Cantora norte-americana recusa ser homenageada com uma estátua no Capitólio

Milhares de pessoas apoiaram um projecto de lei para imortalizar Dolly Parton com uma estátua no Capitólio, Tennessee- sua terra natal, mas a cantora country americana recusou.

“Estou honrada com intenção, mas pedi aos líderes do legislativo estadual que retirassem o projecto de todas as considerações”, escreveu Parton nas redes sociais.

“Com tudo que está a acontecer no mundo, não acho apropriado me colocar em um pedestal agora”, disse a cantora de 75 anos.

“Espero, no entanto, que mais tarde, dentro de vários anos, ou talvez quando eu partir, se ainda acharem que eu mereço, então estou certa de que me sentirei orgulhosa em nosso grande Capitólio estadual como uma grata nativa do Tennessee”, acrescentou.

Parton, que sempre lutou para manter a política fora de sua vida pública, anunciou recentemente que rejeitou duas vezes a medalha presidencial da liberdade oferecida pelo ex-presidente Donald Trump.

A autora de clássicos como “I Will Always Love You” e o hino da mulher trabalhadora “9 to 5” disse que Biden também mencionou uma condecoração. “Não trabalho para esses prêmios”, disse ela.

Mais de 25 mil pessoas assinaram uma petição online para substituir as polémicas estátuas dos Confederados no terreno do Capitólio em Nashville por uma representação de Parton, conforme proposto por um legislador estadual no mês passado.

Reverenciada por fãs de diferentes origens, Parton, uma filantropa de longa data, recentemente doou um milhão de dólares para a Universidade Vanderbilt.

as cargas mais recentes

Bienal de São Paulo adiada para 2021

há 1 ano
Criada em 1951, o evento é considerado o mais importante do calendário das artes plásticas do Brasil e acolhe anualmente artistas de diferentes partes do mundo. A organização decidiu adiar o certame para 2021.

Já está: Cleyton M entra na lista dos artistas mais ouvidos em Portugal

há 1 mês
Em todos os géneros musicais em Portugal, o jovem artista angolano ocupa, a 40° posição entre os 200 músicos mais ouvidos naquele país europeu, de acordo com um relatório do ITunes.

Fim-de-semana farto: Kid Cudi quebra o silêncio de 10 anos e Taylor Swift retorna após 5 meses

há 9 meses
Kid Cudi acaba de lançar o último álbum da trilogia `Man on the Moon´, enquanto que Taylor Swift apanhou todos de surpresa com um “ábum-irmão” de Folklore, lançado há cinco meses, ambos projectados para ocupar os primeiros lugares da Billboard.

Pirline Enter. anuncia primeiro projecto oficial do rapper Samuel Clássico

há 12 meses
Quando se trata de New School, Samuel Clássico é um nome que não deve faltar. Sua forma de cantar continua a atrair públicos. Já lançou vários projectos, incluindo com a TRX Music e Mobbers, só que desta vez é o seu primeiro oficial sob o selo da Piriline Enter..

Produtor Algo 10Conhecido rende tributo a Teta Lando e Franco em novo álbum

há 2 meses
O álbum contém versões de dois grandes sucessos nacionais e internacionais intemporais, nomeadamente: “Mario” do congolês Franco, na versão amapiano e “Quimbemba” de Teta Lando, no estilo afro-house.

Rappers angolanos em destaque na revista científica brasileira

há 8 meses
A renomada revista científica brasileira de ciências humanas “Convergência Crítica” decidiu destacar na sua primeira edição Kid MC, MCK, Kamessu e Flagelo Urbano.

Yci Walter: Uma nova proposta musical para 2021

há 8 meses
Yci Walter canta há seis anos. Além de cantor, tem conseguido algum protagonismo como director artístico. A canção “Como Céu”, de Yola Araújo, teve o seu dedo. Já participou também em projectos com músicos como Kool Klever.

Morreu autor de Tom e Jerry

há 1 ano

Contagem decrescente para a estreia da 4ª temporada de “La Casa de Papel”

há 2 anos
Nairóbi morre? Berlim está vivo? O Professor vai perder o controle? Bastou sair o trailer da quarta temporada de “La Casa de Papel” as perguntas sobre o que acontecerá não param de ecoar na internet.

Um ano sem Carlos Burity

há 1 mês
A primeira quinzena de Agosto de 2020, foi uma das piores semanas para a cultura nacional. Enquanto a nação ainda enxugava as lágrimas pelo passamento físico de Waldemar Bastos, acontece outro infortúnio no mundo da música, Carlos Burity veio a falecer no dia 12 de Agosto de 2020, em Luanda, também vítima de doença, aos 67 anos de idade.

Michael B. Jordan é taxado como primeiro Super-Homem negro da história

há 2 meses
Aumentam cada vez mais os rumores sobre a possível estreia do actor no papel de Super-Homem, numa série da HBO Max, centrada no personagem Val-Zod: o segundo personagem a assumir o manto de Superman na era New 52 da DC.

Álbum`Rough and Rowdy Ways´ marca o retorno de Bob Dylan

há 1 ano
O músico norte-americano Bob Dylan lançou o seu 39º álbum de originais, intitulado “Rough and Rowdy Ways”, no dia 19 de Junho, tratando-se do primeiro álbum de originais desde “Tempest”, de 2012. A obra remonta para os anos 60 e é a confirmação que Bob está longe da reforma.

Em cada espectáculo o cantor ganha 200 mil Kwanzas por música. Isto compensa o investimento feito num álbum?

há 1 ano
Um cantor profissional em Angola gasta entre 500 a 1 milhão e 500 mil Kwanzas para produzir uma música. Por conseguinte, num espectáculo, o músico cobra, em média, 200 mil kwanzas por cada interpretação. Este valor dá para cobrir o investimento feito em cada música? A Carga apresenta algumas reacções de músicos, produtores e alguns dos artistas que mais gastaram com a produção.

Phil Collins enfrenta “maré de azar”

há 10 meses
Além das acusações da ex- esposa, a saúde do músico de 69 anos tem-se deteriorado, sem falar dos problemas com o álcool e da infecção viral que quase o fez perder a audição; um problema cervical e dificuldade de mobilidade que o obriga a deslocar-se com o recurso a uma bengala.

Negro Bue estreia vídeo 8 anos depois

há 1 ano
EO da produtora SO MUCH MORE RECORDS, tem agendado para o dia 5 de Abril (Domingo) a estreia do seu mais recente trabalho. Trata-se da música, Meu Senhor “Eu Vim Pedir” que tem a participação de Matias Damásio.

27 anos após o lançamento clássico, Illmatic é adicionado ao acervo da Biblioteca do Congresso americano

há 6 meses
A 14ª bibliotecária do Congresso e primeira mulher a ocupar o cargo, Carla Hayden, classificou o disco como um “tesouro digno de ser preservado eternamente na herança fonográfica da nação por causa de sua importância cultural, histórica e estética”.