“É o beatmaker, e não o cantor, que mais deve ganhar pelo hit”, assim diz a lei

De acordo com a lei, o beatmaker é o primeiro titular da obra, por isso deve sempre ficar com 50% de todo o rendimento que vier da sua produção musical, ou seja, mesmo quando a música for interpretada pelo num espectáculo, tv, plataforma de streaming, etc., enquanto ao intérprete cabe apenas 20%.

Com a pandemia do novo coronavírus a reafirmação de que o futuro da indústria musical no mundo passa pelo mercado digital ficou mais do que evidente e, embora não seja, ao todo, nossa realidade, o país vem mostrando avanços neste quesito, tudo graças a trabalhos de entidades de gestão colectiva como a SADIA.

No pico da Pandemia, o sector cultural foi o que mais ressentiu as restrições impostas pela doença. Mas, dados apontam que a digitalização rendeu à indústria da música mundial mais de 23, 1 bilhões de dólares norte-americanos de direitos autorais, um aumento de 7% em relação ao ano anterior. O valor não se alcançava há anos.

No nosso caso específico, e na qualidade de entidade gestora dos direitos de autores e conexos, qual é o papel da Sadia no mercado da música? E que impacto o Covid-19 teve na música angolana? A Sadia respondeu a estas e outras questões num live disponível no Instagram da Carga Magazine, e que contou com participação de vários artistas.

Ao intervir no fórum, Dji Tafinha partilhou sua experiência, referindo que aproveitou os rendimentos autorais para reinvestir. “Para aqueles artistas que conseguem fazer hit, se nós tivéssemos uma sociedade de autores organizada estariam ricos”.

De acordo com a SADIA, parte dos 1500 inscritos na sociedade receberam seus rendimentos em Março e voltará a distribuir outros rendimentos no corrente mês. Em Dezembro, começará a entregar aos artistas os dinheiros arrecadados nas tvs, rádios, plataformas de streaming, receitas internacionais, quanto mais vezes a obra de um artista for veiculada mais dinheiro este artista receberá.

Apesar de não apresentar um número exacto, o director de licenciamento digital da Sadia, Lucioval Gama, disse que o autor recebe os rendimentos, quando a sua música passar umas 50 vezes. Durante a conversa, revelou também que, nenhum autor tem autorização de cobrar pela utilização da sua obra.

Por outro lado, o autor deixa de receber seus rendimentos, quando a  obra cair no domínio público, ou seja, depois de 120 anos. Neste momento, avança o organismo, ainda não é possível o artista sobreviver com os direitos autorais, mas partir do próximo ano já será.

Acompanhe outras revelações no vídeo abaixo!

as cargas mais recentes

Rui Orlando canta na Casa 70

há 1 ano
O músico Rui Orlando vai reabrir a temporada musical na Casa 70 no dia 14 de Abril, dando sequência nos dias 15 e 16 do mesmo mês, num evento produzido pela LS Republicano.

Iron Heart: Nova heroína da Marvel fará primeira aparição no filme Pantera negra 2

há 9 meses
Interpretada por Dominique Thorne, a personagem herdeira do legado de Tony Stark, fará sua a estreia na sequência do Pantera Negra, de título original `Black Panther: Wakanda Forever´, cuja estreia está marcada para o próximo dia 8 de Julho de 2022.

Galeria Tamar Golan apresenta “CaDespedida” da autoria de Mauro Sérgio

há 2 anos
“A CaDespedida é aquele momento nostálgico de um fim de dia bem passado. Termo cunhado nas eternas idas à praia na Luanda, Benguela e Porto Amboim do antigamente, onde passar um dia na praia era um evento preparado com cuidado, antecipado e esperado com ansiedade.

John Travolta decide dar pausa à carreira

há 2 anos
Após a imprensa internacional avançar com a notícia sobre a morte da esposa do actor, Travolta recorreu às redes sociais para homenagear a companheira de longa data e agradeceu às instituições e equipas médicas que a acompanharam durante todo o processo.

