Conheça Triple Star C, o músico nigeriano que decidiu fazer carreira em Angola

O seu sucesso começou na Nigéria, pisando palcos com artistas como Davido, para além de actuar em festivais na África do Sul, Gana e RDC. Mas é em Angola que Triple Star C quer fazer a carreira e, aos poucos, vai ganhando título de promotor e representante do Afro Naija em Angola.

A aventura sempre esteve nos seus planos e pelo que tem conseguido parece que está a resultar, antes de optar por construir a carreira, já esteve no nosso país por duas vezes para estudar o mercado. Tal como os outros, Triple Star C tem conquistado seu espaço mercado angolano, actuando com nomes como MC Cabinda, e não pára de lançar novidades. O artista de 27 anos traz um naija cantado na sua língua nacional Igbo e Yoruba e também Inglês e assume-se como o representante do Afro Naija em Angola.

Como é que começa seu envolvimento com a música?
Comecei a carreira em 2011 na Nigéria, quando lancei o meu primeiro single “Balance Question”. Depois dei uma pausa. Em 2012 vim a Angola e em 2015 votei à Nigéria. Dois anos mais tarde voltei a Angola e comecei a cantar de novo.

Teve que interromper a carreira por algum tempo. Por que motivo?
Tive que parar de cantar por causa da escola e de algumas  dificuldades da língua, entre outros.

O que veio a Angola fazer?
Primeiro vim visitar o meu irmão que vive cá já há um bom tempo. Mas agora estou cá mesmo para a música.

Que estilo de música canta e quantas canções já cá gravou?
Faço vários estilos de matriz africana, com destaque para o Afro Naija, que é o que mais me identifica. São mais de 20 músicas gravadas em Angola.

O que fez com que decidisse seguir a carreira a partir de Angola realmente?
Amei mesmo Angola e vi também que eu tenho muito para dar aos angolanos. Trago uma vibe nova e diferente, quero apostar no negócio da música.

Pelo número de música que possui não pensa em gravar um EP com participações?
EP ainda não. Quero trabalhar mais. Tenho umas participações. Know You ft Khally 2manos, Minha Diva ft Kletuz e Gabeladas, Baby Bia ft Tino HD, Uami Ndongadas etc.

Como foi e com que músicos estabeleceu os primeiros contactos cá?
Nos primeiros anos foi muito difícil, mas depois começou a se tornar muito interessante. Tive algumas barreiras, mas graças a Deus são as situações que me meteram onde estou.

E onde é que está agora?
Não muito longe, mas já participei em muitos shows, começando lá na Nigéria, fui ao Ghana, Congo, África do Sul. Actuei com mesmo palco que Davido, Mc Cabinda e tantos outros artistas.

Qual é o seu maior sonho como músico?
O meu maior sonho é ser legendário na música, um lenda que pode ajudar muitos novos talentos. Quero ser o representante do Naija em Angola.

Vê-se que ainda não domina bem o Português, além do Inglês, em que outras línguas canta? 
Neste momento não faço músicas completas em Português, mas em Inglês e na minha língua Igbo e também Yoruba, por isso é que insisto em ter muitas participações nas músicas.

Isso de vir cá fazer Naija é apenas estratégico ou continuará a expandir este estilo em Angola?
Por ser nigeriano, às vezes muito gente cofunde minhas músicas com outros artistas que estão  lá na Nigéria, a minha maior preocupação agora  é vincar a minha marca. A ideia é conquistar o mercado como nigeriano depois e pode começar a fazer músicas em Português e Inglês. A minha música é para todo o mercado africano e mundial

Com quem é que trabalha e com que artistas angolanos sonha gravar algum projecto?
Trabalho de forma independente, não estou em nenhuma produtora. Gostaria de gravar projectos com artistas como Anselmo Ralph e Matias Damásio.

O que tem agendado para as próximas semanas?
Ainda esta samana, tenho a gravação da nova música que já está em estúdio e um vídeoclipe para se fazer.

Está cá há três anos consecutivos, mas as suas redes sociais ainda não há muitos fãs angolanos…
Sim, estamos a conquistar. não está fácil para a nossa parte, mas estamos a conseguir. Estou a completar dois anos no mercados angolano e estou a ver feedback.

as cargas mais recentes

Após destaque no Moda Luanda, Scró Q Cuia e Nerú Americano anunciam álbum de estreia

há 3 anos
Há dois anos era impossível pensar numa relação entre ambos. Scró Q Cuia e Nerú Americano vêm provando que são verdadeiros profissionais ao criarem os “Pintins”. A dupla anuncia o álbum de estreia, fala do tempo que vai durar a parceria, enumera as conquistas e desvenda os segredos da tamanha cumplicidade, deixando palavras de apreço para os angolanos.

