Coréon Dú: “Acredito que muitas vezes o nosso público confunde o não aparecer com o estar parado”

Há pouco mais de uma semana, Coréon Dú fez o seu grande retorno aos palcos, após um ano de “afastamento” devido à pandemia. Não foi apenas mais um concerto, o artista subiu ao palco do Espaço Espelho d’Água para apresentar o seu mais recente trabalho, The Love Infinity.

Com a produção a cargo da Bússola Rítmica, Coréon teve um único convidado além da sua banda, Shane Maquemba, um artista em ascenção e em fase de internacionalização da sua carreira.

Na “ressaca” do evento, os dois artistas falaram à Carga, e numa demonstração mútua de respeito, Shane teceu rasgados elogios a acessibilidade do autor de Binário: “Coréon Dú é uma pessoa muito amável e muito acessível. Foi muito bom, saber que ele também gosta do meu trabalho, principalmente dessa nova roupagem que estou a fazer da minha carreira.”

Por seu turno, o anfitrião partilhou conselhos para a longevidade da carreira de Shane: “é um jovem artista com muito talento, espero que ele mantenha o foco em desenvolver o seu percurso e sonoridade como artista.”

Mas não foi tudo, Coréon Dú garante que embora longe dos holofotes, permaneceu em processo criativo e que brevemente haverá novidades.

Quanto tempo esteve ausente dos palcos?
Já não actuo em palco desde o início da pandemia.

Ao que soube este regresso?
Foi muito agradável conviver com apreciadores da música ao vivo , particularmente porque na Europa havia muitas restrições sobre os eventos culturais. Comemoramos em conjunto a possibilidade de poder estar comigo eles em palco mais uma vez.

Do que mais sentiu falta?
Ainda convém ter cautela, mas o que mais sinto que fez falta a muitos de nós foi o contacto humano do dia a dia fora do mundo digital. 

Partilhou o palco com Shane Maquemba, um talento angolano em ascensão. É apreciador do seu trabalho?
É um jovem artista com muito talento, espero que ele mantenha o foco em desenvolver o seu percurso e sonoridade como artista. 

O que achou deste convite da produtora, esteve à altura?
É com muito gosto que recebo convites para actuar. Foi um serão agradável onde pude actuar para alguns dos meus seguidores lisboetas pela primeira vez e fico grato pelo convite do Espaço Espelho D’Agua e da Bússola Rítmica.

Até que ponto considera importante esta troca de experiências?
Cada público é diferente. Eu posso cantar exactamente o mesmo repertório todos os dias, mas cada dia trás um público com as suas particularidades, com culturas e expectativas diferentes. Isso faz parte da magia da música ao vivo.

Que outros eventos tem em agenda para os próximos meses?
Para já convido que fiquem atentos as minhas redes sociais para mais novidades em breve .

Artisticamente falando, como aproveitou estes momentos de estagnação de actividades culturais?
Estou em constante criação por hábito e enquanto o meu trabalho enquanto músico esteve parado o meu trabalho não parou. Acredito que muitas vezes o nosso público confunde o não aparecer com o estar parado.

Felizmente a indústria da moda foi uma das primeiras indústrias criativas a reabrir aos poucos no ano passado. O meu trabalho na Da Banda Model Management em particular parou quando iniciou a pandemia, mas felizmente a meio do ano passado voltou a arrancar pouco a pouco com o apoio de alguns clientes internacionais que continuaram a apostar nos nossos modelos. Igualmente continuei a recrutar novos talentos com a minha equipe alguns dia quais fizeram agora a sua estreia nas semanas da moda de Lisboa e do Porto, Moda Lisboa e Portugal Fashion .

as cargas mais recentes

Academia de Escrita disponibiliza curso online a título gratuito

há 2 anos
A “Academia de Escrita” é um projecto que visa auxiliar escritores em início de carreira, transmitindo técnicas de escrita que lhes permitirão vencer os bloqueios criativos, concluir e publicar os seus livros.

Diddy entra com um processo contra Sean John e exige USD 25 milhões por usar o seu nome

há 1 ano

Hackers voltam a atacar música angolana

há 9 meses
Ultimamente, tem sido frequente no seio artístico angolano os ataques cirbenéticos. Na semana finda, os hackers voltaram a fazer mais uma vítima, e, neste caso, a infeliz foi a cantora Sandra Cordeiro.

Alicia Keys aceita batalha de piano com John Legend

há 2 anos
No mês passado, Legend disse, durante uma conversa com Nick Cannon, que desejava ter um frente a frente no piano com a cantora Alicia Keys no Live Verzuz. O pedido foi atendido e o encontro está marcado para as 20 horas do dia 19 de Junho no Instagram.

