Carla Moreno: “Chegou o momento de tentar voos mais altos e apostar mais em mim”

Não basta ser uma exímia intérprete, Carla Moreno é a back vocal de muitos sucessos musicais nacionais, e prova que a música está de boa saúde sempre que sobe ao palco, fazendo juz ao talento. Com uma vasta carreira musical dividida entre Portugal e Angola, Carla quer reforçar o seu posicionamento associando-se à produtora Hey Hey Heyyy Entertainment, cujo CEO é o também músico, Sarissari. E para abrir com chave de ouro, vai disponibilizar no próximo dia 22 de Maio, a música “Cadê o Amor”. Numa conversa breve e descontraída, a artista falou-nos sobre esta nova etapa e fez um balanço positivo das suas décadas de carreira.

Acaba de se associar a produtora Hey Hey Heyyy. O que podemos esperar desta parceria?
Espero que corra bem, que seja o início de uma longa e próspera relação profissional e acima de tudo que eu consiga sempre provar-lhes que a sua aposta em mim foi uma escolha acertada.

É a primeira vez que se associa a alguma produtora em Angola?
Sim, é a primeira vez que me associo a uma produtora Angola.

Estamos acostumados a ver a Carla como Back vocal de outros cantores, podemos encarar esta parceria como um reafirmar da sua carreira?
Ainda tenho alguns compromissos enquanto back vocal. Porém, apesar de ser algo que amo fazer – porque tudo o que seja cantar é a minha paixão – chegou o momento de tentar voos mais altos e apostar em mim e na minha individualidade. Faz parte do processo de evolução e de crescimento de qualquer artista.

De regresso ao seu passado, conta com 20 anos de carreira “divididos” entre Angola e Portugal. Qual é o balanço que faz destas duas décadas a dar boa música?
Sou uma privilegiada por poder fazer e viver daquilo que amo. Sempre fui feliz nesse quesito e, apesar de saber que em qualquer arte é preciso sempre uma pitada de sorte, sei também o quanto me dedico e do meu valor enquanto cantora. Daí ter tido sempre bastante trabalho e ter sido sempre requisitada, felizmente.

Foi vencedora do Festival da Canção da Rádio LAC em 2018, com a interpretação do tema “E se fora eu” de Dino Ferraz. O que este reconhecimento significou para si?
Foi o momento profissional mais marcante para mim desde que estou em Angola. Fui escolhida por um compositor e músico que admiro bastante e o resultado foi o que todos ambicionavam. É uma grande responsabilidade ter de interpretar e defender uma composição. Mas ganhar é uma responsabilidade ainda maior, pois temos de constantemente provar que merecemos essa vitória.

A música “Cadê o Amor”, foi a eleita para dar início a nova etapa… Qual é a história desta música?
Essa música também é da autoria do compositor e músico Dino Ferraz. Depois do festival, enquanto ouvia alguns trabalhos que ele fez para vários outros artistas, ouvi esse tema e fiquei apaixonada. Não tive sequer de pensar muito. Às vezes não somos nós que escolhemos as músicas, mas sim elas que nos escolhem a nós.

as cargas mais recentes

Justin Bieber exige 10 milhões de dólares por cada acusação de abuso sexual

há 1 ano
Justin Bieber processou as mulheres que, nas redes sociais, o acusaram de violência sexual. Para indemnização por cada uma das acusações de que foi alvo, o cantor quer 10 milhões de dólares.

Diálogo ancestral norteia storyteller do primeiro videoclipe de Flagelo Urbano

há 11 meses
A escolhida para a “peripécia”, foi a música intitulada `Desapego´, por sinal, a primeira promocional do álbum `Desvio Padrão´, que já se sabe que será um trabalho afrocentrado, profundo e “pluriversalista”.

Filho de Trump difunde fotografia manipulada de Ice Cube e 50 Cent

há 1 ano
Uma foto dos músicos Ice Cube e 50 Cent, com chapéus em que aparecem a apoiar Donald Trump, circulou terça-feira nas redes sociais, alimentada, em parte, pela sua redistribuição no Twitter pelo filho do candidato republicano.

Projecto “Angola 45” aguarda grande espetáculo em Lisboa com edição de um álbum

há 1 ano
O “encontro da liberdade” visa celebrar a nossa independência. Além de Bonga, participam ainda Yola Semedo, Don Kikas, Eduardo Paim, Kyaku Kyadaff, Mago de Sousa, Klaudio Hoshai, Hélvio e instrumentistas como Carlitos Xiemba, Galiano Neto, Betinho Feijó, entre outros.

Ladrões arrombam armazém de Beyoncé e levam mais de 1 milhão de dólares

há 7 meses

#TheBestBANTUMEN 2020 é eleito já este domingo

há 10 meses
Está a decorrer a votação que vai eleger o #TheBestBANTUMEN 2020, nas categorias de `Melhor Artista´e `Melhor Projecto Musical´, ambas dentro da cultura Hip Hop, entre os PALOPs e Portugal. Tal como o nome deixa adivinhar, trata-se de uma iniciativa do site generalista BANTUMEN.

A partir de agora artistas e autores angolanos já podem ganhar com Tik Tok, Spotify, Apple Music ou BoomPlay

há 5 meses
A monetização dos direitos autorais para compositores, artistas, autores e publisher angolanos resulta de um acordo rubricado no mês de Maio entre a SADIA e as respectivas plataformas digitais de streaming.

Sadia e Unison rubricam acordo de cobranças digitais na União Europeia e Reino Unido

há 4 meses
A Entidade de Gestão Colectiva Angolana e a Espanhola Unison anunciam um acordo de representação para arrecadação dos direitos digitais na Europa para o repertório de mais de 35 mil músicas confiadas por autores, artistas e editoras angolanas à SADIA.

Meduza escolhida para representar rappers angolanas no cypher do Dia Internacional da Mulher

há 8 meses

Drake lidera lista dos artistas com mais streams da última década

há 10 meses

Novo álbum de OG Vuino é “uma espécie de Negócio Fechado a solo”

há 4 meses
O álbum de estreia de OG Vuino traz uma matriz africana, com miscigenação de sons e culturas do Continente e angolana, em particular. A obra reúne participações de nomes de referências na música angolana e africana, além de Kadaff, Dji Tafinha, GM, Filho do Zua e Rui Orlando

`Shyllaira´, uma música de inspiração para todos os pais de primeira viagem

há 12 meses
Trata-se de uma música em homenagem à filha de um amigo que completa, hoje, o primeiro ano de vida.

Ministro compara Anitta com personagem de desenho animado infantil

há 6 meses
O ministro do Meio Ambiente do Brasil, Ricardo Salles, chamou esta quarta-feira, a cantora Anitta de teletubbie-personagem de um programa infantil da década de 1990, durante uma troca de farpas nas redes sociais, desafiando-a a citar as capitais do Brasil.

Indústria de fonográfica angolana já conta com entidade reguladora

há 3 meses
A AIFA- Associação da Indústria Fonográfica de Angola, surge para fazer face aos desafios da era digital, defender os interesses de produtores fonográficos e videográficos no mercado nacional.

Dupla Zeze Di Camargo e Luciano a beira do fim

há 11 meses
Os sinais aumentaram nos últimos meses após Luciano lançar carreira solo gospel.

Gestor de Davido implora aos nigerianos para que convençam o músico a não o demitir

há 3 meses
O gestor de logística pessoal de Davido, Isreal Afeare, conhecido no mundo da música como Israel DMW, pediu aos nigerianos que implorassem ao cantor para não demiti-lo após ter sido suspenso.