Don Kikas: “A música tradicional devia ter um lugar intocável para não perdermos a matriz”

O músico está a celebrar 25 anos de carreira e na próxima semana vai protagonizar um grande espectáculo, no Capitólio, em Lisboa. Em entrevista à Carga, apresentou o alinhamento artístico e aproveitou para falar sobre suas ambições e que gostaria de ter conseguido ao longo dos 25 anos, para além de descrever o actual estado do Kizomba.

O concerto acontece às 14 horas e 30 minutos do próximo domingo no Capitólio, em Lisboa, e será transmitido pela TPA, RTP Internacional e em várias plataformas digitais e será nostálgico, porque Don Kikas promete reviver sucessos de álbuns como Sexy Baby, Pura Sedução, Xeque Mate e Raio X.

É difícil, para não dizer impossível, dissociar a música de Don Kikas da vida dos angolanos, pois, numa altura em que o país enfrentava a guerra fratricida, a fome e a desgraça roíam a esperança de muitos angolanos e as canções de Don Kikas, em particular, “Esperança Moribunda” , “ Na Lama do Amor” e “Angolamente Sensual” serviram de bálsamo e animavam as pistas de dança.

O quê está a marcar os 25 anos de carreira e que alinhamento artístico preparou?
O concerto vai ser basicamente uma viagem pelos temas mais conhecidos e marcantes da minha carreira nestes 25 anos. Considerando que uma das coisas mais marcantes para mim foi ter criado uma relação longa e harmoniosa com o meu público de vários países, começando por Angola, então vai ser também uma celebração de irmandade entre os povos.

Músicas estas que passaram a fazer parte da memória colectiva dos angolanos. Quando recua no tempo e se recorda de onde tudo começou, o que lhe vem à alma?
Uma sensação de gratidão por meu povo me ter dado a oportunidade de ver algumas músicas minhas a resistirem no tempo. É importante perceber que entre artista e o público, o povo é sempre quem manda.

O que gostaria de conquistar nesses 25 anos ainda não conseguiu?Gostaria de concretizar o sonho de ver e fazer parte de uma verdadeira internacionalização e expansão da música angolana a nível mundial. Sei que temos potencial para isso. Faltam-nos as melhores estratégias.

Habituou os seguidores a espectáculos com guitarra, piano, harmónica, baixo, bateria e percussão. Qual será o formato do concerto?
Terá uma duração de duas horas. Terei uma banda de 10 elementos composta por músicos que já trabalham comigo há bastante tempo. Terei pelo menos dois convidados de luxo, artistas mais velhos, com quem tive o prazer de fazer duetos que foram grandes sucessos.

Como é que projecta os próximos 25 anos?
25 anos é muito tempo. Mas espero continuar a fazer a minha música com entrega e sinceridade de sempre e que o público continue a gostar e a dar-me a oportunidade de subir aos palcos.

Qual é o seu ponto de vista sobre o actual estado da música, sobretudo os estilos que mais se dedica Kizomba e Guetho Zouk?
Creio que já esteve melhor em alguns aspectos. Mas também temos aspectos positivos dos últimos tempos. A nível de originalidade, acho que temos estado a perder. Os artistas estão a tornar-se cada vez mais previsíveis na música que fazem, e isso quebra o encanto da arte. Entretanto, é muito positivo o surgimento de muitos jovens promissores com grande talento, tanto cantores como instrumentistas. Falta-nos também termos um mercado nacional mais estável, com mais oportunidades para os músicos, independentemente dos lobbies e esquemas já conhecidos. Assim como a música tradicional devia ter um lugar preservado e intocável, para não perdermos a matriz.

as cargas mais recentes

Duetos N’Avenida regressa em formato televisivo com tributo a Carlos Burity

há 11 meses
O tributo à voz do Semba teve lugar ainda na sua na presença e contou com a dupla Gersy Pegado e Patrícia Faria.

Exclusivo: Cabo Snoop regressa à Power House definitivamente

há 2 meses
Agora com 31 anos, pai de família e mais maduro artisticamente, Ivo Manuel de Lemos, conhecido nas lides musicais como Cabo Snoop, regressa como conselheiro e mentor de Cleyton M, ajudando o prodigioso jovem a expandir a carreira para toda África, através das experiências que acumulou com a sua passagem na “poderosa casa” de Hochi Fu.

Rascunho que continha “Hey Jude” dos Beatles leiloado por 910 mil dólares’

há 2 anos
O manuscrito do clássico dos Beatles “Hey Jude”, de Paul McCartney, usado durante a gravação em 1968, foi vendido por 910 mil dólares (mais de 108 milhões de Kwanzas) durante um leilão online, que marcou o 50.º aniversário da separação da banda britânica.

