Conheça Os Picantes, os vencedores do Top dos mais Queridos 2021

Quando entraram para a música eram cinco e, ao longo da caminhada, um deles teve de desistir por ver-se impossibilitado em contribuir financeiramente para a manutenção do grupo.

Os Picantes não são propriamente um grupo novo. Estão na música há 15 anos, só que nunca conseguiram ter protagonismo. Sua carreira começou a assumir novos contornos em 2013. Após lançarem o single “Mambo tá torto”, o trio nunca mais voltou a ser o mesmo.

Exímios dançarinos e letristas, os cantores residem no Huambo e são um grupo em evolução, mas já têm no mercado dois álbuns, sendo que neste momento, preparam o terceiro.

Sua obra de estreia “Sonhar não é Proíbido” vendeu 500 cópias, já o segundo “Ndikwatise Ndivela” (Me Ajudam Quando Estou doente, em português) foi sucesso de vendas no Huambo.

Com lerras que versam sobre situações do quotidiano, Os Picantes cantam essencialmente em Umbundu e muitas vezes misturam o Umbundu e Português. Os temas Coronavírus, Órfão e Crise no Lar  constituem seus cartões de visita actual. Aliás, foi com este último que relegaram Paulo Flores e Yuri da Cunha, que concorriam com o tema Njila Ia Dikanga” para o segundo lugar e “Wfeko Wmue”, de Tiviné para o terceiro.

Antes eram cinco, mas um teve de abandonar o gurpo devido a questões financeiras, sempre que o grupo precisava de algumas contribuicões, ele não tinha para contribuir. E o outro passou para a área da produção”, conta Morote, um dos integrantes num vídeo nas redes sociais.

Para chegarem à fase nacional, onde conquistaram 3 milhões 348 mil e 317 votos e arrebataram a edição 2021 do Top dos Mais Queridos, Os Picantes deixaram para atrás nomes como Justino Handanga e Bessa Texeira. Por conquistar o prémio, o trio de jovens vai receber três milhões de Kwanzas.

Recorde que, para esta edição, 31, concorriam para o Top Dos Mais Queridos os músicos:

Kito Nogueira (Kuanza -Norte) , com o tema “Tá Amarrado”; Lock Brow (Bengo), com “Nzambi Yami”; Dala da Silva, (Uíge), com “Viemos de Longe”; Os Picantes (Huambo), com “Crise no Lar”; Wamy da Silva, (Zaire), com “Desejo Mortal”,; Tiviné (Benguela), com “Wfeko Wmue”; Father Black (Lunda Norte),com “Hangana nhi yami”; Flash Mukama ( K. Sul ) , com “Meu colo”; Bruno Lakass (Namibe), com “Eterno Jesus”; Mona Mina (K. Kubango), com “Kiambote”, First Line Music (Cunene), com “Blessing”; Osvaldo Nicolau (Malanje), com “Anel de Rosa”, Rei da Costa (L. Sul), com “Ngoma” e Paulo Flores e Yuri da Cunha (Luanda), com Nzila Ya Dikanza.

as cargas mais recentes

Tá a Bater Show com Gerilson Insrael acontece já neste domingo

há 2 anos
O próximo domingo, 11 de Abril, está reservado para o músico que rapidamente conquistou o País com a canção “Minha bêbada”.

Bob Dylan lança música mais longa da carreira

há 3 anos
“Murder Most Foul” (traduzida como Um Assassinato Muito Sujo) também é sua primeira nova canção em oito anos, desde o álbum Tempest de 2012.

Já é possível ter acesso ao álbum `Olokwembo´ pelas plataformas digitais

há 1 ano
A contar actualmente com a distribuição da HM Studio, o elogiado álbum está três anos depois, disponível para download e streaming. Não é propriamente a primeira aparição de `Olokwembo´ nas plataformas de streaming, mas desta vez é definitiva.

