Do Kuduro ao Rap: Delver Mancha mostra a naturalidade do seu talento

Já não é novidade emergirem-se grandes talentos motivados por alguma inquietação ou desejo pessoal como é o caso do rapper e produtor Delver Mancha, que descobriu o dom de cantar enquanto buscava por algum consolo na música.

Actualmente canta Rap e, ao mesmo tempo, é produtor. Se recuarmos no tempo para ver onde o músico começou, será difícil acreditar que este é o mesmo Delver que, em 2008 , procurava por um “lugar ao sol no Kuduro”.

Desde que decidiu trocar as batidas e as danças do Kuduro pelo Hip Hop, tem-se revelado um artista promissor. No sábado, lançou um novo EP. Intitula-se “Autêntico” e está disponível no YouTube e Mediafire.

Há muito mais novidade por de trás deste talento. Delver Mancha deixa suas impressões à Carga.

Do Kuduro ao Rap: Delver Mancha mostra a naturalidade do seu talento

Por quê optou por cantar Rap?
Optei por cantar Rap em 2013 porque na altura, estava a passar por momentos não muito bons na minha vida e senti que era a maneira de exprimir o que tinha por dentro.

E agora, qual é o seu maior desafio?
Eu sou um artista nascido na cidade e que cresceu no gueto, então sempre vivi entre os dois e conheço bem as duas realidades. O meu maior desafio é mostrar que não importa de onde venho, o importante é onde vou .

Decidiu cantar Rap porque havia algo por dentro que precisava de expulsar. O quê o Rap mudou na sua vida?
O Rap tornou-me numa pessoa melhor, que compreende a vida e as suas adversidades. Se não fosse o Rap, provavelmente seria um jovem frustrado.

Saiu do Kuduro para o Rap. O que teve de fazer para conseguir se enquadrar rapidamente?
Não tive aí grandes histórias. Comecei em 2013, mas profissionalmente há uns 4 anos. Além de cantar, faço produção musical, por isso não foi lá tão difícil me enquadrar.

Em que o podemos diferenciar de outros artistas da sua faixa etária?
A diferença é que eu sou muito adulto em termos de rimas. Mesmo não escrevendo na maioria das vezes, não primo apenas pelo imediatismo. Trago bom flow, rimas, sonoridade, beats e mixagem muito diferentes.

O que tem caracterizado o início da sua carreira?
Os meus primeiros anos tem sido de aprendizagem, muito trabalho de estúdio porque, além de cantar, também produzo.

De 2013 para cá, passam-se uns oito anos. Que palcos já pisou?
Já pisei vários palcos e festivais até de grande porte. Por exemplo, já estive no show da Tigra; já estive no festival da Luandina; já estive em muitos outros.

Nome artístico: Delver Mancha

Nome completo: Sílvio David Inácio António.

Ocupação: cantor e produtor

Género musical: Hip Hop.

EPs: Autêntico; 2 de Junho, 2 de Junho ( Encarcerado) e 2 de Junho ( Terapia). Mixtapes: Mágico e Rei.

Produtora: indepentente.

Idade: 21 anos.

Morada: Golf 2, distrito do Kappa.

as cargas mais recentes

Num dia como hoje, Waldemar Bastos partia para a eternidade

há 1 ano
A assinalar o primeiro ano post mortem, Waldemar Bastos será homenageado na festa do Avante!, no concerto `Ndapandula´, a decorrer no próximo dia 3 de Setembro, com a direcção artística e musical de Aline Frazão e participações de Sara Tavares, Karyna Gomes e Toty Sa’Med.

Mantorras revela que Oliveira Gonçalves não o quis ver no Mundial de 2006

há 6 meses

Malef lança projecto para levar basquetebolistas de ruas aos melhores clubes

há 3 anos
Batoteiro Draft é uma iniciativa que está a ser promovida pelo produtor e realizador Malef em parceria com a MarkSport. O projecto pretende tirar os melhores basquetebolistas de rua com seus dribles e levá-los a assinar com um clube profissional, quer em Angola quer no estrangeiro.

