Chilola de Almeida: “Quero fazer o Semba atingir os palcos onde os mestres sempre desejaram”

Como cantor  pode não ser muito conhecido, mas como compositor, Chilola de Almeida escreveu sucessos de músicos como Filho do Zua, Ary, Puto Português, Carlos Burty e Banda Maravilha. Este ano, o músico vai dar o primeiro grande passo da carreira e assume-se como a continuidade de Bangão.

Apesar de cantar, sei que é também compositor. Para que artistas já escreveu?
Vários. Filho do Zua, Ary, Puto Português, Edy Tussa, Carlos Burty, banda maravilha, Yuri da cunha, Maya cool, Magareth de Rosário etc.

Se tivesse que escolher entre cantar e compor, o que optava?
Compor. Sinto-me mais confortável a escrever. Compus o Jabakule, Retrato, Kassembele, Marcela, Linda Prá Xuxo e tantas que não me vêm na memória neste momento.

Em que circunstâncias começa a cultivar a veia artística?
Dei por mim já era isso desde a minha adolescência na igreja tocoísta.

Ouvindo-o a cantar tornar-se difícil diferenciá-lo de Baagão.
Dizem que temos muita coisa em comum: timbre, banga e criatividade. Deus seja louvado por isso, porque trata-se de um mestre do Semba.

Esta aproximação vocálica, já o levou a pensar que devia dar continuidade à carreira de Bangão?
Sim, ele é a minha grande influência. Sinto-me orgulhoso de ser confundido com o mestre, por outra, percebo muito sobre as línguas nacionais, é a minha outra paixão.

Está a dizer que será o próximo Bangão?
Temos muita coisa em comum.

Como é que descreve a sua carreira neste momento?
Estou apenas a começar. Virão muitas surpresas em prol do crescimento da nossa cultura musical, quero fazer  o Semba atingir os palcos onde os mestres sempre desejaram este é o meu objectivo. Quero realizar o meu sonho, porque tenho o dom de cantar. 

Estava a preparar o primeiro disco. Como ficou o processo?
Caso a pandemia passe, ainda este ano sai. Vai se chamar ‘Uiala’. É um álbum com 16 faixas musicais, algumas já conhecidas e outras inéditas. Aproveito para agradecer a Adriano Mandes de Carvalho por ter apoiado.

E como faz para promover seus projectos?
Usando as ferramentas modernas, mas com muitas dificuldades, pois uso fundos próprios. Ainda não tenho patrocínio, portanto fica um pouco difícil.

Que tipo de abordagens traz?
Trago música folclórica tradicional e contemporânea, mormente o Semba com abordagens do quotidiano e linguagem nacional, gíria e terra-terra.

Este álbum reserva algumas participações?
Sim. Teremos Matias Damásio, Pedro Cabenha e provavelmente Yuri da cunha, Edy Tussa e Kota Bonga. O álbum é uma homenagem a Bangão, mas todas as músicas são minhas.

Já tem consegue colher alguma coisa da carreira artística?
Sim, um “kassembele” básico. Sou assalariado e ainda não olho para a música como o meu ganha- pão, por isso vamos gerir.

Qual seria o limite?
Quero chegar ao infinito. Quero pisar os maiores palcos do país e o mundo, com cara nas revistas, outdoorss etc.

Para que artistas está a escrever neste momento?
Estou a escrever para Nandinho Semedo, Yuri e Ary.

Como está a reagir ao impacto da pandemia?
Cancelei o single ‘Paz nas Estradas’, que sairia no dia 4 Abril deste ano. Não tem sido fácil. Respondendo à pergunta, sobrevivo do meu salário como agente policial.

Que outros projectos participou que seja do nosso desconhecimento?Dei voz ao projecto de homenagem a Beto de Almeida  com a Bmax, a Bangão, com a Xicote Produções, ao Planeamento Familiar, com a Ti Chi-Eventos, eventos solidários e alguns gospel que já não me lembro.

as cargas mais recentes

Show do Mês apresenta último grande show de Waldemar Bastos em Angola

há 1 ano
O Show do Mês leva este sábado as emoções do último grande espectáculo de Waldemar Bastos, músico falecido na passada segunda-feira e que foi ontem a enterrar no Cemitério da Galiza, em Portugal.

