Do Kuduro ao Rap: Alé G Fiigura mostra o quanto vale

Foi a dançar Kuduro que Alé G Fiigura descobriu a veia artística e hoje está a solidificar a carreira no Hip Hop, transformando-se numa das vozes  promissoras do Trap no país.

Alé G Fiigura não é um músico de rótulos, mas é no Trap que se tem notabilizado. Já lançou um EP com o seu grupo Fiigura, ao lado de Jay C & Young Bang, e  uma mixtape DNMC. Ambos disponíveis no YouTube e na sua página oficial do Facebook. 

Começou a cantar em 2014, e só este está a dar passos largos na carreira, uma caminhada influenciada por Jay-Z, Lil Wayne e Sérgio Figura. Agora, o rapper soma e segue. A 30 deste mês, colocará mais um EP no mercado. A obra intitula-se EP 2.6 e traz conteúdos motivadores e contextuais.

 O artista não só canta, também dança, compõe, produz e é o CEO da Right Time Records, uma produtora independente que vai atraindo outros nomes. Alé G Fiigura fala sobre o futuro da sua carreia.

Do Kuduro ao Rap: Alé G Fiigura mostra o quanto vale

 Como se deu a transição da dança para o Rap?

A transição chegou por ser muito fácil. Comecei no estilo Rap, mas dançava o Kuduro. Nunca cheguei a actuar em palcos como dançarino, era algo que praticava dentro do condomínio e no colégio.

Por que razão optou por seguir a carreira como rapper e não como kudurista? 
Em casa, sempre ouvimos rap e sempre fomos amante desse grande estilo. O Kuduro é algo da nossa terra, que merece muita valorização de todos nós.

Depois disso, lançou dois projectos. Fale-nos um pouco sobre essas obras.
Sim. Lancei o DNMC-Deus No Meu Caminho. O segundo foi o EP Bustle, com os Fiigura, que é o meu grupo. Bustle é o primeira do grupo Fiigura.

Neste momento, o que tem estado a preparar para a sua carreira a solo?
Estou a preparar um EP “ com 4 faixa, que sai a 30 de Dezembro, dia do meu aniversário. Uma forma de brindar a vida. A obra chama-se EP 2.6. Neste EP, quero valorizar a vida e mostrar o que realmente sou e o que quero alcançar. Terá uma participação do Odecenas.

Possui uma produtora. Que outras competências artísticas traz?
Sou compositor e motivador social e dono de um estúdio de música. Isso me dá mais competência e força para trabalhar.

Que palcos já pisou e qual a maior lembrança que carrega sobre eles?
Somente este ano a minha carreira começou a dar passos largos. Não tenho muita história marcantes em relação à shows ou palcos.

Que futuro antevê para a sua carreira pelo que tem feito?

Antevejo uma boa entrada em 2021. Terei novos projectos e quero dar grandes passos na música.

Nome completo: José Malundama dos Santos Panzo

Local de nascimento: Uíge

Idade: 26 anos 

Residência Actual: Luanda 

Estilo de música : Hip Hop/Rap

Instrumento: Voz 

Influências: Jay C , Sérgio Figura, Young Bang , Jay Z.

Desejo: continuar a ter saúde e dinheiro. 

as cargas mais recentes

Justin Bieber lidera indicações no Kids Choice Awards

há 2 meses

Meek Mill revela misteriosa doença por trás de sua dramática perda de peso

há 9 meses
O hitmaker da “Dreams and Nightmares” chocou os fãs recentemente na internet ao publicar uma foto no aeroporto de Teterboro, em Nova Jersey, demonstrando claramente que havia perdido muito peso. Após muitas especulações, usou o Twitter, para confirmar que anda acometido por problemas estomacais para os quais os médicos ainda não foram capazes de oferecer um diagnóstico viável.

YoBass abre primeira edição do espectáculo ao vivo “Tá a Bater Show”

há 2 meses

Obras dispersas de Urbano de Castro e David Zé já começaram a ser resgatadas

há 4 meses
Ainda não se sabe sobre o número exacto das músicas a serem resgatadas, mas os países onde encontrá-las estão identificados, incluindo já se começou a resgatar e catalogar as canções de David Zé, cujos rendimentos vão para a família.

Alliance Française de Luanda promove festival multicultural em alusão ao mês da Francofonia

há 1 mês
Está a decorrer desde o dia 6 de Março, o festival que celebra o Dia Internacional da Francofonia, que assinala-se aos 20 de Março. De carácter multidisciplinar, o evento vai continuar a congregar música, espectáculos, cinema e actividades de artes visuais até ao dia 28.

Cardi B “desce do salto” e ameaça agredir blogueiro por postá-la sem maquilhagem

há 9 meses
A rapper norte-americana ameaçou agredir um internauta por este postar fotografias sem maquilhagem e supostamente desarrumada da cantora.

Meduza escolhida para representar rappers angolanas no cypher do Dia Internacional da Mulher

há 2 meses

Companhia Cubico Mwangole representa Angola no projecto do Mandela Day

há 4 meses
Promovido pela organização ONE.org para África, o projecto está agora na sua segunda fase, que compreende desafios entre grupos de dança de renome do continente Africano.

NGA celebra hoje 38 anos com lançamento de três novos projectos musicais

há 5 meses
NGA celebra hoje o 38.° aniversário. Para lembrar a data, o membro da Força Suprema lançou três novas músicas com os respectivos clips. O triplo composto por “Só Se Vive Uma Vez”, “Por Nós” e “P’ra Nós” poderá fazer parte do seu próximo projecto musical.

Dinheiro da FIFA já está em posse da Federação Angolana de Futebol

há 8 meses
Dos valores 216 mil dólares serão entregues às associações desportivas das 18 províncias e servirá para assistir e aliviar os efeitos do Covid-19.

Bryan Adams critica duramente a China pelo surto do novo Coronavírus

há 11 meses
Se não fosse o novo coronavírus, a estrela pop rock canadense iniciaria, esta semana, uma série de concertos no Royal Albert Hall, em Londres. Indignado com as consequências da pandemia, Adams ataca e acusa a China.

Eminem lança álbum surpresa com 16 faixas inéditas

há 4 meses
O décimo segundo álbum de estúdio de Eminem intitula-se “Music To be Murdered By”e contém 16 faixas inéditas com participações de Dr. Dre, Ty Dolla $ign e traz vários pedidos de desculpas e, até mensagens para Snoop Dogg.

Ao Vivo Homenagem à Música, História da Música Popular e Estrelas ao Palco integram a programação da Zap em Janeiro

há 4 meses
O início do ano novo será marcado por um notável dinamismo na programação com a entrada de novos programas, novos rostos e horários bem como o regresso de grandes formatos a que a ZAP está habituada a presentear os seus telespectadores.

Ndaka Yo Wini representa o país no festival internacional da afrodescendência

há 2 meses

Sambizanga passará a contar com plataforma de promoção dos artistas

há 2 meses

Iza: Entre os 100 negros mais influentes do mundo

há 6 meses
A eleição é reconhecida pela Organização das Nações Unidas Internacional e engloba todas as áreas de actuação, como arte e cultura, além dos empreendimentos de negros ou não que sejam voltados para o público negro.