DJ Emílio Mix: Da bateria à mesa misturadora

A carreira de Emílio Mix teve início na igreja, há mais de uma década, o desfecho foi o mais imprevisível, porém satisfatório. Com o suporte da Produtora Rijura Records, acumula funções como: vocal coach, beat maker, drummer e Djing. Sendo que actualmente, também é tido como motivador na área desportiva, “por ter saído da obesidade em 60 dias, sendo visto como exemplo de superação e foco”. Numa breve entrevista, ficámos a conhecer a trajectória do DJ que almeja partilhar a cabine de Som com o DJ Black Coffee.

Quando e como surge a vontade de ser DJ?
Por volta de 2008/2009, comecei a gostar mais da música porque já fui baterista na Igreja… somente juntei o útil ao agradável, e hoje sou mais DJ do que bateristas. Mas sempre fui um amante da música acústica.

Lembra onde tocou pela primeira vez, e quais as condições técnicas que tinha?
Já não lembro muito bem, mas acredito que foi no meu barro e numa das noites que os amigos organizavam festas de quintal.
Na altura o material não era muito sofisticados como nos dias de hoje, Denom 4500 era a referência do material que na altura fazia o uso.

Actualmente quais os equipamentos e programas que usa para tocar num mundo que vira em torno da tecnologia? 
Actualmente o equipamento que mais uso é da marca Pioneer com a referência Plx 1000 DjM 850 com o programa Serato.

O que predomina numa carreira de sucesso como DJ?
Acredito que existem vários factores que predominam numa carreira de sucesso como DJ. Mas uma delas que contou muito na minha carreira tem sido a energia que passo para os fãs e ouvintes nos momentos de set , a responsabilidade e o respeito para com os colegas.

Se lhe dessem a oportunidade de escolher um evento e um nome com quem dividir a cabine, quem seria o eleito(a)?
Se tivesse a oportunidade escolheria o evento “Rocking the Daisies SA” e gostaria de dividir a cabine de som com Black Coffee por ser o melhor do house music e eu cobriria o estilo “Hip Hop” para equilibrar, risos.

Concluiu os seus estudos fora de Angola, isso implica, obviamente algum tempo de ausência. Considera que já tem o seu fiel público angolano?
Sim considero ter o meu público fiel cá, em Angola.

Actualmente quais os maiores desafios que enfrenta enquanto DJ?
Os maiores desafios que enfrento neste momento como DJ é o enquadramento no mercado angolano. A falta de evento devido a pandemia, e as oportunidades que ainda se tornam uma grande barreira no nosso mercado. Para manter ou melhorar, tenho sempre trabalhado em casa e nas redes socais, para poder afastar as barreiras é claro sempre com Deus no caminho.

Nos dias de hoje mulheres têm conquistado o seu espaço. Que análise faz desta inserção no mercado?
Sinto-me impressionado com esta força de vontade de certas mulheres esforçarem-se para poder inserir-se a carreira de DJ, o que não é fácil… já agora dou força e apoia as demais que pretendem fazer o mesmo.

Qual foi o evento e o lugar mais marcante em que já tocou?
O evento que mais me marcou foi uma festa de barco em Cape Town, organizado do por “Klisman Gomes e Jorge Kadiwa”, com o patrocínio do “Saint Club” uma das melhores discotecas da Cidade do Cabo em 2017.

Qual é a música que toca obrigatoriamente num evento?
Olha pergunta muito difícil de responder mais acredito eu que seria a música do Drake “Motto”.

Qual o papel da Rijura records na sua carreira?
Sou agenciado pela Rijura Records, é produtora que foi criada quando começou a minha carreira musical e pelo meu intermédio e de um colega Flávio Henriques. Hoje não temos somente o departamento musical como também o departamento desportivo.

Sabe-se que já trabalhou com o Masta, é um DJ que também se arrisca na produção?

Sim, também tenho trabalhado com produção musical, e direcionamento artísticos: vocal coach, beat maker, drummer.

A par do Djing, em que outras actividades se destaca?
Hoje sou considerado um grande motivador na área desportiva, por ter saído da obesidade em 60 dias, sendo visto como exemplo de superação e foco.

as cargas mais recentes

Saiba quem são os artistas mais ouvidos da Internet em 2020

há 10 meses
O serviço de streaming Spotfly apresentou ontem o “Wrapped” e com esta plataforma ficámos a saber sobre os artistas, músicas e podcasts mais ouvidos do mundo em 2020.

“Quarantine Radio” de Tory Lanez é banida do Instagram

há 1 ano
De acordo com o CEO daquela rede social, o Quarantine Radio ficará fora do ar até ao dia 14 de Abril, Adam Mosseri, os convidados não respeitaram as regras da comunidade e a nudez foi a razão da suspensão.