Indecisão dos herdeiros inviabiliza construção do Museu Cesária Évora

há 1 ano
A falta de consenso nos diálogos entre o Ministério da Cultura de Cabo Verde e a família da cantora está a causar atraso na construção da Casa Museu Cesária Évora, em Mindelo.

Jay Pallmer apresenta-se ao mercado musical com EP `MySelf´

há 2 anos
Contrariando todas adversidades da época pandémica, o 2020 vem se revelando frutífero para muitos artistas e, a EP `MySelf´ é mais uma prova desta teoria.

Renata Torres recebe humoristas no ‘Vamos falar a sério’ do Kianda Sessions

há 2 anos

Por onde anda o Pato?

há 3 anos
Em 2018 deu o ar da sua graça no Show do Mês, como convidado de Don Kikas, e prometeu retomar os palcos, mas de seguida voltou a sumir do mapa musical.

Star One Rapper & Caro Kelson: a dupla que está a invadir grupos de WhatsApp

há 2 anos
A dupla já lançou um EP. A obra intitula-se “Noites Em Claro” está disponível nas principais plataformas digitais e, brevemente, estará também no SoundCloud e Spotify. Os dois amigos surgem como uma lufada de ar fresco para o trap angolano, porque cada um tem a sua particularidade.

Nucho apresenta ‘Filho da Fome’: “O facto de ter boa condição de vida, não significa que seja indiferente ao sofrimento dos meus irmãos”

há 1 ano
“Filho da Fome” foi lançado em Maio, e o vídeoclip está disponível desde esta segunda-feira, na página oficial do Facebook do rapper e também autor de “Netas de N’zinga”.

Convidados num show? Um desafio sem precedentes para a Força Suprema

há 3 anos

Ciclo de divulgação do funcionamento do Sistema Nacional dos Direitos de Autor e Conexos “passa” por Bié, Cuando Cubango e Cunene

há 1 ano
O encontro que visa massificar o conhecimento e aperfeiçoar os mecanismos para a protecção e o usufruto dos respectivos direitos económicos sobre a propriedade intelectual, já passou, na sua segunda fase pelas províncias do Cuanza-Norte (Ndalatando), Malanje (Malanje), Uíge (Uíge), Zaire (Mbanza Congo) e Bengo (Caxito).

Morreu Givago, autor de “Avó Teté”

há 2 anos
O músico morreu na manhã desta quinta-feira numa das unidades hospitalares de Luanda vítima de doença.

Live de Marília Mendonça bate recorde mundial 3,2 milhões de espectadores em simultâneo

há 3 anos
A cantora celebrou o recorde com um post no Twitter com a foto do exacto momento em que atingiu a marca de 3,2 milhões de views, superando o recorde mundial do Youtube anteriormente conquistado pela dupla Jorge e Mateus com 3,1 milhões.

George Floyd era rapper e membro do mesmo grupo de DJ Screw nos anos 90

há 3 anos
À medida que mais informações começam a surgir sobre a morte de George Floyd, um homem negro que recentemente se mudou para Minneapolis e foi morto sufocado por um policial, tornou-se público que Floyd era na verdade um membro do lendário grupo de rap de DJ Screw, Screwed Up Click.

Angolanos que actuam nos EUA em peso na selecção de basquetebol

há 2 anos
Destaque para a presença de vários jovens que actuam nos Estados Unidos da América, com realce para Bruno Fernando que actua nos Atlanta Hawks da NBA.

Apesar do incidente na gala dos Óscares “Bad Boys 4” será lançado

há 7 meses

Kenny Flow Buah deixa primeiras impressões do seu talento ao mundo

há 2 anos
Depois do clip do single ” Perdido no Block” no ano passado, Kenny Flow Buah prepara-se para publicar mais um tema com o respectivo clip, acreditando que desta vez a carreira poderá assumir patamares mais elevados.

Tributo a Chadwick Boseman chega a Netflix dia 17 e estará disponível por apenas 30 dias

há 2 anos
A Netflix surpreendeu os internautas, ao divulgar sem aviso prévio, o trailer do documentário `Chadwick Boseman- Retrato de um artista´.