Mayra Andrade é voz da trilha sonora de filme co-produzido por Jay-Z

há 1 ano
A cantora cabo-verdiana deu voz à trilha sonora de ‘The Harder They Fall’, um filme co-produzido por Jay-Z, e que estará disponível a partir de 3 de Novembro na Netflix.

Dias Rodrigues e Malvado “surpreendem” com o lado produtor

há 3 anos
Ao contrário das edições anteriores, onde foram exibidas apenas um género musical (Rap e Kuduro), esta foi um festival de variedades, desde o Semba, Kizomba, Tarrachinha, Kuduro, House e até Samba.

O Incesto Real: Novo romance de Comandante Jujú é amanhã no programa ‘Bom dia bom dia’

há 2 anos
Cruzando os séculos, narradores e uma vasta rede de possibilidades, o autor joga com os laços e armadilhas da vida para nos oferecer uma outra história de uma certa Angola.

Espaço online de debates discute sobre “A Criança e o ensino das Artes plásticas”

há 2 anos
O espaço online de debate FALE CONNOSCO traz à discussão nesta sexta-feira, 25 de Setembro de 2020, das 14h às 15h30, o tema “A Criança e o ensino das Artes Plásticas”, e contará com convidados de painel o professor de Artes Plásticas e artista plástico Gilberto Kapitango e a professora de Reciclagem e Decoração, Conceição Manuel, podendo ser transmitida ao vivo na página oficial de facebook da Fundação, numa iniciativa conjunta entre a Fundação Arte e Cultura, Instituto Nacional da Criança, INAC e do Unicef Angola.

Afinal o que é um “OG” Original Gangster?

há 2 anos
O termo “Original” foi usado pela primeira vez por Crips, em 1972, e significava “nós somos os primeiros”. A seguir passou a ser usada por todos, independentemente da idade e estatuto.

Jay-Z decide processar o fotógrafo da icónica capa do álbum “Resonable Doubt”

há 2 anos
O rapper e empresário move um processo judicial contra Jonathan Mannion, o homem que o fotografou em 1996 para o seu primeiro álbum “Resonable Doubt”, por entender que este está a explorar o seu nome e imagem.

Universidade Hip Hop Angola reconhece percurso e contributo de DJ Samurai em dia de celebração

há 1 ano

C4Pedro transforma vida de um jovem em Viana

há 2 anos
Era para ser um dia como qualquer outro do final de ano, já que nesta fase, é frequente músicos e figuras públicas oferecem presentes e donativos a quem mais precisa. C4 Pedro viu-se no dever de alterar, ontem, seus objectivos, mudando a vida de um jovem, no município de Viana, em Luanda.

Filhos de figuras proeminentes do Rock unem-se e formam uma banda

há 2 anos
Os Suspect208 é uma banda formada por três filhos de três grandes figuras do Rock. Falamos de Scott Weiland (Stone Temple Pilots), Slash (Guns N’ Roses) e Robert Trujillo (Metallica).

Contra toda expectativa, Verstappen sagra-se campeão mundial da Fórmula 1

há 1 ano
Max Verstappen da Red Bull venceu, na tarde de hoje, o campeonato de Fórmula 1, “retirando” o oitavo recorde das mãos de Lewis Hamilton. O Neerlandês venceu graças a uma ultrapassagem na última volta do Grande Prémio de Abu Dhabi, após 22 corridas, tendo 395,5 pontos contra 387,5 de Hamilton. 

Show do Mês: Sam Mangwana aguardado com bastante expectativa

há 8 meses

Escritor Lourenço Mussango reage à decisão do INIC sobre a retirada do Prémio António Jacinto

há 2 anos
Em reacção à decisão, Lourenço Mussango afirmou que tanto o júri como o INIC não fizeram nenhuma avaliação das provas materiais para se chegar à conclusão sobre quem plagiou quem.

Olivia Rodrigo, BTS e Justin Bieber se destacam no MTV Video Music Awards, mas Lil Nas X leva o prémio principal

há 1 ano
Com apenas uma música, “Montero (Call Me By Your Name)”, Lil Nas X arrebatou o prestigioso prémio de melhor vídeo do ano, as categorias de melhor direcção, melhor direcção de arte e ainda, melhores efeitos visuais.