Chilola de Almeida: “Quero fazer o Semba atingir os palcos onde os mestres sempre desejaram”

Como cantor  pode não ser muito conhecido, mas como compositor, Chilola de Almeida escreveu sucessos de músicos como Filho do Zua, Ary, Puto Português, Carlos Burty e Banda Maravilha. Este ano, o músico vai dar o primeiro grande passo da carreira e assume-se como a continuidade de Bangão.

Apesar de cantar, sei que é também compositor. Para que artistas já escreveu?
Vários. Filho do Zua, Ary, Puto Português, Edy Tussa, Carlos Burty, banda maravilha, Yuri da cunha, Maya cool, Magareth de Rosário etc.

Se tivesse que escolher entre cantar e compor, o que optava?
Compor. Sinto-me mais confortável a escrever. Compus o Jabakule, Retrato, Kassembele, Marcela, Linda Prá Xuxo e tantas que não me vêm na memória neste momento.

Em que circunstâncias começa a cultivar a veia artística?
Dei por mim já era isso desde a minha adolescência na igreja tocoísta.

Ouvindo-o a cantar tornar-se difícil diferenciá-lo de Baagão.
Dizem que temos muita coisa em comum: timbre, banga e criatividade. Deus seja louvado por isso, porque trata-se de um mestre do Semba.

Esta aproximação vocálica, já o levou a pensar que devia dar continuidade à carreira de Bangão?
Sim, ele é a minha grande influência. Sinto-me orgulhoso de ser confundido com o mestre, por outra, percebo muito sobre as línguas nacionais, é a minha outra paixão.

Está a dizer que será o próximo Bangão?
Temos muita coisa em comum.

Como é que descreve a sua carreira neste momento?
Estou apenas a começar. Virão muitas surpresas em prol do crescimento da nossa cultura musical, quero fazer  o Semba atingir os palcos onde os mestres sempre desejaram este é o meu objectivo. Quero realizar o meu sonho, porque tenho o dom de cantar. 

Estava a preparar o primeiro disco. Como ficou o processo?
Caso a pandemia passe, ainda este ano sai. Vai se chamar ‘Uiala’. É um álbum com 16 faixas musicais, algumas já conhecidas e outras inéditas. Aproveito para agradecer a Adriano Mandes de Carvalho por ter apoiado.

E como faz para promover seus projectos?
Usando as ferramentas modernas, mas com muitas dificuldades, pois uso fundos próprios. Ainda não tenho patrocínio, portanto fica um pouco difícil.

Que tipo de abordagens traz?
Trago música folclórica tradicional e contemporânea, mormente o Semba com abordagens do quotidiano e linguagem nacional, gíria e terra-terra.

Este álbum reserva algumas participações?
Sim. Teremos Matias Damásio, Pedro Cabenha e provavelmente Yuri da cunha, Edy Tussa e Kota Bonga. O álbum é uma homenagem a Bangão, mas todas as músicas são minhas.

Já tem consegue colher alguma coisa da carreira artística?
Sim, um “kassembele” básico. Sou assalariado e ainda não olho para a música como o meu ganha- pão, por isso vamos gerir.

Qual seria o limite?
Quero chegar ao infinito. Quero pisar os maiores palcos do país e o mundo, com cara nas revistas, outdoorss etc.

Para que artistas está a escrever neste momento?
Estou a escrever para Nandinho Semedo, Yuri e Ary.

Como está a reagir ao impacto da pandemia?
Cancelei o single ‘Paz nas Estradas’, que sairia no dia 4 Abril deste ano. Não tem sido fácil. Respondendo à pergunta, sobrevivo do meu salário como agente policial.

Que outros projectos participou que seja do nosso desconhecimento?Dei voz ao projecto de homenagem a Beto de Almeida  com a Bmax, a Bangão, com a Xicote Produções, ao Planeamento Familiar, com a Ti Chi-Eventos, eventos solidários e alguns gospel que já não me lembro.

as cargas mais recentes

Justin Bieber exige 10 milhões de dólares por cada acusação de abuso sexual

há 7 meses
Justin Bieber processou as mulheres que, nas redes sociais, o acusaram de violência sexual. Para indemnização por cada uma das acusações de que foi alvo, o cantor quer 10 milhões de dólares.

