Coronavírus adia estreia na música de Orlando dos Tunezas

A cara é conhecida, mas os dotes musicais nem tanto. Orlando Kikuassa, integrante do grupo de humor Os Tunezas, esteve prestes a apresentar a sua primeira música, mas o acto foi adiado por causa do COVID-19.

“Seria uma surpresa para os fãs, porque muitos não conhecem este lado do Orlando, mas preferimos (com o seu grupo de trabalho) deixar normalizar a situação do Coronavirus no país para apresentar a minha primeira música oficial”, informou.

O tema promocional, que será a sua introdução no mercado musical, é cantado no género Semba, intitulado “Virou demónio”. Conta a história de um senhor cujos estudos eram pagos pela esposa e depois de formado disse que a mesma, que era vendedora, já não era do seu nível.

O outro lado de Orlando não tem qualquer ligação com os Tunezas, tendo inclusive criado a sua própria banda para actuações. De momento gravou apenas um tema, mas o artista, cujo nome musical é “Mister Kikuassa”, promete levar adiante o sonho de se tornar num músico profissional.

“É um sonho que fui adiando, mas desde 2018 que comecei a trabalhar seriamente neste projecto e está na hora de me apresentar ao público, embora já tenha feito algumas actuações, acrescentou em entrevista a Revista Carga.

as cargas mais recentes

Preto Show apresenta novo álbum online

há 1 ano

Documentário de Tina Turner revela traumas de uma vida amorosa marcada por violência

há 5 meses
Relatos detalhados de “terror”, exaustão, violência e dominação constituem metade do enredo do novo filme não-ficcional homónimo de Tina Turner. A produção exclusiva do HBO, já estreou no norte de América e, foi uma maneira da artista dizer “Obrigada e adeus”, à vida pública.

Nucho anuncia o álbum que lhe vai colocar no topo

há 1 ano
Nucho é um dos poucos rappers angolanos que conseguiu manter-se puro na última década. Em 2017, estreou-se com o álbum Sou[L] RAP e foi nomeado para o maior prémio da música feita em português. Depois disso, surgiram outras surpresas.

Ngadiama Wakamba O Sonhi: Um veterano do Rap que a nova geração devia conhecer

há 4 meses
O pensamento crítico e social de Ngadiama Wakamba O Sonhi ajudou a formar as bases que sustentam hoje o rap de intervenção social em Angola, por isso muitos rappers preferem chamá-lo de “Mestre”. O rapper de 42 anos morreu ontem, em Luanda, por complicações de infecções respiratórias e anemia aguda.

Trunfos do DJ João Reis

há 10 meses

Petro “rouba” Aníbal ao 1º de Agosto

há 1 ano
O Petro de Luanda garantiu a contratação do técnico Aníbal Moreira, que até a semana pertencia ao quadro técnico do 1º de Agosto, num contrato válido por quatro anos.

‘Old Town Road’ é oficialmente a música mais certificada pela RIAA

há 8 meses
Longe de ser um artista de “um só hit” , Lil Nas X continua a bater records, a faixa com a participação de Billy Ray Cyrus, é oficialmente 14 vezes platina. O maior número de certificações de platina para uma música.

Babu Santana: “Tenho muita curiosidade de conhecer Angola, e de chegar no meu ancestral africano”

há 1 ano
A presença marcante de Babu Santana na última edição do reality show despertou a atenção e curiosidade dos internautas sobre os pontos de vista relactivos a “pretitude”, tal como o próprio o diz, e às questões relaccionadas a identidade cultural dos povos negros que habitam o Brasil. Babu defende a necessidade de se conhecer o percurso da ancestralidade para a afirmação dos povos: ”hoje eu tenho um projecto pessoal que é fazer a pesquisa da minha ancestralidade”, afirmou. Uma vez ter conquistado a simpatia de muitos telespectadores do canal Globo, quer pela participação exitosa no BBB20, bem como a interpretação de Jacinto em ’Novo Mundo’, Babu Santana concedeu uma entrevista de abordagem variada onde manifesta o interesse de trabalhar em Angola.

A playlist de eleição de Luísa Damião em 2020

há 9 meses
Ano 2020 está no fim e chegou o momento, em várias áreas, de cada um indicar os melhores do ano. Sendo a Carga uma revista de música e natural apresentarmos os temas preferidos de algumas figuras durante o ano.

Anna Joyce e C4 Pedro integram lista dos artistas africanos que “todos devem ouvir”

há 6 meses
O site brasileiro Mundo Negro elegeu os oito artistas africanos lusófonos “obrigatórios” nas playlists da actualidade, dos quais figuram os angolanos C4 Pedro e Anna Joyce.

Conheça Triple Star C, o músico nigeriano que decidiu fazer carreira em Angola

há 12 meses
O seu sucesso começou na Nigéria, pisando palcos com artistas como Davido, para além de actuar em festivais na África do Sul, Gana e RDC. Mas é em Angola que Triple Star C quer fazer a carreira E, aos poucos, vai ganhando título de promotor e representante do Afro Naija em Angola.

JAY-Z encaixou mais de 300 milhões de dólares com a venda da sua marca de champanhe a Louis Vuitton

há 7 meses
Revelações da Forbes dão conta de que JAY-Z acabou por lucrar pouco mais de trezentos milhões de dólares, contudo, a marca ficou avaliada em muito mais.

Estrela do Rap Lil’ Kim pede um desafio de hits contra Nick Minaj

há 3 meses

Focada nos biliões da Fenty Beauty, Rihanna volta a arquivar novo álbum

há 1 ano
O facto é que há tempos Riri vem focando a maior parte das energias em empreendimentos nos ramos da moda e costméticos, e parece que essa mentalidade empreendedora está a fazer com que o seu próximo album continue engavetado.

Mais uma obra enriquece o Rock nacional

há 1 ano
Trata-se do primeiro EP dos Lunna, uma banda de Metal Alternativo que tem brilhado em festivais como Rock Lalimwe Eteke Ifa, Rock in Rio Catumbela, entre outros.

Novo álbum de OG Vuino é “uma espécie de Negócio Fechado a solo”

há 3 meses
O álbum de estreia de OG Vuino traz uma matriz africana, com miscigenação de sons e culturas do Continente e angolana, em particular. A obra reúne participações de nomes de referências na música angolana e africana, além de Kadaff, Dji Tafinha, GM, Filho do Zua e Rui Orlando