Eduardo Paim faz vibrar Angola e o mundo com show nostálgico

Com um percurso artístico invejável, de mais de 40 anos, o músico Eduardo Paim mostrou mais uma vez, no Show do Mês, que é um dos artistas com mais sucessos em Angola.

Três horas não foram suficientes para passar por todos os “hits” do antigo general, agora promovido a marechal, também conhecido como “Rei da Kizomba”, género musical implementado por si.

No seu regresso ao Show do Mês, agora no conceito LIVE (transmitido pela TPA e Youtube), Eduardo Paim elevou a fasquia para os aspirantes ao título de Rei da Kizomba, com um concerto electrizante, sem máculas e bastante nostálgico.

Dois duetos fizeram a diferença. Ary interpretou “É tão bom”, mas partilhou com general Kambuengo a canção “Vem amor”, ao passo que Daniel Nascimento cantou com o anfitrião a música “Ilha maravilha”, além de apresentar os temas “Lamento de mãe” e “Kissonde”, da sua autoria.

No entanto, uma presença em palco enriqueceu a viagem ao passado de Eduardo Paim. Na ponta final do espectáculo, sem ter sido programado, o guitarrista Simmons Massini subiu ao palco, “desarmou” a guitarra do jovem Mário, e fechou a música “Esse Madiê” com um magnífico solo.

Foi um momento para fotografia, para história da música angolana, uma vez que foi Eduardo Paim quem lançou Simmons para os grandes palcos e o mesmo participou, como guitarrista, em vários sucessos do marechal. Há 15 anos que o mestre e o pupilo não partilhavam um palco.

Eduardo Paim, conhecido pela mistura do Zouk com o Semba, tornando-se no criador da Kizomba, está vivo e recomenda-se, porque hinos como “Carnaval”, “Rosa Baila”, “Do Kayaya”, “Som da banda”, entre outros, são eternos.

as cargas mais recentes

Federação Internacional de Natação proíbe uso de toucas para cabelo afro

há 3 meses
De acordo com a Federação Internacional de Natação e o Comitê Olímpico Internacional os atletas das competições nunca usaram e nem exigem o uso de bonés desse tamanho e configuração, mas muitos interpretam a medida como tratar-se de racismo.

C4Pedro transforma vida de um jovem em Viana

há 9 meses
Era para ser um dia como qualquer outro do final de ano, já que nesta fase, é frequente músicos e figuras públicas oferecem presentes e donativos a quem mais precisa. C4 Pedro viu-se no dever de alterar, ontem, seus objectivos, mudando a vida de um jovem, no município de Viana, em Luanda.

Onde te enquadras senhor “músico”?

há 2 anos

Polémico documentário sobre Michael Jackson terá continuação

há 11 meses
A primeira parte do documentário foi responsável por trazer, novamente, à tona toda a polémica envolvendo supostos assédios cometidos por Michael Jackson, além da suposta pedofilia.

Carlos Ruiz Zafón, um dos mais lidos da literatura espanhola, morre aos 55 anos

há 1 ano
A notícia sobre a morte do escritor catalão foi confirmada esta tarde através do Twitter do autor. Carlos Ruiz Zafón, autor de obras como “O Jogo Do Anjo” e “A Sombra do Vento” lutava há dois anos contra um cancro, em Los Angeles.

Meek Mill revela misteriosa doença por trás de sua dramática perda de peso

há 1 ano
O hitmaker da “Dreams and Nightmares” chocou os fãs recentemente na internet ao publicar uma foto no aeroporto de Teterboro, em Nova Jersey, demonstrando claramente que havia perdido muito peso. Após muitas especulações, usou o Twitter, para confirmar que anda acometido por problemas estomacais para os quais os médicos ainda não foram capazes de oferecer um diagnóstico viável.

Elástico Nandako disponibiliza o primeiro projecto musical com participação

há 1 ano
Trata-se do primeiro projecto colaborativo do cantor e dançarino, depois de se despedir dos Power Boyz. O single estará disponível, nas plataformas digitais, a parir das 19 horas de hoje e conta com a participação do seu antigo grupo.

Após anunciar que está com Covid, Kaysha partilha progressos do tratamento

há 1 ano
Mantendo a sua linha de interacção com os seguidores, o artista tem estado a usar o Instagram para dar notícias sobre a evolução do seu tratamento.

Sara Adriana e Mr. Carly apresentam `Tamos a Deixar´

há 1 mês
O tema estreou ontem e já faz parte das Playlists do Spotify: Dancing Kizomba e da Apple Music: A Viagem.

Jackes Di: A continuidade do legado “dos” Paim

há 1 ano
Descendente de uma família artísticamente rica, Emanuel de Carvalho Fernandes da Silva ou simplesmente Jackes Di, dá continuidade ao legado apresentando-se como um artista multifacetado, sendo exímio tocador de guitarra e também canta.

Notorious B.I.G, Tupac e Jay-Z excluídos por Snoop Doog da sua lista dos melhores rappers da História

há 1 ano
Após ter enfrentado várias críticas por não considerar Eminem melhor rapper de todos os tempos, Snoop Dogg voltou a surpreender o movimento ao excluir Jay-Z, Nas, Tupac, Biggie Smalls e Kanye West da lista dos seus melhores rappers de todos os tempos.

Roley anuncia novo álbum com participações de Masta, Eric Rodrigues entre outros

há 5 meses
Esta não é a primeira vez que o rapper moçambicano traz vozes angolanas nos seu projectos, já no álbum de estreia “Roley”, contou com Rui Orlando e Young Double, e no ano passado, lançou “Pensamentos” e teve participação de Paulelson.

ZAP passará a atribuir prémios a músicos e apresentadores

há 1 ano
Artistas e personalidades que se destacam na área de televisão passarão a ser distinguidos anualmente com prémio Globos Zap. A iniviativa é oficializada hoje com a abertura das votações e o anúncio da lista dos primeiros 12 nomeados.

Torneio de basquetebol assinala aniversário da Kianda

há 8 meses
Seis equipas vão disputar o torneio Cidade de Luanda, em Basquetebol sénior masculino e feminino, numa realização da Associação Provincial de Luanda, que visa comemorar os 445 anos da capital do país.

23 músicas e 4 clipes em 7 dias: Será esta a semana do Rap?

há 11 meses
Em apenas uma semana, foram lançados sete projectos musicais, o equivalente a 3,2 faixas disponibilizadas diariamente. Esta média inclui somente nomes como Kool Klever, Luso, Verbal Uzula, Elenco de Luxo, Uami Ngongadas, sem falar dos anónimos.

Morreu “Gigante” da música africana

há 1 ano
O músico guineense Mory Kanté, conhecido pelo sucesso mundial “Yéké yéké”, na década de 1980, morreu hoje aos 70 anos num hospital de Conacri, após doença prolongada, anunciou o filho.