DJ Mandas e Karyna Gomes apelam a união na diversidade no single Human

há 1 mês

Ja Rule revela que no início da carreira quis fazer trio com JAY-Z e DMX

há 3 semanas
Ja Rule, Jay-Z e DMX tinham condições reunidas para constituírem um trio, uma ideia motivada por Irv Gotti, da Murder Inc. Entretanto, os três músicos não conseguiram materializar o desejo porque dois dos rappers não mostraram interesse.

Morreu uma das figuras do Rock nos anos 60

há 3 meses
Spencer Davis, músico britânico fundador da banda The Spencer Davis Group, um dos responsáveis por êxitos como “Gimme Some Lovin’”, e do grupo Traffic, morreu esta terça-feira, aos 81 anos, num hospital em Los Angeles.

Elástico Nandako disponibiliza o primeiro projecto musical com participação

há 8 meses
Trata-se do primeiro projecto colaborativo do cantor e dançarino, depois de se despedir dos Power Boyz. O single estará disponível, nas plataformas digitais, a parir das 19 horas de hoje e conta com a participação do seu antigo grupo.

Filme angolano estreia sexta-feira na Netflix

há 5 meses
O filme angolano “Santana” estreia esta sexta-feira (28) no canal de streaming “Netflix”, tornando-se na primeira longa angolana e segunda dos Palops, a ser exibida nesta plataforma.

Tory Lanez pede desculpas à Megan The Stallion por alvejá-la e justifica “que estava muito bêbado naquela noite”

há 4 meses
Dois meses após alvejar a rapper Megan The Stallion, Tory Lanez reaparece para desmentir que as suas músicas tiveram uma queda nos streams como consequência do sucedido, e segundo noticiou o TMZ, Lanez também teria aproveitado para pedir desculpas à Megan Rhe Stallion.

Álbum “Pra Lhes Doer Mais”, da autoria de Twenty Fingers já está disponível

há 3 meses
2020 tem sido o ano das novidades para os fãs de Twenty Fingers. Depois de ter lançado o EP Twenty Twenty, o músico moçambicano, agenciado pela Música Promo, lança o álbum há muito desejado.

Show do Mês com “vassouradas digital”

há 8 meses
Depois de Angola 70, Os Jovens do Prenda e Ary, é a vez dos Kiezos fazerem a transição do palco do Show do Mês, com público (ao vivo), para o digital.

Para além do 4, haverá “Jonh Wick 5” em 2022

há 5 meses
A saga protagonizada por Keanu Reeves, ‘John Wick’, terá dois novos filmes a partir de 2022, ou seja, contará, para além de Jonh Wick 4, com uma quinta parte, o John Wick 5, informou esta quinta-feira John Feltheimer, CEO da Lionsgate.

Snoop Dogg vai abrir liga de boxe para lutadores profissionais e músicos

há 1 mês
Denominada The Fight Club, a liga vai promover vários eventos por ano e terá Snoop Dogg como anfitrião e locutor.

Galeria MOVART participa no “African Galleries Now”

há 1 mês
A MOVART é uma das 13 galerias africanas a participar no evento African Galleries Now, exclusivamente online, resultante de uma parceria entre a African Art Galleries Association (AAGA) e a plataforma Artsy.

Novo single revela versatilidade de Beatoven

há 7 meses
O single tem uma sonoridade arrojada e mais uma vez mostra a versatilidade de Beatoven e do seu álbum, no que toca a produção, juntou EDM com alguns apontamento West Coast.

Kanye West responde: “Se não puder me candidatar em 2020, será em 2024”

há 6 meses
Em entrevista à revista Forbes, publicada hoje, o rapper diz que já não apoia Trump e criticou o Partido Democrata, revelando que o desejo de concorrer à presidência nasceu em 2015, por inspiração ao “Michael Jackson” e assinala que, se Donald Trump já não fosse o candidato do Partido Republicano, concorreria como republicano.

Agente de Chadwick Boseman revela que o actor recusou papéis de escravos

há 4 meses
O actor Chadwick Boseman tornou-se um ícone global e um símbolo inspirador do poder negro. Tudo se deu, porque o actor sempre escolheu a dedo os trabalhos com que se envolver, chegando ao ponto de negar papéis que não empoderassem a comunidade negra.

Sintoniza: Mambos Hip Hop da Banda

há 4 meses
Idealizado por Dino Cross, “Mambos Hip Hop da banda” é um podcast de entrevistas e factos relaccionados ao Rap Game. Com o suporte de Cláudio Bantu, Queen J e Dj Bráulio Mix, os arquivos do programa podem ser acedidos a qualquer momento, no Kisom.