Délcio Caiaia discorre sobre a Matriz Africana do Design Gráfico no seu primeiro E-Book

O projecto literário Matriz Africana Do Design Gráfico, surge de um olhar crítico ao posicionamento de África na arena global do Design Gráfico. A supressão histórica fez desaparecer gradualmente muitos traços da arte visual africana. Na visão do autor, urge despertar para a reordenação do tecido artístico de África, sua emancipação e expressividade visual real.

A presente edição foca na desconstrução e/ou adaptação de ideogramas, símbolos e pictogramas africanos para a criação de layouts (estruturas de folha e organização de conteúdo). Focou-se no estudo de ideogramas contidos nos tecidos Adinkra (etnia ashanti do Ghana), Bogolan (etnia Bámbara do Mali) e Kente (etnias ashanti do Ghana e Ewe do Togo).

Nas palavras de Délcio um compromisso que temos enquanto africanos, “como fazedores de Design Gráfico, a semelhança do que já tem sido feito por muitos artistas plásticos, artesãos, cantores e outros fazedores da arte. Isso resume-se em buscar, apreciar e encontrar-se como africanos na verdadeira história do continente que muito e quase tudo deu para o progresso de outras nações”. Por fim, resume-se em registar com recurso à todas maneiras possíveis.

Trata-se do primeiro livro e projecto literário angolano que fala especificamente sobre design gráfico africano e o segundo em África, depois do Afrikan Alphabets de Saki Mafundikwa publicado em 2004. Este livro tem como público alvo os Designers Gráficos, mas, é também um material de consulta para amantes e fazedores da arte, estudantes de história e outros interessados.

Segundo a nota de apresentação do livro, a visão é atingir o mundo. Todas as edições serão traduzidas para o inglês e o Francês, sem descartar a possibilidade e necessidade de ser traduzido em línguas características de etnias africanas. O projecto literário configura-se em lançar 7 edições em formato digital e uma última em suporte físico que será a compilação de todas as edições.

Tenha acesso ao livro nos links abaixo:
Mediafire: shorturl.at/rsUX9
Google Drive: shorturl.at/kxAI1

as cargas mais recentes

2 Mundos: Novo filme de Hochi Fu estreia nos cinemas

há 10 meses
O filme estreia no dia 23 deste mês nas salas do Cine Max e traz à tona o drama amoroso vivido pela maioria dos artistas angolanos no início da carreira. Em breve entrevista à Carga, Hochi Fu fala das razões que o levaram a elaborar o roteiro.

Dançarinos de breakdance passam a contar com um novo espaço para divulgarem seus talentos

há 3 meses

Maya Cool “dispara” indirectas e deixa músicos em alerta

há 1 ano
Depois das críticas de Mago de Sousa à Unitel, por não cumprir com o trabalho, acordado, de promoção do seu disco, é a vez de Maya Cool a juntar-se a causa, apelando aos fazedores de arte no geral a manifestarem-se a favor do colega.

Tory Lanez pede desculpas à Megan The Stallion por alvejá-la e justifica “que estava muito bêbado naquela noite”

há 11 meses
Dois meses após alvejar a rapper Megan The Stallion, Tory Lanez reaparece para desmentir que as suas músicas tiveram uma queda nos streams como consequência do sucedido, e segundo noticiou o TMZ, Lanez também teria aproveitado para pedir desculpas à Megan Rhe Stallion.

Galeria angolana Jahmek Contemporary Art conquista prémio em Madrid

há 3 semanas
A galeria angolana Jahmek Contemporary Art venceu o Prémio Opening, da Feira de Arte “Arco Madrid” 2021, com a instalação “Hope as a Praxis” e “How to Make a mud Cake”.

Valete diz que Angola é o centro do rap lusófono

há 1 ano
“Angola é o verdadeiro centro do rap lusófono”. Esta afirmação é de uma das principais referências do rap falado em língua portuguesa e não só, Keidje Torres Lima, artisticamente conhecido como Valete.

Rappin Hood é nomeado King Zulu Nation Brazilian

há 1 ano
O rapper brasileiro recebeu a nomeação oficial, pelo fundador de estilo musical, DJ Afrika Bambaataa.

Músico Lawilca tenta a terceira

há 1 ano
Sete anos depois do lançamento do seu segundo disco, intitulado “Não sou o mesmo homem”, o músico Lawilca reaparece com o terceiro álbum, com lançamento previsto para este ano.

Zap Viva exibe documentário de Kuduro `Fogo no Musseque´

há 9 meses
Realizado por Jorge António, a pesquisa apresenta depoimentos assim como demostrações deste estilo que se confunde como estilo musical e, ao mesmo tempo, de dança.

BET Awards 2021 anuncia tributo especial para o lendário rapper DMX

há 1 mês
O tributo que teve a curadoria do produtor Beatz, amigo de longa data de DMX, também incluirá uma performance de uma nova canção do álbum póstumo de X, Exodus, que foi lançado pela Def Jam Recordings em 28 de Maio.

T-Pain revela fase sombria depois de Usher o ter dito que ‘estragou a música’ usando o Auto-Tune

há 1 mês
O episódio remonta para 2013, mas só agora foi revelado trecho exclusivo da próxima série da Netflix, This Is Pop , o cantor revelou que caiu em depressão depois que Usher o ter dito que “estragou a música”.

Ponto de Luz: Duc e Sarissari trazem vibes do verão em novo single

há 2 meses

Filme sobre Murais da Leba disputa Grande Prémio de Cinema Brasileiro

há 1 ano
O filme torna-se assim no primeiro realizado em África a entrar no circuito comercial de cinema brasileiro. Intitulado ‘As Cores da Serpente’, a longa-metragem narra o desafiante processo artístico dos jovens grafiteiros sobre os Murais da Leba.

Aline Frazão, Sara Tavares, Karyna Gomes e Toty Sa’Med rendem tributo a Waldemar Bastos

há 4 semanas
O encontro que objectiva honrar a memória deste ícone de qualidades ímpares, intitular-se-á Ndapandula e acontecerá no próximo dia 3 de Setembro, com a direcção artística e musical de Aline Frazão.

Repertório desafia Znobia X Havaiana para um desfile de Kuduro

há 1 ano
Depois da edição inaugural com Raiva X DH, a Carga traz para a segunda edição do Repertório o estilo mais psicadélico e com maior número de adeptos, o “Kuduro”. Znobia e Havaiana, duas das figuras mais emblemáticas do Kuduro foram chamadas. Estás preparado (a) ?

Arlindo Cruz volta a falar após 3 anos em convalescença

há 1 ano
Após sofrer um AVC, em 2017, Arlindo Cruz ficou internado por 1 ano e 3 meses no CTI. Depois de sair do hospital, o cantor permanece em tratamento em casa, com estrutura de home care, ao lado da família. Recentemente numa live transmitida no Instagram, o filho do cantor, Arlindinho, afirmou que o pai está a superar algumas sequelas do Acidente Cardio Vascular, e já começou a formar algumas palavras.