Anna Joyce: “Não existe a mínima possibilidade de parar de cantar”

há 1 ano
Após notícias em alguns sites sobre a intenção de pôr fim à sua carreira por motivos de saúde, Anna Joyce tranquiliza os fãs, esclarecendo que, apesar de estar acometida com uma doença do fórum neurológico, “não existe a mínima possibilidade de parar de cantar”.

Beyoncé e Jay-Z anunciam fundo para bolsas de estudos

há 1 mês
O casal Carter destinou um total de 2 milhões de dólares a bolsas de estudo para alunos de arte e campos criativos de um grupo selecto de Faculdades e Universidades Historicamente Negras (HBCUs).

DJ Quik reivindica direitos autorais nas músicas de 2Pac, R. Kelly até Kendrick Lamar

há 6 meses
Visivelmente agastado, DJ Quik queimou publicamente, durante um live no seu Instagram (28), um cheque de royalties da Death Row Records ao lamentar pela falta de reconhecimento por aquilo que já fez para a música norte-americana.

Show do Mês apresenta último grande show de Waldemar Bastos em Angola

há 1 ano
O Show do Mês leva este sábado as emoções do último grande espectáculo de Waldemar Bastos, músico falecido na passada segunda-feira e que foi ontem a enterrar no Cemitério da Galiza, em Portugal.

BAI Dança Com Ritmo está de volta

há 7 meses
A partir deste sábado, dia 10 de Abril poderá acompanhar o maior concurso televisivo de dança em Angola, que está de volta ao ZAP Viva com a retransmissão dos castings.

Joker: Joaquin Phoenix em negociações para protagonizar mais dois filmes

há 1 ano
Fontes próximas das negociações, citadas pelo britânico “Mirror”, dão conta que o actor está a negociar dois possíveis novos filmes envolvendo a personagem -e a confirmar-se será mesmo o contrato mais bem pago da carreira do actor.

Kool Klever dá voz à saga dos ‘Poetas de Bairro’

há 1 ano
O rapper Kool Klever junta-se a Mamy, Duc, Lizzy, Soldier, Luso e Nucho para dar corpo à saga do projecto Poetas de Bairro. Os sete artistas estão em estúdio a gravar o tema “Se Eu Morrer Amanhã”, cujo videoclipe estreia brevemente no YouTube da Carga.

Tony Frampênio enriquece biblioteca teatral com o lançamento de três obras

há 4 meses
A literatura direccionada ao teatro receberá mais três títulos no próximo dia 6 de Julho, A Raiva, A Grande Questão e o Teatro Da Tarimba, tratam-se das primeiras obras em livro do autor, após tê-las adaptado em peças teatrais e publicadas em DVD.

1.ª mão: José Agualusa vai lançar livro sobre a vida do músico Pedrito do Bié

há 3 semanas
O escritor voltou adicionar, esta segunda-feira, mais um galardão à sua coleccção de prémios, ao vencer o Prémio Pen Clube de Narrativa 2021, com a sua recente obra “Os Vivos e os Outros”. José Eduardo Agualusa revelou hoje à Carga que está a escrever um livro sobre a vida do músico Pedrito do Bié.

O novo álbum de Lady Gaga chegou e já conquistou o número #1 na Billboard 200

há 1 ano
`Chromatica´ assinala a sexta vez que um álbum de Lady Gaga figura no topo da lista, desde o lançamento de Born This Way em 2011. O trabalho era um dos mais aguardados dos últimos tempos, por representar o retorno da cantora ao dance pop.

Cinema às quartas-feiras apresenta “Do Outro Lado do Mundo”

há 7 meses
O Documentário intitulado “Do Outro Lado do Mundo” vai ser apresentado nesta quarta-feira, pelas 18h30, no espaço Wyza Anfiteatro, da Fundação Arte e Cultura, no âmbito do projecto Cinemas às Quartas-feiras, da KinoYetu, Fundação Arte e Cultura e Geração 80.

Péricles desmente regresso do Exaltasamba

há 2 anos
Durante esta semana, circulou nas redes sociais a notícia de que “Thiaguinho e Péricles vão anunciar, em uma live no Instagram, na sexta, dia 3, a volta do Exaltasamba”. Mas a mensagem é fake.

Elias Dya Kimwezo celebra 85 anos: “Estou feliz por isso”

há 10 meses
Há muito que a data de aniversário de Elias Dya Kimwezo mereceu atenção especial, tal como aconteceu na manhã de hoje na sua residência. Uma comitiva do Ministério da Cultura, Turismo e Ambiente, encabeçada seu pelo titular, apagou com o artista as 85 velas.