Curador Luamba Muinga laureado com prémio de arte na Holanda

O curador e pesquisador cultural Luamba Muinga, vence prémio “Seed Awards”, promovido pelo Fundo Prince Claus, organização neerlandesa estabelecido como um tributo à Sua Alteza Real Príncipe Claus, cuja missão é apoiar, homenagear e conectar artistas e profissionais culturais em África, Ásia, América Latina, Caribe e Europa Oriental.

O prémio “Seed Awards” é oferecido todos os anos a artistas e profissionais da cultura que estão nos primeiros cinco anos de suas carreiras, cujas práticas são socialmente engajadas e abordam questões prementes nos contextos locais e cobrem uma diversidade de temas.

De acordo com o comunicado da Kianda Press, Luamba Muinga é o primeiro angolano a ganhar este prémio, em reconhecimento do resultado do trabalho apresentado nos últimos dois anos. O prémio, monetário, estabelece também uma rede de suporte e mentoria, networking e apoio técnico com vista a explorar novas perspectivas e desenvolver a sua prática em seus próprios termos.

Luamba Muinga é curador, produtor e crítico cultural. Co-autor de “Are we not makers of history?” (Bag Factory, Joanesburgo, 2020) com a curadora moçambicana Sara Carneiro. Coordena o LabCC – Laboratório de Crítica e Curadoria, plataforma de arte para jovens curadores e críticos de arte de Luanda. Veja o perfil online no site da instituição:
https://princeclausfund.org/awardees/luamba-muinga

Pesquisa no Centro de Arte e Urbanística de Berlin
Em setembro deste ano, Luamba Muinga foi indicado a fazer parte do programa de pesquisa e produção TURN2 RESIDENCIES, do Centro de Arte e Urbanística de Berlin (ZK / U – Center for Art and Urbanistics).

O projecto a ser apresentado será serendipitious history – the vertragsarbeiter, que situa as relações de Angola e a Alemanha socialista, na segunda metade da década 80, explorando a vida de mais de 6 mil angolanos trabalhadores de fábricas e estudantes durante este período.

O TURN2 RESIDENCIES é um programa conjunto da Kulturstiftung des Bundes (Fundação da Cultura Federal Alemã), ZK / U – Center for Art and Urbanistics e a Triangle Network, em colaboração com Bag Factory em Joanesburgo, Nairobi Contemporary Art Institute (NCAI) e GAS Foundation em Lagos. Financiado pelo programa TURN2 do Kulturstiftung des Bundes (Fundação da Cultura Federal Alemã). Financiado pela Beauftragte der Bundesregierung für Kultur und Medien (Comissário Federal do Governo para a Cultura e a Mídia).

Autor do livro de arte “Are we not makers of history?”
Em 2020, Luamba fez parte do programa de pesquisa Luso-Linkup, dado Bag Factory, em Joanesburgo, e apoiado pela Pro Helvetia Johannesburg – Conselho Suíço de Artes, financiado pela Agência Suíça de Desenvolvimento e Cooperação (SDC). O projecto de residência colaborativa juntou a curadora e artista portuguesa residente em Maputo, Sara Carneiro e o curador angolano Luamba Muinga.

O programa de pesquisa resultou na publicação de “Are we not makers of history?”, um livro de arte com trabalhos de nove artistas de língua portuguesa sediados em/entre Luanda, Maputo, Cidade do Cabo, Joanesburgo, Grécia e Holanda. E contou ainda com a participação do escritor e jornalista angolano José Luís Mendonça, e do moçambicano Tavares Cebola.

O livro é definido como “uma meditação entre artistas, curadores e autores sobre as impermanentes recolhas que preconizam a permanência da memória coletiva, exploram aspectos que levam à preservação de identidades culturais e enfatizam uma reflexão histórica.” A publicação explora os temas da identidade cultural, memória colectiva e questões de género na África pós-colonial.

Coordenador do projecto “Museu em Desenho”

Através da plataforma de arte LabCC – Laboratório de Crítica e Curadoria, do qual é coordenador e gestor de projectos, Luamba Muinga tem sido responsável, conduzido a pesquisa e entrevistas online, pelo projecto Museu em Desenho, que investiga e reflecte as posturas e práticas educativas e sociais para os museus, a integralidade das colecções e os focos curatoriais dos museus em Angola.

Os primeiros encontros (presenciais e online) aconteceram em Maio de 2021 que juntou profissionais da cultura de diversas partes do mundo. Decorre agora em outubro a segunda sessão de debates online através do Facebook e Youtube da plataforma. Em 2022 será a apresentação da publicação do projecto, com as intervenções, ensaios e diversos textos sobre o projecto.

Luamba ainda actuou em projetos curatoriais para a feira de arte sul-africana FNB Art Jorburg (2020) apresentando um projecto independente com a artista sul africana-angolana Helena Uambembe; a mostra coletiva Qual Futuro (2020) do LabCC;  e foi o coordenador do Don´t Waste, Create (2020, primeira edição), prémio de arte ambiental da empresa Angoalissar. É cofundador da revista de arte Palavra&Arte e publicou artigos/resenhas de arte no CULTURA – Jornal Angolano de Arte e Letras. E é hoster do ART APPRECIATION, um programa de eventos voltado para o cinema de autor e a videoarte.

as cargas mais recentes

Três gerações do Semba protagonizam live solidário

há 2 anos
Denominado `3G do Semba-Live no Kubico´, além do lado beneficente, o encontro das das três figuras representativas do Semba poderá marcar as histórias dos lives em Angola. O evento acontece às 14 horas e 30 minutos de domingo e pode também ser acompanhado pelas páginas oficiais dos músicos e no YouTube da Platina Line, bem como na TPA, TPA online e RTP África.