Vencedor do prémio literário ‘Sagrada Esperança’ é conhecido dia 15 de Setembro

há 2 anos
Foi instituído em 1980 em homenagem póstuma ao Dr. António Agostinho Neto, ilustre homem de cultura e das letras angolanas.

Mariah Carey emite contraditório e nega ter tido “briga” com Jay-Z

há 11 meses
O certo é que Mariah Carey não trabalha mais com Jay-Z. Mas a cantora nega ter tido uma “discussão explosiva” com o rapper após encerrar o contrato de quase quatro anos com a Roc Nation.

Fela Kuti entre os nomes da disputada lista do Rock and Roll Hall of Fame

há 1 ano
Até ao dia 7 de Maio, os fãs poderão votar diariamente para cinco dos 16 candidatos ao Rock and Roll Hall of Fame. Actualmente com 493 mil votos, o pioneiro do afrobeat, só perde para a autora do ‘Private Dancer’, Tina Turner com 533 mil votos, nos dados de hoje.

Best-Seller de Tom Clancy foi adaptado ao cinema e Michael B. Jordan está no papel principal

há 1 ano
O próximo “encontro” com Michael B. Jordan, está marcado para o próximo dia 30 de Abril, na Amazon Prime Video.

Benguela acolhe a gala de abertura do Circuito Internacional de Teatro

há 10 meses
A sexta edição do Circuito Internacional de Teatro começa dia 30 de Julho e, vai até ao dia 16 de Setembro em Luanda e Benguela, sendo Maria João Ganga a homenageada escolhida do certame.

Um novo talento no nível dos “grandes” do Ghetto Zouk nacional

há 1 ano
Carlos Ernesto é dos poucos talentos que já não tem muito para provar. A forma como impõe sua voz nos instrumentais, leva-nos a pensar que está há vários anos na música, mas ainda é novo no mercado.

Disc jockeys actuam em live solidário em prol da Fundação Ana Carolina

há 11 meses
A propósito do mês da criança, os Djs Malvado, João Reis, Aldas Mix, Kapiro, Lutonda e Dj Bruno Ag, são alguns dos nomes que integram o vasto cartaz deste Live Solidário que tem como objectivo angariar fundos para doação de cestas básicas à Fundação Ana Carolina e ainda vários Lares de Acolhimento que colaboram com o “Vidas ZAP”, projecto de Responsabilidade Social da ZAP.

Ministério da Cultura, Turismo e Ambiente lamenta morte de Sarah Maldoror, pioneira do cinema africano

há 2 anos
O Ministério da Cultura, Turismo e ambiente lamenta, em comunicado, a morte, em Paris, por doença, aos 91 anos, de Sarah Maldoror, viúva de Mário Pinto de Andrade, co-fundador e primeiro presidente do partido no poder em Angola.

Raúl Duarte por mais um ano no Interclube

há 2 anos
A direcção do Interclube renovou hoje (quinta-feira) o contrato de trabalho com o técnico Raúl Duarte, por mais uma temporada a frente da equipa sénior masculina de basquetebol.

ZAP passará a atribuir prémios a músicos e apresentadores

há 2 anos
Artistas e personalidades que se destacam na área de televisão passarão a ser distinguidos anualmente com prémio Globos Zap. A iniviativa é oficializada hoje com a abertura das votações e o anúncio da lista dos primeiros 12 nomeados.

Novo álbum de Don Kikas sai em Março

há 3 meses
Depois dos sucessivos adiamentos, o artista confirmou, esta semana, que o sétimo e tão aguardado álbum será lançado no próximo mês, mas antes, promete abrir o ano com um novo single no Dia dos Namorados.“Meu Paraíso” é o título do tema que dá boas-vindas ao seu sétimo álbum.

SENADIAC realiza Fórum Provincial sobre a Protecção da Propriedade Intelectual por via do Sistema dos Direitos de Autor e Conexos

há 6 meses
O Ministério da Cultura, Turismo e Ambiente, através do Serviço Nacional dos Direitos de Autor e Conexos (SENADIAC), realiza até ao dia 19 de Novembro de 2021, o segundo ciclo de divulgação do funcionamento efectivo do sistema nacional dos direitos de autor e conexos, desta feita, nas províncias do Cuanza-Norte (Ndalatando), Malanje (Malanje), Uíge (Uíge), Zaire (Mbanza Congo) e Bengo (Caxito).