Espaço online de debates discute sobre “A Criança e o ensino das Artes plásticas”

há 1 ano
O espaço online de debate FALE CONNOSCO traz à discussão nesta sexta-feira, 25 de Setembro de 2020, das 14h às 15h30, o tema “A Criança e o ensino das Artes Plásticas”, e contará com convidados de painel o professor de Artes Plásticas e artista plástico Gilberto Kapitango e a professora de Reciclagem e Decoração, Conceição Manuel, podendo ser transmitida ao vivo na página oficial de facebook da Fundação, numa iniciativa conjunta entre a Fundação Arte e Cultura, Instituto Nacional da Criança, INAC e do Unicef Angola.

Tal pai, tal filho

há 2 anos
Os caminhos de Maya Cool e Eduardo Paím estão quase sempre ligados. Não é novidade que viveram juntos durante anos em Portugal e que Paím foi o seu mentor naquele país.

Madonna multada com 1 milhão de dólares por defender comunidade LGBTQ+

há 2 anos
A cantora revelou, através das suas redes sociais, que a Rússia obrigou que pagasse 1 milhão de dólares, depois de ela ter feito um discurso de defesa dos direitos da comunidade LGBTQ+ durante um concerto em São Petersburgo.

O Semba e a coroa da discórdia

há 9 meses
O ministro da Cultura, Ambiente e Turismo, Jomo Fortunato, cometeu uma das maiores gafes do seu mandato, ao coroar o músico Eddy Tussa como príncipe do Semba, sem antes definir os critérios para o efeito.

Fugees toma de assalto o palco do Global Global Citizen

há 4 meses
Está consumado, já aconteceu a apresentação dos Fugees pela primeira vez em 15 anos, o “show secreto” decorreu no rooftop do Pier 17 em Nova York e foi uma pré-gravação para o festival Global Citizen, cuja transmissão está a ser feita desde as 19 horas, no canal de YouTube do Festival.

1º de Agosto “vende” Zito ao Cagliari de Itália

há 1 ano
O futebolista angolano Zito Luvumbo, que na temporada passada representou o 1º de Agosto, vai jogar pelo Cagliari da principal liga italiana (Calcio).

Érica Chissapa aprovada para novela portuguesa

há 12 meses
A actriz angolana Erica Chissapa fará parte do elenco da novela portuguesa “Amar demais”, da TVI.

Dançarinos de breakdance passam a contar com um novo espaço para divulgarem seus talentos

há 9 meses

Gabriel Tchiema apresenta novos projectos

há 1 ano
O músico está a preparar um novo álbum em que se esperam as participações de Rui Veloso, Salif Keita, Loko A Kanza e Edmazia Mayembe. Em conversa com a Carga, esta tarde, descreveu a obra e revelou que a mesma será antecedida de outro projecto inédito.

Estes são os artistas mais ouvidos do mundo em 2021 no Spotify

há 2 meses
Tal como faz habitualmente no final de cada ano, o Spotify disponibilizou, esta quarta-feira “Spotify Wrapped”, uma retrospectiva das músicas e artistas mais escutadas no mundo em 2021. 

Cantor brasileiro Belo é solto após pedido de habeas corpus

há 11 meses

Morreu autor de Tom e Jerry

há 2 anos

Filme ‘King Richard’ dá a Will Smith o primeiro Globo de Ouro da sua carreira

há 3 semanas

Pink 2 Toques e Bruno Samora juntos contra o Covid-19

há 2 anos
O criador do conceito FitKuduro, Bruno Samora juntou-se ao grupo de kuduro Pink 2 Toques, para enviar a sua mensagem de prevenção sobre o Corona Vírus.

Álbum “Pra Lhes Doer Mais”, da autoria de Twenty Fingers já está disponível

há 1 ano
2020 tem sido o ano das novidades para os fãs de Twenty Fingers. Depois de ter lançado o EP Twenty Twenty, o músico moçambicano, agenciado pela Música Promo, lança o álbum há muito desejado.