Dog Murras: “ Em Angola a maioria dos músicos desconhece o seu papel e não tem noção do seu valor”

O 22 de Novembro é conhecido como o dia do músico, sobretudo nos países de tradição católica, para lembrar Santa Cecília, padroeira da classe que, reza a estória, na noite de núpcias, recusou perder a virgindade. Em troca, cantou para o esposo. Em torno da data, Dog Murras apresentou sua reflexão.

Tal como o desporto, a música não pode ter fronteiras, e deve sempre ser desassociada da cor partidária, porque o músico é o legítimo representante das aspirações do homem livre. Todavia, não é isso o que acontece no país, segundo Dog Murras. Na opinião do artista, os músicos em Angola «são transformados em indigentes e pedintes para mais facilmente serem manipulados e usados como “moeda de troca”. E tal só acontece, prossegue, primeiro, por jogada política, segundo, porque «a maioria dos músicos desconhece o seu papel e não tem noção do seu valor».

Para o autor de “ Bué Angolano”, o 22 de Novembro é um dia para lembrar e homenagear aqueles que com o seu talento, criatividade e sensibilidade criam melodias e trilhas sonoras para a vida, porque é mais do que provado, que a música é “a mais profunda das artes, desenvolve a mente humana, promove o equilíbrio e bem estar que facilitam a concentração e o desenvolvimento do raciocínio”.

Além de utilizar o seu capital simbólico para contribuir, tanto para a harmonização social como para romper barreiras e quebrar paradigmas, em tempo de hoje o artista deve procurar emancipar-se, ainda que tal signifique ser apagado do mapa, porque se tal não acontece, lamenta o músico resultará na “descaracterização da nossa pobreza cultural, do enfraquecimento da nossa história e o pior é a falta de referencias culturais nacionais para a nova geração”.

“Hoje, com a força da internet; redes sociais e os serviços de streaming, é possível inverter os factos, os artistas têm a soberana oportunidade de universalizar a sua música, obterem “kytadis” e ainda verem as suas obras receber reconhecimento. Jikulumesso! Quebrar as Algemas é Urgente!!!”, apelou.

as cargas mais recentes

Mais um livro de Ondjaki adaptado em filme

há 2 anos

Bow Wow manifesta interesse em lançar um último álbum sob chancela da Death Row Records

há 11 meses
Desde que foi adquirida por Snoop Dogg todos os olhos se voltaram à icónica gravadora. Aposentado da música desde 2016, Bow Wow elegeu a Death Row Records como lar perfeito para o seu último álbum, durante uma sessão de perguntas e respostas no Twitter.

Após cerimónia de atribuição dos Grammy Lil Wayne manda um “vai te lixar” à organização

há 2 anos

Concurso para atribuição de bolsas de estudos nas áreas da Música e Artes Cénicas encerra dia 9 de Novembro

há 2 anos
No âmbito do projecto da União Europeia Procultura, o Camões, I.P. anuncia a publicação de um convite em duas fases à apresentação de propostas de projecto que tenham por objectivo criar emprego durável e rendimento sustentável nos setores da música, artes cénicas e literatura infantojuvenil nos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP) e Timor-Leste.

Renata Torres leva monólogo ‘Parto Rosa’ ao festival Mindelact

há 1 ano
Numa breve conversa com a Carga Magazine, a autora fala sobre os ganhos deste intercâmbio, bem como os novos caminhos que este projecto vai tomar em breve.

CombinaSons ultima preparativos para o primeiro Show Live

há 2 anos
A Produtora CombinaSons, encabeçada pelo rapper Enock, vai realizar no próximo dia 29 de Novembro, as 15 horas, o primeiro Show live.

Bruno Fernando estreia nos play-offs da NBA

há 2 anos
O angolano Bruno Fernando, que actua nos Atlanta Hawks, estreou hoje nos play-offs da Liga norte-americana de basquetebol (NBA), ao jogar dois minutos na derrota da sua equipa diante dos Philadelphia76, por 118-102.

É oficial: Capita é o novo reforço do Lille

há 3 anos
O Lille anunciou ontem a contratação do extremo angolano Capita. O atleta de 18 anos de idade, que até então militava no Trofense de Portugal, é o novo reforço da equipa da primeira divisão francesa, onde estará por cinco temporadas.

Prodígio, Titica e Paulo Flores em peso no Rock In Rio 

há 11 meses
Depois de dois adiamentos, por causa do Covid-19, o Rock in Rio está de volta e com rostos angolanos. Prodígio, Paulo Flores e Titica são os rostos confirmados para a 9a edição ao lado dos Foo Fighters, The Black Eyed Peas, Ivete Sangalo, Xutos & Pontapés, Bush e outros.

Centenário de Amália Rodrigues celebrado ao nível do seu palmarés

há 3 anos
As celebrações do centenário da diva do fado datam desde o ano passado, este ano, começaram no primeiro dia deste mês, com 100 guitarras a tocarem em uníssono para fazer juz, num espectáculo transmitido pela RTP. Mas não é tudo, dentre muitas homenagens, inéditos de fadista serão editados no dia em que se assinala o centésimo aniversário, noticiou o caderno cultural Ípslon.

Jay-Z afirma que ninguém está a sua altura para um Verzuz battle e que Beyoncé é a evolução de Michael Jackson

há 1 ano
Jay-Z acaba de subestimar a indústria musical completa, ao afirmar que não há ninguém que possa o enfrentar numa batalhe de hits. A afirmação foi movida pela “expectativa” de um possível duelo com Hov, exteriorizado por Rick Ross.

Concerto em alusão ao Dia Internacional do Jazz é transmitido hoje na TPA2

há 3 anos
O crítico e divulgador Jerónimo Belo, apresentador do programa “Clube de Jazz”, fez saber que o Canal 2 da Televisão Pública de Angola (TPA), vai honrar a data com um programa especial, que será emitido hoje, às 21h30, com a participação da banda angolana “AngoJazz”.

Nova vaga pandémica força adiamento da 7.ª edição do Festival `O Sol da Caparica´

há 2 anos
O encontro com o público para a 7.ª edição do `Festival O Sol da Caparica´ estava marcado para 2021, mas, infelizmente, a nova vaga pandémica obriga a organização a tomar a difícil decisão de adiar para os dias 11, 12, 13 e 14 Agosto de 2022.

Snoop Dogg: “Rappers brancos têm zero de respeito no Rap”

há 2 anos
Snoop Dogg explica porquê não considera Eminem melhor rapper de todos os tempos.

Phedilson: “Uma das minhas causas é lutar contra a segregação regional dentro do rap game”

há 2 anos
Não basta ser bom rapper, Phedilson Ananás ou simplesmente PA, emplaca um êxito atrás do outro, sucesso este que acabada de ganhar mais um incremento, o LP #AVE, disponibilizado ontem, nas plataformas de streaming.

Nucho apresenta ‘Filho da Fome’: “O facto de ter boa condição de vida, não significa que seja indiferente ao sofrimento dos meus irmãos”

há 1 ano
“Filho da Fome” foi lançado em Maio, e o vídeoclip está disponível desde esta segunda-feira, na página oficial do Facebook do rapper e também autor de “Netas de N’zinga”.