Artista Ricardo Fanju transforma blindados e tanques de guerra em belas obras de artes no Bailundo

há 11 meses
O artista espanhol Ricardo Fanju começou no Bailundo, província do Huambo, o projecto de transformação dos blindados e tanques de guerra em belas obras de artes, trazendo para o mundo e para os angolanos a mensagem de uma Angola sem guerra e, transformar o que noutrora seria motivo de tristeza em verdadeiros pontos turísticos.

A’mosi Just a Label dá concerto em dose dupla

há 1 ano
A’mosi Just a Label em concerto, acontece nos dias 08 de Maio, na Casa das Artes no Talatona, pelas 19:00 e 09 de Maio, na Casa da Juventude, em Viana, às 19:00 horas.

Do Brasil para Angola, Jéssica Areia traz novo disco

há 1 ano
A cantora angolana, a residir no Brasil, Jéssica Areias apresenta no dia 23 de Abril o seu segundo álbum discográfico, intitulado “Matura”, em todas as plataformas digitais.

Mamy é convidada a participar da pré-conferência internacional sobre activismo em África

há 11 meses
A rapper angolana levará amanhã a debate fundamentos sobre o exercício da liberdade de expressão por meio da música engajada, mais concretamente o “rap revolucionário”.

Nankhova: “No meu ranking sou um músico a seguir, um exemplo bom para a música nacional”

há 1 ano
Nankhova é um artista que dispensa apresentações, nos croquis de moda impressiona com o seu Je ne sois quoi e nas pautas musicais pretende transmitir a sua alma que é gerida pelo seu “grande Deus”.

Conheça os galardoados do Prémio Nacional de Cultura e Artes-edição 2021

há 7 meses
O Prémio Nacional de Cultura e Artes é a mais alta disntição do Estado angolano, atribuída a criadores nas disciplinas de literatura, cinema e áudio visuais, artes plásticas, artes de espectáculos e investigação em ciência sociais e humanas.

Sebem: homenageado ao nível do seu palmarés

há 2 anos
A TV Zimbo transmitiu o show de homenagem ao Sebem. Foi um momento memorável para nossa cultura, sendo este género musical uma das referências da cultura angolana.

Sugestões de actividades para prestigiar o Dia Internacional do Jazz

há 2 meses
A efeméride foi celebrada pela primeira vez em 2012, e a comemoração tem como objectivo lembrar a importância deste género musical e o seu contributo na promoção de diferentes culturas e povos ao longo da história.

Luso faz demonstração de skills no novo vídeoclipe

há 2 anos
Intitulado “Vitó Style”, o vídeo tem a estreia agendada para 3 de Agosto, próxima segunda feira-, no YouTube da Revista Carga. Extraído do “Ilusionista”, um projecto de demonstração de skills, métricas e habilidades,” que também reserva “Refrões da Minha Vida”.

Prodígio representa Angola na maior montra de Hip Hop do mundo

há 9 meses
Se houve dúvida sobre o convite a Cage One, Elizabeth Ventura e Anna Joyce, em 2020, para dar boas-vindas a África lusófona no Bet Awards, Prodígio vem agora testemunhar que a música angolana, particularmente o Hip Hop, caminha a passos firmes.

Daniel Salomão apresenta ‘Labirintos Amorosos’

há 2 anos
O romance que marca a estreia do autor, será vendido e autografado amanhã, Sexta-feira, as 15h30 na União dos Escritores Angolanos.

Shane Maquemba testa popularidade com álbum de estreia e tour por quatro países europeus

há 11 meses
O autor dos hits `Moré´, `Saco Vazio´, `Água da Vida´ e `Amor perfeito´, vai fazer a sua estreia discográfica no próximo dia 20 de Agosto, com o álbum `Gênesis´, que será apresentado numa tour, a ter início em Helsinky, na Finlândia.