Dog Murras: “ Em Angola a maioria dos músicos desconhece o seu papel e não tem noção do seu valor”

O 22 de Novembro é conhecido como o dia do músico, sobretudo nos países de tradição católica, para lembrar Santa Cecília, padroeira da classe que, reza a estória, na noite de núpcias, recusou perder a virgindade. Em troca, cantou para o esposo. Em torno da data, Dog Murras apresentou sua reflexão.

Tal como o desporto, a música não pode ter fronteiras, e deve sempre ser desassociada da cor partidária, porque o músico é o legítimo representante das aspirações do homem livre. Todavia, não é isso o que acontece no país, segundo Dog Murras. Na opinião do artista, os músicos em Angola «são transformados em indigentes e pedintes para mais facilmente serem manipulados e usados como “moeda de troca”. E tal só acontece, prossegue, primeiro, por jogada política, segundo, porque «a maioria dos músicos desconhece o seu papel e não tem noção do seu valor».

Para o autor de “ Bué Angolano”, o 22 de Novembro é um dia para lembrar e homenagear aqueles que com o seu talento, criatividade e sensibilidade criam melodias e trilhas sonoras para a vida, porque é mais do que provado, que a música é “a mais profunda das artes, desenvolve a mente humana, promove o equilíbrio e bem estar que facilitam a concentração e o desenvolvimento do raciocínio”.

Além de utilizar o seu capital simbólico para contribuir, tanto para a harmonização social como para romper barreiras e quebrar paradigmas, em tempo de hoje o artista deve procurar emancipar-se, ainda que tal signifique ser apagado do mapa, porque se tal não acontece, lamenta o músico resultará na “descaracterização da nossa pobreza cultural, do enfraquecimento da nossa história e o pior é a falta de referencias culturais nacionais para a nova geração”.

“Hoje, com a força da internet; redes sociais e os serviços de streaming, é possível inverter os factos, os artistas têm a soberana oportunidade de universalizar a sua música, obterem “kytadis” e ainda verem as suas obras receber reconhecimento. Jikulumesso! Quebrar as Algemas é Urgente!!!”, apelou.

as cargas mais recentes

Soprano Sibongile Khumalo morre após derrame

há 1 ano
A cantora de ópera e jazz sul-africana Sibongile Khumalo, que recebeu a segunda maior honraria nacional do país, morreu ontem, informou a família em um comunicado.

Flávio e Bill Gonçalves “Seguem Em Frente” em novo vídeoclip

há 1 ano

Sabia que a filha de George Floyd é a mais nova accionista da Disney?

há 2 anos
Desde acções da Disney a bolsas escolares, várias iniciativas foram tomadas para que Gianna, tenha opções no futuro. Com apenas 6 anos de idade, a órfã tem mostrado que já entendeu o impacto significativo que seu falecido pai deixou para trás, “o meu pai mudou o mundo”.

Precursores da coreografia Jerusalema com agenda de “ouro”

há 1 ano
O maior ganho, depois do sucesso do vídeo, foi a garantia da vice-presidência da república da criação de uma academia de dança, mas ainda sem data definida.

Tony Frampênio enriquece biblioteca teatral com o lançamento de três obras

há 11 meses
A literatura direccionada ao teatro receberá mais três títulos no próximo dia 6 de Julho, A Raiva, A Grande Questão e o Teatro Da Tarimba, tratam-se das primeiras obras em livro do autor, após tê-las adaptado em peças teatrais e publicadas em DVD.

Bola de Ouro 2021: Afinal, nem sequer Portugal votou em CR7

há 5 meses

Fundação Arte e Cultura e o Gabinete Provincial da Cultura realizam workshop sobre Dikanza

há 11 meses
Serão oradores os músicos e executantes da Dikanza Jorge Mulumba e Lito Graça, e contará com a presença do Director-Geral do Instituto de Línguas Nacionais, José Pedro, que fará uma abordagem sobre a escrita da Língua Kimbundu.

Conheça o perfil dos apurados para a 2a Edição da Residência Artística LUUANDA

há 7 meses
A residência artística que vem desafiar os “eleitos” a trabalharem sob o tema `Fronteiras Perdidas´, de José Eduardo Agualusa, já está a decorrer em Luanda entre os dias 18 de Outubro a 1 de Novembro de 2021.

Dj Havaiana cria grupo de música para promover as línguas nacionais

há 2 anos
O quarteto canta nas línguas Umbundu, Cokwé, Kimubundu entre outras e faz fusões de House Music com o Kuduro. Já possui um EP e anuncia a faixa de estreia.

Morreu U-Roy, mestre do Reggae

há 1 ano

Njila Yami: Nelo Carvalho apresenta “toda a sua angolanidade” em novo álbum

há 2 meses
Diferente de “Encontros”, “Reencontros” e “Las Voces e Los Cantos”, o novo álbum de Nelo de Carvalho traz apenas um tema partilhado com Prince Wadada, no estilo reggae. Reúne composições de Paulo Flores, Carlos Baptista, Paulo Abreu de Lima, Alberto Monteiro “Beto” e Armindo Monteiro “Mindo”.

Por onde anda o Queima Bilha?

há 2 anos
A concorrência com Sebem obrigou os dois Kuduristas a esmerarem-se, trazendo sucessos atrás de sucessos. No entanto, Queima Bilha ficou pelo caminho, “desaparecendo do mapa” musical sem deixar rastos.

Snoop Dogg “Regressa à Death Row” com novo álbum

há 4 meses
Anunciado para 13 de Fevereiro de 2022, a obra intitula-se Bacc On Death Row e foi projectada durante o seu mandato na poderosa gravadora, em meados dos anos 90.

Bob da Rage Sense: Na linha da frente dos protestos

há 2 anos
Ao contrário de muitos artistas que se limitam a “protestar” nas redes sociais, o rapper saiu às ruas para também dar voz às palavras de ordem: “Vidas Negras Importam”, “Justiça, justiça, nós queremos justiça” e “Só queria respirar, mas até para isso tenho que suplicar”.

Vivadança Internacional: Festival de dança brasileiro destaca continente africano

há 1 ano
Este ano, o evento estreia-se on-line, por razões óbvias e, traz África como epicentro do festival, representada por 38 bailarinos de 12 países africanos.

‘Old Town Road’ é oficialmente a música mais certificada pela RIAA

há 1 ano
Longe de ser um artista de “um só hit” , Lil Nas X continua a bater records, a faixa com a participação de Billy Ray Cyrus, é oficialmente 14 vezes platina. O maior número de certificações de platina para uma música.