Duetos N’Avenida regressa em formato televisivo com tributo a Carlos Burity

Os concertos Duetos N’Avenida, promovidos pela Zona Jovem Produções, regressam amanhã em formato televisivo com tributo ao músico Carlos Burity, falecido em Agosto último por doença.

Concebido em 2018, os organizadores decidiram antecipar a ideia de levar o projecto para a TV, por causa da pandemia. O programa será transmitido quinzenalmente pela TPA, com estreia agendada para às 21h30 minutos de sábado com o último espectáculo de Carlos Burity.

O tributo à voz do Semba teve lugar ainda na sua na presença e contou com a dupla Gersy Pegado e Patrícia Faria. Feliz, Figueira Ginga, director executivo do projecto, apresenta os concertos que preparou para Dezembro.

Duetos N’Avenida regressa em formato televisivo com tributo a Carlos Burity

Como descreve a ideia de levar Duetos N’Avenida à TV?
A ideia de tirar os Duetos N’Avenida do palco para a televisão tem a ver com a necessidade de explorarmos muito mais a fundo o projecto, porque ele tem muito mais do que música. Ele tem cultura angolana na sua essência.

Foram escolhidos três shows. Qual foi o critério para a selecção?
Em função da disponibilidade de material, iremos escolher os concertos da série a levar para a TV. Portanto, o que temos agora são apenas os seleccionados para Novembro e Dezembro, mas outros irão também à tela neste novo formato. Para começar, será o tributo a Carlos Burity e depois o único dueto que teve três dias pela procura, que foi o de Paulo Flores e Yuri da Cunha. A seguir, vamos exibir o concerto de Heavy C e Gutto, um dos shows mais aclamados e que marcou a diferença no projecto.

O que o telespectador pode esperar?
O diferencial deste formato por agora é levar mais informação e conteúdos sobre o projecto Duetos N’Avenida e sobre os artistas, portanto teremos novas peças. Os shows serão apenas “o centro”, mas haverá muito mais. Veremos o que esteve à volta de cada show, em vários aspectos. Serão programas sempre diferentes.

Quanto à duração dos shows sofrerão redução ou serão exibidos na íntegra?
Como disse, a ideia é sair do palco, e apresentar conceitos diferentes, dentro do que é o projecto. Os shows serão a base, mas haverá muita novidade, a cada programa. Seguindo, claro, uma linha pré-definida.

Podemos deduzir que estes são a antecâmara para um programa de raiz voltado à música angolana?
Pelo formato que iremos apresentar, já fará a diferença dentro do que é feito e, como dissemos, queremos elevar mais a educação cultural, mais conhecimento sobre os músicos intervenientes e mais informação sobre o projecto Duetos N’Avenida.

as cargas mais recentes

Capicua celebra 10 anos do seu álbum de estreia em concerto

há 10 meses
No passado dia 13 de Fevereiro, o álbum homónimo da cantora completou uma década desde que foi apresentado ao público. Para celebrar os temas que marcaram o seu percurso, a rapper vai, nos dias 25 de Fevereiro e 4 de Março, apresentar-se em concerto no Plano B (Porto) e Music Box (Lisboa) respectivamente.

Aline Frazão junta-se ao projecto #1000Máscaras20Dias da Soba Store

há 3 anos
A boa-nova chegou pelas redes sociais da cantora, onde através de uma publicação, fez saber que vai usar a habilidade da costura para contribuir com a iniciativa da Soba Store, que consiste em distribuir gratuitamente máscaras aos servidores públicos essenciais.

Kiki Versace: “A minha carreira está em ascensão”

há 3 anos
Kiki Versace introduziu no cenário musical o Kubanger, um estilo que resulta da combinação entre o Kuduro e o Trap Banger. Hoje a vertente é bastante cultivada. O kudurista veio à Revista Carga para apresentar o seu álbum de estreia e aproveitou para esclarecer dúvidas à volta da do tipo de Kuduro que inventou há 12 anos.

‘Lose Yourself’ de Eminem atinge 1 bilhão de escutas no Spotify

há 2 anos

Paulo Flores faz declarações comoventes sobre a perda de Nando Quental

há 2 anos

Justin Bieber lidera indicações no Kids Choice Awards

há 2 anos

Actriz Jennifer Aniston afirma que “é engraçado e irresponsável votar em Kanye West”

há 2 anos
Jennifer Aniston, actriz de Hollywood, está a levar a cabo uma campanha nas redes sociais, pedindo aos americanos para não votarem no rapper Kanye West nas eleições da próxima terça-feira, 4 de Novembro.

Rapper Raz Simone acusado de ser um”senhor de guerra”

há 2 anos
Vídeos postados nas redes sociais provam o alegado envolvimento de Raz Simone com uma gangue armada na Zona Autônoma de Seattle, em Washington, um quarteirão de protesto sem influência policial. O rapper é apontado como uma espécie de “senhor da guerra”.

Joker: Joaquin Phoenix em negociações para protagonizar mais dois filmes

há 2 anos
Fontes próximas das negociações, citadas pelo britânico “Mirror”, dão conta que o actor está a negociar dois possíveis novos filmes envolvendo a personagem -e a confirmar-se será mesmo o contrato mais bem pago da carreira do actor.

Sean Penn desembarca na Ucrânia para filmar documentário sobre ataque de forças de Putin

há 9 meses
Em meio à guerra, o actor e director rumou para o país do Leste Europeu para gravar um documentário sobre a invasão russa, segundo uma nota publicada pelo gabinete do primeiro-ministro ucraniano, Volodymyr Zelensky, no Facebook.

Cantora Naya Rivera está desaparecida

há 2 anos
A cantora norte-americana Naya Rivera, de 33 anos, está desaparecida desde quarta-feira, após alegadamente ter ido dar um passeio de barco com o filho de quatro anos, Josey, no Lago Piru, no condado de Ventura, na Califórnia.

Após 9 anos de jejum Caetano Veloso disponibiliza novo álbum

há 1 ano
Com mais de 50 anos de carreira, o músico de 79 anos soma mais de 50 lançamentos discográficos e sabe-se que será objecto de uma homenagem discográfica em 2022, assim que compelar 80 anos.

Davido na linha da frente dos protestos na Nigéria

há 2 anos
O músico nigeriano juntou-se este sábado a uma manifestação para exigir o fim da brutalidade policial no seu país. “Não devemos recuar até que as nossas reivindicações sejam atendidas”.

Foste Waldemar, mas cantaste livremente no teu país

há 2 anos
A morte do músico Waldemar Bastos foi um duro golpe às nossas emoções, um soco no “estômago” da cultura e quase um K.O técnico aos amantes da música com qualidade.

Convidados num show? Um desafio sem precedentes para a Força Suprema

há 3 anos

Homem Mau: Jay Arghh e Hot Blaze reafirmam lírica, flow e rimas em nova faixa colaborativa

há 2 anos
`Homem Mau´ é uma faixa de colaboração entre dois virtuosos no flow e na escrita de Moçambique: Jay Arghh e Hot Blaze. Esta colaboração traz-nos um festival furioso de verdadeiras habilidades líricas e de flow dos dois rappers. Vindos da agência CSV, os dois têm muitas colaborações, e sempre com elevados critérios tanto na música como na técnica.