DreamKiller promete dois projectos musicais para 2020

Na música desde 2011, Dreamkiller, tem no seu repertório cerca de sete mixtapes em grupo, seis à solo e oito em Dupla “com um parceiro de música ou do mesmo grupo”, Samura Music Gang (SMG).

“Entrei para o mundo musical por intermédio e influência de um amigo, que na época mostrava-me várias mixtapes de rappers angolanos e mostrou-me que poderia expressar o que sinto e vivo por meio de rimas”, conta como surge a paixão pelo Rap.

A conciliar a carreira a solo e em grupo, há cerca de sete anos, Killer mantém o estatuto de Rapper independente, mas tem um contrato de parceria com a DOOD Entertainment. “Eles tratam da parte burocrática relativamente à apresentações e imagem, eu cuido do resto”.

DreamKiller promete dois projectos musicais para 2020

Apaixonado por música e instrumentos, o Rapper de 25 anos, encontra-se em estúdio a preparar uma EP totalmente produzida por um Newcomer que deve estar disponível ainda este mês, e em simultâneo está a trabalhar para a Mixtape que sai no final do ano, intitulada “Ego Valeo”.

Questionado sobre o significado do título, DreamKiller diz não ter uma lógica, mas que para si, significa paz. “Na verdade, o nome veio da minha cabeça. A maior parte dos títulos que atribuo aos meus trabalhos são meio estranhos para sociedade e têm um significado muito profundo para mim”, revela.

Aponta referências como: Jacquees, Meek Mill, Jhene Aiko, Daniel Caesar, Drake e Nga. Mas garante que é de um  bom instrumental que lhe surge a inspiração, “posso não ter inspiração nenhuma num segundo, e no segundo seguinte surgir só por causa do beat” e termina afirmando que, “com certeza absoluta há instrumentais que surgem no momento certo”.

as cargas mais recentes

Acção Jovem promove ciclo de aulas sobre historiografia africana

há 2 anos
Sob o mote “Mergulhando nas Artérias da História, Cultura e Tradição Africana”, o projecto nasce de uma conexão entre a Acção Jovem com o Professor, Historiador e Activista Social angolano, Pick Ngudi-A-Kazi e o Portal do Palestrante Africano no Brasil.

Artistas protestam contra o Spotify

há 2 anos
31 escritórios do Spotify em vários países foram surpreendidos por protestantes do sector da música.

Dr. Dre diz que redes sociais destroem a mística da música e dos artistas

há 2 anos
Dre foi mais longe ao afirmar que, se estivesse no início de carreira, talvez odiasse as redes sociais, por elas destruírem a mística, que é a principal característica da música. “É prazeroso esperar o que está por vir”, disse.

René Bombástico apresenta single inspirado no filme “Os Três Idiotas”

há 2 anos
Intitulada Baka Baka( idiota, em Japonês), está disponível desde hoje em várias plataformas digitais para download e, de acordo com os indicadores referenciados por Bombástico, está a ter boa aceitação.

Show do Mês “viaja” pelos PALOPS

há 2 anos
Numa homenagem a música feita pelos países africanos de expressão portuguesa (PALOPS), particularmente a feita nos anos 80 e 90, o Show do Mês fará, no sábado, uma viagem musical por alguns dos maiores sucessos de cada país.

Super Bowl: Após convidar dois rapper surdos para o seu line-up, Dr. Dre também cogita trazer o holograma de Tupac

há 8 meses
O intervalo do Super Bowl LVI a decorrer hoje, será histórico com o Rap a comandar o evento. E mais ainda pela criatividade de Dr. Dre, que além de trazer inclusão aos seus 15 minutos de actuação, também vai trazer Tupac Shakur de volta sob a forma de um holograma.

Elástico Nandako recorda infância dos angolanos em nova música e anuncia EP de estreia

há 1 ano
Conhecido pelo seu público pelos temas Kibidi e É no Pé, e também por ter integrado os Power Boyz, o cantor e dançarino acabou de lançar um novo single. A música intitula-se “Mete Tira” e está disponível nas principais plataformas digitais.

Kina estreia-se a solo com EP ‘Família’

há 6 meses
Após os singles “Sorriso” e “Errado” terem sido lançados nas plataformas digitais e terem conseguido algum destaque nas playlists editoriais,“New Music Friday Portugal” do Spotify e “Novidades Do Dia” da Apple Music, segue-se a EP “Família”, onde Kina destaca a importância da família enquanto alicerce pessoal num tema com um sentimento enorme onde a boa mensagem é destaque.

A partir de produções amadoras, Cossom constrói carreira profissional nas redes sociais

há 2 anos
Cossom “The Greather”, de 19 anos de idade, é o mais novo cantor de Rap e R&B e já começou a prender o público nas redes sociais. Suas letras retratam sobre os amores, as paixões e o sentimento de abandono vividos entre os jovens.

Cantor de Afrobeat lidera intenções de voto nas eleições presidenciais do Uganda

há 2 anos
Quando o actual chefe de estado chegou ao poder, o cantor Afrobeat tinha 4 anos, agora Bobi Wine se tornou na maior ameaça do presidente Yoweri Museveni, de 75 anos, por ser fortemente apoiado pelos jovens, que constituem a maior franja daquele país.

Sexta farta: De Lokua Kanza a Lloyd Banks, confira os álbuns lançados de hoje

há 1 ano
Após 11 anos de ausência sem nenhum lançamento de álbum, o artista compositor Lokua Kanza lançou “Moko”. Uma obra em que o músico se reconecta com o gosto pela aventura e se encontra em uma alegre crioulização e universalidade musical.

Sabia que já pode ouvir o seu cantor preferido em tempo real e a custo zero?

há 2 anos
Numa altura em que o público está impedido das sua actividades diárias, a Soba é-Music e a Revista Carga, que agora assumiu a versão colocam hoje à disposição dos artistas e ouvintes uma sessão de escuta grátis.

Chitãozinho e Xororó com música nova para o Live

há 2 anos
A dupla sertaneja Chitãozinho e Xororó apresenta-se aos fãs na quarta-feira (17), num Live que deverá ficar marcado pelo lançamento da nova música “Voltei para o mato”.

Consumidores processam Universal Studios por publicidade enganosa

há 8 meses
《Queremos nosso dinheiro》é a palavra de ordem que se ouviu, esta semana, na boca de alguns cinéfilos que se sentem enganados pela Universal Studios, depois de assistirem ao filme “Yesterday”, lançado em Julho de 2019.

Após fazer hits de vários músicos, Edgar Cláudio lança-se no mundo do cinema

há 5 meses
Mais do que simples produtor de vídeoclips, Edgar Cláudio é um contador de histórias. Em cada trabalho que coloca o seu dedo acaba sempre em hits. Foi ele, por exemplo, que produziu “africana”, “gerónimo”, “Yê yê e dance” de Gerilson Insrael, “Teu mel” dos Killa Hill, “Sinal” de Anna Joyce e Filipe Mukenga e “Jogada de mestre” de MCK e Anabela Aya, só para citar alguns.

WU-TANG CLAN leva “36 Chambers” ao Brasil em Abril

há 3 anos