Centenário de Amália Rodrigues celebrado ao nível do seu palmarés

há 3 anos
As celebrações do centenário da diva do fado datam desde o ano passado, este ano, começaram no primeiro dia deste mês, com 100 guitarras a tocarem em uníssono para fazer juz, num espectáculo transmitido pela RTP. Mas não é tudo, dentre muitas homenagens, inéditos de fadista serão editados no dia em que se assinala o centésimo aniversário, noticiou o caderno cultural Ípslon.

Carlos Morais falha apuramento ao Mundial2022

há 1 ano
O extremo Carlos Morais é a principal baixa na selecção angolana de basquetebol sénior masculina, que vai disputar a primeira janela de qualificação ao Mundial de 2022.

Ascensão apresenta projecto “Cockt4il” em concerto diferenciado

há 1 ano
Volvidos dois meses de aparições em várias zonas periféricas e não só da cidade capital, o grupo apresenta em concerto, o resultado das várias horas de estúdio e trabalhos em conjunto, o projecto “Cockt4il”.

Dj Mandas: “Eu represento e protejo a minha cultura”

há 2 anos

Artistas plásticos realizam corrente solidária a favor de Mestre Kapela

há 2 anos
Dez artistas plásticos vão apresentar-se na Galeria Tamar Golan com “Paz e Amor”, uma exposição colectiva a inaugurar no próximo dia 7 de Novembro, num acto que decorrerá entre as 12 e as 19 horas.

Bruno Fernando é transferido para os Boston Celtic

há 2 anos
O poste angolano Bruno Fernando, que jogou pelos Atlanta Hawks nas duas últimas épocas, vai representar na próxima temporada na NBA os Boston Celtic, depois de uma troca envolvendo Tristan Thompson, Kris Dunn e Delon Wright.

Mauro Pastrana: “O projecto Alone veio para consolidar a minha posição no “game””

há 2 anos
O músico Mauro Pastrana apresentou o seu novo projecto denominado “Alone”, que conta com cinco temas, cujo segundo videoclipe será apresentado sexta-feira.

José Eduardo dos Santos fala sobre a sua formação musical “Nzaji”

há 2 anos
Quando mais novo, Eduardo dos Santos fundou e orientou os Nzaji, um dos mais respeitáveis agrupamentos musicais da clandestinidade- que ajudou a forjar a revolução, eternizando canções como ”Kaputu’, ‘Ufolo’, ‘Dituminu’, “Etu tuá anangola’ e’Monangambé’.

3ª Aniversário do Património Cultural Mundial de Mbanza Kongo é celebrado com actividades online

há 3 anos
Assinala-se a 8 de Julho de 2020 o 3.º aniversário desde a elevação do centro histórico de Mbanza Kongo, a Património Cultural Mundial. A secular cidade angolana de Mbanza Kongo, na província do Zaire, foi inscrita pelo Governo angolano como Património Cultural da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), sendo a primeira validada no país por aquela Organização.

Anselmo Ralph anuncia novo EP a ser lançado dia 12 de Março

há 2 anos
A novidade chegou com o lancamento de um novo videoclipe, correspondente à música ‘Fim do Mundo’.

João Lourenço felicita projecto “Live no Kubico”

há 3 anos
Durante o Live da dupla Gabriel Tchiema e Mito Gaspar, referente ao projecto “Live no Kubico”, da TPA, uma mensagem centralizou as atenções. Na sua página no twitter, o Presidente da República de Angola, João Lourenço, elogiou o projecto e felicitou os organizadores por “manterem viva a nossa cultura”.

Hip Hop passa a ter três novas efemérides

há 2 anos
Os Estados Unidos aprovaram uma resolução que designa um “Dia da Celebração do Hip Hop”, um “Mês de Reconhecimento do Hip Hop” e um “Mês da História do Hip Hop”.

Tampa de uma das jantes do carro em que foi baleado B.I.G vai a leião

há 2 anos