Documentário sobre Kanye West que vem sendo produzido há duas décadas estreia ainda este ano

O documentário ainda sem título, já tem previsão de lançamento e acaba de ter todos os direitos adquiridos pela Netflix, que desembolsou nada menos que 30 milhões de dólares.

Antes mesmo de atingir a fama, uma dupla de produtores, Clarence “Coodie” Simmons e Chike Ozah, começou a filmar o dia a dia de Kanye com a finalidade de lançar uma obra cinematográfica, devidamente autorizada e sem qualquer controle criativo sobre o projecto.

Nos últimos 21 anos, Clarence “Coodie” Simmons e Chike Ozah tiveram acesso privilegiado à vida de Kanye West, tendo já trabalhado com o rapper antes do apogeu, são autores dos videoclipes ‘Through the Wire’ e ‘Jesus Walks’.

O filme documental que virá com o selo da Creative Control, empresa da dupla de produtores irá retratar a ascensão de West ao topo das paradas, o relacionamento com sua mãe, ao impacto da morte de Donda West, clipes de vídeo em Chicago na década de 1990.

A série cobrirá ainda a “fracassada” corrida presidencial em 2020, bem como a repercussão da fama na vida de Yeezy. Porém, não foi divulgado se o foco se manterá no início de vida e carreira ou se o divórcio em andamento com Kim Kardashian merecerá espaço.

as cargas mais recentes

Geração 80 lança playlist para ouvir durante o Isolamento social

há 3 anos
A ideia é partilhar diferentes trabalhos que mostram a diversidade de produção e de parceria com artistas angolanos.

Para evitar pena de agressão sexual, Kodak Black se declara culpado por assédio

há 2 anos
As acusações estão relacionadas com o incidente que envolveu uma estudante do ensino médio, após um show no Condado de Florence, Carolina do Sul, em 2016.

27 anos após o lançamento clássico, Illmatic é adicionado ao acervo da Biblioteca do Congresso americano

há 2 anos
A 14ª bibliotecária do Congresso e primeira mulher a ocupar o cargo, Carla Hayden, classificou o disco como um “tesouro digno de ser preservado eternamente na herança fonográfica da nação por causa de sua importância cultural, histórica e estética”.

Paulo Flores e Yuri da Cunha recriam sonoridade dos anos 70/80 em novo EP

há 4 meses

Tunjila Twajokota: “Ninguém mais quer saber de nós”

há 3 anos
Os músicos contaram ao Jornal de Angola que as coisas começaram de mal a pior a partir de 2014, após o lançamento do quarto e último disco “Kudiva”, fundamentado que o sucesso e a fama do conjunto não foi proporcional aos valores monetários, porque as produtoras não honraram com os compromissos, não lhes davam valores completos.

Do piano aos instrumentos de sopro: Adimaldo, o autodidacta que Tok’Aki

há 2 anos

Jovens do Prenda no Show do Mês online

há 3 anos

DJ Malvado: “Os lives têm ajudado, mas as festas com o calor e a vibração humana fazem parte da inspiração do artista no show”

há 2 anos
A comemorar 28 anos de carreira, Malvado, revela numa breve entrevista com a Carga, qual é o elixir para a longevidade da carreira e vaticina que “quando és original e tens identidade as coisas fluem muito melhor”.

Em cada espectáculo o cantor ganha 200 mil Kwanzas por música. Isto compensa o investimento feito num álbum?

há 3 anos
Um cantor profissional em Angola gasta entre 500 a 1 milhão e 500 mil Kwanzas para produzir uma música. Por conseguinte, num espectáculo, o músico cobra, em média, 200 mil kwanzas por cada interpretação. Este valor dá para cobrir o investimento feito em cada música? A Carga apresenta algumas reacções de músicos, produtores e alguns dos artistas que mais gastaram com a produção.

Wizkid lança o “melhor álbum da sua carreira” com participações de luxo

há 2 anos
O novo álbum de Wizkid já é dos primeiros mais ouvidos da Apple Music da Nigéria. Intitula-se ‘Made in Lagos’, e traz participações de Burna Boy, Damien Marley e H.E.R., entre outras.

Série de Anitta na Netflix estreia em Dezembro

há 2 anos
A carreira da cantora brasileira será apresentada, no próximo mês (16) em série documental da Netflix. ” Anitta: Made In Honório”, é uma série sobre a vida da artista, ensaios, gravações e shows.

Remy Ma está a projectar uma liga feminina para batalhas de Rap

há 1 ano
“Chrome 23” é como se vai intitular a primeira liga oficial de batalha de Rap feminino, a ser lançada no próximo dia 27 de Fevereiro, com transmissão ao vivo no lendário programa de rádio, Hot 97.

Matrix Resurrections alimentou muitas expectativas e agora é um fracasso de bilheteria

há 1 ano
Dados de Janeiro indicam que a obra arrecadou, até o momento, 148 milhões de dólares pelo mundo. Os valores são bons, se não tivermos em conta que se trata de blockbuster de fama mundial, com um investimento de 190 milhões, ou seja, até agora, as despesas de Ressurections são superiores às receitas, 43 milhões de dólares a menos.

Tiffany Haddish rejeita dirigir o Grammy Awards

há 2 anos
Apesar de estar indicada ao Grammy 2021 na categoria melhor álbum de comédia – por “Black Mitzvah”, seu trabalho para a Netflix, Tiffany Haddish não aceitou apresentar o evento, pese embora a organização ter esclarecido ser uma instituição sem fins lucrativos.

Por onde anda o Bruno M?

há 2 anos
Da mesma forma que surgiu, Bruno M “desapareceu” do mapa musical sem dar satisfações. Nos últimos anos especulou-se muito sobre os motivos da sua ausência dos grandes palcos e de um disco novo, como resposta apareceu em pequenas actividades (sun7) em 2019, mas nada daquilo que os fãs esperavam.

Conheça Os Picantes, os vencedores do Top dos mais Queridos 2021

há 1 ano
Para chegarem à fase nacional, onde conquistaram 3 milhões 348 mil e 317 votos e arrebataram a edição 2021 do Top dos Mais Queridos, Os Picantes deixaram para atrás nomes como Justino Handanga e Bessa Texeira. Por conquistar o prémio, o trio de jovens vai receber três milhões de Kwanzas.