Death Row não contará com icónicos álbuns de 2Pac e Dr. Dre

há 6 meses
Passadas mais de duas semanas depois de anunciar a aquisição da Death Row Records, Snoop Dogg continua a negociar o catálogo da gravadora com a MNRK Music e Blackstone.

Djavan revela em entrevista que está acometido com uma doença de fórum neurológico

há 3 dias

50 Cent diz que Eminem é o melhor rapper do mundo

há 2 anos
Eminem contribuiu para a formação artística e ajudou a apresentar Fifty ao mundo. Foi assim que o líder da G-UNIT se tornou no rapper que conhecemos hoje. Aliás, seu repertório, incluindo álbuns, projectos de televisão e empresariais têm confirmado isso.

Começa hoje a contagem decrescente para a final do Estrelas ao Palco

há 1 ano
Faltam apenas três galas, para conhecermos o vencedor da 3ª temporada do Estrelas ao Palco, o maior concurso de imitação musical, de Angola.

Tampa de uma das jantes do carro em que foi baleado B.I.G vai a leião

há 1 ano

House of Gucci: Lady Gaga interpreta Patrizia Reggiani ex-esposa e mandante do assassinato de Maurizio Gucci

há 10 meses
Lady Gaga que já havia afirmado que pretende se consolidar na sétima arte, foi, três anos depois de ganhar um Óscar, a escolhida a dedo para estar no principal papel do drama policial, de Ridley Scott.

Adriano Tchitacumula: “Estrelas ao Palco é apenas um concurso, a verdadeira demonstração do meu talento começa agora”

há 1 ano

Banda vencedora do Festival Eurovisão da Canção 2021 está a ser investigada

há 1 ano
O grupo italiano Måneskin está a ser investigado por suspeito uso de drogas em palco e, apesar de já ter categoricamente rejeitado as alegações, o seu vocalista será submetido a testes de despistagem, caso se confirme a suspeita, o prémio pode vir a ser anulado.

Chadwick Boseman: Após quatro anos, “astro” de Pantera Negra perde a batalha contra cancro no cólon

há 2 anos
Chadwick Boseman morreu na noite passada aos 43 anos, na companhia da família em casa. A notícia foi dada no Twitter oficial do actor.

Colectivo Mulheres d’Palavras estreia ‘Loucas na Maternidade’

há 5 meses
O espectáculo busca na sua narrativa apresentar questões sobre género e saúde materno infantil de qualidade e seus efeitos nas unidades hospitalares num contexto factual em que a mortalidade infantil, gravidez na adolescência, fuga à paternidade, abuso sexual, economia desfavorável são algumas das preocupações apresentadas pelo colectivo.

Actor angolano dá a “cara” na Globo

há 2 anos
O actor angolano Hoji Fortuna é uma das personagens da nova novela da Globo, intitulada “Nos tempos do imperador”, onde contracena com Selton Mello. A nova novela da Globo, das 18h00, retrata o Brasil nos anos 1800 e sua politica monárquica, dando continuidade a novela “Novo Mundo”, exibida em 2017.

NBA retira cannabis da lista de substâncias proibidas

há 2 anos
Os exames antidoping na principal liga de basquete do mundo continuam, mas sem procurar cannabis, a notícia foi dada pela própria NBA no passado dia 10, indicando que a mesma deixa assim de ser uma substância proibida passível de punição.

Dj Mandas: “Eu represento e protejo a minha cultura”

há 2 anos

The Game pede batalha the hits com 50 Cent

há 2 anos
Desde os primeiros meses de emissão, Verzuz é, para muitas estrelas, uma boa alternativa para contrapor os encontros com seus fãs, impedidos devido o Covid-19. Depois de vários pedidos, The Game disse que está preparado para um frente a frente com 50 Cent.

Nucho: “É muito estranho não termos agências que consigam apanhar um artista do anonimato e fazê-lo crescer”

há 1 ano
“O que se vê nas nossas produtoras é que, basicamente pegam artistas que já estão feitos e que já têm fama na rua e depois apenas metem mais algum combustível. E também sinto que falta um bocado de originalidade. Acho que poderíamos ter artistas mais ousados. resumindo, acho que temos uma cultura saudável, acho que temos muito talento, mas acho que falta um bocado de coragem e abertura e limar algumas arestas para atingir o nível seguinte, como o da Nigéria ou da África do Sul, não só na gravação das músicas, mas essencialmente nos espectáculos ao vivo que proporcionamos ao nosso público, acho que os nossos espectáculos ainda deixam muito a desejar”.

UNAC quer aumentar espaços culturais no país

há 2 anos
Segundo o presidente da referida instituição de utilidade pública, José Fernandes, o aproveitamento dos espaços é a prioridade da UNAC, para ajudar a impulsionar o sector artístico, realçando que um melhor aproveitamento dos recintos culturais poderá garantir aos artistas, profissionais e amadores, mais espaços e oportunidades para apresentarem os seus trabalhos.