Festival Sónar se expande para Portugal

há 4 meses
Sónar é um festival de música de vanguarda e arte multimídia que se realiza todos os anos durante três dias do mês de Junho em Barcelona, Catalunha, Espanha. A edição Lisboeta, assinala a 26ª do evento e acontece em Junho de 2022.

Cirurgia no joelho força Drake a adiar o lançamento do novo álbum

há 8 meses
Drake anunciou que irá adiar o lançamento do seu novo álbum, “Certified Lover Boy”, previsto para este mês, pelo facto de estar a recuperar de uma cirurgia no joelho.

Crate Diggs edita ‘Simplesmente Lindo’, o seu projecto de estreia na Slow Habits

há 5 meses
‘Simplesmente Lindo’ estreia em todas as plataformas digitais a 24 de Abril através da Slow Habits que anuncia com este projecto a integração de Crate Diggs como novo membro da Editora/Colectivo.

Morreu “Kota 50”, pioneiro do foto-jornalismo angolano

há 10 meses
Paulino Damião “Kota 50” é conhecido como a lenda do foto-jornalismo em Angola. Começou a fotografar nos anos 60 e, já capturou peripécias da batalha do início da luta armada, em 1961. O fotógrafo morreu esta quarta-feira, em Luanda, por doença.

Ivete Sangalo e Cláudia Leite acusadas de apropriação cultural

há 1 ano
As acusações foram feitas por Maicon Rodrigues, o actor brasileiro publicou um longo texto afirmando que mulheres brancas tentam tomar o lugar de negros na indústria da música, “duas pessoas brancas levam o nome da música axé no Brasil e são chamadas de ‘rainhas’”. Na mesma ocasião, Anitta também levou por tabela, sendo apontada como intriguista.

Valete fala sobre Dji Tafinha: “Há que diferenciar artistas de entertainers”

há 2 meses
Na comunidade Hip Hop, Valete é reverenciado até pelos mais conceituados, basta lembrar que sábado Sam The Kid lançou um álbum completo a homenageá-lo e ontem, o rapper português retribuiu ao músico e produtor angolano Dji Tafinha.

Ministra da Cultura de Portugal quer acabar com concertos online grátis

há 1 ano
A titular da pasta da Cultura de Portugal, Graça Fonseca, manifestou-se contra os concertos gratuitos nas redes sociais, ou até mesmo em varandas e defendeu que o trabalho na cultura deve ser pago.

Seminário sobre processo de inscrição e classificação dos bens a Património Mundial da UNESCO acontece em Luanda

há 1 ano
O Ministério da Cultura, Turismo e Ambiente (MCTA) iniciou ontem, 20 de Agosto de 2020, o Workshop de formação sobre o processo de Inscrição e classificação dos bens a lista a Património Mundial da UNESCO.

Disco que John Lennon assinou para seu próprio assassino vai a leilão

há 10 meses
Uma cópia do LP Double Fantasy , lançada em 1980 por John Lennon , vai a leilão por um valor inicial de 2 milhões de dólares. O disco, com autógrafo do ex-Beatle, pertencia a Mark David Chapman, que se encontra a cumprir prisão perpétua.

Péricles desmente regresso do Exaltasamba

há 1 ano
Durante esta semana, circulou nas redes sociais a notícia de que “Thiaguinho e Péricles vão anunciar, em uma live no Instagram, na sexta, dia 3, a volta do Exaltasamba”. Mas a mensagem é fake.

Um ano após falência de órgão, Scarface é transplantado com rim doado pelo filho

há 1 dia
Volvidos 12 meses de comorbidade com insuficiência renal adquirida na batalha contra a Covid-19, Brad Jordan ou simplesmente Scarface, como é conhecido as lides do Hip Hop, acaba de receber a preciosa doação de um rim, vindo do seu próprio filho, Christopher Jordan.

Estações televisivas nacionais já são monitoradas pela Sadia

há 6 meses
Depois das Rádios, a Sadia informou que já deu início a monitorização das estações televisivas nacionais, nomeadamente: TPA1 e 2, TV Zimbo, Zap Viva, Trace Toca, Vida TV, Afro Music Channel e +Hits África, com o objectivo de salvaguardar os direitos de autores.

Burna Boy representa músicos africanos na Casa Branca

há 8 meses
Burna Boy foi o único artista africano presente na lista dos quarenta e seis músicos cujos temas foram seleccionados para a cerimónia inaugural de Biden e Harris à Casa Branca.

Iraquiano testa popularidade com o lançamento da Mixtape Modo Prodígio

há 3 meses
Iraquiano é o alter ego de Edilson Pedro Tavares Pimentel, um jovem rapper de 23 anos, que já acumula na bagagem dois projectos lançados e está actualmente em estúdio a ultimar os preparativos da mixtape que marcará o ponto de viragem da sua carreira.