Carlos Morais concorre para o smach da década

O extremo do Petro de Luanda Carlos Morais está a concorrer para o smach da década, concurso que visa premiar o melhor afundanço executado por um atleta pela sua selecção, no período 2010 a 2020.

O afundanço de Carlos Morais, no concurso, é referente ao jogo frente a Moçambique, no Afrobasket de 2013.

O angolano concorre com várias figuras do basquetebol mundial, com destaque para James Harden (EUA), Giannis Atemtokounmpo (Grécia), Lucas Doncic (Eslovenia), Rudy Gobert (França) entre outros.

Vence o jogador que obter o maior número de votos. Para votar em Kamoras basta clicar no link http://www.fiba.basketball/fr/dunk-of-the-decade.

as cargas mais recentes

Ludmilla exalta pioneiras do Funk no single `Rainha da Favela´

há 6 meses
Fair Play e humildade são os adjectivos que caracterizam a cantora Ludmilla no seu mais recente single, onde além de se auto-intitular “Rainha da favela”, teve o cuidado de exaltar fankeiras que chegaram primeiro, quebraram padrões e estereótipos.

The Weekend anuncia que nunca mais vai concorrer aos Grammy Awards

há 2 meses

“No Kuduro as mulheres nos dão capote”

há 1 ano
Presidente Gasolina lamentou o conformismo com que vivem os kuduristas actualmente. Este ano, o cantor está de volta com várias novidades para quebrar o “gralho”.

Actor luso-angolano encontrado morto

há 11 meses
O actor luso-angolano Pedro Lima foi encontrado este sábado de manhã, na Praia do Abano, morto. O alerta para as autoridades foi dado pouco depois das 8 horas.

Morreu Paulo Jazz, artista plástico e co-fundador da União Nacional dos Artistas Plásticos

há 5 meses
A confirmação da morte do também desenhista foi dada hoje pelo amigo e também homem das artes, Rui Nobre Garção, que, com o malogrado, trabalhou na comissão instaladora da fundação da UNAP, União Nacional dos Artistas Plásticos.

Angolana eleita melhor jogadora da semana nos EUA

há 2 meses

Meduza escolhida para representar rappers angolanas no cypher do Dia Internacional da Mulher

há 3 meses

Rap triunfa na 1° edição do “Estrelas ao Palco Vencedores”

há 1 mês

7 de Setembro de 1996: O dia em que Tupac foi baleado e não mais voltou aos palcos

há 8 meses
apesar de existirem vários suspeitos e teorias, a polícia nunca chegou em uma conclusão oficial sobre quem teria disparado os 13 tiros contra o carro do rapper em 1996.

Nucho anuncia o álbum que lhe vai colocar no topo

há 11 meses
Nucho é um dos poucos rappers angolanos que conseguiu manter-se puro na última década. Em 2017, estreou-se com o álbum Sou[L] RAP e foi nomeado para o maior prémio da música feita em português. Depois disso, surgiram outras surpresas.

Universidade Hip Hop Angola: 10 anos a alicerçar os elementos, conceitos e fundamentos da Cultura Hip Hop

há 2 meses
Criada há uma década, mais propriamente aos 6 de Março de 2011, pelo “sexteto” Quartel d’Áfrika, oriundos da Mulemba Waxa Ngola, local onde foi enraizada a catedral do conhecimento do Hip Hop nacional.

Valete afirma que é chegado o momento do “fim da escassez do Rap frontal”

há 6 meses
O rapper lançou, esta sexta-feira, cinco músicas novas e declara que chegou a hora para o fim da escassez do Rap “consciente”. A saudade levou a que meio milhão fãs inundassem as redes sociais para ouvir o músico.

John Dolmayan: “Black Lives Matter não passa de ferramenta de propaganda política”

há 10 meses
O baterista da banda de rock System Of A Down, John Dolmayan, considera o movimento Black Lives Matter ilegítimo e que não passa de uma “ferramenta de propaganda” política do Partido Democrata.

João Lourenço felicita projecto “Live no Kubico”

há 10 meses
Durante o Live da dupla Gabriel Tchiema e Mito Gaspar, referente ao projecto “Live no Kubico”, da TPA, uma mensagem centralizou as atenções. Na sua página no twitter, o Presidente da República de Angola, João Lourenço, elogiou o projecto e felicitou os organizadores por “manterem viva a nossa cultura”.

FLASHBACK – Hip Hop VS House Music

há 1 ano

Emanuel Mendes: Tenor angolano “mistura” Massemba e Fado

há 6 meses
Com saída inicialmente prevista para o final de 2020, o disco de estreia do tenor Emanuel Mendes foi adiado para o primeiro trimestre de 2021 por conta da pandemia. Entre os temas, destaque para fusão entre o Massemba (Angola) e o Fado (Portugal).