D-One diz que dinheiro do live solidário da Army e Kalibrados foi às contas da organização

D-One abriu as copas e revelou que, ao aperceber-se de que, o dinheiro arrecadado no live solidário da Army Squad e Kalibrados iria directamente para as contas da organização, decidiu não participar. Por outra, realça, não achou que a forma como o show estava a ser conduzido, se estivesse a falar de um show solidário, e sentiu que ” se participasse, estaria a sacrificar as pessoas que realmente precisam.”

“Achei que, se participasse daquele show, estaria a sacrificar as pessoas que realmente precisam.”

O membro e co-foundador da Army Squad foi ao espaço X-Perguntas, rubrica que vai ao ar às 19 horas de todas as sextas-feiras, no Instagram da Carga Magazine, e revelou que está a enveredar pela carreira a solo. D-One disse que agora quer contribuir muito mais para a música angolana.

Está a preparar o seu primeiro projecto musical, um EP idealizado em 2006, ainda nos momentos áureos da Army, e explica porquê se sentia que estava impedido de lançá-lo antes.

Durante a longa conversa, que está dividida em duas partes, o rapper fala sobre as razões que os levaram a preterir a Army Squad e dar lugar aos álbuns de Sandocan e justifica os factores que estiveram na base da tiragem de um único álbum com o grupo.

Entre outros assuntos, o músico abordou sobre como se desfizersm de Heavy C e sublinha que a Bué de Beats nasceu com a Army Squad. E diz que, se fosse convidado, faria do Projecto X um ultra projecto.

Inconformado, o Artista diz não perceber por que razão responsáveis de lives evocam causas solidárias para fazer dinheiro para os seus próprios bolsos. Pela sua experiência, os shows (dito solidário), de solidário não têm nada, foi por isso, justifica, que não aceitou estar presente no dia 29 de Agosto no espectáculo solidário da Army Squad e os Kalibrados.

Mas então, porquê que os outros integrantes da Army participaram do espectáculo?

A sua carreira a solo significa que abandonou a Army?

D-One vai dedicar-se a outros estilos musicais. Que estilos são estes?

Mankilla também vai seguir a carreira a solo. O que será que se está a passar com o grupo?

As respostas destas e outras questões, você saberá neste vídeo.

https://www.instagram.com/tv/CIZCOscFkDi/?igshid=178m9fex42rc2

as cargas mais recentes

Artistas nigerianos em peso no espectáculo mundial em defesa do planeta “Global Citizen Live 2021”

há 1 ano
Os músicos Burna, Davido, Femi Kuti e Tiwa Savage vão preencher o cartaz do Global Citizen Live deste ano. O concerto acontece em simultâneo nas cidades de Lagos, Rio de Janeiro, Nova York, Los Angels, Paris, Londres, Seul e Sydney.

Orquestra Camerata de Luanda e governo da Venezuela organizam Festival de Música Clássica em Angola

há 10 meses
Após regressar aos palcos, no passado mês de Setembro, vindo de um interregno, a orquestra angolana prepara-se para realizar um festival de música clássica, no próximo ano, e que contará com o apoio do governo venezuelano.

Hochi Fu: “Andei à procura do Cleyton M no Cabo Snoop e nos Power Boys”

há 5 meses
Das mãos de Hochi Fu saíram várias figuras da música angolana, com destaque para Cabo Snoop, tido como um dos nomes mais internacionais da nossa praça, sobretudo no continente africano. Mas, esta conquista é apenas o princípio de várias outras que se esperam, porque, diz Hochi Fu, Cleyton M é o tipo de artista que sempre pensou ter na Power House desde que começou a produzir.

Eva RapDiva: “Dou bons conselhos nas minhas músicas e não vejo a maior parte das jovens a seguirem”

há 2 anos

Oluali Records: A label que promete conectar Angola ao mundo

há 2 anos
O ano 2020 está a ser marcado por várias adversidades a todos os níveis, obrigando os artistas e produtoras a reinventarem-se e a procurarem novas formas de trabalhar. E é neste um contexto que nasce a Oluali Records, uma label que se propõe a prepõe a criar pontes entre Angola e o mundo.

LIGARTE.COM: Wilmar Nakeni apresenta-se em concerto após vencer o Festival da Canção da Lac

há 11 meses
Wilmar Nakeni volta aos palcos para um concerto intimista e inédito onde se pretende mostrar as diferentes sonoridades artísticas que culminaram no seu projecto já disponibilizado.

Anna Joyce e C4 Pedro integram lista dos artistas africanos que “todos devem ouvir”

há 2 anos
O site brasileiro Mundo Negro elegeu os oito artistas africanos lusófonos “obrigatórios” nas playlists da actualidade, dos quais figuram os angolanos C4 Pedro e Anna Joyce.

Júnior Boyca junta Godzila do Game e Os Boyca no single `Na Tanga´

há 1 ano
Unindo os dois mundos `Na Tanga´ dá-nos um olhar diferente sobre o Hip Hop feito em Angola, que pode ser mais do que apenas o MC usual sobre algumas batidas de Trap.

Sabia que já pode ouvir o seu cantor preferido em tempo real e a custo zero?

há 3 anos
Numa altura em que o público está impedido das sua actividades diárias, a Soba é-Music e a Revista Carga, que agora assumiu a versão colocam hoje à disposição dos artistas e ouvintes uma sessão de escuta grátis.

Elias Miguel: “Diferente do gospel, há muitos cantores na nossa praça com problemas de base”

há 8 meses
Para quem percebe de música e conhece Elias Miguel não terá a menor dúvida de que o artista merece todo o respeito na música angolana, principalmente no estilo gospel. É ele o autor do popularizado tema “Tua Palavra”, disponível nas plataformas digitais.

Covid-19: Primeiro cobaia humano tomou a vacina hoje

há 2 anos
Ian Haydon, de nacionalidade norte-americana, é o primeiro humano a receber a vacina que pode “salvar a humanidade”.

Verzuz anuncia battle entre Method Man e Redman

há 2 anos
Depois do Verzuz Battle entre Ghostface Killah e Raekwon do Wu-Tang Clan, Timbaland e Swizz Beatz anunciaram a próxima batalha para o dia 20 de Abril, entre os parceiros de rimas de longa data, Method Man e Redman.

Afrikkanitha apresenta novo álbum

há 1 ano
O novo álbum de Afrikkanitha são músicas da alma patentes na cultura de cada povo e tem como objectivo a conquista do circuito internacional e será apresentado hoje às 19 horas.

“Fiéis e Infiéis” chega ao Wyza Anfiteatro da Fundação Arte e Cultura com os Jovens da Mulemba

há 1 ano
Abordamos de forma crítica a tendência de associar o pagamento do dízimo e os ofertórios como o principais veículos do estreitamento da relação com Deus, onde os responsáveis vivem no luxo e os fiéis numa autêntica indigência, apesar de serem os principais contribuintes.

Bloggers – Ainda existem?

há 2 meses

Lenda do Jazz sul africana será enterrada com honras de chefe de Estado

há 2 anos
Jonas Gwangwa foi um trombonista e compositor sul africano, cuja música impulsionou a luta contra o apartheid. A lenda do jazz morreu este sábado aos 83 anos por implicações cardíacas.