É oficial, `The Old Guard´ terá sequência

há 2 anos
`The Old Guard´chegou à Netflix neste fim de semana, e foi um dos filmes mais assistidos desde então. Protagonizado por Charlize Theron, o filme de acção é uma adaptação da HQ homónima de Greg Rucka, que possui cinco volumes. Isso explica o final aberto do filme que, segundo a Directora Gina Prince-Bythewood, pode sim ter uma sequência.

Kodak Black agradece advogado que o ajudou a sair da cadeia com tatuagem

há 1 ano
Depois de receber o perdão do ex-presidente Donald Trump na semana passada, o Kodak Black foi direito a uma loja de tatuagem para fazer a nova. Mas, ao contrário do que se imaginou, o rapper não agradeceu o 45ª pelo perdão, mas sim o advogado, Bradford Cohen.

Aos 81 anos Manuel Rui volta a enriquecer literatura angolana com novo livro

há 4 meses
Como diz o próprio a “velhice está na mente e não na idade”. Após ter lançado dois trabalhos, em Novembro do ano passado, o romance “O Benguelense Boxeur” e o conto “Tio Jorge e outros quês”,  Manuel Rui Monteiro está de volta à União dos Escritores Angolanos com um novo livro.

Pink 2 Toques e Bruno Samora juntos contra o Covid-19

há 2 anos
O criador do conceito FitKuduro, Bruno Samora juntou-se ao grupo de kuduro Pink 2 Toques, para enviar a sua mensagem de prevenção sobre o Corona Vírus.

50 Cent perde a cabeça e parte para agressão

há 2 anos
O líder da G-Unit perdeu a compostura e partiu para agressão contra um homem, lançando-o com uma mesa e várias cadeiras durante um convívio na passada quinta-feira num restaurante, em Nova Jérsia.

Elton John: “The Weeknd merecia ganhar dois Grammys pela música Blinding Lights”

há 1 ano
Enquanto os fãs se mobilizaram rapidamente para apoiar o artista canadense, Sir Elton John, que anteriormente já comparou The Weeknd ao falecido Prince, juntou-se à avalanche de apoio.

Artista recebe ameaça de morte após sua música tocar no desfile de Rihanna

há 9 meses
Apesar de um pedido público de desculpas de Rihanna, após a repercussão, a lesada está a processar a marca Fenty e afirma que foi forçada a se esconder por causa das constantes ameaças.

Selecção júnior feminina de andebol sagra-se campeã africana

há 3 meses
Dias depois de apurar-se para o Campeonato do Mundo da categoria, a selecção júnior feminina de andebol sagrou-se, ontem, campeã africana da modalidade ao vencer a sua congénere do Egipto, em Conacri.

Num dia como hoje, há doze ano, Michael Jackson partia para eternidade

há 11 meses
Passados 12 anos após a sua morte, o sucesso de Michael Jackson é ainda um mistério, além de mais vendido, é o artista mais influente de todos os tempos. A vida do astro da cultura Pop resumia-se em apelo à fraternidade universal.

Irina Vasconcelos: “As nossas crianças estão a morrer na vossa governação”

há 2 anos
A cantora angolana está preocupada com o número de crianças que morrem de fome, mesmo depois da autorização do governo da transferência monetária às famílias vulneráveis através do programa Kwenda, criado para reforçar o combate à fome e à pobreza nas zonas mais impactadas.

Paulo Flores na lista dos curadores da Apple Music

há 2 anos
Paulo Flores faz parte da limitada lista de músicos africanos convidados pela Apple para curadoria da playlist do aplicativo Apple Music. Disponível desde hoje, a lista de reprodução de Paulo Flores inclui músicas de artistas como Franco, Tubarões, Carlitos Vieira Dias e André Mingas.

Apocalipse: Masta e Lokz lançam EP colaborativa amanhã

há 2 meses
O projecto conta com as participações de Deezy no tema “Rebobina” que foi capa da Playlist Editorial TIDAL Portugal “CENA RAP”, Liriany, na música que apresenta o EP com “Plena” que fala sobre o empoderamneto feminino, Laura Varges no piano do tema de introdução do EP e ainda DJ Nel Assassin.

Kanye West poderá ficar impedido de escrever e cantar temas sobre Kim Kardashian

há 1 ano

SADIA ameaça levar Unitel a tribunal

há 10 meses
A Sociedade Angolana de Direitos de Autor exige 453 milhões de Kwanzas da operadora de telefonia móvel, pelas músicas executadas no Kisom Unitel e Toque de Espera.

Galeria Tamar Golan apresenta “Nutrição Espiritual” da autoria de SBI

há 2 anos
A Galeria Tamar Golan vai apresentar “Nutrição Espiritual” do artista angolano SBI, uma exposição individual online a inaugurar-se na Sexta-feira, dia 02 de Outubro de 2020, às 18h00.